João Belchior
Marques
Goulart
 Mandato:
07/09/1961 a
01/04/1964
 Nascimento: São
Borja (RS)
 Duas Fases:
Parlamentarista e a
Fase
Presidencialista.
 Plebiscito - O
parlamentarismo foi
derrubado em
janeiro de 1963...
 Conquistas Trabalhistas
1- Confederação Nacional dos
Trabalhadores na Indústria
2- Foi esse movimento que
conquistou o 1...
 Plano Trienal -
Procurou estreitar
as alianças com o
movimento sindical
e setores nacional-
reformistas.
 Desenvolvimen...
A REPÚBLICA LIBERAL - POPULISTA:
João Goulart – PTB (1961 - 1964):
Comício da Central do Brasil no Rio de Janeiro (com a
...
A REFORMA AGRÁRIA (1964)
Desapropriação das terras as margens de
ferrovias federais e açudes
LEI DA REMESSA DE LUCROS
Limi...
 O governo de João
Goulart (1961-1964) foi
marcado pela abertura
às organizações
sociais. Estudantes,
organização popular...
 Temiam o Socialismo.
 O mundo vivia o auge da
Guerra Fria.
 EUA e as classes
conservadoras brasileiras,
temiam um golp...
Movimento conservador contrário ao governo de Jango, defende Deus, a pátria e a família
GOLPE MILITAR DE 1964
1- Reação dos setores conservadores da sociedade
brasileira as chamadas reformas do governo João
Gou...
O governo militar terminou em 15 de março de 1985. Eleito indiretamente vice-
presidente na chapa de Tancredo de Almeida N...
1- Castelo Branco;
2- Costa e Silva;
3- Emílio G. Médici
4- Ernesto Geisel;
A DITADURA CIVIL - MILITAR NO BRASIL –
1964/1985
1- Características Gerais:
1.1- Os presidentes do regime militar foram
to...
2- Implantação do
regime militar:
2.1 – O marechal do
exército, o
cearense,Humberto
de Alencar Castelo
Branco, articulador...
2.2- Medidas imediatas:
a- cassação de mandatos e direitos
políticos.
b- fechamento da UNE, das Ligas
Camponesas e dos sin...
2.3- Constituição de 1967:
a- criação do bipartidarismo: ARENA e MDB;
b- fortalecimento do poder executivo;
c- manutenção ...
3- Governo Costa e Silva:
3.1- Início da reação da sociedade a ditadura
de forma mais explícita.
3.3- Congresso
clandestino da UNE
em Ibiúna em SP.
3.4- Passeata dos Cem Mil – 26/06/1968
3.5- A instituição do Ato Institucional
No.05:
A- Após a passeata dos cem mil;
B- Dava super poderes ao presidente;
• fech...
,4- O início da luta armada:
Capitão Carlos Lamarca
Frei Tito
Calos Mariguela
Calos Marighela
Dilma Roussef
4.1- Objetivos da luta armada: derrubar a ditadura
militar, para alguns guerrilheiros era, também, o
momento de fazer a re...
5- A propaganda do regime:
SELEÇÃO TRI-CAMPEÃO DE
FUTEBOL
EMERSON FITIPALDI – BI-CAMPEÃO
MUNDIAL DE FÓRMULA 1
6- Milagre econômico:
6.1- Grandes investimentos em infra-estrutura
e indústria de base.
6.2- Nova “invasão” de capitais e...
Ponte Rio Niterói
Ponte Rio Niterói
Transamazônica
Transamazônica
7- Governo do general Geisel:
7.1- Programa energético:
a- criação do Pro álcool
b- projeto nuclear: usinas de Angra
dos R...
7.2- Desgaste do regime militar; fortalecimento do chamado
grupo da “Sourbone”, sabia que a transição para um governo
de c...
a- a denúncia dos crimes nos jornais,
apesar da censura;
b- a punição do general Ednardo D Ávila
Mello, por permitir a tor...
