SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 68
Baixar para ler offline
Nesta escola há muitos vencedores! Você faz parte deste grupo? E. E. Padre Mário Blandino
REGIMENTO ESCOLAR E. E. PADRE MÁRIO BLANDINO
Da organização da Unidade Escolar Integram a Unidade Escolar: COLEGIADO ESCOLAR CONSELHO DE CLASSE ASSOCIAÇÃO DE PAIS E MESTRES
Do Corpo Discente Dos Direitos
ARTIGO 73 Além daqueles que lhes são outorgados por toda legislação aplicável, constituirão direitos dos educandos:
Tomar conhecimento, no ato da matrícula, das disposições do REGIMENTO ESCOLAR da Unidade Escolar; I
Ser respeitado por todos os integrantes da comunidade escolar; II
III Ser considerado e valorizado em sua individualidade, sem comparação, nem preferências;
IV Ser respeitado em seus princípios religiosos, orientado em suas dificuldades e ouvido em suas queixas ou reclamações;
V Receber seus trabalhos e tarefas, devidamente corrigidos e avaliados;
VI Contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores;
VII Requerer à direção escolar, no prazo de 3 (três) dias úteis, revisão de prova, considerando a partir do seu recebimento, quando se sentir prejudicado no resultado lhe aplicado;
VIII Requerer à Coordenação Pedagógica nova oportunidade, quando faltar às avaliações de aprendizagem predeterminadas, desde que a falta seja devidamente justificada, no prazo máximo de 3 (três) dias úteis.
IX Eleger representantes de classe;
X Requerer, em grau de recurso, ao Colegiado Escolar, julgamento das decisões tomadas nos incisos VII e VIII, quando se sentir prejudicado;
XI Votar para eleger o diretor da Unidade Escolar, respeitando-se a idade estabelecida na legislação vigente;
XII Votar e ser votado para a escolha de seus representantes no Grêmio Estudantil e no Colegiado Escolar, respeitando a idade estabelecida na legislação vigente;
XIII Participar da elaboração da Proposta Pedagógica.
Dos Deveres Do Corpo Discente
ARTIGO 74 Constituirão deveres dos educandos, além daqueles previstos na legislação aplicável os seguintes:
Comparecer pontualmente às aulas, provas e outras atividades preparadas e programadas pelos professor ou pela Unidade Escolar; I
II Desincumbir-se das obrigações que lhe forem atribuídas;
III Tratar com civilidade os integrantes da comunidade escolar;
IV Colaborar para a preservação do patrimônio escolar;
V Atender convocação da Direção Escolar, da Coordenação Pedagógica e dos Professores;
VI Portar-se corretamente dentro da Unidade Escolar;
VII Indenizar os danos a que, der causa dentro da Unidade Escolar;
VIII Integrar-se no processo pedagógico, desenvolvido pela Unidade Escolar;
IX Comparecer e participar de todas as atividades promovidas pela Unidade Escolar;
X Apresentar-se na Unidade escolar, devidamente trajado;
XI Manter hábitos de higiene em seu corpo, seu vestuário e em seus objetos escolares;
XII Permanecer até o término do horário escolar diário, afastando-se somente com autorização;
XIII Desempenhar os deveres e as obrigações escolares que lhes forem atribuídas;
XIV Trazer justificativa, por escrito, dos pais quando necessário;
XV Ter boa conduta na Unidade Escolar, evitando atitudes que prejudiquem  o seu relacionamento e a sua integração na comunidade escolar;
