SlideShare uma empresa Scribd logo
 
Que o outro saiba quando estou com medo e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos se precisar ficar um pouco quieta.
Que, se estou apenas cansada, o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais. Que o outro sinta quanto me dói a idéia da perda e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida, não porque lá está a sua verdade, mas talvez por culpa ou acomodação.
Que, se começo a chorar sem motivo depois de um dia daqueles, o outro não desconfie logo de que é culpa dele, ou que não o amo mais. Que, se estou numa fase ruim, o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde, nem dizendo: "olha que estou tendo muita paciência com você".
Que, se me entusiasmo por alguma coisa, o outro não a despreze nem me chame de ingênua, nem queira fechar essa porta necessária que se abre para mim, por mais tola que lhe pareça. Que, se eu eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.
Que o outro - filho, amigo, amante, marido - não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.
Que, finalmente, o outro entenda que embora às vezes me esforce, não sou nem devo ser a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa ... uma mulher! Criação:  KarinB.® Texto:  Trecho de uma crônica de Lya Luft Imagens:  gettyimages.com Som:  Dlicari (Concertino Pour Deux Voix)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

APRENDI A PERDOAR
APRENDI A PERDOARAPRENDI A PERDOAR
APRENDI A PERDOAR
matheusvetorello
 
Perdoar
PerdoarPerdoar
Perdoar
anacarolina_m
 
Atividade de Interpretação Textual: "O Menestrel"
Atividade de Interpretação Textual:  "O Menestrel" Atividade de Interpretação Textual:  "O Menestrel"
Atividade de Interpretação Textual: "O Menestrel"
Paula Meyer Piagentini
 
P R E C I O S I D A D E
P R E C I O S I D A D EP R E C I O S I D A D E
P R E C I O S I D A D E
zenildabarbosa
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
QSEJAETERNO
 
Preciosidade.pps
Preciosidade.ppsPreciosidade.pps
Preciosidade.pps
site curiosidades
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
AN7ONYO
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
Marilia Brasil
 
POR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSA
POR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSAPOR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSA
POR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSA
Vania Lima "Somos Físicos"
 
Um dia desses
Um dia dessesUm dia desses
Um dia desses
Jhessicagodoibrandao
 
Curso Capacitação Vendedor
Curso Capacitação VendedorCurso Capacitação Vendedor
Curso Capacitação Vendedor
Liberty Ensino
 
Eu Aprendi
Eu AprendiEu Aprendi
Eu Aprendi
dearlisim
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
Portal D'arte
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
vaniasampa2012
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
Portal D'arte
 
Um Dia Voce Aprende
Um Dia Voce AprendeUm Dia Voce Aprende
Um Dia Voce Aprende
JNR
 
Sheakspeare 26 Abr 07
Sheakspeare 26 Abr 07Sheakspeare 26 Abr 07
Sheakspeare 26 Abr 07
Dennia
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
guest855799
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
guest855799
 

Mais procurados (19)

APRENDI A PERDOAR
APRENDI A PERDOARAPRENDI A PERDOAR
APRENDI A PERDOAR
 
Perdoar
PerdoarPerdoar
Perdoar
 
Atividade de Interpretação Textual: "O Menestrel"
Atividade de Interpretação Textual:  "O Menestrel" Atividade de Interpretação Textual:  "O Menestrel"
Atividade de Interpretação Textual: "O Menestrel"
 
P R E C I O S I D A D E
P R E C I O S I D A D EP R E C I O S I D A D E
P R E C I O S I D A D E
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
 
Preciosidade.pps
Preciosidade.ppsPreciosidade.pps
Preciosidade.pps
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
 
POR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSA
POR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSAPOR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSA
POR TE CONSIDERAR UMA PESSOA PRECIOSA
 
Um dia desses
Um dia dessesUm dia desses
Um dia desses
 
Curso Capacitação Vendedor
Curso Capacitação VendedorCurso Capacitação Vendedor
Curso Capacitação Vendedor
 
Eu Aprendi
Eu AprendiEu Aprendi
Eu Aprendi
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
 
Preciosidade
PreciosidadePreciosidade
Preciosidade
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
 