7.4- Medidas ditatoriais cujo objetivo era garantir a
maioria no Congresso nacional para a ARENA, partido
de apoio ao regi...
8- Governo Figueiredo:
8.1- Assumiu a presidência em um momento de crise
econômica absoluta somada ao aumento da oposição
...
A Igreja Católica passou a
criticar a o governo civil
militar.
D. Evaristo Arns.
8.3- A Lei da
Anistia - 1979
A COMISSÃO DA VERDADE 2013
No ano de 2012, o Governo Federal nomeou um grupo de juristas
e professores incumbidos de integ...
8.4- A reação da extrema direita
ATENTADO DO RIO CENTRO – 30/04/1981
8.5- O retorno do pluripartidarismo: PDS; PMDB; PDT; PT; PP;
PTB.
8.6- Diretas Já:
Eleição indireta para presidente 1985
Texto base
Tancredo Neves foi eleito
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
2014 jango e ditadura militar
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2014 jango e ditadura militar

513 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
513
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2014 jango e ditadura militar

  1. 1. João Belchior Marques Goulart  Mandato: 07/09/1961 a 01/04/1964  Nascimento: São Borja (RS)
  2. 2.  Duas Fases: Parlamentarista e a Fase Presidencialista.  Plebiscito - O parlamentarismo foi derrubado em janeiro de 1963: em plebiscito nacional, 80% dos eleitores optaram pela restauração do presidencialismo.
  3. 3.  Conquistas Trabalhistas 1- Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria 2- Foi esse movimento que conquistou o 13º salário para os trabalhadores urbanos. 3- O Congresso exigiu reforma agrária e CLT (Consolidação das Leis de Trabalho) para os trabalhadores rurais. 4- Em 62, com a aprovação do Estatuto do Trabalhador Rural, muitas ligas camponesas se transformaram em sindicatos rurais. O organizador das Ligas Camponesas Francisco Julião, de terno escuro, com Zezé da Galiléia, um dos líderes do movimento.
  4. 4.  Plano Trienal - Procurou estreitar as alianças com o movimento sindical e setores nacional- reformistas.  Desenvolvimento Econômico e Social, elaborado pelo ministro do Planejamento Celso Furtado, tinha por objetivo manter as taxas de crescimento da economia e reduzir a inflação. Celso Furtado e Anísio Teixeira
  5. 5. A REPÚBLICA LIBERAL - POPULISTA: João Goulart – PTB (1961 - 1964): Comício da Central do Brasil no Rio de Janeiro (com a presença de 300 mil pessoas). Jango anuncia um conjunto de medidas denominadas de Reformas de Base: Reforma Agrária; Reforma Urbana; Reforma Educacional; Reforma Eleitoral; Reforma Tributária.  Objetivo: desenvolvimento do “capitalismo nacional”
  6. 6. A REFORMA AGRÁRIA (1964) Desapropriação das terras as margens de ferrovias federais e açudes LEI DA REMESSA DE LUCROS Limitava o valor da remessa das empresas internacionais presentes no Brasil para os países de origem. REFORMA ELEITORAL Não devemos esquecer o contexto internacional (Guerra Fria) que incluía o Brasil na periferia econômica dos EUA. Desta forma uma intervenção do governo no faturamento das empresas multinacionais teria repercussão imediata naquele país e seria entendido como “ato de agressão”. Além disso a reforma agrária era “confundida”com uma tentativa de “coletivizar” a propriedade privada ao modo da URSS. A reforma eleitoral, por sua vez, anunciava a presença de novos eleitores civis e atendia uma reivindicação dos praças contra a vontade dos setores militares conservadores. Amplia a participação política da sociedade ao permitir o voto do analfabeto, dos praças e também o direito destes disputarem cargos eletivos.
