manual
DA ARTEde Mariana Weber
Para que servem
os infográficos?
De uma maneira bem resumida, infográficos
significam VISUALIZAÇÃO DE DADOS.
	 Visualizaçõ...
Não é
infográfico
Números destacados e ícones para sinalizar o texto configuram o ARTE - TEXTO. Valorizam o
texto que não ...
Isto é
infográfico
	 Gráficos, mapas
e ilustração interagem
com o texto e se
complementam
	 O Foco deste info
é a poluição...
Para entender
visualização
“
Você pode descobrir muito sobre dados
apenas ao visualizá-los, e em muitas
ocasiões isso é tu...
Os Estados Unidos vivenciaram um crescimento
significativo na taxa de desemprego. Em 2007, a média
nacional era de 4,6%. E...
http://www.nytimes.com/interactive/2009/03/03/us/20090303_LEONHARDT.html?_r=0
Separado por datas
e variações de cores
esse...
O objetivo central da infografia
não é fazer páginas mais atrativas. É
comunicar informação de um jeito con-
fiável e bem ...
Imagine que você tem 5 bolinhas de tênis e
joga em uma pessoa. No susto, a
probabilidade dela não pegar nenhuma é
muito gr...
PELOTAS
Theatro Sete de Abril
Revitalização da caixa cênica, camarins, plateia,
foyer, banheiros, estrutura como forros, a...
Mapa que engloba continentes,
países e números, além dos
crimes mais recorrentes.
E quando não tiver
dados técnicos?
Textos separados em tópicos ajudam na hora de criar ícones
	 “Entenda o caso” numerado valoriza o box
	 Linha do tempo com...
usa a
criatividade!
referências:
http://www.slideshare.net/NathachiSilva/infografe-mario-kannopagsimples
http://www.slideshare.net/RodrigoAlme...
Manual da arte
Manual da arte
Manual da arte
Manual da arte
Manual da arte
Manual da arte
Manual da arte
Manual da arte
Manual da arte
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Manual da arte

451 visualizações

Publicada em

Breve apresentação sobre como aplicar infográficos ou transformar o texto mais atrativo em jornais