Um Dia Voce Aprende
Um Dia Voce AprendeUm Dia Voce Aprende
Um Dia Voce Aprende
 
Sheakspeare 26 Abr 07
Sheakspeare 26 Abr 07Sheakspeare 26 Abr 07
Sheakspeare 26 Abr 07
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
 
Sheakspeare
SheakspeareSheakspeare
Sheakspeare
 

Destaque

Sarah Ketelaars photography portfolio
Sarah Ketelaars photography portfolioSarah Ketelaars photography portfolio
Sarah Ketelaars photography portfolio
Sarah Ketelaars
 
Eletivas
EletivasEletivas
Eletivas
Paulo Roberto
 
Día del amigo
Día del amigoDía del amigo
Día del amigo
ymmg24
 
Ram Cantabria
Ram CantabriaRam Cantabria
Ram Cantabria
Mireia Buchaca
 
Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)
Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)
Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)
Delfina Arciniega Colin
 
Medio ambiente
Medio ambienteMedio ambiente
Medio ambiente
blanqui8
 
Ativ 7-2 projetodeportugues
Ativ 7-2 projetodeportuguesAtiv 7-2 projetodeportugues
Ativ 7-2 projetodeportugues
Elisazucoloto
 
Ter amigos e ser feliz
Ter amigos e ser felizTer amigos e ser feliz
Ter amigos e ser feliz
Fer Nanda
 
Desenvolvimento web com Software Livre
Desenvolvimento web com Software LivreDesenvolvimento web com Software Livre
Desenvolvimento web com Software Livre
Ruan Carvalho
 
Unidade 2 hipertexto mariajosels
Unidade 2 hipertexto mariajoselsUnidade 2 hipertexto mariajosels
Unidade 2 hipertexto mariajosels
Maria José lopes da Silva
 
Curso online psicologia das organizacoes
Curso online psicologia das organizacoesCurso online psicologia das organizacoes
Curso online psicologia das organizacoes
Unichristus Centro Universitário
 
Fotos premiadas 2008!
Fotos premiadas 2008!Fotos premiadas 2008!
Fotos premiadas 2008!
Aristides Monteiro
 
Projeto Experiementar
Projeto ExperiementarProjeto Experiementar
Projeto Experiementar
Grupo 01
 
As máes - apresentaçao de lí
As máes - apresentaçao de líAs máes - apresentaçao de lí
As máes - apresentaçao de lí
Escola BN
 
Mascotes
MascotesMascotes
Mascotes
jeamrodrigo
 
Realidade Aumentada Customizada
Realidade Aumentada CustomizadaRealidade Aumentada Customizada
Realidade Aumentada Customizada
Agência TUDO
 
Geoarte
GeoarteGeoarte
Geoarte
sralkmim
 
Apresentação da nossa BE - setembro 2011
Apresentação da nossa BE - setembro 2011Apresentação da nossa BE - setembro 2011
Apresentação da nossa BE - setembro 2011
Escola Secundária Sta Maria do Olival
 
Material Corporativo
Material CorporativoMaterial Corporativo
Material Corporativo
Andrey Duarte
 
Cántabros y romanos
Cántabros y romanosCántabros y romanos
Cántabros y romanos
alumnosdeamparo1
 

Destaque (20)

Sarah Ketelaars photography portfolio
Sarah Ketelaars photography portfolioSarah Ketelaars photography portfolio
Sarah Ketelaars photography portfolio
 
Eletivas
EletivasEletivas
Eletivas
 
Día del amigo
Día del amigoDía del amigo
Día del amigo
 
Ram Cantabria
Ram CantabriaRam Cantabria
Ram Cantabria
 
Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)
Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)
Proyecto para la utilización de las herramientas web (trabajo fnal)
 
Medio ambiente
Medio ambienteMedio ambiente
Medio ambiente
 
Ativ 7-2 projetodeportugues
Ativ 7-2 projetodeportuguesAtiv 7-2 projetodeportugues
Ativ 7-2 projetodeportugues
 
Ter amigos e ser feliz
Ter amigos e ser felizTer amigos e ser feliz
Ter amigos e ser feliz
 
Desenvolvimento web com Software Livre
Desenvolvimento web com Software LivreDesenvolvimento web com Software Livre
Desenvolvimento web com Software Livre
 
Unidade 2 hipertexto mariajosels
Unidade 2 hipertexto mariajoselsUnidade 2 hipertexto mariajosels
Unidade 2 hipertexto mariajosels
 
Curso online psicologia das organizacoes
Curso online psicologia das organizacoesCurso online psicologia das organizacoes
Curso online psicologia das organizacoes
 
Fotos premiadas 2008!
Fotos premiadas 2008!Fotos premiadas 2008!
Fotos premiadas 2008!
 
