Exame de consciencia

1.560 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.560
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exame de consciencia

  1. 1. EXAME  DE  CONSCIÊNCIA
  2. 2. Meu Deus, humildemente venho pedir perdão de meus pecados. Sei que pequei e que estou impuro. Lavai-me e purifica-me com a água da sua graça, que é vida, luz e perdão. Imploro, também, a sua misericórdia infinita para fazer uma boa confissão. Enviai-me o Espírito Santo para conhecer quanto pequei, para me arrepender verdadeiramente e fazer um firme propósito de nunca mais pecar. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.
  3. 3. Perdoai-me, Senhor, se: Fui negligente com a minha fé e com a minha religião; Tive vergonha da minha religião; Faltei com o respeito com pessoas, lugares e coisas sagradas; Foi preconceituoso e discriminei pessoas por causa da sua cor, da sua raça, da sua condição econômica, da sua idade, do seu estado de saúde, da sua religião, do seu jeito de ser;
  4. 4. Duvidei da minha religião e fui buscar fora dela respostas para as minhas angustias e necessidades; Revoltei-me contra o Senhor por não Ter os meus pedidos atendidos; Deixei conscientemente de fazer minhas orações; Jurei em falso, usando o nome do Senhor; Faltei deliberadamente à Missa ou Culto, sem motivo justificável;
  5. 5. Faltei com o respeito aos meus pais; Deixei de atender as necessidades de meus pais; Deixei de cuidar de meus filhos, física, moral e espiritualmente; Neguei aos meus empregados um salário justo; Exigi dos meus empregados mais do que eles pudessem ou devessem produzir;
  6. 6. Deixei de respeitar a dignidade humana de meus empregados, Deixei deliberadamente de ajudar ao próximo e a pessoas de minha família em suas necessidades materiais e espirituais; Faltei com a caridade, deixando de socorrer o próximo podendo ajuda-lo; Desprezei meu próximo tendo raiva dele; Quis de alguma forma vingar me de meu próximo;
  7. 7. Semeei discórdias e inimizades jogando as pessoas umas contra as outras; Agredi verbal e fisicamente a outras pessoas; Colaborei para que outras pessoas viessem a pecar; Fui infiel para com a pessoa amada; Deixei de cumprir meus deveres de esposo ou esposa; Apropriei-me de coisas que não me pertenciam;
  8. 8. Enganei pessoas que confiaram em mim; Causei dano ou prejuízo ao meu próximo e não procurei reparar o dano causado; Fui fingido; Desejei mal e tive ódio do meu próximo;
  9. 9. Menti e prejudiquei meu próximo por causa da mentira; Violei segredos que me foram confiados; Fiz mal juízo de alguém;     Inventei calúnias que prejudicaram outras pessoas;
  10. 10. Fui indiferente as necessidades do meu próximo; Competi deslealmente com meu semelhante;     Abusei do poder a mim conferido prejudicando os outros;     Estimulei a deslealdade no meio em que vivo;     Não perdoei e nem pretendo perdoar quem errou, mesmo tendo demonstrado arrependimento;
  11. 11. Tenho sido egoísta e interesseiro; Tenho sido negligente e indiferente à situação dos desempregados e das pessoas menos favorecidas de nossa sociedade;
  12. 12. Tenho sido preconceituoso e discriminado as crianças de rua, as mães solteiras, os mais pobres e os desempregados; Tenho sido injusto;
  13. 13. Tenho praticado a exclusão, deixando de lado ou de fora as pessoas pelas quais não tenho interesse; Tenho subjugado e explorado outras pessoas; Tenho procurado obter vantagens, de maneira oportunista, nas minhas relações pessoais e profissionais; Tenho sido falso, hipócrita e faltado com a caridade.   Meu Deus, como o filho pródigo venho até vós – meu Pai Amoroso – pedir perdão por minhas faltas e culpas. Dai-me forças para não mais pecar.
  14. 14. Uma coisa aprendi durante a minha vida, sofrer nao e a pior coisa que existe. Desobedecer a Deus e a pior de todas as coisas. Sinceramente, Fernanda Torres/2010 [email_address]
  15. 15. E por que me não perdoas a minha transgressão, e não tiras a minha iniqüidade? Pois agora me deitarei no pó, e de madrugada me buscarás, e não estarei lá. Jó 7:21 www.mensagensvirtuais.com.br

×