ENSINAR Geometria aula 1 a pnaic meriti

3.866 visualizações

Publicada em

DIÁLOGO INICIAL SOBRE GEOMETRIA, GEOMETRIA PNAIC MERITI

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.866
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
100
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ENSINAR Geometria aula 1 a pnaic meriti

  1. 1. PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO JOÃO DE MERITI SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA SUBSECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA GEOMETRIA caderno 5 Marilena e Marilene
  2. 2. Leitura deleite
  3. 3. PANORAMA do caderno 5 * Este caderno esta dividido entre duas partes: a primeira em trabalho com figuras geométricas, enfatizando o reconhecimento daqueles mais presentes em nossa vida, bem como desenvolver habilidades de classificar e a segunda dentro da na cartografia e nas questões sobre orientações, localizações e lateralidade.
  4. 4. O que significa Geometria? Resulta de dois termos gregos: Geo significa terra metriasignifica medir
  5. 5. O QUE JÁ SABEMOS SOBRE O TEMA ? CÍRCULO ? RETÂNGULO ? CUBO ? ESCALENO? POLIEDROS ? LOSANGO ? TRIÂNGULO ? ÂNGULO ? QUADRILÁTERO ? QUADRADO ? TRAPÉZIO ? FORMA? OCTÓGONO ? HEXÂGONO ? SEMELHANÇA ? DIMENSÃO ?
  6. 6. O QUE VOCÊ VÊ? O QUE VOCÊ LÊ?
  7. 7. EDUCAÇÃO DO OLHAR • A GEOMETRIA procura enfatizar a importância do olhar e da visualização. • Um modo de ver a imagem além do olhar. O QUE VOCÊ VÊ?
  8. 8. Primeiros elementos da geometria. • NATUREZA
  9. 9. VÍDEO INTRODUÇÃO AO DIÁLOGO EM GEOMETRIA
  10. 10. REFLEXÃO • QUE GEOMETRIA VOCÊ APRENDEU? • COMO É SUA RELAÇÃO COM ESSES CONHECI-MENTOS ? DIFICULDADES? FACILIDADES ? • QUE GEOMETRIA VOCÊ JÁ ENSINOU ? • É IMPORTANTE APRENDER GEOMETRIA NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO ?
  11. 11. CONCEITUANDO... Espaço e Forma Espaciais Poliedros Prisma Pirâmide Cubo Não Poliedros Espera Cone Corpos Redondos Planas Polígonos Triângulo Quadriláteros Pentágonos Não Polígonos Círculo Semicírculo
  12. 12. DESAFIO TRANSFORMAR FORMA EM OUTRA • PEGUE 1 FIGURA GEOMÉTRICA • TESOURA • COLA • E O QUE MAIS FOR NECESSÁRIO ... O QUE VOCÊ CONSEGUIU ?
  13. 13. ESCRITA DOCENTE • É importante que no cotidiano do Ciclo os conceitos da geometria sejam trabalhados? Porque?
  14. 14. Conteúdos de GEOMETRIA a priorizar no Ciclo de Alfabetização
  15. 15. DESCRITORES EM GEOMETRIA GEOMETRIA Ano 1 Ano 2 Ano 3 Explicitar e/ou representar informalmente a posição de pessoas e objetos, dimensionar espaços, utilizando vocabulário pertinente nos jogos, nas brincadeiras e nas diversas situações nas quais as crianças considerarem necessário essa ação, por meio de desenhos, croquis, plantas baixas, I A C mapas e maquetes, desenvolvendo noções de tamanho, de lateralidade, de localização, de direcionamento, de sentido e de vistas. Estabelecer comparações entre objetos do espaço físico e objetos geométricos — esféricos, cilíndricos, cônicos, cúbicos, piramidais, prismáticos — sem uso obrigatório de nomenclatura. I A Perceber semelhanças e diferenças entre cubos e quadrados, paralelepípedos e retângulos, pirâmides e triângulos, esferas e círculos. I A Construir e representar formas geométricas planas, reconhecendo e descrevendo informalmente características como número de lados e de vértices I A Descrever, comparar e classificar verbalmente