SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
Aranhas
Escorpiões
Ácaros
 Nos aracnídeos é geralmente dividido em
cefalotórax ou prossoma e abdome ou opistossoma;
 Cefalotórax é fusão da cabeça com o tórax;
 Nos escorpiões, o abdome encontra-se diferenciado
em pré-abdome, mais alargado, e pós-abdome
alongado e muitas vezes chamado de cauda;
 Nos ácaros, não se percebe a divisão entre
cefalotórax e abdome, que formam uma estrutura
única.
 Presença de quelíceras (estrutura envolvida com a
manipulação de alimentos);
 Presença de pedipalpos (com função de
manipulação de alimentos e ainda atua como órgão
sensorial ou órgão de cópula no macho);
 Ausência de mandíbulas e antenas
 Presença de 4 pernas no prossoma.
Corpo de aranha
 A excreção nos aracnídeos é feitas por túbulos de
Malpighi, semelhantes aos dos insetos;
 Também é feita por nefrídios saculiformes
localizados na base das pernas, denominadas
glândulas coxais;
 Excretam guanina.
 A respiração é feita por filotraquéias, também
denominadas "pulmões foliáceos“;
 As filotraquéias são formadas por lamelas irrigadas,
que se comunicam com o exterior do corpo, através
de um orifício denominado estigma;
 As trocas gasosas ocorrem nas lamelas, e o oxigênio
passa para o sangue;
 Nas aranhas além das filotraquéias, existem as
traquéias, semelhantes às dos insetos.
 Muitos gânglios fundidos estão concentrados em
determinados pontos do cefalotórax;
 De modo geral, existem oito olhos simples,
localizados dorsalmente na metade anterior da
placa cefalotorácica;
 Nas aranhas há muitos pelos sensoriais (cerdas
táteis) espalhadas pelo corpo, principalmente nos
apêndices articulados.
 Os pelos sensoriais representam importante
mecanismo de relacionamento desses animais com
o meio ambiente e são excelentes auxiliares na
percepção da existência de presas e inimigos.
 Sexos separados;
 Fecundação interna;
 Os machos não possuem pênis para introduzir os
espermatozóides no corpo das fêmeas, mas
desenvolveram outro mecanismo para isso, no caso
das aranhas, os pedipalpos;
 Podem ser ovíparos ou vivíparos;
 Pente - presente somente em escorpiões, com
função de perceber vibrações no substrato
(reprodução);
Ritual de acasalamento entre 2 aranhas
 Grande maioria é carnívora;
 Intestino - é arborescente, para ter uma maior área de
absorção;
 Eles ingerem somente alimento liquefeito e, para isso,
lançam enzimas digestivas sobre os tecidos dilacerados
da presa;
 O alimento é parcialmente digerido fora do corpo do
aracnídeo formando um "caldo" que é sugado para o
interior do estômago associados a músculos;
 A digestão prossegue no interior do trato digestivo, e os
restos não aproveitáveis são eliminados através do
ânus.
Aranhas caçadoras, liquefazendo e alimentando-se de sua presa
 O veneno da maioria das aranhas e dos escorpiões
não é tóxico para o homem e existem soros contra a
picada desses animais;
 Pode ter cuidado parental, ou seja, pais cuidando
"atenciosamente" dos filhotes.
 Há espécies parasitas de animais, é o caso do ácaro
causador da sarna, do ácaro dos folículos pilosos e
glândulas sebáceas do homem, popularmente
chamado de cravo, e dos carrapatos.
Veneno de escorpião sendo extraído
 http://www.opolvo.com.br/noticias/63285/Bono-agora-tamb%C3%A9m-%C3%A9-nome-
de-uma-esp%C3%A9cie-de-aranha.html
 http://www2.uefs.br:8081/laph/?p=106
 http://www.sterilair.com.br/alergias.html
 http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos3/bioartropodes4.php
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Aracn%C3%ADdeos
 http://pt.slideshare.net/mauricioocoelho/chelicerata-seminrio
 http://www.ninha.bio.br/biologia/tarantulas.html
 http://ciencia.hsw.uol.com.br/aranhas4.htm
 http://www.incttox.com.br/2010/03/alunos-desenvolvem-equipamento-para-extracao-de-
veneno-de-aranhas-e-escorpioes/
 Livro - Bio - Sequência Clássica -Vol. 2 - Sonia Lopes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Moluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeosMoluscos e anelídeos
Moluscos e anelídeos
 
Virus e viroses
Virus e virosesVirus e viroses
Virus e viroses
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Filo Arthropoda Subfilo Crustácea
Filo Arthropoda  Subfilo CrustáceaFilo Arthropoda  Subfilo Crustácea
Filo Arthropoda Subfilo Crustácea
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (Vertebrados)
 