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual da arte

  1. 1. manual DA ARTEde Mariana Weber
  2. 2. Para que servem os infográficos? De uma maneira bem resumida, infográficos significam VISUALIZAÇÃO DE DADOS. Visualizações que apresentam informações complexas de forma rápida e clara. Que integram palavras e gráficos para revelar informação, padrões ou tendências. Que são mais fáceis de entender do que apenas palavras.
  3. 3. Não é infográfico Números destacados e ícones para sinalizar o texto configuram o ARTE - TEXTO. Valorizam o texto que não possui dados técnicos. Ajuda se o texto for curto e estiver dividido em tópicos.
  4. 4. Isto é infográfico Gráficos, mapas e ilustração interagem com o texto e se complementam O Foco deste info é a poluição do Tietê e o que complementa essa informação é demarcar as áreas mais poluídas, a quantidade de oxigênio contida na água, algumas das razões da poluição, etc.
  5. 5. Para entender visualização “ Você pode descobrir muito sobre dados apenas ao visualizá-los, e em muitas ocasiões isso é tudo o que você precisa para tomar uma decisão ou contar uma história.”
  6. 6. Os Estados Unidos vivenciaram um crescimento significativo na taxa de desemprego. Em 2007, a média nacional era de 4,6%. Em 2008, havia subido para 5,8%. Em setembro de 2009, no entanto, ela era de 9,8%. Essas são informações generalizadas Havia regiões com taxa de desemprego maiores do que as outras? Havia regiões que pareciam não ter sido afetadas? Fonte: Visualize Isso
  7. 7. http://www.nytimes.com/interactive/2009/03/03/us/20090303_LEONHARDT.html?_r=0 Separado por datas e variações de cores esse mapa conta uma história além de percentuais Passe apenas os dados necessários para a compreensão da matéria. Números e evoluções em excesso confundem Use títulos curtos Forneça informação visual
  8. 8. O objetivo central da infografia não é fazer páginas mais atrativas. É comunicar informação de um jeito con- fiável e bem contrastado. Pense em um estilo de gráfico muito comum no Brasil, o storyboard, história em quadrinhos que explica a notícia. Como as pessoas que criam esses grá- ficos (texto e arte) sabem de detalhes como roupas ou expressão facial. Na maioria das vezes não sabem. A infografia não é arte, a infografia é um ramo do jornalismo que usa a arte” “ Assim, alguns detalhes acabam sendo inventados. E isso no jornalismo não é aceito. Por que, então, é tão comum gerar ficção em infográficos? Porque em muitos casos, o gráfico não é considerado jornalismo: é considera- do “arte”. Algo que tem que ser lindo, antes que preciso e rigoroso.
  9. 9. Imagine que você tem 5 bolinhas de tênis e joga em uma pessoa. No susto, a probabilidade dela não pegar nenhuma é muito grande. Mas se você jogar apenas uma, ela pegará com certeza”“ Fazer infográficos pode ser apenas encarar os fatos. Às vezes é só mostrar, com um sim- ples zoom, o que causou um acidente. Ou a relação incrivelmente contras- tante entre o sol e a estação espacial. Ou as palavras mais faladas no Oscar, através do seu tamanho. The purpose of visualization is insight, not pictures.”
  10. 10. PELOTAS Theatro Sete de Abril Revitalização da caixa cênica, camarins, plateia, foyer, banheiros, estrutura como forros, assoalho, pintura, acabamentos, aquisição de cadeiras para camarotes, entre outros. Valor: R$ 6.644.486,06 Observação: atualmente o projeto passa por reformas no telhado, com verba obtida com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacio- nal(Iphan). Implantação do Museu da Cidade de Pelotas (Casa 6) O projeto está dividido em duas etapas e, portan- to,precisará de duas licitações. A primeira consiste na criação do projeto para confecção do museu onde deverá ser feito o detalhamento dos conteúdos, o que a estrutura oferecerá ao visitante, tipo de mídias que serão utilizadas, entre outros. A segunda etapa consiste na execu- ção do mesmo. Valor solicitado: R$ 3.785.000,00 Requalificação da Praça Coronel Pedro Osório e travessias acessíveis A etapa final da requalificação da praça Coronel Pedro Osório envolve a parte de paisagismo e as vias de acesso que serão realizadas de acordo com projeto executado pelos arquitetos Eulália Anselmo e Frederico Karan. Valor solicitado: R$ 982.565,87. Observação: as etapas iniciais da revitalização da praça consistiram na reforma do chafariz e da qualificação do mobiliário e das alamedas através do programa Monumenta. Etapa final da restauração da Casa 2 - Centro Cultural Adail Bento Costa Consiste na climatização de uma das salas para exposições da Secretaria de Cultura para que possa receber acervos importan- tes sem oferecer riscos de danificações. Valor solicitado: R$ 94.000,00 Possível aplicação de mapa e ícones Etapa final da obra do Antigo Grande Hotel Divisões de gesso cartonado do primeiro e segundo pisos, execução dos projetos complementares que envolvem instalações de gás, rede hidráulica e sanitários, conclusão das intervenções estruturais no subsolo e acabamentos. Valor solicitado: R$ 8.358.079,27 Observação: a primeira etapa de reestruturação do espaço foi realizada em 2009 pelo Programa Monumenta. Restauração dos galpões anexos à Estação Férrea - Centro Administrativo Mesmo plano pré-aprovado em 2009 quando havia interesse em colocar o Centro Administrativo do município nos galpões da Viação Férrea. Valor solicitado: R$ 3.922.000,00
  11. 11. Mapa que engloba continentes, países e números, além dos crimes mais recorrentes.
  12. 12. E quando não tiver dados técnicos?
  13. 13. Textos separados em tópicos ajudam na hora de criar ícones “Entenda o caso” numerado valoriza o box Linha do tempo com textos de tamanho equivalente fica mais organizada e bonita Textos curtos e diretos tornam a leitura mais dinâmica Muitos infográficos na mesma edição acabam deixando o leitor confuso, é melhor trabalhar bem um ou dois infográficos por edição Outros recursos podem ser usados para dar “respiro“ a página. Frases ou números expressivos, por exemplo
  14. 14. usa a criatividade!
  15. 15. referências: http://www.slideshare.net/NathachiSilva/infografe-mario-kannopagsimples http://www.slideshare.net/RodrigoAlmeida9/13444370-mostrainfografia3?- from_search=2 http://issuu.com/makidea/docs/manual http://visual.ly/ YAU, NATHAN; Visualize isto. Alta Books “ I tell you and you forget. I show you and you remember. I involve you and you understand. Confucius

×