Tronco encéfalico

20.125 visualizações

Publicada em

Acadêmico

Publicada em: Educação
1 comentário
14 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.125
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
344
Comentários
1
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tronco encéfalico

  1. 1. TRONCO ENCEFÁLICO
  2. 2. ANATOMIA DO TRONCO ENCEFÁLICOLocalizado entre a medula e o diencéfalo;Ventralmente ao cerebelo.Constituído por três estruturas: • Bulbo (medula oblonga); • Ponte; • Mesencéfalo;O tronco cerebral é formado por: • Corpos neuronais, que se agrupam em núcleos; • Fibras nervosas; oAgrupadas em tractos, fascículos ou lemniscos.Muitos dos núcleos do tronco encefálico recebem ou emitemfibras nervosas que entram na constituição dos nervos cranianos.Identificação dos nervos cranianos é um importante aspecto noestudo do tronco encefálico.
  3. 3. Vista Póstero-lateral
  4. 4. TroclearFacial +vestibulococlearGlossofagíngeoAssessórioHipoglosso
  5. 5. Vista anterior
  6. 6. BulboÉ dividido anteriormente pela fissura mediana anterior quetermina cranialmente no Forame Cego. • Essa fissura divide duas estruturas bulbares: as pirâmides. oFeixe compacto de fibras parte da via córtico-espinhal; oEstas fibras decussam na porção caudal do bulbo; • Decussação das pirâmides.Núcleos de nervos cranianos localizados no bulbo: Hipoglosso; Glossofagíngeo, Vago; Acessório;
  7. 7. Nível da coluna Nuclear dorsal
  8. 8. Ponte: • Situada entre o bulbo e o mesencéfalo; • Possui diversas estriações que formam os Pedúnculos Cerebelares; • Apresenta um único sulco na superfície ventral; oSulco Basilar (onde se aloja a artéria basilar). • Contém os núcleos de diversos nervos cranianos: oTrigêmeo (V), • Nervo que emerge abaixo do pedúnculo cerebelar médio; oAbducente (VI), facial (VII) e vestíbulo-coclear (VIII); • Nervos que emergem no sulco bulbo-pontino.4º ventrículo:Situado entre:As paredes dorsais do bulbo e da ponte e;A porção ventral do cerebelo.Se comunica:Caudalmente com o canal medular;Cranialmente com o aqueduto cerebral;
  9. 9. Mesencéfalo: • Interpõe-se entre a ponte e o diencéfalo. • É atravessado posteriormente por um canal estreito, o Aqueduto cerebral; • A parte do mesencéfalo situada dorsalmente ao aqueduto chama-se Tecto do Mesencéfalo • A porção ventral do mesencéfalo é o Pedúnculo Cerebral.Tecto do mesencéfalo: • Apresenta quatro eminências arredondadas: Colículo Superior e Colículo InferiorTegmento mesencefálico Porção central situada entre o tecto e a base dos pedúnculos cerebrais: Contém o núcleo dos seguintes nervos cranianos; Núcleo mesencefálico do nervo trigêmio Núcleo do nervo oculomotor Núcleo do nervo troclear
  10. 10. Pedúnculos Cerebrais: • Aparecem como dois grandes feixes de fibras que surgem na borda superior da ponte • Divergem e penetram profundamente no cérebro.A substância negra • Formada por neurônios que contém melanina.
  11. 11. Cerebelo
  12. 12. Subdivisões anatômicas do cerebeloLobo Anterior Lobo Posterior Lobo Floculonodular Vermis Zona Intermediária Zona Lateral
  13. 13. Os núcleos cerebelares profundos • São 3 os núcleos cerebelares profundos: •Núcleo fastigial •Núcleos interpósitos •Núcleo denteado • Estes núcleos representam a principal via de saída das vias dos cerebelo; • Núcleo fastigial recebe projeções do vermis; • Núcleos interpósitos recebem projeções da zona intermediária; • Núcleo denteado recebe projeções da zona lateral
  14. 14. Vias vestíbulo-cerebelares Lobo floculonodular Aferências: o lobo floculonodular recebe aferências do sistema vestibular, principalmente dos núcleos vestibulares localizado no bulbo; Eferências: projetam-se para a musculatura proximal e axial (pernas, tronco) e para os músculos dos olhos; Função: Ajuste postural e do equilíbrio.L. floculonodular S. vestibular Déficits: Ataxia postural. Teste: verificar equilíbrio com os olhos fechados. Músculos e olhos
  15. 15. Vias espino-cerebelares Vermis Aferências: Vermis e zona intermediária recebem projeções diretas da medula espinal: aferências musculares e de sensibilidade somática e da sensibilidade visual e auditiva; Eferências: projetam-se para o núcleo fastigial (vermis) e núcleos interpósitos (zona intermediária) e daí para a medula espinal, via núcleo rubro,Zona intermediária núcleo da formação reticular e córtex motor; Função: Ajustar a execução de movimentos atuais e o tônus muscular. Déficits: Ataxia muscular e ausência de controle dos músculos. Teste: caminhar em linha reta sobre a ponta deos pés.
  16. 16. Vias córtico-cerebelares Zona lateral Aferências: o hemisfério cerebelar lateral recebe projeções principalmente das áreas motoras do córtex cerebral, via núcleos pontinos. Eferências: projetam-se para o núcleo denteado e daí para o núcleo rubro localizado no mesencéfalo e daí para o córtex motor e pré-motor. Função: Execução de habilidades motoras adquiridas por meio e treino. Déficits: dificuldade de realizar Zona lateral Córtex motor movimentos aprendidos (escrever), dismetria e tremores. Teste: com oNúcleo denteado Núcleo rubro braço esticado apontar o nariz.

×