  7. 7.  O governo de João Goulart (1961-1964) foi marcado pela abertura às organizações sociais. Estudantes, organização populares e trabalhadores ganharam espaço, causando a preocupação das classes conservadoras como, por exemplo, os empresários, banqueiros, Igreja Católica, militares e classe média. João Goulart
  8. 8.  Temiam o Socialismo.  O mundo vivia o auge da Guerra Fria.  EUA e as classes conservadoras brasileiras, temiam um golpe comunista.  UDN e PSD acusavam Jango planejar um golpe de esquerda e de ser o responsável pela carestia e pelo desabastecimento que o Brasil enfrentava.  13 de março de 1964, Goulart realiza comício na Central do Brasil ( Rio de Janeiro ), onde defende as Reformas de Base. Jango na Central do Brasil
  9. 9. Movimento conservador contrário ao governo de Jango, defende Deus, a pátria e a família
  10. 10. GOLPE MILITAR DE 1964 1- Reação dos setores conservadores da sociedade brasileira as chamadas reformas do governo João Goulart 2- Encontraremos nas classes médias urbanas o seu apelo “popular” e sua legitimação. 3- O governo dos EUA atua diretamente na elaboração dos planos golpistas financiando a eleição, para o legislativo, de opositores ao governo brasileiro além de oferecer o apoio militar estratégico com o envio de navios de guerra para o litoral do Brasil.
  11. 11. O governo militar terminou em 15 de março de 1985. Eleito indiretamente vice- presidente na chapa de Tancredo de Almeida Neves, José Sarney assumiu a Presidência devido à doença e posterior falecimento de Tancredo. DITADURA MILITAR NO BRASIL SCX
  12. 12. 1- Castelo Branco; 2- Costa e Silva; 3- Emílio G. Médici 4- Ernesto Geisel;
  13. 13. A DITADURA CIVIL - MILITAR NO BRASIL – 1964/1985 1- Características Gerais: 1.1- Os presidentes do regime militar foram todos generais; 1.2- Houve participação civil na montagem do Estado brasileiro ditatorial, (latifundiários,banqueiros, industriais,etc.). 1.3-No dia 31/03/1964, ocorreu o início do Golpe Militar.
  14. 14. 2- Implantação do regime militar: 2.1 – O marechal do exército, o cearense,Humberto de Alencar Castelo Branco, articulador do golpe e primeiro presidente da ditadura.
  15. 15. 2.2- Medidas imediatas: a- cassação de mandatos e direitos políticos. b- fechamento da UNE, das Ligas Camponesas e dos sindicatos de esquerda. c- demissão de funcionários públicos de esquerda d- censura à imprensa e- Economia: o combate à inflação; aumentos salariais abaixo da inflação; uma perda significava do poder aquisitivo dos trabalhadores
  16. 16. 2.3- Constituição de 1967: a- criação do bipartidarismo: ARENA e MDB; b- fortalecimento do poder executivo; c- manutenção das eleições para todos os cargos, com exceção da presidência, porém, todos estavam submetidos à autoridade do presidente.
  17. 17. 3- Governo Costa e Silva: 3.1- Início da reação da sociedade a ditadura de forma mais explícita.
  18. 18. 3.3- Congresso clandestino da UNE em Ibiúna em SP.
  19. 19. 3.4- Passeata dos Cem Mil – 26/06/1968
  20. 20. 3.5- A instituição do Ato Institucional No.05: A- Após a passeata dos cem mil; B- Dava super poderes ao presidente; • fechar o congresso por tempo indeterminado; •suspender os direitos políticos de qualquer opositor ao regime; •suspender os direitos legais de qualquer indivíduo.