Coleopteros
ColeopterosColeopteros
Coleopteros
 
IV.4 aves
IV.4 avesIV.4 aves
IV.4 aves
 
2 Ano - Fisiologia vegetal - Condução e transpiração II
2 Ano - Fisiologia vegetal - Condução e transpiração II2 Ano - Fisiologia vegetal - Condução e transpiração II
2 Ano - Fisiologia vegetal - Condução e transpiração II
 
Aula fungos 2018
Aula fungos 2018Aula fungos 2018
Aula fungos 2018
 
Aula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetaisAula tecidos vegetais
Aula tecidos vegetais
 
Flor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E AnatomiaFlor – Morfologia E Anatomia
Flor – Morfologia E Anatomia
 
Órgãos Vegetativos
Órgãos VegetativosÓrgãos Vegetativos
Órgãos Vegetativos
 
Chelicerata seminário
Chelicerata   seminárioChelicerata   seminário
Chelicerata seminário
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Botanica
BotanicaBotanica
Botanica
 
Sistema esqueletico.ppt
Sistema esqueletico.pptSistema esqueletico.ppt
Sistema esqueletico.ppt
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1
 
Chelicerata
ChelicerataChelicerata
Chelicerata
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 

Destaque (20)

Classe arachnida
Classe arachnidaClasse arachnida
Classe arachnida
 
Arachnida
ArachnidaArachnida
Arachnida
 
Subfilo Miriápodes
Subfilo Miriápodes Subfilo Miriápodes
Subfilo Miriápodes
 
Arachnids
ArachnidsArachnids
Arachnids
 
Os sentidos dos mosquitos
Os sentidos dos mosquitosOs sentidos dos mosquitos
Os sentidos dos mosquitos
 
Avancemos la casa muebles
Avancemos la casa muebles Avancemos la casa muebles
Avancemos la casa muebles
 
Chelicerata 2013
Chelicerata 2013Chelicerata 2013
Chelicerata 2013
 
Zoologia dos Invertebrados
Zoologia dos InvertebradosZoologia dos Invertebrados
Zoologia dos Invertebrados
 
Insects And Arachnids
Insects And ArachnidsInsects And Arachnids
Insects And Arachnids
 
Ap artropoda geral
Ap artropoda geralAp artropoda geral
Ap artropoda geral
 
14 artropodes 3
14 artropodes 314 artropodes 3
14 artropodes 3
 
Filo artrópodes classe aricnidea
Filo artrópodes classe aricnideaFilo artrópodes classe aricnidea
Filo artrópodes classe aricnidea
 
Escorpiões
EscorpiõesEscorpiões
Escorpiões
 
Filo Arthropoda
Filo ArthropodaFilo Arthropoda
Filo Arthropoda
 
Aval 7 ano(invertebrados)
Aval 7 ano(invertebrados)Aval 7 ano(invertebrados)
Aval 7 ano(invertebrados)
 
Sistema sensorial
Sistema sensorialSistema sensorial
Sistema sensorial
 
1) matrizes 2012 (prevest)
1) matrizes 2012 (prevest)1) matrizes 2012 (prevest)
1) matrizes 2012 (prevest)
 
Ap chelicerata
Ap chelicerataAp chelicerata
Ap chelicerata
 
Lista de exercícios sobre matriz
Lista de exercícios sobre matrizLista de exercícios sobre matriz
Lista de exercícios sobre matriz
 
insects digestive system
insects digestive systeminsects digestive system
insects digestive system
 

Semelhante a Aracnídeos: Características e Importância

Semelhante a Aracnídeos: Características e Importância (20)

ARTROPODES ECDISE.pdf
ARTROPODES ECDISE.pdfARTROPODES ECDISE.pdf
ARTROPODES ECDISE.pdf
 
Invertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloInvertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia Mello
 
Artrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermosArtrópodes e equinodermos
Artrópodes e equinodermos
 
Filo artrophoda
Filo artrophodaFilo artrophoda
Filo artrophoda
 
Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)Aracnídeos (2)
Aracnídeos (2)
 
Animais invertebrdos e vertebrados
Animais invertebrdos e vertebradosAnimais invertebrdos e vertebrados
Animais invertebrdos e vertebrados
 
Ap. 3 biologia_2_demo
Ap. 3 biologia_2_demoAp. 3 biologia_2_demo
Ap. 3 biologia_2_demo
 
Anatomia da apis mellifera
Anatomia da apis melliferaAnatomia da apis mellifera
Anatomia da apis mellifera
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Artrópodes: Aracnídeos
Artrópodes: AracnídeosArtrópodes: Aracnídeos
Artrópodes: Aracnídeos
 
.Classe Aves.
.Classe Aves..Classe Aves.
.Classe Aves.
 