XVI Solicitar autorização ao professor para entrar e sair da sala de aula;
XVII Participar de todas as atividades propostas, não se ocupando com trabalhos ou materiais de outra natureza;
XVIII Abster-se do uso do fumos, bebidas alcoólicas e substâncias ilícitas nas dependências da Unidade Escolar;
XIX Comunicar a Direção Escolar sobre qualquer atividade extra a ser realizada na Unidade Escolar.
Do Corpo Discente Das Proibições
ARTIGO 75 É proibido ao educando:
I Apresentar-se na Unidade Escolar sob efeito de bebidas alcoólicas ou substâncias que produzam dependência física ou psíquica;
II Promover eventos de qualquer natureza, em nome da Unidade Escolar, sem a devida autorização do Órgão competente;
III Portar, no recinto escolar, armas e explosivos de qualquer natureza, entorpecentes e outros objetos estranhos às atividades escolares;
IV Fumar no ambiente escolar;
V Ausentar-se da Unidade Escolar, durante o período de aula, sem autorização do setor competente;
VI Entrar em sala de aula ou dela sair, sem permissão do professor;
VII Formar grupos com fim de promover algazarras e incitar os colegas a atos de rebeldia e movimentos contra as normas do Regimento Escolar;
VIII Desacatar os integrantes da Unidade Escolar;
IX Rasurar ou falsificar qualquer documento escolar;
X Desperdiçar materiais de uso comum pertencentes à Unidade Escolar;
XI Causar danos materiais e depredação ao patrimônio público;
XII Afrontar professores com ofensas e agressões causando-lhes danos morais e físicos;
XIII Acompanhar ou incentivar  a presença de pessoas estranhas nas dependências da Unidade escolar.
Das Penalidades Do Corpo Discente
ARTIGO 76 Os educandos estarão sujeitos às seguintes penalidades:
I Advertência Verbal;
II Repreensão Escrita;
III Suspensão de até 3 (três) dias consecutivos.
1º - As penalidades de advertência e de repreensão poderão ser aplicadas pelo Diretor Escolar, após ouvida a Coordenação Pedagógica.
2º - A penalidade de suspensão ocorrerá após as penalidades previstas nos Incisos I e II e será cumprida na Unidade escolar, sob orientação do Coordenador Pedagógico, por meio de atividades extra classe, correlatas aos conteúdos que estarão sendo desenvolvidos em sala de aula.
3º - Serão proibidas quaisquer sanções que atentem contra a sua dignidade pessoal, física e mental.
4º - As decisões sobre penalidades disciplinares tomadas pelo Diretor e pelo Colegiado Escolar deverão constar no livro de ocorrência.
5º- Em caso de reiteração de falta grave, a Direção Escolar agirá em consonância com o que dispõe o Estatuto da Criança e do Adolescente, ouvindo o Conselho Tutelar do Menor e a Promotoria da Infância e Adolescência.
6º- Seja qual for a penalidade, caberá ao educando ou seu responsável o direito de toda e qualquer penalidade ser comunicada, por escrito, ao educando faltoso ou aos pais ou responsável, quando menor de idade.
dos que "saem do porto". A vitória é   dos que se arriscam para alcançar o alto da montanha. (Edilson Ramos) A vitória é dos que lutam, dos que agem,
Você nasceu para vencer, mas para ser um vencedor você precisa planejar para vencer, se preparar para vencer, e esperar vencer." (Zig Ziglar)
"Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: e a oportunidade perdida."   a flecha lançada, a palavra pronunciada

