PRECE AO SOL  Sol, com os braços erguidos e no topo dessa montanha eu te saúdo. Salve a tua luz!
Eu rogo à tua grandeza que olhe para os povos irmãos existentes, mesmo os mais distantes onde tua luz irradia a vida em to...
Nada justifica as diferenças que produzem o ódio com a força das armas que mutilam e matam inocentes que ensejam apenas vi...
A águia visita o sublime céu azul todos os dias dançando sob o teu majestoso olhar e tudo é poesia, até este mesmo teu olh...
Voa onde guardas o teu manto de luz encantado, a imensidão e sublimidade de Deus e Criador de todas as manifestações de vi...
Os rios, os lagos, as matas e florestas, a montanha sagrada onde ecoa o silêncio da tranqüila brisa vespertina, recebem o ...
Sol, sou teu irmão, sou irmão dos pássaros, de todos os amados animais que encantam o planeta, a singular beleza que enter...
Sou irmão das águas dos rios, das cachoeiras e mares, sou irmão das árvores ou de um simples vegetal espalhado no verde qu...
Peço-te a paz entre os irmãos de várias nações, o equilíbrio da natureza para que nada nos falte no futuro uma vez que o h...
Mas, o homem que é dependente da natureza impiedosamente agride essa irmã mortalmente, sem dó nem piedade, quando árvores ...
A floresta está chorando. Enxugue as lágrimas dessa nobre irmã e leve o teu calor para que volte a viver protegida por teu...
Eu sou teu irmão, amigo Sol, sou irmão das tuas irmãs que são as estrelas, irmão da Lua que veste a vida de poesia e encan...
Eu sou teu irmão, e nada mais resta a não ser te saudar, agradecer a vida e a energia que pulsam no meu coração, a simplic...
AUTOR: Gilberto Carmo Pinheiro da Rosa http://www.consolador.com.br FONTE:
FORMATAÇÃO ART EM EBOOK E PPS  Email: rogermir66@yahoo.com.br http://www.poetadapaz.prosaeverso.net www.mensagensvirtuais....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prece ao sol

1.402 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prece ao sol

  1. 1. PRECE AO SOL Sol, com os braços erguidos e no topo dessa montanha eu te saúdo. Salve a tua luz!
  2. 2. Eu rogo à tua grandeza que olhe para os povos irmãos existentes, mesmo os mais distantes onde tua luz irradia a vida em todo esplendor e leve a concórdia entre as nações irmãs que precisam de paz.
  3. 3. Nada justifica as diferenças que produzem o ódio com a força das armas que mutilam e matam inocentes que ensejam apenas viver em liberdade e pacificamente.
  4. 4. A águia visita o sublime céu azul todos os dias dançando sob o teu majestoso olhar e tudo é poesia, até este mesmo teu olhar.
  5. 5. Voa onde guardas o teu manto de luz encantado, a imensidão e sublimidade de Deus e Criador de todas as manifestações de vida . És luz incandescente no universo, és emoção e todos se encantam com o teu fulgor, com teus raios a nos iluminar.
  6. 6. Os rios, os lagos, as matas e florestas, a montanha sagrada onde ecoa o silêncio da tranqüila brisa vespertina, recebem o teu clarão como prece em agradecimento por teus raios que espargem a vida em fluidos de luz, energia para continuar a obra de Deus, produzindo alimentos, gerando condições de vida a todos os irmãos na Terra.
  7. 7. Sol, sou teu irmão, sou irmão dos pássaros, de todos os amados animais que encantam o planeta, a singular beleza que enternece minha alma e enche meus olhos de alegria de viver nesse cenário
  8. 8. Sou irmão das águas dos rios, das cachoeiras e mares, sou irmão das árvores ou de um simples vegetal espalhado no verde que cobre o mundo, irmão dos insetos, irmão anônimo da vida em si.
  9. 9. Peço-te a paz entre os irmãos de várias nações, o equilíbrio da natureza para que nada nos falte no futuro uma vez que o homem insensato destrói as florestas em busca de lucro, esquecendo que a natureza não depende do ser humano para viver.
  10. 10. Mas, o homem que é dependente da natureza impiedosamente agride essa irmã mortalmente, sem dó nem piedade, quando árvores choram ao cair no solo por causa da ganância e do dinheiro.
  11. 11. A floresta está chorando. Enxugue as lágrimas dessa nobre irmã e leve o teu calor para que volte a viver protegida por teu amor.
  12. 12. Eu sou teu irmão, amigo Sol, sou irmão das tuas irmãs que são as estrelas, irmão da Lua que veste a vida de poesia e encanto em noites onde o sereno convida a brisa para dançar com o cantar dos grilos, o piscar de luz dos vaga-lumes sob a luz do luar.
  13. 13. Eu sou teu irmão, e nada mais resta a não ser te saudar, agradecer a vida e a energia que pulsam no meu coração, a simplicidade que tinge as minhas palavras, és o grande Sol, o astro rei que sempre irei amar.
  14. 14. AUTOR: Gilberto Carmo Pinheiro da Rosa http://www.consolador.com.br FONTE:
  15. 15. FORMATAÇÃO ART EM EBOOK E PPS Email: rogermir66@yahoo.com.br http://www.poetadapaz.prosaeverso.net www.mensagensvirtuais.com.br

×