7 ano invertebrados
7 ano invertebrados7 ano invertebrados
7 ano invertebrados
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Classe das Aves
Classe das AvesClasse das Aves
Classe das Aves
 
Jonathan mamiferoseaves
Jonathan   mamiferoseavesJonathan   mamiferoseaves
Jonathan mamiferoseaves
 
Intro_discip Embrio.pdf
Intro_discip Embrio.pdfIntro_discip Embrio.pdf
Intro_discip Embrio.pdf
 
Aves e Mamíferos
Aves e Mamíferos Aves e Mamíferos
Aves e Mamíferos
 
Zoologia pronto tassi e paula
Zoologia  pronto tassi e paulaZoologia  pronto tassi e paula
Zoologia pronto tassi e paula
 
Anatomia da apis mellifera
Anatomia da apis melliferaAnatomia da apis mellifera
Anatomia da apis mellifera
 

Aracnídeos: Características e Importância

  • 1.
  • 3.  Nos aracnídeos é geralmente dividido em cefalotórax ou prossoma e abdome ou opistossoma;  Cefalotórax é fusão da cabeça com o tórax;  Nos escorpiões, o abdome encontra-se diferenciado em pré-abdome, mais alargado, e pós-abdome alongado e muitas vezes chamado de cauda;  Nos ácaros, não se percebe a divisão entre cefalotórax e abdome, que formam uma estrutura única.
  • 4.  Presença de quelíceras (estrutura envolvida com a manipulação de alimentos);  Presença de pedipalpos (com função de manipulação de alimentos e ainda atua como órgão sensorial ou órgão de cópula no macho);  Ausência de mandíbulas e antenas  Presença de 4 pernas no prossoma.
  • 6.  A excreção nos aracnídeos é feitas por túbulos de Malpighi, semelhantes aos dos insetos;  Também é feita por nefrídios saculiformes localizados na base das pernas, denominadas glândulas coxais;  Excretam guanina.
  • 7.  A respiração é feita por filotraquéias, também denominadas "pulmões foliáceos“;  As filotraquéias são formadas por lamelas irrigadas, que se comunicam com o exterior do corpo, através de um orifício denominado estigma;  As trocas gasosas ocorrem nas lamelas, e o oxigênio passa para o sangue;  Nas aranhas além das filotraquéias, existem as traquéias, semelhantes às dos insetos.
  • 8.
  • 9.  Muitos gânglios fundidos estão concentrados em determinados pontos do cefalotórax;  De modo geral, existem oito olhos simples, localizados dorsalmente na metade anterior da placa cefalotorácica;  Nas aranhas há muitos pelos sensoriais (cerdas táteis) espalhadas pelo corpo, principalmente nos apêndices articulados.  Os pelos sensoriais representam importante mecanismo de relacionamento desses animais com o meio ambiente e são excelentes auxiliares na percepção da existência de presas e inimigos.
  • 10.  Sexos separados;  Fecundação interna;  Os machos não possuem pênis para introduzir os espermatozóides no corpo das fêmeas, mas desenvolveram outro mecanismo para isso, no caso das aranhas, os pedipalpos;  Podem ser ovíparos ou vivíparos;  Pente - presente somente em escorpiões, com função de perceber vibrações no substrato (reprodução);
  • 11. Ritual de acasalamento entre 2 aranhas
  • 12.  Grande maioria é carnívora;  Intestino - é arborescente, para ter uma maior área de absorção;  Eles ingerem somente alimento liquefeito e, para isso, lançam enzimas digestivas sobre os tecidos dilacerados da presa;  O alimento é parcialmente digerido fora do corpo do aracnídeo formando um "caldo" que é sugado para o interior do estômago associados a músculos;  A digestão prossegue no interior do trato digestivo, e os restos não aproveitáveis são eliminados através do ânus.
  • 13. Aranhas caçadoras, liquefazendo e alimentando-se de sua presa
  • 14.  O veneno da maioria das aranhas e dos escorpiões não é tóxico para o homem e existem soros contra a picada desses animais;  Pode ter cuidado parental, ou seja, pais cuidando "atenciosamente" dos filhotes.  Há espécies parasitas de animais, é o caso do ácaro causador da sarna, do ácaro dos folículos pilosos e glândulas sebáceas do homem, popularmente chamado de cravo, e dos carrapatos.
  • 15. Veneno de escorpião sendo extraído
  • 16.  http://www.opolvo.com.br/noticias/63285/Bono-agora-tamb%C3%A9m-%C3%A9-nome- de-uma-esp%C3%A9cie-de-aranha.html  http://www2.uefs.br:8081/laph/?p=106  http://www.sterilair.com.br/alergias.html  http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Reinos3/bioartropodes4.php  http://pt.wikipedia.org/wiki/Aracn%C3%ADdeos  http://pt.slideshare.net/mauricioocoelho/chelicerata-seminrio  http://www.ninha.bio.br/biologia/tarantulas.html  http://ciencia.hsw.uol.com.br/aranhas4.htm  http://www.incttox.com.br/2010/03/alunos-desenvolvem-equipamento-para-extracao-de- veneno-de-aranhas-e-escorpioes/  Livro - Bio - Sequência Clássica -Vol. 2 - Sonia Lopes