ANÁLISE DE ACHADOS DE IMAGEM E ALTERAÇÕES CLÍNICAS EM PACIENTES COM LINFOMA
RESUMO:
A tomografia computadorizada é atualme...
todas as lesões podem ser submetidas à biópsia, do ponto de vista ético e
prático, a verdadeira sensibilidade, especificid...
LUCIANA DE JESUS
CITACOES
CITAÇOES DIRETA: “A incidência de LH e LNH é de 8% de todas as
doenças malignas” (CALDAS;MOTOMIY...
CONHECER E SABER
É uma relação que se estabelece entre o sujeito que conhece e o objeto
conhecido.No processo do conhecime...
obtido ao acaso, após inúmeras tentativas, ou seja, o conhecimento
adquirido através de ações não planejadas;a preocupação...
CITAÇOES
FABIANA
CITAÇAO DIRETA : “O acometimento hepático foi o achado mais
frequente em nossa casuística.”
(CALDAS;MOTOM...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Análise de achados de imagem e alterações clínicas em pacientes com linfoma

218 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
218
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise de achados de imagem e alterações clínicas em pacientes com linfoma

  1. 1. ANÁLISE DE ACHADOS DE IMAGEM E ALTERAÇÕES CLÍNICAS EM PACIENTES COM LINFOMA RESUMO: A tomografia computadorizada é atualmente o estudo de imagem de escolha para a detecção e estadiamento de linfomas. A tomografia computadorizada é capaz de mensurar com acurácia significativa a exten-são e o volume do tumor e prover informações que possam ser usadas para planejar uma estratégia tera-pêutica apropriada. O presente trabalho teve como objetivo descrever e analisar os achados de imagem obtidos por meio de tomografia computadorizada de tórax e abdome, acompanhada de ultra-sonografia de abdome total de pacientes com diagnóstico de linfoma e com sorologia negativa para o vírus HIV, alterações clínicas, como a queixa que levou o paciente a procurar o serviço de saúde, já revelando sinais de acometimento da doença linfocitária, neste momento ainda não diagnosticada, e alterações ao exame físico nesta primeira consulta. A amostra estudada foi composta por 30 pacientes, sendo que, destes, 40% teriam o diagnóstico de linfoma não- Hodgkin, 46,6% de linfoma Hodgkin, 10% de linfoma de Burkitt e 3,3% com o diagnóstico de linfoma linfoblástico.Manter-se atualizado ao rápido avanço das tecnologias de imagem é um desafio para radiologistas e clínicos, que devem integrar a maioria destes progressos a fim de otimizar os cuidados ao paciente, resultando no menor custo possível .A tomografia computadorizada (TC) se destaca por oferecer informação adicional aos resultados obtidos com outros métodos diagnósticos, fazendo possível a detecção de infiltração linfomatosa em diversos órgãos abdominais, incluindo os gânglios retroperitoneais, pélvicos, mesentéricos e outros; Além disso, a TC pode determinar a verdadeira extensão da enfermidade, de tal forma que se faz possível detectar o processo linfomatoso das diferentes cadeias ganglionares intra e retroperitoneais, assim como infiltração neoplásica ao fígado, baço, rins, pâncreas, tubo digestivo,entre outros.A TC tem muitas utilidades na avaliação do linfoma de Hodgkin (LH) e do linfoma não-Hodgkin (LNH), definindo a extensão da doença para o esta diamento acurado, norteando o plano de tratamento,avaliando a resposta da terapia e monitorizando o progresso da doença e possíveis recidivas.A ultra-sonografia (US) é um método de imagem útil para a avaliação de adenopatias paraaórticas e também pode detectar linfonodos aumentados isolados de cadeias linfocitárias. No entanto, segundo Redmanet al. o método mais acurado para a avaliação linfográfica superficial e profunda ainda é a TC.A incidência de LH e LNH é de 8% de todas as doenças malignas, entretanto esses linfomas são potencialmente curáveis.A extensão da doença é o fator mais impotante que influencia a remissão e a sobrevida dos pacientes.Os linfomas representam a sétima causa mais comum de mortes nos EstadosUnidos. Oitenta por cento dos pacientes se apresentam ao médico com linfadenopatia superficial, geralmente localizada no pescoço e com menor freqüência na axila e na região inguinal.Como os linfomas não são tratados cirurgicamente e nem
