Voltar aos 17
Depois de viver um século. É como decifrar um signos. Sem ser sábio competente.Voltar a ser de repente.
Tão frágil como um segundo. Voltar a sentir profundo.Como um criança frente a Deus. Isto que sinto eu...  Neste...instante...
Vai se enredando...enredando, Como muro a hera. E Vai... brotando ...Brotando Como um mosquito na pedra Como um mosquito n...
Meu Passo recuado. Quando os de vocês avança.  O arco das alianças.  Penetro em meu ninho.  Com todo seu colorido...
Passeou por minhas veias.  E até a dura corrente,  Com o qual nos ata o destino...  É como um diamante fino.  Que ilumina ...
Vai se enredando... enredando Como um muro na hera.  E vai brotando... brotando  Como um mosquito na pedra Como um mosquit...
O que pode um sentimento.  Não o pode saber.  Nem o mais claro comportamento. Nem mais um amplo pensamento.  Tudo muda o m...
Nos afasta docemente.  De rancores e violências. Só o amor com seu saber.  Nos torna tão inocentes...
Vai se enredando... Enredando, Como um muro na hera. E vai brotando... brotando, Como um mosquito na pedra. Como um mosqui...
O amor é torvelinho.  De pureza original.  Até o feroz animal.  Sussurra seu doce canto.
Detenha os peregrinos.  Liberta os prisioneiros.  O amor com seus caprichos.  O velho torna criança.  E ao mau só o carinh...
Vai se enredando... Enredando. Como um muro na hera.  E vai brotando... brotando. Como um mosquito na pedra. Como um mosqu...
De par em par a janela...  Se abriu, como por um encanto. Entrou, o amor, com seu manto.  Como, uma morna manhã...  Ao som...
Fez brotar o jasmim,  Entrando qual serafim,  No céu colocou brincos,  Meus anos em dezessete,  Os converteu em querubim.
Vai se enredando...enredando Como um muro na hera E vai brotando...brotando Como um mosquito na pedra Como um mosquito na ...
Formatação Álvaro Cardoso Musica Mercedes Sosa e Milton Nascimento Imagem Internet http//www.mensagensvirtuais.com.br Trad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Voltar aos 17

1.069 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.069
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
441
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Voltar aos 17

  1. 1. Voltar aos 17
  2. 2. Depois de viver um século. É como decifrar um signos. Sem ser sábio competente.Voltar a ser de repente.
  3. 3. Tão frágil como um segundo. Voltar a sentir profundo.Como um criança frente a Deus. Isto que sinto eu... Neste...instante fértil...
  4. 4. Vai se enredando...enredando, Como muro a hera. E Vai... brotando ...Brotando Como um mosquito na pedra Como um mosquito na pedra Ai... sim...sim...sim...
  5. 5. Meu Passo recuado. Quando os de vocês avança. O arco das alianças. Penetro em meu ninho. Com todo seu colorido...
  6. 6. Passeou por minhas veias. E até a dura corrente, Com o qual nos ata o destino... É como um diamante fino. Que ilumina minha alma serena.
  7. 7. Vai se enredando... enredando Como um muro na hera. E vai brotando... brotando Como um mosquito na pedra Como um mosquito na pedra Ai... sim...sim...sim...
  8. 8. O que pode um sentimento. Não o pode saber. Nem o mais claro comportamento. Nem mais um amplo pensamento. Tudo muda o momento. Qual mago condescendente.
  9. 9. Nos afasta docemente. De rancores e violências. Só o amor com seu saber. Nos torna tão inocentes...
  10. 10. Vai se enredando... Enredando, Como um muro na hera. E vai brotando... brotando, Como um mosquito na pedra. Como um mosquito na pedra, Ai...sim...sim...sim...
  11. 11. O amor é torvelinho. De pureza original. Até o feroz animal. Sussurra seu doce canto.
  12. 12. Detenha os peregrinos. Liberta os prisioneiros. O amor com seus caprichos. O velho torna criança. E ao mau só o carinho, o torna puro e sincero.
  13. 13. Vai se enredando... Enredando. Como um muro na hera. E vai brotando... brotando. Como um mosquito na pedra. Como um mosquito na pedra. Ai...sim...sim...sim...
  14. 14. De par em par a janela... Se abriu, como por um encanto. Entrou, o amor, com seu manto. Como, uma morna manhã... Ao som de seu belo toque...
  15. 15. Fez brotar o jasmim, Entrando qual serafim, No céu colocou brincos, Meus anos em dezessete, Os converteu em querubim.
  16. 16. Vai se enredando...enredando Como um muro na hera E vai brotando...brotando Como um mosquito na pedra Como um mosquito na pedra Ai... sim...sim...sim...
  17. 17. Formatação Álvaro Cardoso Musica Mercedes Sosa e Milton Nascimento Imagem Internet http//www.mensagensvirtuais.com.br Tradução Cleber Rodrigues

×