SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA
FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR
A DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA À CONCESSÃO DE BOLSAS A TUTORES
PRESENCIAIS PARA ATUAÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015 E FORMAÇÃO
DE CADASTRO DE RESERVA
FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ
GRADUAÇÃO - Edital nº 3/2014
A FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA DO
ESTADO DO RIO DE JANEIRO – FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ realizará
seleção de tutores bolsistas, de nível superior, de acordo com a tabela de bolsas da Lei nº
5805, de 20 de agosto de 2010, que autoriza a concessão de bolsas de estudo e de
pesquisa a participante de programas da Fundação CECIERJ e do Decreto nº 42.810, de 19
de janeiro de 2011, que regulamenta a concessão de bolsas de estudo e pesquisa à
participante de programas da Fundação CECIERJ e dá outras providências, bem como, o
que consta nos autos do processo administrativo no
E-26/ 004/1803/2014, para
preenchimento de 216 (duzentos e dezesseis) vagas e formação de cadastro reserva de
1689(um mil, seiscentos e oitenta e nove) profissionais, para tutores presenciais, dos cursos
de graduação a distância, oferecidos pelas universidades consorciadas, nas áreas de
conhecimento e nos polos regionais, conforme ANEXO I e ANEXO II. Todas as instruções e
informações pertinentes a este processo seletivo estão disponíveis no site da Fundação
CECIERJ/Consórcio CEDERJ, htpp://www.cederj.edu.br, e nos polos regionais cujos
endereços se encontram no ANEXO II.
I – DA VALIDADE DA SELEÇÃO
Este processo de seleção terá validade de 12 (doze) meses, a partir da divulgação dos
resultados, podendo este prazo ser prorrogado por igual período a critério da Fundação
CECIERJ. O resultado do processo seletivo será divulgado no site da Fundação CECIERJ e
a validade da presente seleção pública contará a partir da data da publicação do extrato
deste resultado no Diário Oficial do estado do Rio de Janeiro (DOERJ).
II - DA INSCRIÇÃO
1. Da condição para inscrição:
Ter concluído curso de nível superior em área de conhecimento compatível com a área em
que pretende atuar, de acordo com o definido no ANEXO I, até a data da inscrição no
processo seletivo e possuir acesso à internet.
2. Do período para a inscrição:
As inscrições estarão abertas no período de 16 a 31 de outubro de 2014.
3. Da taxa de inscrição:
Não haverá cobrança de taxa de inscrição.
4. Do procedimento para a inscrição:
a) O candidato fará sua inscrição na secretaria do polo para o qual está se candidatando,
nos dias 16, 17, 18, 21, 22, 23, 29, 30 e 31 de outubro, no endereço especificado no
ANEXO II e nos horário a seguir:
Terça-feira a sexta-feira - das 14 horas às 18 horas.
Sábado- das 10horas às 15 horas.
b) Na ocasião da inscrição, o candidato deverá entregar, pessoalmente ou por procuração
com firma reconhecida, um envelope lacrado, contendo os documentos abaixo
relacionados. A ausência de qualquer um deles acarretará a exclusão do processo seletivo:
- Ficha de Inscrição (ANEXO III) preenchida.
- Currículo acompanhado de cópias de documentos de identificação, CPF, comprovante
de residência, diploma ou declaração em papel timbrado emitido por estabelecimento de
ensino reconhecido pelo MEC que comprove a conclusão do curso de nível superior, na
área de conhecimento de escolha (consultar a lista de áreas afins no ANEXO I),
histórico escolar e demais comprovantes referentes ao currículo, conforme item IV.2.1
(AC).
-Carta de autoapresentação (CA) adequada à vaga para a qual está se candidatando,
conforme item IV.2.2.
- Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria (APT), conforme item IV.2.3
- Declaração de próprio punho de não ter tido contrato de trabalho rescindido por justa
causa em nenhuma instituição pública do Estado do Rio de Janeiro e nem ter sido