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regimento escolar para as turmas
Regimento escolar para as turmas Regimento escolar para as turmas
Regimento escolar para as turmas leandrokaupe
 
Normas gerais de conduta escolar
Normas gerais de conduta escolarNormas gerais de conduta escolar
Normas gerais de conduta escolarandreiarsbarbosa
 
Normativas da Escola Machado de Assis
Normativas da Escola Machado de AssisNormativas da Escola Machado de Assis
Normativas da Escola Machado de AssisIEE Wilcam
 
Regras gerais de funcionamento da escola
Regras gerais de funcionamento da escolaRegras gerais de funcionamento da escola
Regras gerais de funcionamento da escolaDulcilene Figueiredo
 
Direitos e deveres do cidadão
Direitos e deveres do cidadãoDireitos e deveres do cidadão
Direitos e deveres do cidadãoKauan Brito
 
Regimento Escolar e combinados da sala de tecnologias
Regimento Escolar e combinados da sala de tecnologiasRegimento Escolar e combinados da sala de tecnologias
Regimento Escolar e combinados da sala de tecnologiasCristiane Gregório
 
Regimento interno ec10
Regimento interno ec10Regimento interno ec10
Regimento interno ec10QUEDMA SILVA
 
Normas de Convivência para o Corpo Discente
Normas de Convivência para o Corpo DiscenteNormas de Convivência para o Corpo Discente
Normas de Convivência para o Corpo DiscenteMarina Alessandra
 
Direitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia Baptista
Direitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia BaptistaDireitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia Baptista
Direitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia BaptistaProfessora Silvia batista
 
Regimento interno ec10 2013
Regimento interno ec10 2013Regimento interno ec10 2013
Regimento interno ec10 2013QUEDMA SILVA
 

Mais procurados (13)

Regimento escolar para as turmas
Regimento escolar para as turmas Regimento escolar para as turmas
Regimento escolar para as turmas
 
Normas gerais de conduta escolar
Normas gerais de conduta escolarNormas gerais de conduta escolar
Normas gerais de conduta escolar
 
Regulamento interno
Regulamento internoRegulamento interno
Regulamento interno
 
Normativas da Escola Machado de Assis
Normativas da Escola Machado de AssisNormativas da Escola Machado de Assis
Normativas da Escola Machado de Assis
 
Regras gerais de funcionamento da escola
Regras gerais de funcionamento da escolaRegras gerais de funcionamento da escola
Regras gerais de funcionamento da escola
 
Direitos e deveres do cidadão
Direitos e deveres do cidadãoDireitos e deveres do cidadão
Direitos e deveres do cidadão
 
Regimento Escolar e combinados da sala de tecnologias
Regimento Escolar e combinados da sala de tecnologiasRegimento Escolar e combinados da sala de tecnologias
Regimento Escolar e combinados da sala de tecnologias
 
Regimento interno nilo
Regimento interno niloRegimento interno nilo
Regimento interno nilo
 
Normas de convivência na escola
Normas de convivência na escolaNormas de convivência na escola
Normas de convivência na escola
 
Regimento interno ec10
Regimento interno ec10Regimento interno ec10
Regimento interno ec10
 
Normas de Convivência para o Corpo Discente
Normas de Convivência para o Corpo DiscenteNormas de Convivência para o Corpo Discente
Normas de Convivência para o Corpo Discente
 
Direitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia Baptista
Direitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia BaptistaDireitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia Baptista
Direitos e Deveres dos Alunos - Trabalho de Lucia Baptista
 
Regimento interno ec10 2013
Regimento interno ec10 2013Regimento interno ec10 2013
Regimento interno ec10 2013
 

Semelhante a Direitos e deveres de alunos em escola

Semelhante a Direitos e deveres de alunos em escola (20)

Regimento escolar
Regimento escolarRegimento escolar
Regimento escolar
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Guia do aluno cejvb
Guia do aluno cejvbGuia do aluno cejvb
Guia do aluno cejvb
 
Regimento interno 2011
Regimento interno 2011Regimento interno 2011
Regimento interno 2011
 
Regimento escolar ok
Regimento escolar okRegimento escolar ok
Regimento escolar ok
 
REGIMENTO ESCOLAR FEITIÇO DA VILA 2012
REGIMENTO ESCOLAR FEITIÇO DA VILA 2012REGIMENTO ESCOLAR FEITIÇO DA VILA 2012
REGIMENTO ESCOLAR FEITIÇO DA VILA 2012
 
Regimento escolar 2012
Regimento escolar 2012Regimento escolar 2012
Regimento escolar 2012
 
Regimento escolar na prática
Regimento escolar na práticaRegimento escolar na prática
Regimento escolar na prática
 
Direitos e-normas-disciplinares-dos-alunos
Direitos e-normas-disciplinares-dos-alunosDireitos e-normas-disciplinares-dos-alunos
Direitos e-normas-disciplinares-dos-alunos
 
