Resíduos sólidos domiciliares

6.381 visualizações

Publicada em

www.masterambiental.com.br

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.381
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
78
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resíduos sólidos domiciliares

  1. 1. RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES COMO FAZER A SEPARAÇÃO
  2. 2. Resolução CONAMA 275/01 – Define as cores parasegregação de cada tipo de resíduo
  3. 3. RESÍDUOS RECICLÁVEIS
  4. 4. O que diz a nova legislação sobre Brasil Reciclagem de materiais no os rejeitos? São gerados 115.000 ton de lixo por dia no Brasil Cerca de 30%da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos Art. 36. No âmbito deste lixo é reciclável 1000Kg deao titularreciclado =públicos de limpeza urbana e de manejo produtos, cabe papel dos serviços 20 árvores poupadas 1000Kg sólidos, observado, se houver, o plano municipalextraída de resíduos de vidro reciclado = 1300Kg de areia de gestão poupada integrada de resíduos sólidos: 100ton de plástico reciclado = 1 ton de petróleo poupados 1000Kg de alumínio reciclado= 5000Kg de minérios extraídos ... poupados VI - dar disposição final ambientalmente adequada aos resíduos e rejeitos oriundos dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos.
  5. 5. O que diz a nova legislação sobre os recicláveis?Art. 36. No âmbito da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos,cabe ao titular dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos,observado, se houver, o plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos:I - adotar procedimentos para reaproveitar os resíduos sólidos reutilizáveis e recicláveisoriundos dos serviços públicos de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos;II - estabelecer sistema de coleta seletiva;III - articular com os agentes econômicos e sociais medidas para viabilizar o retorno ao cicloprodutivo dos resíduos sólidos reutilizáveis e recicláveis oriundos dos serviços de limpezaurbana e de manejo de resíduos sólidos;IV - realizar as atividades definidas por acordo setorial ou termo de compromisso na formado 7o do art. 33, mediante a devida remuneração pelo setor empresarial;
  6. 6. RESÍDUOS ORGÂNICOS
  7. 7.  Do total estimadode resíduosorgânicos coletados(94.335,1 t/d)somente 1,6%(1.509 t/d) éencaminhado paratratamento viacompostagem.211 municípiosbrasileiros possuemunidades decompostagem. Osestados de MinasGerais e Rio Grandedo Sul têm aconcentração de 78 e66 unidadesrespectivamente.
  8. 8. O que diz a nova legislação sobre os orgânicos?Art. 36. No âmbito da responsabilidade compartilhada pelo ciclo devida dos produtos, cabe ao titular dos serviços públicos de limpezaurbana e de manejo de resíduos sólidos, observado, se houver, oplano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos:...V - implantar sistema de compostagem para resíduos sólidosorgânicos e articular com os agentes econômicos e sociais formas deutilização do composto produzido;
  9. 9. REJEITOS/RESÍDUOS NÃO RECICLÁVEIS
  10. 10. DEFINIÇÃORejeitosConhecidos como resíduos misturados ou contaminados, os rejeitos nãosão passíveis de separação; Sem tecnologia para reciclagem ou reaproveitamento. Em alguns casos, atecnologia existe, porém permanece inviável;Exemplo: resíduos sanitários, papel ou filmes plásticos engordurados. Em último caso, após esgotadas as possibilidades de tratamento erecuperação por processos tecnológicos disponíveis e economicamenteviáveis, devem ser destinados de maneira ambientalmente correta ematerros licenciados.
  11. 11. O que diz a nova legislação sobre os rejeitos?Art. 36. No âmbito da responsabilidade compartilhada pelo ciclode vida dos produtos, cabe ao titular dos serviços públicos delimpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos, observado, sehouver, o plano municipal de gestão integrada de resíduossólidos:...VI - dar disposição final ambientalmente adequada aos resíduos erejeitos oriundos dos serviços públicos de limpeza urbana e demanejo de resíduos sólidos.

×