desligado do CEDERJ em atividades anteriores por motivos referentes à insuficiência de
atuação.
- Termo de Compromisso (ANEXO IV).
c) O envelope lacrado deve ser identificado, na face externa, com:
- o assunto: “Processo seletivo para tutor presencial 2015,
- o nome completo do candidato,
- o nome do polo para o qual se candidata,
- o nome da disciplina/grupo para a qual o candidato se inscreveu,
- o nome do curso a que pertence a disciplina/ grupo,
- o nome da universidade a que pertence o curso.
d) No ato da entrega do envelope, o candidato deverá apresentar uma cópia da ficha de
inscrição preenchida, onde a secretaria do polo atestará o recebimento da inscrição.
Esta cópia deve ser guardada pelo candidato e apresentada sempre que solicitada.
Nessa ocasião o candidato deverá, ainda, assinar a lista de registro de inscrição.
e) Cada candidato à vaga de tutor presencial (TP2) poderá se inscrever em apenas 1 (um)
polo regional e em 1 (uma) disciplina ou área de conhecimento de um único
curso, conforme ANEXO I.
f) Caberá ao candidato total responsabilidade pelo correto preenchimento da face externa
do envelope e da ficha de inscrição.
g) A inscrição, no presente processo seletivo, implica o conhecimento e a tácita aceitação
das normas e condições estabelecidas neste edital e nos documentos anexos, das quais
o candidato não poderá alegar desconhecimento, em hipótese alguma.
III – DAS VAGAS
São oferecidas 216 (duzentas e dezesseis) vagas destinadas ao atendimento imediato da
demanda do ano letivo de 2015, sendo que a ordem de convocação obedecerá
rigorosamente a ordem de classificação dos candidatos. Será formado, ainda, um cadastro
de reserva de 1689 (um mil, seiscentos e oitenta e nove) profissionais para a tutoria
presencial, conforme ANEXO I. A convocação dos candidatos se dará conforme a
necessidade apontada pela Universidade coordenadora do curso, podendo a mesma sofrer
alterações resultantes de mudanças de matriz ou reorganizações curriculares do curso
pretendido.
IV - DO PROCESSO DE SELEÇÃO
1. O processo de seleção será conduzido pela Diretoria de Tutoria da Fundação CECIERJ,
pelas Coordenações de Tutoria e pelas Coordenações de áreas das Universidades
consorciadas. Caberá às Universidades Consorciadas a coordenação das atividades
das comissões de seleção por área, constituídas por docentes das mesmas.
2. A seleção se constitui de: Análise de currículo (AC), Carta de autoapresentação
(CA) e Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria (APT). Será atribuída
uma nota na escala de 3 (três) a 10 (dez) pontos para o subitem 2.1 (AC), uma nota na
escala de 0 (zero) a 10 (dez) pontos para o subitem 2.2 (CA) e uma nota na escala de 0
(zero) a 10 (dez) pontos para o subitem 2.3 (APT).
2.1. Análise de currículo (AC)
Na análise de currículo, serão considerados diplomas de cursos de graduação e pós-
graduação (stricto e lato sensu) com reconhecimento devidamente atestado pelo MEC e
diretamente relacionados à área/curso/grupo/disciplina escolhida (consultar a lista no
ANEXO I). Além dos diplomas, serão consideradas ainda as declarações de conclusão
de curso emitidas pelas universidades certificadoras. Na análise de currículo, só serão
considerados itens efetivamente comprovados e pertinentes à área de atuação,
conforme área/curso/grupo/disciplina escolhida e critérios de pontuação, computado o
valor do título mais alto do candidato. Serão também valorizados outros itens relevantes
para o exercício da função, conforme os critérios listados no quadro a seguir.
CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO DO CURRÍCULO:
ITENS AVALIADOS PONTUAÇÃO OBSERVAÇÕES
Graduação (formação mínima) 3,0
Não tem caráter somatório.
Vale a pontuação do maior grau
de formação.
Especialização (ou mestrando) 3,5
Mestrado (ou doutorando) 3,75
Doutorado 4,0
Experiência como tutor em
Educação a Distância Máximo 2,0
0,5 por semestre, não
computada a sobreposição de
período