Eb2
Eb2Eb2
Eb2
 
Eb2
Eb2Eb2
Eb2
 
Apresentação da Servidora Viviane
Apresentação da Servidora VivianeApresentação da Servidora Viviane
Apresentação da Servidora Viviane
 
Regimento escolar 2011
Regimento escolar 2011Regimento escolar 2011
Regimento escolar 2011
 
Direitos, Deveres e Sanção aos Alunos
Direitos, Deveres e Sanção aos AlunosDireitos, Deveres e Sanção aos Alunos
Direitos, Deveres e Sanção aos Alunos
 
Regulamento interno 2013 2014
Regulamento  interno 2013 2014Regulamento  interno 2013 2014
Regulamento interno 2013 2014
 
Açoes Educativas Disciplinares na Escola
Açoes Educativas Disciplinares na Escola Açoes Educativas Disciplinares na Escola
Açoes Educativas Disciplinares na Escola
 
Legislação
LegislaçãoLegislação
Legislação
 
Legislação
LegislaçãoLegislação
Legislação
 
As normas e regras da instituição.pptx
As normas e regras da instituição.pptxAs normas e regras da instituição.pptx
As normas e regras da instituição.pptx
 
Manual do aluno janeiro de 2012
Manual do aluno janeiro de 2012Manual do aluno janeiro de 2012
Manual do aluno janeiro de 2012
 

Mais de Arcelino Barbosa

Mais de Arcelino Barbosa (20)

Atividades sobre Monteiro Lobato 5
Atividades sobre Monteiro Lobato 5Atividades sobre Monteiro Lobato 5
Atividades sobre Monteiro Lobato 5
 
Atividades sobre Monteiro Lobato 4
Atividades sobre Monteiro Lobato 4Atividades sobre Monteiro Lobato 4
Atividades sobre Monteiro Lobato 4
 
Atividades sobre Monteiro Lobato 3
Atividades sobre Monteiro Lobato 3Atividades sobre Monteiro Lobato 3
Atividades sobre Monteiro Lobato 3
 
Atividades sobre Monteiro Lobato 2
Atividades sobre Monteiro Lobato 2Atividades sobre Monteiro Lobato 2
Atividades sobre Monteiro Lobato 2
 
Atividades sobre Monteiro Lobato 1
Atividades sobre Monteiro Lobato 1Atividades sobre Monteiro Lobato 1
Atividades sobre Monteiro Lobato 1
 
Ativ4.5 ebook produzindo o relato multimidia
Ativ4.5 ebook produzindo o relato multimidiaAtiv4.5 ebook produzindo o relato multimidia
Ativ4.5 ebook produzindo o relato multimidia
 
Escritores da liberdade
Escritores da liberdadeEscritores da liberdade
Escritores da liberdade
 
Escritores da liberdade
Escritores da liberdadeEscritores da liberdade
Escritores da liberdade
 
Escritores da liberdade
Escritores da liberdadeEscritores da liberdade
Escritores da liberdade
 
O que é etica
O que é eticaO que é etica
O que é etica
 
Urbanização do Brasil
Urbanização do BrasilUrbanização do Brasil
Urbanização do Brasil
 
Tecnologias em Minha Escola
Tecnologias em Minha EscolaTecnologias em Minha Escola
Tecnologias em Minha Escola
 
Arte Barroca
Arte BarrocaArte Barroca
Arte Barroca
 
Semana da Arte Moderna
Semana da Arte ModernaSemana da Arte Moderna
Semana da Arte Moderna
 
Ana lúcia, tamires
Ana lúcia, tamiresAna lúcia, tamires
Ana lúcia, tamires
 
Arte Barroca
Arte BarrocaArte Barroca
Arte Barroca
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
 
Semana da Arte Moderna
Semana da Arte ModernaSemana da Arte Moderna
Semana da Arte Moderna
 
