Colseo Iván De Bedout - Giancarlo Mazzanti e Felipe Mesa

1.976 visualizações

Publicada em

Complexo esportivo desenvolvido por Giancarlo Mazzanti e Felipe Mesa, para os Jogo Sul-Americanos de 2010 em Medellín, Colômbia.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Colseo Iván De Bedout - Giancarlo Mazzanti e Felipe Mesa

  1. 1. CENÁRIOS ESPORTIVOSCENÁRIOS ESPORTIVOS Coliseo Iván De BedoutColiseo Iván De Bedout
  2. 2. Integrantes: Bruna R. Alencar A571043 Mariana R. Aires A421769
  3. 3. ARQUITETO/AUTORIA Giancarlo Mazzanti e Felipe Mesa Giancarlo Mazzanti • Nascido em Barranquilla , em 1963. • Formado na Universidade de Javeriana, em Bogotá, 1987, com doutorado em História e Teoria em Arquitetura e Desenho Industrial, 1991, na Universidade de Florença, Itália. • Professor e palestrante em diversas universidades • Recebeu varios prêmios: - XX Bienal Colombiana de Arquitectura na categoria de espaços públicos em 2006, - Bienal Iberoamericana na categoria Melhor Arquitetura Construção em 2008, - Bienal Panamericana de Arquitectura na categoria de projeto de arquitetura em 2008. • Tem tido uma importante contribuição na transformação urbana da Colômbia, com projetos que se inserem facilmente ao contexto urbano e que proporcionam melhoria para diversas regiões.
  4. 4. ARQUITETO/AUTORIA Giancarlo Mazzanti e Felipe Mesa Felipe Mesa • Nascido em 1975/08/04 Medellin , na Colômbia • Formado pela Universidade Pontifícia Bolivariana , com Mestrado em Arquitetura : Projeto de Revisão e UPC , Barcelona, Espanha​​ • Fundador Planb de Arquitetos. 2000. www.planbarquitectura.com • Professor e palestrante em diversas universidades. • Vencedor de vários concursos de arquitetura pública na Colômbia • Já publicou livros. •Felipe Mesa fundou o escritório ‘Plan B’ com o arquiteto Alejandro Benal, são nomes promissores da nova geração de arquitetos Colombianos.
  5. 5. Localização Medellín é uma cidade colombiana, localizada no noroeste do país. Situada a 1520m de altitude, a cidade conta com cerca de 2 743 049 habitantes (dados de 2012), o que faz dela a segunda cidade mais populosa da Colômbia, atrás somente da capital, Bogotá.
  6. 6. PERÍODO Cenário Histórico de Medellín • Em 2003 o sucesso do movimento Compromisso Cidadão levou seu líder – Fajardo para a prefeitura; •Menor índice de homicios – 871 em 2008 comparados a 6mil em 1991; •Medellín já possui dezenas de projetos construídos que ganharam prêmios internacionais •Em 2008 a cidade de Medellín foi escolhida para sediar os jogos Sul- Americanos de 2010 •Em meados de 2008, foi realizado um concurso internacional para uma série de ginásios. O local escolhido abrigava instalações esportivas preexistentes que estava em desuso, tais como : O estádio Anastacio Girardot, o Centro Aquático, e o Coliseu Ivan De Bedout de Basquete (contruído em 1978 para os Jogos da América Central).
  7. 7. INSERÇÃO URBANA Implantação AV. COLOMBIA AV. CALLE 47 E 48 AV. REGIONAL + RIO MEDELLIN LINHA DO METRO AV. CARRERA 70 AV. CARRERA 74 A avenida 70 sofre um pequeno desvio ao chegar à unidade, que se transforma em uma introdução visual e pedonal aos usuários do complexo. O acesso pode ser feito a partir de qualquer ponto da quadra e a circulação entre os edifícios acontece por cruzamentos e vias pedonais (calçadões) que permitem circulação livre (não há grades).
  8. 8. INSERÇÃO URBANA Relação com a paisagem / Entorno • Implantado no Vale de Aburrá, entre a Colina Nutibara e a Colina El Volador. • O complexo foi inserido a um entorno bastante específico, com a intenção de criar uma nova configuração geográfica. • A topografia do local, proporciona qualidades paisagísticas e espaciais que permitem que o complexo possa ser visto de diversos pontos da cidade. Parque Natural Regional Metropolitano Cerro El Volador Colina Nutibara
  9. 9. INSERÇÃO URBANA Relação com a paisagem / Volumetria • A grande cobertura construída através de extensas faixas em tons verdes e em relevo, criam uma expressão distinta, mais que repete a topografia do em torno, região com características bem montanhosas
  10. 10. PARTIDO Conceito O partido arquitetonico adotado para o Coliseu Ivan De Bedout de Basquete, foi uma grande cobertura que permitisse integrar o ginásio existente (Ginásio de basquete, contruído em 1978 para os Jogos da América Central) com o programa novo proposto: três novas intalações, Ginástica, Artes Marciais e Voleibol. O programa permite múltiplas e variadas recreações e atividades esportivas, ao mesmo tempo em que oferece um centro comunitário para a cidade, pois a intenção era também criar uma arquitetura aberta, verdadeiramente um lugar público.