  21. 21. ,4- O início da luta armada: Capitão Carlos Lamarca
  22. 22. Frei Tito
  23. 23. Calos Mariguela
  24. 24. Calos Marighela
  25. 25. Dilma Roussef
  26. 26. 4.1- Objetivos da luta armada: derrubar a ditadura militar, para alguns guerrilheiros era, também, o momento de fazer a revolução socialista no Brasil. 4.2- Influência direta da revolução cubana. 4.3- Ações comuns: distribuição de folhetos na porta de fábricas e universidades; assaltos a bancos;seqüestros de embaixadores e assassinatos de políticos e militares ligados à ditadura. 4.4- A derrota da guerrilha: A- inexperiência dos guerrilheiros; B- o forte preparo das forças de repressão; C- a não adesão do povo a causa revolucionária.
  27. 27. 5- A propaganda do regime:
  28. 28. SELEÇÃO TRI-CAMPEÃO DE FUTEBOL
  29. 29. EMERSON FITIPALDI – BI-CAMPEÃO MUNDIAL DE FÓRMULA 1
  30. 30. 6- Milagre econômico: 6.1- Grandes investimentos em infra-estrutura e indústria de base. 6.2- Nova “invasão” de capitais externos: investimentos e empréstimos. 6.3- Grande crescimento econômico. 6.4- Concentração de renda. 6.5- Arrocho salarial. 6.6- Aumento da divida externa. ( de 3 bilhões para 62 bilhões dólares, entre 1964 e 1981 )
  31. 31. Ponte Rio Niterói
  32. 32. Ponte Rio Niterói
  33. 33. Transamazônica
  34. 34. Transamazônica
  35. 35. 7- Governo do general Geisel: 7.1- Programa energético: a- criação do Pro álcool b- projeto nuclear: usinas de Angra dos Reis
  36. 36. 7.2- Desgaste do regime militar; fortalecimento do chamado grupo da “Sourbone”, sabia que a transição para um governo de civis era inevitável,então , o general Geisel, prometeu dar início a uma “abertura lenta, gradual e segura.” 7.3- Os assassinatos do jornalista Vladimir Herzog e do operário Manuel Fiel Filho em 1978
  37. 37. a- a denúncia dos crimes nos jornais, apesar da censura; b- a punição do general Ednardo D Ávila Mello, por permitir a tortura e a morte de opositores do regime em seu quartel; c- o governo militar se responsabilizou pelas mortes.
  38. 38. 7.4- Medidas ditatoriais cujo objetivo era garantir a maioria no Congresso nacional para a ARENA, partido de apoio ao regime militar: a- Lei Falcão: na campanha eleitoral os candidatos não poderiam apresentar propostas, somente às fotos 3x4 e o currículo do candidato. b- Pacote de Abril : criação dos “senadores biônicos” e o aumento do número de deputados federais do nordeste, onde a ARENA, tinha maioria política.
  39. 39. 8- Governo Figueiredo: 8.1- Assumiu a presidência em um momento de crise econômica absoluta somada ao aumento da oposição generalizada ao regime militar 8 2- A mobilização da sociedade civil
  40. 40. A Igreja Católica passou a criticar a o governo civil militar. D. Evaristo Arns.
  41. 41. 8.3- A Lei da Anistia - 1979
  42. 42. A COMISSÃO DA VERDADE 2013 No ano de 2012, o Governo Federal nomeou um grupo de juristas e professores incumbidos de integrar a chamada Comissão da Verdade. Tal comissão tem por objetivo realizar investigações sobre os vários crimes cometidos pelo Estado brasileiro entre os anos de 1937 e 1985. A- Estado Novo – 1937/1945; B- Ditadura Militar – 1964/1985. C- Objetivo: esclarecer crimes cometidos pelo Estado; não pode punir criminalmente; “desaparecidos”.
  43. 43. 8.4- A reação da extrema direita ATENTADO DO RIO CENTRO – 30/04/1981
  44. 44. 8.5- O retorno do pluripartidarismo: PDS; PMDB; PDT; PT; PP; PTB.
  45. 45. 8.6- Diretas Já:
  46. 46. Eleição indireta para presidente 1985
  47. 47. Texto base Tancredo Neves foi eleito

×