Estou fazendo minhas malas...  Olhando para o céu – cheio de mistérios! Para ver que tempo faz que tempo fará...  Pensando...
Parto para minhas férias Longe da cidade grande, será? Que encontrarei o sossego que preciso? Cansada de obrigações, decep...
Onde estão os meus amigos? Onde se esconderam de férias? Eu vou para a Ilha do Nanja Onde se ouve a grossa voz do fogo Sub...
O ar está cheio de nuvens sulfurosas À beira das lagoas verdes e azuis O silêncio cresce como um bosque Sossego? Vou andan...
Poesia? As moças cantam e dançam Cantigas de outra época Os homens tocam e cantam Em dias de festas pelas ruas Atapetadas ...
O dia amanhece todo azul com sol claro Os passarinhos voam alegremente De repente, tudo desaparece...  Uma névoa cinzenta ...
Quando eu voltar de férias...  Nem vou precisar fechar os olhos Já estou vendo os pescadores com suas barcas E a moça a es...
Texto publicado no site: O Melhor da Web em 19/11/2008   Slides SSBA www.mensagensvirtuais.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estou fazendo minhas malas

672 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
672
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
286
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estou fazendo minhas malas

  1. 1. Estou fazendo minhas malas... Olhando para o céu – cheio de mistérios! Para ver que tempo faz que tempo fará... Pensando na estrada, nas barreiras, Nas pedras soltas e fissuras...
  2. 2. Parto para minhas férias Longe da cidade grande, será? Que encontrarei o sossego que preciso? Cansada de obrigações, decepções... Onde reside a negação da própria vida?
  3. 3. Onde estão os meus amigos? Onde se esconderam de férias? Eu vou para a Ilha do Nanja Onde se ouve a grossa voz do fogo Subterrâneo – contar histórias mirabolantes.
  4. 4. O ar está cheio de nuvens sulfurosas À beira das lagoas verdes e azuis O silêncio cresce como um bosque Sossego? Vou andando tranqüilamente Como num sonho perdido no tempo...
  5. 5. Poesia? As moças cantam e dançam Cantigas de outra época Os homens tocam e cantam Em dias de festas pelas ruas Atapetadas de flores por onde passam Procissões que cantam e segue seu passo...
  6. 6. O dia amanhece todo azul com sol claro Os passarinhos voam alegremente De repente, tudo desaparece... Uma névoa cinzenta envolve montes e praias Não há maior distração do que contemplar As inconstâncias do céu na ilha do Nanja.
  7. 7. Quando eu voltar de férias... Nem vou precisar fechar os olhos Já estou vendo os pescadores com suas barcas E a moça a esperar seu amor na janela De outra ilha cheia de inconstâncias e sonhos!
  8. 8. Texto publicado no site: O Melhor da Web em 19/11/2008 Slides SSBA www.mensagensvirtuais.com.br

×