Projeto Experiementar
Projeto ExperiementarProjeto Experiementar
Projeto Experiementar
 
As máes - apresentaçao de lí
As máes - apresentaçao de líAs máes - apresentaçao de lí
As máes - apresentaçao de lí
 
Mascotes
MascotesMascotes
Mascotes
 
Realidade Aumentada Customizada
Realidade Aumentada CustomizadaRealidade Aumentada Customizada
Realidade Aumentada Customizada
 
Geoarte
GeoarteGeoarte
Geoarte
 
Apresentação da nossa BE - setembro 2011
Apresentação da nossa BE - setembro 2011Apresentação da nossa BE - setembro 2011
Apresentação da nossa BE - setembro 2011
 
Material Corporativo
Material CorporativoMaterial Corporativo
Material Corporativo
 
Cántabros y romanos
Cántabros y romanosCántabros y romanos
Cántabros y romanos
 

Mais de Maria Masarela Passos

Os 10 problemas mais comuns do pensamento humano
Os 10 problemas mais comuns do pensamento humanoOs 10 problemas mais comuns do pensamento humano
Os 10 problemas mais comuns do pensamento humano
Maria Masarela Passos
 
Como interagir com o aluno 2006
Como interagir com o aluno 2006Como interagir com o aluno 2006
Como interagir com o aluno 2006
Maria Masarela Passos
 
Diag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escritaDiag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Maria Masarela Passos
 
Dif. aprendizagem
Dif. aprendizagemDif. aprendizagem
Dif. aprendizagem
Maria Masarela Passos
 
Reforma OrtográFica
Reforma OrtográFicaReforma OrtográFica
Reforma OrtográFica
Maria Masarela Passos
 
Fadiga visual1
Fadiga visual1Fadiga visual1
Fadiga visual1
Maria Masarela Passos
 
Mediação na educação infantil
Mediação na educação infantilMediação na educação infantil
Mediação na educação infantil
Maria Masarela Passos
 
Como desenvolver a maturidade emocional das crianças
Como desenvolver a maturidade emocional das criançasComo desenvolver a maturidade emocional das crianças
Como desenvolver a maturidade emocional das crianças
Maria Masarela Passos
 
Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009
Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009
Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009
Maria Masarela Passos
 
O que são realmente as dificuldades de aprendizagem
O que são realmente as dificuldades de aprendizagemO que são realmente as dificuldades de aprendizagem
O que são realmente as dificuldades de aprendizagem
Maria Masarela Passos
 
Texto alma de mulher
Texto alma de mulherTexto alma de mulher
Texto alma de mulher
Maria Masarela Passos
 
Oração à mulher
Oração à mulherOração à mulher
Oração à mulher
Maria Masarela Passos
 
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Dislexia   um estranho no outro lado do papelDislexia   um estranho no outro lado do papel
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Maria Masarela Passos
 
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Dislexia   um estranho no outro lado do papelDislexia   um estranho no outro lado do papel
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Maria Masarela Passos
 
A infância na visão global das mães
A infância na visão global das mãesA infância na visão global das mães
A infância na visão global das mães
Maria Masarela Passos
 
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Dislexia   um estranho no outro lado do papelDislexia   um estranho no outro lado do papel
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Maria Masarela Passos
 
Treinar os sentidos e o cérebro
Treinar os sentidos e o cérebroTreinar os sentidos e o cérebro
Treinar os sentidos e o cérebro
Maria Masarela Passos
 
O domínio de si mesmo
O domínio de si mesmoO domínio de si mesmo
O domínio de si mesmo
Maria Masarela Passos
 
Resolução sobre educação especial
Resolução sobre educação especialResolução sobre educação especial
Resolução sobre educação especial
Maria Masarela Passos
 