Formação em EaD (ter
concluído curso sobre EaD ) 1,0
Curso com carga horária total
de, no mínimo, 140h.
Não tem caráter somatório.
Vale uma única pontuação.
Ter sido aluno de curso de
graduação em EaD 0,5
Não tem caráter somatório.
Vale uma única pontuação.
Experiência no magistério na
área a que se propõe atuar Máximo 1,5
0,25/semestre, não computada a
sobreposição de período
Trabalhos relevantes na área
de atuação.
1,0 Não tem caráter somatório.
Vale uma única pontuação.
b) A não comprovação da conclusão de curso superior em uma das áreas listadas no
ANEXO I implica desclassificação automática do candidato. A comprovação deverá ser
realizada mediante cópia do diploma ou declaração em papel timbrado da universidade
e histórico escolar do curso.
c) Não será aceita a entrega de documentos depois de encerrado o período de
inscrições.
d) Uma vez formalizada a inscrição, não será permitida a troca de disciplina/área/curso.
2.2. Carta de autoapresentação (CA): Classificatória
A carta de autoapresentação do candidato (máximo de 3 laudas, fonte Arial tamanho 12,
espaço duplo) deverá constituir-se de um texto dissertativo, no qual sejam destacados
aspectos relevantes à vaga para qual está se candidatando, a saber:
a.motivação/expectativas ao se candidatar à vaga – máximo 2,0 pontos;
b.autoavaliação do currículo e produção técnico/didático/científica, fazendo uma ligação
coerente entre todos os passos acadêmicos. - máximo 2,0 pontos;
c. autoavaliação da experiência em Educação a Distância – máximo 2,0 pontos;
d.grau de prioridade atribuída pelo candidato à atuação na vaga para a qual se propõe,
considerando a inserção da tutoria no conjunto dos demais compromissos
profissionais que tem no momento e incluindo a disponibilidade de carga horária
para atuação no polo regional - máximo 2,0 pontos;
e.clareza na exposição das ideias, a adequação da linguagem e a correção gramatical –
máximo 2,0 pontos.
2.2. Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria (APT): Classificatória
Nesta terceira etapa, Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria,
intenciona-se avaliar se o candidato possui as competências necessárias para articular
seu conhecimento acadêmico, já legitimado por sua titulação, às necessidades
impostas pelo processo de tutoria, dentro da área de conhecimento do curso pleiteado.
Assim, no Plano de Trabalho deverá constar uma proposta de atuação na
vaga, considerando a área de atuação a ser ocupada.
O plano deverá incluir:
- a importância atribuída ao papel social da EaD e outros aspectos julgados
como relevantes no contexto - máximo 3,0 pontos,
- duas sugestões de atividades, voltadas aos alunos da graduação, sobre temas
da disciplina/área em que o candidato irá atuar, incluindo objetivos,
procedimentos, resultados esperados e estabelecendo formas de articulação e
integração entre todos os atores que exercem a docência na Educação a
Distância (tutores a distância, tutores presenciais e professores) - máximo 7,0
pontos.
2.3 . Da continuidade de concessão da Bolsa de Tutoria.
Buscando consolidar as competências necessárias à função de tutor no Consórcio
CEDERJ, além das etapas constantes do processo de seleção, o candidato assume o
compromisso de participar do Programa de Capacitação, conforme disposto no item VIII
deste Edital. A frequência e a aprovação em tais cursos serão definidoras da permanência
do tutor enquanto bolsista no Consórcio. Soma-se a todo este processo, o fato de que os
tutores-bolsistas são avaliados ao final de cada ano, para que suas bolsas possam ser
renovadas ou não.
V – DA CLASSIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS
1.As Universidades e coordenações de curso analisarão os diferentes quesitos do
processo de seleção considerando o Projeto Pedagógico de cada Curso e as
especificidades contidas no mesmo, quanto ao perfil de tutor desejado.
2.A nota final de classificação será a média aritmética das notas obtidas na análise de
