Estatística

501 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
501
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estatística

  1. 1.  Mais correntemente, Estatística significa enumeração ou informação numérica habitualmente contida em tabelas ou gráficos. Quando se fala em Estatística pensa-se em censos, inventários, amostras ou médias. Em sentido restrito tudo isso se pode considerar uma Estatística. Num sentido mais lato, Estatística é a ciência que se ocupa da recolha e tratamento de informação. Tem como objectivo analisar os dados recolhidos, descrevendo-os e organizando-os para posterior interpretação e eventual utilização na previsão de acontecimentos futuros. A Estatística divide-se em dois ramos distintos: a Estatística Descritiva, responsável pelo estudo das características de uma dada população; e a Estatística Indutiva, que generaliza um conjunto de resultados, tendo por base uma amostra de uma dada população ou universo, enunciando a(s) consequente(s) lei(s).
  2. 2.  Depois de tirar conclusões dos estudos que se fazem serve para realizar previsões.
  3. 3.  A estatística descritiva é um ramo da estatística que aplica várias técnicas para descrever e sumariar um conjunto de dados. [1] Se diferencia da estatística inferencial, ou estatística indutiva, pelo objectivo: organizar, sumarizar dados ao invés de usar os dados em aprendizado sobre a população. Esse princípio faz da estatística descritiva independente [2].
  4. 4.  A estatística indutiva objectiva a generalização do que é estudado descritivamente, em subconjuntos, para o conjunto que as contêm. A Estatística indutiva é a parte da estatística que baseando-se em resultados obtidos da análise de uma amostra da população, procura inferir, induzir ou estimar as leis de comportamento da população da qual a amostra foi retirado. É através da estatística indutiva que podemos aceitar ou rejeitar hipóteses que podem surgir sobre as características da população, a partir também da análise da amostra representativa dessa população.
  5. 5.  Há tempos o homem tem, muitas vezes, tomado notas de coisas e pessoas, não somente como fim de acumular números, mas também visando utilizar os dados do passado para a resolução de problemas do presente. Todavia, somente no fim do século XIX e início do século XX, com aplicação das probabilidades aos problemas sobre a interpretação dos dados, os números passaram laser utilizados tanto para resolver os problemas do presente quanto prever os acontecimentos futuros.
  6. 6.  População (N): Conjunto de todos os elementos relativos a um determinado fenómeno que possuem pelo menos uma característica em comum, a população é o conjunto Universo. Pode varia quanto à sua origem (conjunto de pessoas, de objectos, de acontecimentos, etc.), à sua natureza(existente ou real, hipotética ou não totalmente inexistente) e ainda pode ser finita ou infinita. Finita - apresenta um número limitado de observações, que é passível de contagem.  Infinita - apresenta um número ilimitado de observações que é impossível de contar geralmente esta associada a processos.
  7. 7.  A sondagem pode ser resumida como a retirada de terra de pontos diversos de um campo para caracterizar todo o solo?
  8. 8.  É a colecta exaustiva de informações das "N" unidades populacionais
  9. 9.  A estatística utiliza-se das teorias probabilísticas para explicar a frequência da ocorrência de eventos, tanto em estudos obrigacionais quanto em experimento modelar a aleatoriedade e a incerteza de forma a estimar ou possibilitar a previsão de fenómenos futuros, conforme o caso.
  10. 10. Pedro Moreira

×