Atividade sobre Hiperlink
Atividade sobre HiperlinkAtividade sobre Hiperlink
Atividade sobre Hiperlink
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
 

Último

organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 

Último (20)

organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 

Direitos e deveres de alunos em escola

  • 1. Nesta escola há muitos vencedores! Você faz parte deste grupo? E. E. Padre Mário Blandino
  • 2. REGIMENTO ESCOLAR E. E. PADRE MÁRIO BLANDINO
  • 3. Da organização da Unidade Escolar Integram a Unidade Escolar: COLEGIADO ESCOLAR CONSELHO DE CLASSE ASSOCIAÇÃO DE PAIS E MESTRES
  • 4. Do Corpo Discente Dos Direitos
  • 5. ARTIGO 73 Além daqueles que lhes são outorgados por toda legislação aplicável, constituirão direitos dos educandos:
  • 6. Tomar conhecimento, no ato da matrícula, das disposições do REGIMENTO ESCOLAR da Unidade Escolar; I
  • 7. Ser respeitado por todos os integrantes da comunidade escolar; II
  • 8. III Ser considerado e valorizado em sua individualidade, sem comparação, nem preferências;
  • 9. IV Ser respeitado em seus princípios religiosos, orientado em suas dificuldades e ouvido em suas queixas ou reclamações;
  • 10. V Receber seus trabalhos e tarefas, devidamente corrigidos e avaliados;
  • 11. VI Contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores;
  • 12. VII Requerer à direção escolar, no prazo de 3 (três) dias úteis, revisão de prova, considerando a partir do seu recebimento, quando se sentir prejudicado no resultado lhe aplicado;
  • 13. VIII Requerer à Coordenação Pedagógica nova oportunidade, quando faltar às avaliações de aprendizagem predeterminadas, desde que a falta seja devidamente justificada, no prazo máximo de 3 (três) dias úteis.
  • 15. X Requerer, em grau de recurso, ao Colegiado Escolar, julgamento das decisões tomadas nos incisos VII e VIII, quando se sentir prejudicado;
  • 16. XI Votar para eleger o diretor da Unidade Escolar, respeitando-se a idade estabelecida na legislação vigente;
  • 17. XII Votar e ser votado para a escolha de seus representantes no Grêmio Estudantil e no Colegiado Escolar, respeitando a idade estabelecida na legislação vigente;
  • 18. XIII Participar da elaboração da Proposta Pedagógica.
  • 19. Dos Deveres Do Corpo Discente
  • 20. ARTIGO 74 Constituirão deveres dos educandos, além daqueles previstos na legislação aplicável os seguintes:
  • 21. Comparecer pontualmente às aulas, provas e outras atividades preparadas e programadas pelos professor ou pela Unidade Escolar; I
  • 22. II Desincumbir-se das obrigações que lhe forem atribuídas;
  • 23. III Tratar com civilidade os integrantes da comunidade escolar;
  • 24. IV Colaborar para a preservação do patrimônio escolar;
  • 25. V Atender convocação da Direção Escolar, da Coordenação Pedagógica e dos Professores;
  • 26. VI Portar-se corretamente dentro da Unidade Escolar;
  • 27. VII Indenizar os danos a que, der causa dentro da Unidade Escolar;
  • 28. VIII Integrar-se no processo pedagógico, desenvolvido pela Unidade Escolar;
  • 29. IX Comparecer e participar de todas as atividades promovidas pela Unidade Escolar;
  • 30. X Apresentar-se na Unidade escolar, devidamente trajado;
  • 31. XI Manter hábitos de higiene em seu corpo, seu vestuário e em seus objetos escolares;
  • 32. XII Permanecer até o término do horário escolar diário, afastando-se somente com autorização;
  • 33. XIII Desempenhar os deveres e as obrigações escolares que lhes forem atribuídas;
  • 34. XIV Trazer justificativa, por escrito, dos pais quando necessário;