  2. 2. todas as lesões podem ser submetidas à biópsia, do ponto de vista ético e prático, a verdadeira sensibilidade, especificidade e acurácia da modalidade das imagens usadas para o estadiamento não podem ser avaliadas.Foi realizado estudo retrospectivo de 30 pacientes que tinham diagnóstico anatomo patológico de linfoma. A confirmação do diagnóstico se deu em 70% por biópsia de gânglios linfóides, em 23,3% por biópsiade massa linfóide encontrada por laparotomia exploratória, em 3,3% por biópsia de tonsila e em 3,3% por biópsia de pele.A amostra estudada era formada por53,3% pacientes do sexo masculino e46,6% do sexo feminino, sendo a variação etária de dois a 75 anos, com a média de27,7 anos, e todos com sorologia negativapara o vírus HIV.Quanto ao diagnóstico, 46,6% dos pacientes eram portadores de LNH, 40% tinham LH, 10% tinham linfoma de Burkitt (LB) e 3,3% eram portadores de linfoma linfoblástico (LL). Quanto ao diagnóstico, 46,6% dos pacientes eram portadores de LNH, 40% tinham LH, 10% tinham linfoma de Burkitt (LB) e 3,3% eram portadores de linfoma linfoblástico (LL).Em relaçao Aspectos clínicos o presente trabalho mostrou que o estudo de imagem foi mais sensível e de maior acurácia na detecção das alterações decorrentes de linfoma quando comparado ao exame clínico. Um motivo levantado que justifique essa parcial discrepância éo fato de o exame físico abordado neste estudo ter sido feito apenas no momento de admissão do paciente, e os exames tomográficos e ultra-sonográficos, ao revés,eram, além dos de admissão e diagnóstico,os de seguimento da doença.Aspectos de imagem.O acometimento hepático foi o achado mais freqüente em nossa casuística. Dos 30pacientes, 18 (60%) cursavam com hepatomegalia homogênea ou nódulo hepático sete (23,3%) com LH e 11 (36,6%) com LNH, porcentual compatível com o estudo de Levitamet al.; que revelou que ofígado é o lugar de envolvimento secundário em 60% dos pacientes com LH e 50%daqueles com LNH. Outro dado que foi compatível com a literatura foi a linfadenomegalia como achado de imagem em 50% dos pacientes estudados. Harrisetal.concluíram que o achado mais comum intratorácico do linfoma são os linfonodos mediastinais aumentados. O nosso estudo foi discordante de outros autores quanto ao acometimento esplênico. Na casuística de Thomaset al.,grande massa solitáriesplênica foi o achado mais comum em pacientes com LNH, e no nosso trabalho o achado mais relevante foi a esplenomegalia homogênea, na maioria em pacientes com LH. Além disso, 16,6% dos pacientes deste estudo que tinham diagnóstico de LNH estavam com esplenomegalia, porcentagem bem abaixo da relatada por Harriset al.que foi de 30%. A TC não substitui nenhum dos Proccdimentos diagnósticos estabelecidos para o estadiamento do linfoma. Flavio Augusto Ataliba Caldas;,Caroline Tsumori Motomiya,;Helena Cristina da Silva 2002.
  3. 3. LUCIANA DE JESUS CITACOES CITAÇOES DIRETA: “A incidência de LH e LNH é de 8% de todas as doenças malignas” (CALDAS;MOTOMIYA;SILVA;2002,p.71) CITAÇOES INDIRETAS: (CALDAS;MOTOMIYA;SILVA;2002,p.71) A tomografia computadorizada é atualmente o estudo de imagem de escolha para a detecção e estadiamento de linfomas. A tomografia computadorizada é capaz de mensurar com acurácia significativa a exten-são e o volume do tumor e prover informações que possam ser usadas para planejar uma estratégia tera-pêutica apropriada. CITAÇAO DE CITAÇAO: “Os linfomas representam a sétima causa mais comum de mortes nos EstadosUnidos” : (CALDAS;MOTOMIYA;SILVA;2002,p.71)
  4. 4. CONHECER E SABER É uma relação que se estabelece entre o sujeito que conhece e o objeto conhecido.No processo do conhecimento,o sujeito cognoscente se apropria, de certo modo, do objeto conhecido.Se a apropriação é física,sensível,o conhecimento é sensível.Esse tipo de conhecimento é encontrado tanto nos animais como no homem: acontece por meio dos cinco sentidos.Se apropriação não é sensível ;o que ocorre com realidades como conceitos,princípios e leis.o conhecimento é intelectual. Nem sempre essas duas formas de conhecimento. sensivel e intelectual ;ocorrem isoladamente.Ao contrario, com frequência combinam-se para produzir um conhecimento misto ,ao mesmo tempo sensível e intelectual.por exemplo você pode conhecer-se .seus sentidos lhe informação .por meio de imagens ,a cor de sua pela .seu cheiro .sua estatura ,enfim suas características físicas;mas será a mente .por meio de ideias ,que lhe informara seus próprios pensamentos ,sua maneira de agir diante de um determinado problema etc.E todas essas informações estão relacionadas a um mesmo objeto: você.Pelo conhecimento , o homem penetra as diversas áreas da realidade de para dela tomar posse;de certa forma , o homem .pelo conhecimento,reconstitui a realidade em sua mente.Ora ,a realidade apresenta níveis e estruturas diferentes em sua própria constituição. A complexidade do real;objeto do conhecimento .ditara .necessariamente,formas diferentes de apropriação por parte do sujeito congnoscente.Essas formas darão os diversos níveis de conhecimento,segundo o grau de penetração do conhecimento e consequente posso mais ou menos eficaz da realidade, levando em conta ,ainda ,a área