O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
TE QUERO ASSIM...
Com esse sempiterno jeito menino tentando decifrar a felicidade, desejos chispando no olhar felino arrebatando minha não c...
Emoção antiga bem distante do juízo driblando qualquer contratempo. Te quero sem vaidades, gentil sorriso iluminando as ma...
Te quero de um jeito sem explicação...Num ontem que nunca está distante, no hoje revestido de intensa paixão e no amanhã, ...
Quero seu corpo sempre no meu e não nego!Beijar sedenta sua pele desnuda e suada... É amor-vício que queima, mas nunca ren...
até que se descubra sonhador poeta e seja eu, sua musa não tão santa! Te quero assim em mútuas entregas,tocar sua alma com...
Acariciar seus cabelos já tão grisalhos e dizer baixinho: Quero ser o conforto do agasalho nas noites invernais, onde o fr...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Te quero assim

580 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual, Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Te quero assim

  1. 1. TE QUERO ASSIM...
  2. 2. Com esse sempiterno jeito menino tentando decifrar a felicidade, desejos chispando no olhar felino arrebatando minha não casta vontade!
  3. 3. Emoção antiga bem distante do juízo driblando qualquer contratempo. Te quero sem vaidades, gentil sorriso iluminando as marcas do tempo.
  4. 4. Te quero de um jeito sem explicação...Num ontem que nunca está distante, no hoje revestido de intensa paixão e no amanhã, que ainda dorme no horizonte!
  5. 5. Quero seu corpo sempre no meu e não nego!Beijar sedenta sua pele desnuda e suada... É amor-vício que queima, mas nunca renego; fluído essencial de fêmea apaixonada!
  6. 6. até que se descubra sonhador poeta e seja eu, sua musa não tão santa! Te quero assim em mútuas entregas,tocar sua alma com carícias tantas
  7. 7. Acariciar seus cabelos já tão grisalhos e dizer baixinho: Quero ser o conforto do agasalho nas noites invernais, onde o frio invade... te quero, até a eternidade!

×