  11. 11. PARTIDO Conceito Nível externo Os ginásios foram implantados em uma cota inferior com relação à área externa, para atingir a altura necessária para a prática dos esportes, o arquiteto optou por esta solução para não projetar uma cobertura muito alta.
  12. 12. INSERÇÃO URBANA Implantação - Coliseu Combate Voleibol Ginastica Basquete
  13. 13. INSERÇÃO URBANA Implantação N Os espaços esportivos são orientados no sentido Norte-Sul (com uma leve inclinação a noroeste). 1)Estádio Atanacio Girardot 2)Quadra de Futebol 1 3)Quadra de Futebol 2 4)Estádio de Atletismo Antonio Gaviria Duque 5)Liga de Tênis de Mesa 6)Parque de Xadrez 7)Quadra de Beisebol 8)Unidade Tenística Carlos J. Echavarria 9)Complexo de piscinas 10)Coliseu Ivan De Bedout 1 8 2 3 6 7 5 4 9 10
  14. 14. IMPLANTAÇÃO Iluminação e Ventilação As faixas de cobertura se orientam paralelamente ao sol, de maneira que a luz solar nunca acesse o interior dos edifícios de maneira direta. Em suas fachadas norte e sul os edifícios permitem a passagem direta das correntes de ar e cada edifício possui amplas ventilações cruzadas.
  15. 15. PLANTAS Voleibol 2 4 1) Espaço disponível 2) Loja 3) Cafeteria 4) Técnico 5) Depósito para Técnicos 6) Área para cadeirantes 7) Área de competência ACESSOS 71 6 3 5
  16. 16. Voleibol
  17. 17. PLANTAS Ginástica 2 4 1) Administração 2) Área de serviços gerais 3) Loja 4) Cafeteria 5) Técnicos 6) Depósito para Técnicos 7) Arquibancada 8) Área de competência ACESSOS 1 6 3 5 7 8
  18. 18. Ginástica
  19. 19. PLANTAS Basquete 7 1) Acesso esportistas 2) Pesos de competição 3) Camarins 4) Salão Uso Múltiplo 5) Ginásio 6) Administração 7) Área de competência 1 2 3 6 4 3 5
  20. 20. CORTES – ESPACIALIDADE Basquete 5 1) Rampa e Acesso 2) Ginásio 3) Camarins 4) Arquibancada 5) Área de competência 6) Camarins 7) Entretenimento 1 234 6 7
  21. 21. CORTES – ESPACIALIDADE Basquete
  22. 22. CORTES - ESPACIALIDADE Combate • O nível de cada espaço está levemente rebaixado em relação ao nível da rua possibilitando altura adequada sem construir edifícios de grande escala.
  23. 23. Combate
  24. 24. Sistema Construtivo Por conta do prazo curto, o sistema precisava ser bastante rápido e simples de executar, portanto foi elaborado para que possa se repetir em uma modulação. - Arquibancadas O piso, a estrutura das arquibancadas e as arquibancadas foram feitas em concreto pré-moldado - Cobertura As faixas da cobertura foram feitas em treliças metálicas leves, moduladas e de fácil produção
  25. 25. Sistema Construtivo Em primeiro lugar foi removida a estrutura existente do ginásio de basquete, aproveitaram os pilares de concreto e reforçaram esses pilares para receber a nova cobertura.
  26. 26. Sistema Construtivo A cobertura é modulada em pórticos de 5 metros, são chamadas de viga-caixão. Trata-se de uma treliça metálica que permite vencer grandes vãos. 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros 5 metros Estrutura apoiada apenas em dois pontos, pilares duplos no lado externo dos ginásios. Pórticos modulados de 5 em 5 metros
  27. 27. Sistema Construtivo As estruturas se apoiam em pilares de concreto que ficam fora da estrutura dos ginásios. As treliças são pré-fabricadas em peças de 12metros e os pórticos foram montados in loco com sistema parafusado. Sentido de posicionamento dos pórticos (longitudinal). Apoios transversais, pilares duplos de concreto.
  28. 28. Sistema Construtivo Após montados, os pórticos recebem pintura e uma cobertura na parte superior de superboard (Dupont) e como acabamento final um revestimento em vários tons de verde. O desenho dos pórticos resulta em movimentos que facilitam o escoamento de águas, e permitem filtrar a luz natural através de vãos resultantes desse movimento, que são fechados com policarbonato opalino.
  29. 29. ELEVAÇÕES Expressão Plástica • Possibilidade de se tornar um grande espaço público coberto e com transparências visuais e continuidades espaciais. • A cobertura se estende além do volume interno, gerando assim espaços públicos cobertos mais ao ar livre.
  30. 30. ELEVAÇÕES Expressão Plástica
  31. 31. Bibliografia Bibliografia: http://www.architravel.com/architravel/building/four-sports-sceneries/ http://www.planbarquitectura.com/index.php?/proyectos/4-escenarios-deportivos/ http://www.archdaily.com.br/br/01-22504/cenarios-esportivos http://www.flickr.com/photos/59091196@N02/sets/72157625970688892/show/ http://www.architecturenewsplus.com/projects/639 http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?p=21710976#post21710976 http://www.revistaforum.com.br/urbanidades/2013/10/07/medellin-uma-cidade-sem- arame-farpado/

×