Aroma de Mãe
<ul><li>Na minha casa serás tratado como rei  </li></ul><ul><li>Achar-me-às disposto a acordos raros  </li></ul><ul><li>Jo...
<ul><li>Que jamais entram naquela de chorar  </li></ul><ul><li>Mesmo que a sentinela de uma lágrima  </li></ul><ul><li>Ins...
<ul><li>Soma de pedaços do Santo Antônio do Monte  </li></ul><ul><li>Lembrança que mantém-me sob os sinos  </li></ul><ul><...
<ul><li>Mais aberto que a porta de bar de esquina  </li></ul><ul><li>Servindo-te café e bebidas finas  </li></ul><ul><li>C...
<ul><li>Verás que minha casa leva jeito de santuário  </li></ul><ul><li>Uma espécie de mágico mar portuário  </li></ul><ul...
<ul><li>Autor: Carlos Lúcio Gontijo  </li></ul><ul><li>www.carlosluciogontijo.jor.br   </li></ul><ul><li>Montagem:  [email...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aroma de mae

465 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
465
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
199
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aroma de mae

  1. 1. Aroma de Mãe
  2. 2. <ul><li>Na minha casa serás tratado como rei </li></ul><ul><li>Achar-me-às disposto a acordos raros </li></ul><ul><li>Jorrando-te em profusão as luzes que sei </li></ul><ul><li>Cofessando-te minhas escuridões estelares </li></ul><ul><li>Veladas pelo lampião de risos claros </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Que jamais entram naquela de chorar </li></ul><ul><li>Mesmo que a sentinela de uma lágrima </li></ul><ul><li>Insista em derramar-se do meu olhar </li></ul><ul><li>Por sobre a cidade grande em que moro </li></ul><ul><li>Contida no vôo da paisagem de terraço </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Soma de pedaços do Santo Antônio do Monte </li></ul><ul><li>Lembrança que mantém-me sob os sinos </li></ul><ul><li>De meninos que não morrem, apenas se perdem </li></ul><ul><li>Nos cantos da memória ou nos recantos do mundo </li></ul><ul><li>Na minha casa encontrar-me-ás profundo </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Mais aberto que a porta de bar de esquina </li></ul><ul><li>Servindo-te café e bebidas finas </li></ul><ul><li>Com a fé de sagradas hóstias pagãs </li></ul><ul><li>Especiarias temperadas nas manhãs do meu peito </li></ul><ul><li>Abençoadas pelo aroma de mãe que partiu </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Verás que minha casa leva jeito de santuário </li></ul><ul><li>Uma espécie de mágico mar portuário </li></ul><ul><li>Onde as pessoas se achegam feito rio </li></ul><ul><li>Cheirando a puro suor de multidão </li></ul><ul><li>Passam pelo regaço da bateia dos sentimentos </li></ul><ul><li>Para se doarem à ceia do abraço amigo... </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Autor: Carlos Lúcio Gontijo </li></ul><ul><li>www.carlosluciogontijo.jor.br </li></ul><ul><li>Montagem: [email_address] </li></ul><ul><li>www.mensagensvirtuais.com.br </li></ul><ul><li>Imagens da Internet </li></ul>

×