Reabrindo feridas

353 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reabrindo feridas

  1. 2. Você já perdoou alguém? De verdade, de coração? Já jogou no fundo do mar as lembranças de tudo o que lhe fizeram sofrer, de coisas que encheram seu coração de amargura?
  2. 3. Há pessoas que continuam sofrendo a dor da amargura porque, mesmo afirmando terem perdoado os que lhe ofenderam, ainda conservam, mesmo que encobertas, as feridas resultantes de uma calúnia, de uma traição, etc.
  3. 4. É como se você sofresse um arranhão em seu corpo e pusesse um band-aid sobre o ferimento e, a cada vez que alguém lhe perguntasse o que lhe havia ocorrido, você levantasse o band-aid para mostrar o ferimento.
  4. 5. Isso dói e retarda a cicatrização da ferida; descobre o ferimento, trazendo à tona a lembrança da desagradável e dolorosa ocorrência de um tombo, um corte, etc.
  5. 6. E você sofre. Só o fato de levantar o curativo já lhe faz sofrer. E isso pode repetir-se várias vezes, sempre que alguém lhe indagar o porquê daquele band-aid.
  6. 7. Quando você perdoar alguém, não fique retirando do fundo de seu coração lembranças do passado, pois elas só lhe trarão dor e reabrirão feridas que estavam cicatrizadas. Isso dói...e não constrói.
  7. 8. Recordar é viver. Portanto, só traga à memória as lembranças que podem lhe dar esperança de paz, amor, felicidade, vida saudável.
  8. 9. Perdoar é um ato divino. Deus faz assim conosco quando pecamos. Sua Palavra diz:
  9. 10. “ O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na misericórdia. Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniquidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar” (Miquéias 7:18-19).
  10. 11. Portanto, pare de sofrer. Não reabra feridas. Não fique levantando band-aids, deixando expostos antigos ferimentos. Lance-os no mar do esquecimento.
  11. 12. E no solo de seu coração, onde uma ferida foi cicatrizada, retire as raízes de amargura e plante uma semente de amor, para embelezar sua vida e perfumar este mundo com o doce aroma do amor de Cristo.
  12. 13. “ Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade” (1 João 3:18)
  13. 14. www.mensagensvirtuais.com.br

×