http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/MOTOR DE PARTIDAQuando não existia motor de partida, o arranque do motor e...
http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/O PRINCIPIO DE FUNCIONAMENTO E COMPONETESDO MOTOR DEPARTIDA DEPENDE DO TIP...
http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/e. Coletor: De lâminas de cobre, isoladas entre si. É cilíndrico e está si...
http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/permanente e um dispositivo de transmissão intermediária (engrenagemplanet...
http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/Motor de partida do tipo KBEste tipo de motor de partida é empregado em ve...
http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/aumentar a vida útil do motor de partida:1. Período prologado de quando o ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Motor de partida principio de funcionamento – componentes - tipo – convencional –dw- kb - cuidados de e diagnóstico para reparação

26.023 visualizações

Publicada em

Motor de partida- principio de funcionamento – componentes - tipo – convencional –DW- KB - cuidados de e diagnóstico para reparação

0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
26.023
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
416
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motor de partida principio de funcionamento – componentes - tipo – convencional –dw- kb - cuidados de e diagnóstico para reparação

  1. 1. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/MOTOR DE PARTIDAQuando não existia motor de partida, o arranque do motor era feitomanualmente (primeiros veículos), como pode ser observado no exemploabaixo do (Ford).Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=zIEx9cIV5Wk&feature=relatedComo visto, para que o motor do veículo entre em funcionamento é necessárioque seja girado a uma rotação predeterminada que varia de motor para motor.Em média, a rotação de partida fica em torno de 40 a 80 RPM para motoresciclo Otto e 1OO a 200 RPM param motores Diesel. O motor de partida tem afunção basicamente de promover essa rotação, através da corrente elétricaenviado pela bateria. Rotações menores que especificadas dificulta ofuncionamento imediato do motor. Componente tem baixa manutenção principalmente em veículos mais novos, desde que se tome alguns cuidados:automobilística.foz@gmail.com
  2. 2. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/O PRINCIPIO DE FUNCIONAMENTO E COMPONETESDO MOTOR DEPARTIDA DEPENDE DO TIPO, QUE PODEN SER: Motore de partida convencional; Motor de partida do tipo DW, Motor de partida KB.MOTOR DE PARTIDA CONVENCIONALOs motores de partida convencionaissão mais antigos e possuem os seguintesórgão:a. Carcaça: De ferro ou de aço, cilíndrica. Serve de suporte aos órgãos domotor e assegura maior continuidade do circuito magnético. Possui um terminalisolado, que recebe o cabo condutor proveniente do contato de partida. Emuma de suas extremidades, cobertos pela cinta de inspeção, existem orifíciosque permitem o exame visual do coletor e das escovas. Quando instalado naviatura, o motor deve possuir uma cinta de inspeção, a fim de que o interior domotor não seja atingido por poeira, graxa ou detritos quaisquer.b .Massas polares: De ferro ou outro material magnético. Servem de base àsbobinas de campo e são os pólos do motor. Podem serem removidas , pois sãopresas à carcaça por meio de parafusos. Os motores de partida podempossuirduas, quatro ou seis massas polares.c. Bobinas de campo: Formadas por condutores de cobre, com grandediâmetro colocadas em torno das massas polares.d. Rotor: É formado por um núcleo, que serve de base aos condutoresdispostos em bobinas. O núcleo é formado por discos de ferro, superpostos,isolados entre si e montados sobre pressão. Todosos discos possuemranhuras, que recebem isolamento e alojam as bobinas. O rotor é solidário asua árvore e apoia-se na carcaça por meio de rolamentos.automobilística.foz@gmail.com
  3. 3. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/e. Coletor: De lâminas de cobre, isoladas entre si. É cilíndrico e está situado naextremidade do rotor. Destina-se a assegurar o movimento de rotação,mantendo a inversão do sentido da corrente nas espiras.f. Escovas: Geralmente de cobre grafitado e em número de duas, quatro ouseis, conforme o número de bobinas de campo; são colocadas nos suportesdas escovas e estabelecem ligação entre o coletor e as bobinas de campo. Emqualquer motor, o número de escovas isoladas é igual ao de escovas ligadas amassa.Componentes do motor de partida:MOTOR DE PARTIDA TIPO DW:Com ímã permanente substituindo as bobinas de campo e conjunto planetáriose diferencia dos motores de partida convencionais, por possuir imãautomobilística.foz@gmail.com
  4. 4. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/permanente e um dispositivo de transmissão intermediária (engrenagemplanetária) para transformar potência (RPM) em torque, em comparação aostipos convencionais, tempeso 40% com menor e dimensão reduzida, suapotência de partida igual ou até mesmo mais elevada se comparado com oconvencional. Veja na figura abaixo o imã permanente substituindo a bobina decampo.automobilística.foz@gmail.com
  5. 5. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/Motor de partida do tipo KBEste tipo de motor de partida é empregado em veículos pesados operando com24 V, operacom um mecanismo de engrenamento elétrico de dois estágios ,primeiro estágio auxilia somente o engrenamento do pinhão do motor departida. Neste estágio o motor de combustão não é girado, sendo que somenteno segundo estágio são ligadas as bobinas de campo e o induzido. No mancaldo coletor está instalado um relé de engrenamento para o pinhão e um relé decomando para os dois estágios de ligação deste motor de partida. Estadisposição torna necessário que o pinhão seja avançado através de uma hasteque passa dentro do eixo oco do induzido. Acoplando o pinhão na cremalheirae acionado a embreagem de lâminas, quando a rotação do motor ultrapassa arotação do motor de partida, a embreagem de lâminas desfaz a união entre opinhão e o induzido do motor de partida. O fuso da transmissão mecânica domotor de partida executa a separação .impedindo que o induzido seja giradopelo motor a altas rotações além de proteção contra sobrecarga, limitando otorque do eixo do induzido ao pinhãoVeja os principais cuidados de devem serem tomado paraautomobilística.foz@gmail.com
  6. 6. http://tudosobreautomobilistica.blogspot.com.br/aumentar a vida útil do motor de partida:1. Período prologado de quando o motor por algum problema não pega; isso faz superaquecer as bobinas internas provocando curto e danificando o motor de partida. Nesse caso é recomendável encontrar o problema para um novo arranque.2. Manter o motor de partida acionado com o funcionando,ou dar uma partida acidental com o motor funcionado; (danifica o pinhão e roda livre).Quais os sintomas que indicam a necessidade de reparação dosistema de partida?Normalmente é emitido sons ou o motor gira pesado (lentamente).1. O não engrenamento do pinhão à cremalheira estalos rápidos durante a partida, significa que se deve observar: cremalheira, pinhão também conhecido como “Eixo-Bendix”) eixo empastado ou folga nas buchas2. Se você ouvir um zunido forte, e girando livre, sem engatar no volante do motor. Possivelmente, esse motor de partida tem uma mola, entre o garfo e o pinhão e por algum motivo o pinhão não avança porem a chave magnética (automático)fecha os contatos girando o induzido sem que pinhão engrene .3. O motor girando lentamente sem nenhum ruído, indica possíveis problemas:bateria com baixa capacidade de carga, defeitos nas bobinas ou espiras internas do motor de partida ou resistência da passagem da corrente provocado por conectores, cabos, positivos ou negativos, contato da ponte de contato com resistência ou nas escovas desgastadas ou isolada em relação ao coletor .Obs.: Como visto, antes de condenar o motor de partida, deve-secertificar, se o problema não é bateria, cabos, conectores e motor comcalço hidráulico ou mecânico.automobilística.foz@gmail.com

×