Inquietos e desatentos
Inquietos e desatentosInquietos e desatentos
Inquietos e desatentos
Maria Masarela Passos
 

Mais de Maria Masarela Passos (20)

Os 10 problemas mais comuns do pensamento humano
Os 10 problemas mais comuns do pensamento humanoOs 10 problemas mais comuns do pensamento humano
Os 10 problemas mais comuns do pensamento humano
 
Como interagir com o aluno 2006
Como interagir com o aluno 2006Como interagir com o aluno 2006
Como interagir com o aluno 2006
 
Diag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escritaDiag. e interv nas dif. de leitura e escrita
Diag. e interv nas dif. de leitura e escrita
 
Dif. aprendizagem
Dif. aprendizagemDif. aprendizagem
Dif. aprendizagem
 
Reforma OrtográFica
Reforma OrtográFicaReforma OrtográFica
Reforma OrtográFica
 
Fadiga visual1
Fadiga visual1Fadiga visual1
Fadiga visual1
 
Mediação na educação infantil
Mediação na educação infantilMediação na educação infantil
Mediação na educação infantil
 
Como desenvolver a maturidade emocional das crianças
Como desenvolver a maturidade emocional das criançasComo desenvolver a maturidade emocional das crianças
Como desenvolver a maturidade emocional das crianças
 
Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009
Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009
Monografia teoria e_clínica_psicanalítica_ masarela_ nov_ 2009
 
O que são realmente as dificuldades de aprendizagem
O que são realmente as dificuldades de aprendizagemO que são realmente as dificuldades de aprendizagem
O que são realmente as dificuldades de aprendizagem
 
Texto alma de mulher
Texto alma de mulherTexto alma de mulher
Texto alma de mulher
 
Oração à mulher
Oração à mulherOração à mulher
Oração à mulher
 
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Dislexia   um estranho no outro lado do papelDislexia   um estranho no outro lado do papel
Dislexia um estranho no outro lado do papel
 
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Dislexia   um estranho no outro lado do papelDislexia   um estranho no outro lado do papel
Dislexia um estranho no outro lado do papel
 
A infância na visão global das mães
A infância na visão global das mãesA infância na visão global das mães
A infância na visão global das mães
 
Dislexia um estranho no outro lado do papel
Dislexia   um estranho no outro lado do papelDislexia   um estranho no outro lado do papel
Dislexia um estranho no outro lado do papel
 
Treinar os sentidos e o cérebro
Treinar os sentidos e o cérebroTreinar os sentidos e o cérebro
Treinar os sentidos e o cérebro
 
O domínio de si mesmo
O domínio de si mesmoO domínio de si mesmo
O domínio de si mesmo
 
Resolução sobre educação especial
Resolução sobre educação especialResolução sobre educação especial
Resolução sobre educação especial
 
Inquietos e desatentos
Inquietos e desatentosInquietos e desatentos
Inquietos e desatentos
 

Último

A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 

Último (14)

A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 

Canção das mulheres

  • 1.  
  • 2. Que o outro saiba quando estou com medo e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos se precisar ficar um pouco quieta.
  • 3. Que, se estou apenas cansada, o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais. Que o outro sinta quanto me dói a idéia da perda e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida, não porque lá está a sua verdade, mas talvez por culpa ou acomodação.
  • 4. Que, se começo a chorar sem motivo depois de um dia daqueles, o outro não desconfie logo de que é culpa dele, ou que não o amo mais. Que, se estou numa fase ruim, o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde, nem dizendo: "olha que estou tendo muita paciência com você".
  • 5. Que, se me entusiasmo por alguma coisa, o outro não a despreze nem me chame de ingênua, nem queira fechar essa porta necessária que se abre para mim, por mais tola que lhe pareça. Que, se eu eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.
  • 6. Que o outro - filho, amigo, amante, marido - não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.
  • 7. Que, finalmente, o outro entenda que embora às vezes me esforce, não sou nem devo ser a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa ... uma mulher! Criação: KarinB.® Texto: Trecho de uma crônica de Lya Luft Imagens: gettyimages.com Som: Dlicari (Concertino Pour Deux Voix)