currículo, na carta de autoapresentação e na avaliação acadêmica de plano de
trabalho de tutoria (AC+CA+APT)/3).
3.Será considerado aprovado o candidato que obtiver nota final igual ou superior a
5,0 (cinco).
4. Ocorrendo igualdade de nota final de classificação, o desempate será definido,
considerando-se os critérios, na seguinte ordem:
• Maior tempo de experiência como tutor em EaD;
• Maior nota na Avaliação Acadêmica do Plano de trabalho de Tutoria;
• Maior nota na Carta de autoapresentação;
• Maior nota na Análise do currículo;
• Maior idade.
Observação: Todos os tutores aprovados passam a compor o cadastro de reserva de
tutores do Consórcio.
VI - DO RESULTADO
1- Publicação- Os candidatos deverão verificar o resultado final deste processo
seletivo, exclusivamente, no endereço http://www.cederj.edu.br, no dia 01 de
dezembro de 2014, a partir das 17h. Não haverá comunicação do resultado por
qualquer outra via, exceto pela publicação do extrato do Diário Oficial do Estado
do Rio de Janeiro.
2- Recurso administrativo- Eventual recurso aos resultados divulgados deverá ser
única e exclusivamente submetido à Fundação CECIERJ. Para tal, o candidato
deverá entregar nos dias 02 e 03 de dezembro de 2014, na Diretoria de Tutoria
do CEDERJ, na Rua da Ajuda, nº 5, 16º andar, sala 11, das 10:00h às 16:00h, o
formulário de recurso administrativo que será disponibilizado no site da Fundação
CECIERJ no dia 01 de dezembro de 2014.
Caberá à Banca Avaliadora de cada curso o julgamento do recurso, cujo
resultado será divulgado no dia 09 de dezembro de 2014, no site da Fundação
CECIERJ, a partir das 17 horas.
3- Após a divulgação do resultado final, publicado no site da Fundação CECIERJ no
dia 09 de dezembro, os tutores APROVADOS deverão encaminhar para a
Diretoria de Tutoria do Consórcio CEDERJ, através do e-mail
documentostutor@cecierj.edu.br, cópias digitalizadas e legíveis dos
documentos abaixo relacionados, de forma a agilizar o cadastramento e
efetivação da convocação, colocando no assunto do e-mail seu nome e
sobrenomes:
• CPF;
• documento de Identidade;
• certificado ou diploma da última titulação;
• comprovante de residência;
• telefone e e-mail para contato.
VII– DA OUTORGA DA BOLSA DE TUTOR
A Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ convocará, no dia 09 de dezembro de 2014,
através de lista publicada no site da Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ
(http://www.cederj.edu.br), os candidatos selecionados para outorga de bolsa, de acordo
com as necessidades da Fundação CECIERJ, obedecendo estritamente à ordem de
classificação.
1. É vedada a acumulação da bolsa de tutoria de que trata este edital com qualquer
outra concedida no âmbito da Lei nº 5.805/2010, ressalvada a hipótese prevista no
artigo 3º, parágrafo 6º, do Decreto no
42.810/11.
2. Não poderá assumir a função o candidato aprovado neste processo seletivo
que seja aluno com matrícula ativa em cursos do Consórcio CEDERJ.
3. Não será permitido, ao candidato que já atua como tutor do Consórcio
CEDERJ, participar do processo seletivo com o propósito de garantir
vinculação em mais de um polo. Caso seja aprovado na seleção, deverá optar
pelo polo de sua preferência, comunicando imediatamente ao CEDERJ quando
da divulgação do resultado final.
4. Para os candidatos que já atuam no sistema, a carga horária total não deverá
exceder àquela recomendada pela Fundação CECIERJ.
5. A não participação do candidato convocado nas capacitações obrigatórias
elencadas no item VIII poderá implicar desistência da vaga e, consequente,
desligamento do Consórcio, devendo a Fundação CECIERJ/Consórcio
CEDERJ convocar o próximo candidato da lista, seguindo rigorosamente a
ordem de classificação.
6. A bolsa terá duração de 12 (doze) meses, podendo ser renovada por até 4 (quatro)
vezes, dependendo da necessidade da Fundação CECIERJ e da avaliação de