  • 35. XV Ter boa conduta na Unidade Escolar, evitando atitudes que prejudiquem o seu relacionamento e a sua integração na comunidade escolar;
  • 36. XVI Solicitar autorização ao professor para entrar e sair da sala de aula;
  • 37. XVII Participar de todas as atividades propostas, não se ocupando com trabalhos ou materiais de outra natureza;
  • 38. XVIII Abster-se do uso do fumos, bebidas alcoólicas e substâncias ilícitas nas dependências da Unidade Escolar;
  • 39. XIX Comunicar a Direção Escolar sobre qualquer atividade extra a ser realizada na Unidade Escolar.
  • 40. Do Corpo Discente Das Proibições
  • 41. ARTIGO 75 É proibido ao educando:
  • 42. I Apresentar-se na Unidade Escolar sob efeito de bebidas alcoólicas ou substâncias que produzam dependência física ou psíquica;
  • 43. II Promover eventos de qualquer natureza, em nome da Unidade Escolar, sem a devida autorização do Órgão competente;
  • 44. III Portar, no recinto escolar, armas e explosivos de qualquer natureza, entorpecentes e outros objetos estranhos às atividades escolares;
  • 45. IV Fumar no ambiente escolar;
  • 46. V Ausentar-se da Unidade Escolar, durante o período de aula, sem autorização do setor competente;
  • 47. VI Entrar em sala de aula ou dela sair, sem permissão do professor;
  • 48. VII Formar grupos com fim de promover algazarras e incitar os colegas a atos de rebeldia e movimentos contra as normas do Regimento Escolar;
  • 49. VIII Desacatar os integrantes da Unidade Escolar;
  • 50. IX Rasurar ou falsificar qualquer documento escolar;
  • 51. X Desperdiçar materiais de uso comum pertencentes à Unidade Escolar;
  • 52. XI Causar danos materiais e depredação ao patrimônio público;
  • 53. XII Afrontar professores com ofensas e agressões causando-lhes danos morais e físicos;
  • 54. XIII Acompanhar ou incentivar a presença de pessoas estranhas nas dependências da Unidade escolar.
  • 55. Das Penalidades Do Corpo Discente
  • 56. ARTIGO 76 Os educandos estarão sujeitos às seguintes penalidades:
  • 59. III Suspensão de até 3 (três) dias consecutivos.
  • 60. 1º - As penalidades de advertência e de repreensão poderão ser aplicadas pelo Diretor Escolar, após ouvida a Coordenação Pedagógica.
  • 61. 2º - A penalidade de suspensão ocorrerá após as penalidades previstas nos Incisos I e II e será cumprida na Unidade escolar, sob orientação do Coordenador Pedagógico, por meio de atividades extra classe, correlatas aos conteúdos que estarão sendo desenvolvidos em sala de aula.
  • 62. 3º - Serão proibidas quaisquer sanções que atentem contra a sua dignidade pessoal, física e mental.
  • 63. 4º - As decisões sobre penalidades disciplinares tomadas pelo Diretor e pelo Colegiado Escolar deverão constar no livro de ocorrência.
  • 64. 5º- Em caso de reiteração de falta grave, a Direção Escolar agirá em consonância com o que dispõe o Estatuto da Criança e do Adolescente, ouvindo o Conselho Tutelar do Menor e a Promotoria da Infância e Adolescência.
  • 65. 6º- Seja qual for a penalidade, caberá ao educando ou seu responsável o direito de toda e qualquer penalidade ser comunicada, por escrito, ao educando faltoso ou aos pais ou responsável, quando menor de idade.
  • 66. dos que "saem do porto". A vitória é dos que se arriscam para alcançar o alto da montanha. (Edilson Ramos) A vitória é dos que lutam, dos que agem,
  • 67. Você nasceu para vencer, mas para ser um vencedor você precisa planejar para vencer, se preparar para vencer, e esperar vencer." (Zig Ziglar)
  • 68. "Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: e a oportunidade perdida." a flecha lançada, a palavra pronunciada