Um pai exemplar

2.004 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.004
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.251
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Um pai exemplar

  1. 1. Agosto 2012 Luzia
  2. 2. Divaldo Pereira Franco fundou e mantémuma Instituição Espírita intitulada Mansãodo Caminho, na cidade de Salvador, Bahia.
  3. 3. Ele já criou e educou centenas de filhos adotivos,crianças abandonadas nas ruas por seus paisbiológicos ou que eram vítimas da orfandade.
  4. 4. Muitos casos lindos sua história já registrou. Edentre tantas há a de um garotinho singular.Desde a mais tenra idade, ele mostrou umacaracterística bem marcante: o instinto assassino.
  5. 5. Ele queria matar alguém. Sempre que ocontrariavam, ele fazia, com as própriasmãos, facas dos mais variados tipos e comos mais diferentes materiais.
  6. 6. Vez que outra uma das tias responsável pelascrianças entrava desesperada no escritório deDivaldo com o menino em seu encalço.
  7. 7. Vim lhe pedir socorro pois o garoto já fezoutra arma e quer matar alguém.Divaldo deixava o serviço por um instante echamava carinhosamente o menino.Colocava-o em seu colo e lhe perguntava:Filho, o que aconteceu desta vez?
  8. 8. E o menino falava com respiração alterada elágrimas escorrendo pelas faces: É que estou commuita raiva e quero matar aquele moleque.
  9. 9. Divaldo, usando de muita psicologia, diziacalmamente ao filho: Então, vamos fazer um trato. Euvou ajudar você, mas por enquanto deixe a armacomigo e depois que eu terminar o serviço, nós iremos.
  10. 10. O garoto aceitava a proposta, embora semprecontrariado. E muitas foram as vezes que eleentrou esbaforido no escritório pedindo uma desuas armas, urgente, para matar alguém.
  11. 11. Essas cenas se repetiram muitas emuitas vezes durante a infância eadolescência daquele filho rebelde.E Divaldo colecionou dezenas defacas, punhais e outras armas.
  12. 12. Um dia, Divaldo perguntou-lhe porque desejavatanto matar alguém e ele respondeu: É porquetenho muita vontade de sentir o sangue quenteescorrendo pela minha mão.
  13. 13. Quando o rapaz completou dezoito anos,pediu ao pai para deixar a Instituição epartir em busca de outros caminhos.
  14. 14. Divaldo o chamou em particular e lhe fez umapergunta: Meu filho, você ainda sente vontadede matar alguém?O jovem abaixou a cabeça e respondeu, muitoconstrangido: Sim, eu ainda sinto.
  15. 15. Divaldo colocou delicadamente a mão sob seuqueixo, levantando-lhe o rosto e, olhando-o nosolhos, disse-lhe com voz de tristeza:Filho, eu quero que você me prometa umacoisa:Se um dia você decidir matar alguém,peço-lhe que volte aqui e mate-me primeiro,porque fui eu que falhei na sua educação.
  16. 16. Aquelas palavras caíram como uma bombano coração do jovem. Dias depois eles sedespediram, num longo e afetuoso abraço.
  17. 17. Os anos se passaram. Certo dia, o orador estava numacidade no interior de São Paulo para receber o título decidadão honorário, quando alguém o aborda e lhe diz quena sala anexa ao salão onde se realizaria a cerimônia,havia um artista plástico, famoso na localidade, que queiralhe oferecer um quadro.
  18. 18. Divaldo se dirigiu parao local e percebeu umhomem jovem, decostas, que guardavaum quadro coberto comum pano branco.Aproximou-se e disse:Olá!
  19. 19. O moço se voltou e Divaldo quasedesmaiou de emoção. Era seu filhoadotivo. O menino das mil e uma facas.
  20. 20. Um abraço saudoso edemorado e depois a surpresa.O artista descobre o quadro elá estava estampado o seu paido coração.
  21. 21. Aquele pai que, com amor e dedicação, conseguiratransformar um instinto assassino numa poderosaforça a serviço da arte, do bom e do belo.
  22. 22. Não é à toa que Divaldo Pereira Franco éreconhecido conferencista espírita emmais de 60 países nos cinco continentes,com mais de 250 livros publicados e muitostítulos traduzidos para várias línguas.
  23. 23. E a Mansão do Caminho, emSalvador, atende mais de trêsmil crianças e suas famíliassocialmente carentes, comescola, saúde, alimentação,orientação moral.
  24. 24. FORMATAÇÃO: LUZIA GABRIELEEMAIL: luziagabriele@hotmail.comIMAGENS: INTERNETTEXTO: REDAÇÃO DO MOMENTO ESPÍRITACOM BASE EM FATOS EM 27.06.2011MÚSICA: RAY CONIFF BESAMEDATA: 28 DE JULHO DE 2012http://www.mensagensvirtuais.com.br “Me ame quando eu menos merecer, pois é quando eu mais preciso”

×