desempenho do então bolsista, conforme consta no termo de outorga.
7. Para o tutor presencial o valor mensal da bolsa (TP2) equivale a R$ 275,00 por mês
para 2 horas semanais (cerca de 8 horas mensais), podendo variar até 5 vezes em
função do número de alunos e/ou disciplinas, de acordo com as necessidades da
Fundação CECIERj, conforme artigo 3º, parágrafo 6º, do Decreto no
42.810/11.
8. A carga horária do tutor presencial poderá ser reduzida a qualquer tempo,
considerando o número de alunos e as especificidades do período e/ou curso ou
necessidades da Diretoria de Tutoria da Fundação CECIERJ.
VIII - DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DE TUTORES
Os candidatos CONVOCADOS de acordo com o disposto no item VII deverão,
obrigatoriamente, participar do Programa de Capacitação de Tutores, sendo sua
participação e aprovação definidoras da continuidade da bolsa de tutoria. Tal
Programa se constitui de:
1. Capacitação Inicial de Tutores, que será realizada presencialmente no dia 13 de
dezembro de 2014, em local a ser informado quando da publicação da lista dos
selecionados, exclusivamente, no site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ
(http://www.cederj.edu.br);
2. Capacitação em Conteúdo e no material didático, realizada pelas universidades
responsáveis pelos diversos cursos e em datas a serem divulgadas na Capacitação
Inicial de Tutores.
3. Curso on-line na plataforma Moodle/CEDERJ.
4. Curso on-line Formação em EaD com Ênfase na Tutoria CEDERJ.
IX – DAS ATRIBUIÇÕES DOS TUTORES PRESENCIAIS:
• Participar das atividades de capacitação e de avaliação dos tutores propostas pela
Diretoria Adjunta de Tutoria, pela Coordenação de Tutoria e pelos coordenadores de
disciplinas (no mínimo 3 atividades por período letivo). Isto envolverá deslocamentos
para outras cidades (para um polo diferente do de sua atuação ou para a
universidade responsável pela disciplina), podendo haver necessidade de pernoite.
• Conhecer o projeto didático pedagógico do curso e o material didático das disciplinas
sob sua responsabilidade, demonstrando domínio do conteúdo específico da
disciplina.
• Conhecer o cronograma de estudo e das avaliações das disciplinas sob sua
responsabilidade e ajudar os estudantes a se manterem atualizados.
• Conhecer a estrutura de funcionamento do polo regional onde atua.
• Estar presente no polo, no horário previsto para atendimento e orientação dos
discentes, realizados aos sábados e/ou em dias de semana (3a à 6a feira) à noite,
seguindo escala feita pelo diretor de polo.
• Trabalhar o material didático com o aluno, individualmente ou em grupo, visando
orientá-lo para a construção de uma metodologia própria e autônoma de estudo.
• Familiarizar o aluno com o hábito da pesquisa bibliográfica (sugerida ou não no
material didático), no sentido do aprofundamento e atualização dos conteúdos das
disciplinas.
• Orientar o aluno, através da prática, para a metodologia da educação a distância,
enfatizando a necessidade de se adquirir autonomia de aprendizagem.
• Orientar o aluno, individualmente ou em grupo, visando à complementação dos seus
estudos.
• Orientar os alunos nas aulas de laboratório, aulas práticas ou trabalhos em grupo,
realizados aos sábados e estabelecidos pela coordenação de disciplina.
• Cadastrar, na plataforma, a freqüência dos alunos nas sessões de tutoria.
• Produzir relatório mensal de desenvolvimento de conteúdo da disciplina, a ser
enviado para o coordenador da disciplina, assim como a folha de freqüência semanal
dos alunos e suas principais dúvidas, a ser entregue ao tutor coordenador ou ao
diretor de polo.
• Conhecer as ferramentas de apoio oferecidas para as disciplinas em que atua,
orientando os estudantes para o uso dessas ferramentas.
• Incentivar os estudantes a participarem das atividades oferecidas pelas disciplinas
em que atuam, tanto as presenciais quanto as oferecidas na plataforma.
• Assistir o estudante, individualmente ou em grupo, visando orientá-lo para a
