PORTO SOLIDÃO
Se um veleiro repousasse na palma da minha mão Sopraria com sentimento e deixaria seguir sempre Rumo ao meu coração,
Meu coração na calma de um mar Que guarda tamanhos segredos Diversos naufragados e sem tempo
Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
Se um veleiro repousasse na palma da minha mão Sopraria com sentimento e deixaria seguir sempre Rumo ao meu coração,
Meu coração na calma de um mar Que guarda tamanhos segredos Diversos naufragados e sem tempo
Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
Música: Porto Solidão (Jesse) Composição: Zeca Bahia e Gincko Formatação: Anna Rebello www.mensagensvirtuais.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Porto solidao

766 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
766
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Porto solidao

  1. 1. PORTO SOLIDÃO
  2. 2. Se um veleiro repousasse na palma da minha mão Sopraria com sentimento e deixaria seguir sempre Rumo ao meu coração,
  3. 3. Meu coração na calma de um mar Que guarda tamanhos segredos Diversos naufragados e sem tempo
  4. 4. Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
  5. 5. Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
  6. 6. Se um veleiro repousasse na palma da minha mão Sopraria com sentimento e deixaria seguir sempre Rumo ao meu coração,
  7. 7. Meu coração na calma de um mar Que guarda tamanhos segredos Diversos naufragados e sem tempo
  8. 8. Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
  9. 9. Rimas, de ventos e velas vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais
  10. 10. Música: Porto Solidão (Jesse) Composição: Zeca Bahia e Gincko Formatação: Anna Rebello www.mensagensvirtuais.com.br

×