Perdoe me

572 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
572
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
119
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perdoe me

  1. 1. Perdoe-me . . .
  2. 2. Perdoe-me por todas vezes que não respondi o seu e-mail... Por aquela poesia Inspirada que você quis partilhar comigo e não encontrou a alegria de uma resposta no seu correio...
  3. 3. Por aquele texto hilário do Veríssimo e aquele soneto perfeito da Florbela que você sabia que me abalariam, um pelo riso, outro pela lágrima e nem assim eu retornei... Pelas suas preces quando eu estava doente e as mensagens de consolo e apoio... Pela poesia linda que você fez entrelaçada com a minha deixando claro em seus versos, que os meus versos atingiram o seu coração e nem assim eu respondi...
  4. 4. Por aquela atualização especial em rica formatação, que você deve ter levado horas para fazer, e triunfante, partilhou-a com seus amigos dentre os quais eu estava, sem que eu tivesse em seguida lhe enviado o meu sincero aplauso...
  5. 5. Por aquele depoimento longo e emocionado onde você abriu seu coração após Identificar-se com um texto meu, cobrindo-me de palavras doces e enaltecedoras e eu simplesmente me calei, sem aquecer seu coração na mesma dose com que você aqueceu o meu...
  6. 6. E se você me perguntar por que, mais uma vez eu lhe pedirei perdão, mas não direi e ainda lhe deixarei o malefício da dúvida, pelo simples fato de que espero que você possa compreender e interpretar a plenitude deste silêncio carregado de amor...
  7. 7. Se eu me justificar soará falso e se você verdadeiramente gostar de mim, verá de quantas formas indiretas eu tenho me utilizado para dizer o quanto lhe quero bem. Descobrirá um pedacinho de você e sentirá a sua própria presença em cada detalhe daquilo que lhe envio em “Undisclosed”...
  8. 8. Imagino que eu desapontei e desaponto você muitas e muitas vezes. Perdoe-me. Mas saiba apenas isto: Aquela poesia inspirada atravessou todas as minhas fibras. Ri sim ( e muito) com o texto do LFV e chorei um bocado com o soneto da Flor..
  9. 9. Aquele seu entrelace poético deixou-me orgulhoso(a), honrado(a) e eu tive que puxar minhas orelhas para não deixar a vaidade subir à cabeça. Eu sempre lhe disse que a tragédia humana é o ego, não foi. Aquela sua rica atualização arrancou aplausos aqui do tipo: Bravoooooo!
  10. 10. Que linda ela estava! E como eu me surpreendi com a sua criatividade! Seu depoimento? Ah... Seu depoimento, sua franqueza, seu gesto de abrir o coração e confiar a mim seus segredos foram recebidos com um zelo e com um respeito que você jamais poderá avaliar...
  11. 11. Foi-se o tempo- e já faz tempo- que eu podia chamar você de Sandra, Renato, Alice, Alex... Vidal, Aparício, Andréia, Cecília, Maria do Carmo, Antonio Carlos...etc... Hoje, a net deixou-me somente a opção do “Undisclosed”. Não me julgues!..
  12. 12. Dia haverá que você também chamará seus amigos de “Undisclosed” ou na melhor das hipóteses, de “Grupo Especial” e rezará para que entendam a sua impossibilidade de dividir-se além das suas possibilidades e do seu tempo, mas de multiplicar-se de um amor silencioso que só você conhece e espera ...
  13. 13. que suas atitudes possam ser intuídas pela multidão que interage com você. E saberá também que entre dar um retorno corrido, mal feito, envernizado e formal (colando as respostas iguais nos e.mails) você Simplesmente...
  14. 14. preferirá não escrever nada... mas provará, por uma sucessão de pequenos gestos subseqüentes, que tudo que você fez e faz é tão somente com muito amor...

×