construção de uma metodologia própria de estudo.
• Discutir e esclarecer as dúvidas de conteúdo.
• Participar da aplicação das avaliações presenciais realizadas em finais de semana
pré-determinados, seguindo escala feita pelo diretor de polo, em número
proporcional à sua carga horária total.
• Participar da confecção do gabarito de correção das avaliações, quando solicitado
pelo coordenador de disciplina.
• Corrigir as Avaliações a Distância (ADs).
• Manter-se em comunicação permanente com o coordenador da disciplina, bem como
com o tutor coordenador e a direção do polo, informando-os sobre o andamento da
disciplina.
• Realizar as orientações de monografias ou trabalho de conclusão de curso, quando
previstas na grade curricular do curso, preferencialmente online, e de acordo com as
suas disponibilidades e de seus orientandos.
• Avaliar as monografias ou trabalhos de conclusão de curso, quando previstas na
grade curricular do curso.
• Apresentar um relatório anual de atividades à Comissão de Bolsas da Fundação
CECIERJ, dois meses antes do término de vigência da bolsa, visando à avaliação
para renovação da mesma.
X – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
1. A inexatidão das declarações, as irregularidades de documentos ou outras
irregularidades constatadas no decorrer do processo, ou posteriormente,
eliminarão o candidato, anulando-se todos os atos decorrentes da sua inscrição.
2. Será excluído da seleção, o candidato que concorrer para os seguintes itens:
• deixar de observar as disposições deste edital.
• deixar de assinar a lista de registro de inscrição quando da entrega
dos documentos no polo.
• deixar de entregar os documentos comprobatórios exigidos no item
II.4.b, do processo de seleção.
• preencher com dados incorretos ou inverídicos a ficha de inscrição.
3. Todas as convocações, resultados e avisos referentes ao processo seletivo serão
divulgados exclusivamente no site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ,
www.cederj.edu.br.
4. É de inteira responsabilidade do candidato o fornecimento de informações e a
atualização de seu endereço residencial e eletrônico (e-mail) durante o processo
de seleção, não se responsabilizando a Fundação CECIERJ por eventuais
prejuízos que possam sofrer o candidato em decorrência de informações
incorretas ou insuficientes.
5. Os itens destas instruções poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou
acréscimos, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser
respeito, circunstância que será comunicada no site da Fundação CECIERJ /
Consórcio CEDERJ (www.cederj.edu.br).
6. A aprovação do candidato na seleção não implicará na obrigatoriedade da
outorga da bolsa, cabendo à administração da Fundação CECIERJ o direito de
aproveitar os candidatos de acordo com as suas necessidades e possibilidades,
na estrita observância da ordem classificatória.
7. Não haverá nenhuma comunicação individual do resultado do processo seletivo,
cabendo a cada candidato acompanhar os resultados no site da Fundação
CECIERJ / Consórcio CEDERJ (www.cederj.edu.br).
8. Os casos omissos serão resolvidos pela Fundação CECIERJ / Consórcio
CEDERJ, no que tange à realização da seleção.
Rio de Janeiro, 14 de outubro de 2014
Prof. Carlos Eduardo Bielschowsky
CRONOGRAMA
DATA ATIVIDADE
16 a 31 de outubro de 2014 Inscrições nos polos regionais
01 de dezembro de 2014 Divulgação dos resultados
02 e 03 de dezembro de 2014
Período para solicitação de recurso
09 de dezembro de 2014 Divulgação dos resultados da solicitação
de recurso e da lista final dos candidatos
selecionados
13 de dezembro de 2014 Capacitação Inicial de Tutores
(O local e horário serão divulgados, no
site da Fundação CECIERJ, neste dia.
Tal participação é obrigatória)
ANEXO I – Disciplina, Ementa, perfil e vagas
ANEXO II – Endereço dos Polos Regionais
ANEXO III – Ficha de Inscrição
ANEXO IV – Termo de Compromisso