ou estrutura considerada .Com referencia ao homem, por exemplo ,pode-se considera-lo em seu aspecto externo e aparente e dizer uma serie de coisas que o bom senso dita ou que a experiência contidiana ensinou ,pode=se também ,- com espírito mais serio,investigando ,experimentalmente,as relações existente entres certos órgãos e suas funções. Já esses tipos de conhecimento se caracterizar como empírico cientifico e filosifico;teologico.onde o conhecimento filosofico é fruto do raciocínio e da reflexão humana. É o conhecimento especulativo sobre fenômenos, gerando conceitos subjetivos. Busca dar sentido aos fenômenos gerais do universo, ultrapassando os limites formais da ciência.ja conhecimento teológico é revelado pela fé divina ou crença religiosa. Não pode, por sua origem, ser confirmado ou negado. Depende da formação moral e das crenças de cada indivíduo.diferente do cientifico que é o conhecimento racional, sistemático, exato e verificável da realidade. Sua origem está nos procedimentos de verificação baseados na metodologia científica.e por ultimo vem o conhecimento empírico que é o conhecimento
  5. 5. obtido ao acaso, após inúmeras tentativas, ou seja, o conhecimento adquirido através de ações não planejadas;a preocupação com o conhecimento não é nova.Praticamente todos os povos da antiguidade desenvolveram forams diversas de saber,entres os egípcios a trigometria ,entre os romanos a hidráulica ,entre os gregos a geometria ,a mecânica, a lógica, a astronomia ,e entre todos se consolidou um conhecimento ligado á fabricação de artefatos de guerra.As imposições derivadas das necessidades praticas da existência foram sempre a força propulsora da busca destas formas de saber.Somente um povo da antiguidade teve a preocupação mais sistemática e filosófica com as condições de formação do conhecimento : foram os gregos.Paralelamente ao conhecimento empírico legado pelos povos do oriente ,mesopotâmia e Egito ,os gregos desenvolveram um tipo de reflexão; a intuição que se destacou pela possibilidade de gerar teorias unitárias sobe a natureza e desvincular o saber racional do saber mítico.Isto não quer dizer que os gregos tivessem abandonado sua mitologia e cosmologia a ter consciência das diferenças entre estas duas formas de logos;A episteme característica do pensamento grego era do tipo theoretike,isto é ,um tipo de saber adquirido pelos “olhos do espírito” e que ia alem dos meros fenômenos empíricos .Esta diferenca entre conhecimento pratico que estava ligado ao trabalho ,a execução de atividades de produção de bens e coisas necessárias a vida ;e conhecimento teórico;ligado prazer do saber ;chegou a cristalizar-se como formas de conhecimento de diferentes naturezas.O senso comum é um conjunto de informações não-sistematizadas que aprendemos por processos formais,informais e, as vezes ,inconscientes ,e que inclui um conjunto de valoraçoes.Essa informações são no mais das vezes ,fragmentarias e podem incluir fatos históricos verdadeiros,doutrinas religiosas,lendas ou parte delas,princípios ideológicos as vezes conflitantes ,informações cientificas popularizadas pelos meios de comunicações de massa, bem como a experiência pessoal acumulada .quando emitmos opinoes lançamos Mao desse estoque de coisas da maneira que nos parce mais apropriada para justificar e tornar os argumentos aceitáveis.valoracoes e crenças são.portanto o substrato do senso comum e de nossas ações e comportamentos cotidianos.Há ,no entanto,uma marcante diferença lógica entre as crenças e os valores ainda que na pratica não seja nada fácil diferencia-los.As crenças se manifestam através de proposições ,que podem ser submetidas a um teste de veracidade ,ou seja ,é possível dizer se são verdadeiras ou falsas ,ao passo que com as valorações isso não ocorre .Destas,nos podemos dizer que são boas ou mas,desejáveis ou indesejáveis ,justas ou injustas ,mas não que são verdadeira ou falsas.
  6. 6. CITAÇOES FABIANA CITAÇAO DIRETA : “O acometimento hepático foi o achado mais frequente em nossa casuística.” (CALDAS;MOTOMIYA;SILVA;2002,p.71) CITAÇAO INDIRETA: O senso comum é um conjunto de informações não-sistematizadas que aprendemos por processos formais,informais e, as vezes ,inconscientes ,e que inclui um conjunto de valoraçoes.Essa informações são no mais das vezes ,fragmentarias e podem incluir fatos históricos verdadeiros,doutrinas religiosas,lendas ou parte delas,princípios ideológicos as vezes conflitantes. (CALDAS;MOTOMIYA;SILVA;2002,p.71) CITACÃO DE CITAÇAO : “As imposições derivadas das necessidades praticas da existência foram sempre a força propulsora da busca destas formas de saber.” (CALDAS;MOTOMIYA;SILVA;2002,p.71)

×