figuras planas ou espaciais por características comuns, mesmo que apresentadas em diferentes disposições (por translação, rotação ou I A C reflexão), descrevendo a transformação com suas próprias palavras. Usar rotação, reflexão e translação para criar composições (por exemplo: mosaicos ou faixas decorativas, utilizando malhas quadriculadas). I A C Descrever e classificar figuras espaciais iguais (congruentes), apresentadas em diferentes disposições, nomeando-as (cubo, bloco retangular ou paralelepípedo, pirâmide, cilindro e cone) I A Identificar e descrever a localização e a movimentação de objetos no espaço, identificando mudanças de direções e considerando mais de um referencial. I A C
  16. 16. COMO ENSINAR GEOMETRIA ?
  17. 17. # Fica da dica Trabalhar a percepção geométrica dos alunos para que sejam capazes de visualizar diferentes figuras geométricas, planas e espaciais, realizando a sua discriminação e classificação por meio de suas características (atributos) e identificando número de lados (ou faces) e vértices; reconhecer padrões, regularidades e propriedades de figuras geométricas presentes em diferentes contextos, como obras de arte, natureza e manifestações artísticas produzidas por diferentes culturas; perceber figuras geométricas por meio de vistas de objetos (por exemplo, dado um objeto, a criança representa no papel, por meio de desenhos, o que ela vê em diferentes perspectivas) e planificação de sólidos geométricos; ampliar e reduzir, compor e decompor figuras; construir diferentes figuras geométricas, utilizando a régua os diferentes meios e diferentes softwares, como Paint. Resolver problemas que requeiram pensar geometricamente; relacionar objetos e situações do cotidiano (bola de futebol, caixa de sapato, caixa de leite) com os sólidos geométricos e vice-versa. RESUMINDO...
  18. 18. • As crianças irão aprender geometria... • OBSERVANDO • MANIPULANDO • REPRESENTANDO • TRANSFORMANDO • CONSTRUINDO
  19. 19. TESTANDO Possibilidades
  20. 20. USANDO E ABUSANDO DA RELAÇÃO ARTE X GEOMETRIA
  21. 21. PRÁXIS CONSTRUIR FIGURAS PLANAS OU ESPACIAIS USANDO PALITOS E JUJUBA PALITOS E LINHAS... P. 74 e 75
  22. 22. DESTAQUES da discussão... 1-O professor, desde o ciclo da alfabetização, deve ter condições de favorecer a compreensão dos alunos sobre a distinção entre os significados dos termos usuais no cotidiano e os conceitos da Geometria. 2-Na fase de alfabetização é apropriado tomar-se as noções de “linhas”, “planos”, “superfícies” e “espaço” como noções primitivas para evitar futuras dificuldades para os alunos. 3-De maneira geral, o objetivo deste caderno é auxiliar no trabalho com o desenvolvimento do pensamento geométrico da criança, constituído por um conjunto de componentes que envol-vem processos cognitivos, como a percepção, a capacidade para trabalhar com imagens mentais, abstrações, generalizações, discriminações e classificações de figuras geométricas, entre outros.
  23. 23. PRAZER DE CASA RELACIONR GEOMETRIA E ARTE TRABALHAR COM AS CRIANÇAS • TRAZER AS OBRAS DE ARTE PARA COMPARTILHAR E GUARDAR OS REGISTROS DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
  24. 24. RETOMANDO PRAZER DE CASA SOBRE LINGUAGEM • UTILIANDO O PASSO A PASSO DADO • TRABALHAR COM O PORTADOR DE TEXTOS JORNAL , TRAZER NA PRÓXIMA AULA PARA COMPARTILHAR SUAS EXPERIÊNCIAS.
  25. 25. PRÓXIMO ENCONTRO

×