A lista de schindler

872 visualizações

Publicada em

tudo sobre o filme do homem que salvo mais de 1000 pessoas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
872
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A lista de schindler

  1. 1. Sinopse do Filme: A Lista de Schindler O filme conta a historia de Oskar Schindler, um militar polonês membro do Partido Nazista bem relacionado com a SS, que chega à cidade sem nada e progride rapidamente nos negócios ao se apropriar de uma fabrica de panela falida, após o decreto que proibia aos judeus serem proprietários de negócios. Ele começa a oferecer jantares e festas a oficiais nazista de alta patente, estes tiram fotografias com Schindler e de seus convidados de honra e amigos. Ele contrata o Conselho Judaico e faz uma proposta: se alguns judeus investirem no seu novo negócio promete-lhes o retorno do investimento em menos de um ano. Schindler pagará aos seus empregados com bens úteis no mercado negro do gueto e os judeus terão a oportunidade de adquirir outros bens. Oskar Schindler contrata judeu ao invés de poloneses por serem mais barato, os próprios trabalhadores não recebem nada, os salários são pagos a SS. E a forma dos judeus ajudarem a limpar as ruas tirando neve é tipo uma obrigação, os judeus dividiam quartos com vários outros judeus, estavam separados por muros para não poderem andar no mesmo local de outras pessoas. E se os judeus não estivessem com a carteira que afirmava que trabalhava para nazistas e autoridades da SS poderiam ser mortos. Eles eram separados mulheres iam para um lado já os homens para outro. Foram mortos muitos judeus, cada um recebia uma numeração diferente e alguns viravam operários a onde se pararem para descansar eram mortos, eles tratavam os judeus como se fosse um objeto que tinha posse.
  2. 2. Schindler fundou a fábrica de utensílios de cozinha Emalia para enriquecer com a guerra. Nela empregou entre 1939 e 1944 muitas centenas de judeus. Eram a sua força de trabalho, empregados especializados, mesmo que não o fossem, não deixavam de serem escravos. Pensou, durante algum tempo, que bastava aos seus judeus e aos outros manterem-se saudáveis para chegarem ao fim da guerra vivos. Percebeu que não, depois percebeu que iam morrer todos e usou o que ganhara com eles para salvar alguns. Mais de mil. Schindler escreveu os seus nomes numa lista e deu-lhes vida.

×