Economia Criativa e Turismo:
oportunidades e desafios
Graduada em Turismo pela Universidade Federal de Ouro Preto,
Especialista Master Business Administration em Gestão Estraté...
O que mudou? Globalização e Facilidade de Acesso
à Informações!
Economia Criativa x Turismo
Oportunidades Turismo Criativo
• Atividade diretamente ligada a pessoas e
territórios
• Baixo investimento: utiliza-se de recursos já
existentes (patrimô...
Meu destino tem perfil?
• Passado histórico, cultural e social que moldou a
identidade do destino?
• População multicultural, aberta e participati...
Caça ao Tartufo (Cogumelo)
Oficinas Gastronômicas
Slow food na Itália...
Terra dos vinhos, queijos,
azeite...
Déficit da humanidade: comunicação
Como melhorar a comunicação?
Fonte: www.visitlondon.com
Fonte: www.visitlondon.com
Fonte: www.belohorizonte.mg.gov.br
• Oferta Gastronômica: entre elas a rotas das
cervejas artesanais
• Oferta da Moda: roteiro focado na história da
moda e c...
Você sabia que o Programa Turismo de Negócios BH
iniciou em função do artesanato?
“Diga-me e eu esquecerei, Mostre-me e eu talvez
lembre, Envolva-me e então eu aprenderei”.
Confúcio
Obrigada!
Mariana Lima
Responsável pelo Núcleo de Turismo - Fecomércio MG
Proprietária Sperto Consultoria
contato@spertoco...
Economia Criativa e Turismo: oportunidades e desafios
Economia Criativa e Turismo: oportunidades e desafios
Economia Criativa e Turismo: oportunidades e desafios
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Economia Criativa e Turismo: oportunidades e desafios

836 visualizações

Publicada em

Assim como o diferencial da Economia Criativa é a valorização do capital humano, o Turismo Criativo caracteriza-se pela interação e participação dos visitantes com a cultura local. Isso permite que, apesar da concorrência globalizada entre destinos, cada um seja único a sua maneira. Ha inúmeras oportunidades para as cidades ao desenvolverem o Turismo Criativo, a atividade esta diretamente ligada a pessoas e territórios, tem baixo investimento, pois utiliza-se de recursos já existentes, gera desenvolvimento econômico e social e valoriza a auto estima da população local. Na Itália é possível ver claramente como eles valorizam a cultura local, além de trabalharem o destino de forma regionalizada, oferecem aos visitantes diversas interações com a população e suas tradições que estão intimamente ligadas a gastronomia, assim como em Minas Gerais.

Uma grande deficiência mundial é a comunicação, apesar dos inúmeros recursos tecnológicos disponíveis, há pouco diálogo e vivência entre culturas distintas. No Brasil isso não é diferente. Pensando no turismo, é extremamente importante que haja planejamento para desenvolver qualquer atividade do setor, não basta criar equipamentos culturais ou produtos específicos se informações claras não chegarem aos potenciais turistas. É importante saber que tipo de visitante a cidade quer receber e focar em estratégias que atraiam esse público, lembrando sempre que é fundamental atrair turistas da própria cidade no intuito de reconectar a cidade a si mesma.

Publicada em: Turismo
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
836
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia Criativa e Turismo: oportunidades e desafios

  1. 1. Economia Criativa e Turismo: oportunidades e desafios
  2. 2. Graduada em Turismo pela Universidade Federal de Ouro Preto, Especialista Master Business Administration em Gestão Estratégica de Projetos pela UNA-BH. Proprietária da SPERTO Inteligência Colaborativa em Turismo. Mariana Lima
  3. 3. O que mudou? Globalização e Facilidade de Acesso à Informações!
  4. 4. Economia Criativa x Turismo
  5. 5. Oportunidades Turismo Criativo
  6. 6. • Atividade diretamente ligada a pessoas e territórios • Baixo investimento: utiliza-se de recursos já existentes (patrimônio material e imaterial, infra estrutura turística, cadeia produtiva) • Pode ser feito a qualquer momento, reduz sazonalidade, otimiza a hotelaria local. • Gera desenvolvimento econômico e social, valoriza a auto estima da população local • Foco não é mais o monumento ou o superlativo • Possibilita aprendizagem, criação e co-criação www.creativetourismnetwork.org
  7. 7. Meu destino tem perfil?
  8. 8. • Passado histórico, cultural e social que moldou a identidade do destino? • População multicultural, aberta e participativa? • Patrimônio Imaterial? • Tecido criativo formado por uma infinidade de artistas, artesãos e associações culturais? • Presença de um sector das indústrias criativas • Empresários interessados? • A presença, em certa medida, infra-estrutura turística? www.creativetourismnetwork.org
  9. 9. Caça ao Tartufo (Cogumelo)
  10. 10. Oficinas Gastronômicas
  11. 11. Slow food na Itália... Terra dos vinhos, queijos, azeite...
  12. 12. Déficit da humanidade: comunicação
  13. 13. Como melhorar a comunicação?
  14. 14. Fonte: www.visitlondon.com
  15. 15. Fonte: www.visitlondon.com
  16. 16. Fonte: www.belohorizonte.mg.gov.br
  17. 17. • Oferta Gastronômica: entre elas a rotas das cervejas artesanais • Oferta da Moda: roteiro focado na história da moda e contato com artistas locais • Roteiro “Da Tradição ao Contemporâneo”: Ligação entre OP, BH, Inhotim • Roteiro “Pampulha: Marco do Modernismo e o início de Niemeyer” (refeito de acordo com a candidatura da Pampulha na UNESCO) • Roteiro Liberdade: Do Poder Político à Cultura
  18. 18. Você sabia que o Programa Turismo de Negócios BH iniciou em função do artesanato?
  19. 19. “Diga-me e eu esquecerei, Mostre-me e eu talvez lembre, Envolva-me e então eu aprenderei”. Confúcio
  20. 20. Obrigada! Mariana Lima Responsável pelo Núcleo de Turismo - Fecomércio MG Proprietária Sperto Consultoria contato@spertoconsultoria.com.br www.spertoconsultoria.com.br

×