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Edital de seleção do mestrado em letras cameam- uern 010.2012
Edital de seleção do mestrado em letras   cameam- uern 010.2012Edital de seleção do mestrado em letras   cameam- uern 010.2012
Edital de seleção do mestrado em letras cameam- uern 010.2012Tarso Costa
 
Edital extra vest_ead (1) para publicação
Edital extra vest_ead (1) para publicaçãoEdital extra vest_ead (1) para publicação
Edital extra vest_ead (1) para publicaçãoRevista do Vale
 
Edital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduados
Edital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduadosEdital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduados
Edital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduadosDiogo Mendonça
 
Editalnº 013 2012 - Contrato temporário
Editalnº 013  2012 - Contrato temporárioEditalnº 013  2012 - Contrato temporário
Editalnº 013 2012 - Contrato temporáriomaricelio
 
INSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMAR
INSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMARINSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMAR
INSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMARLuciano T. Lima
 
Edital seleção ppgfp_2014_2015-retificado
Edital seleção ppgfp_2014_2015-retificadoEdital seleção ppgfp_2014_2015-retificado
Edital seleção ppgfp_2014_2015-retificadoDayse Alves
 
[Jc online] edital concurso ufpe - professor substituto
[Jc online] edital   concurso ufpe - professor substituto[Jc online] edital   concurso ufpe - professor substituto
[Jc online] edital concurso ufpe - professor substitutoPortal NE10
 
Correios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiário
Correios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiárioCorreios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiário
Correios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiárioInfoMidi
 
Edital formacao pedagogica (1)
Edital formacao  pedagogica (1)Edital formacao  pedagogica (1)
Edital formacao pedagogica (1)teia71561170
 
Edital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_final
Edital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_finalEdital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_final
Edital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_finalMary Godin
 
Edital 01 2017-estagiários nível superior
Edital 01 2017-estagiários nível superiorEdital 01 2017-estagiários nível superior
Edital 01 2017-estagiários nível superiordeolhonavaga
 
Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016
Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016
Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016Pedro França
 
Oficio contratação de inglês
Oficio contratação de inglêsOficio contratação de inglês
Oficio contratação de inglêslourde cruz
 
Edital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsica
Edital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsicaEdital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsica
Edital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsicaalissao
 
Edital professor substituto uneal 2012
Edital professor substituto uneal 2012Edital professor substituto uneal 2012
Edital professor substituto uneal 2012segundacoordenadoria
 

Mais procurados (20)

Edital seleção 2015_1 (2) (1)
Edital seleção 2015_1 (2) (1)Edital seleção 2015_1 (2) (1)
Edital seleção 2015_1 (2) (1)
 
Edital de seleção do mestrado em letras cameam- uern 010.2012
Edital de seleção do mestrado em letras   cameam- uern 010.2012Edital de seleção do mestrado em letras   cameam- uern 010.2012
Edital de seleção do mestrado em letras cameam- uern 010.2012
 
Edital turmas 2012_aquicultura
Edital turmas 2012_aquiculturaEdital turmas 2012_aquicultura
Edital turmas 2012_aquicultura
 
Edital extra vest_ead (1) para publicação
Edital extra vest_ead (1) para publicaçãoEdital extra vest_ead (1) para publicação
Edital extra vest_ead (1) para publicação
 
Edital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduados
Edital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduadosEdital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduados
Edital 037 2014_transferencia_e_admissao_graduados
 
Editalnº 013 2012 - Contrato temporário
Editalnº 013  2012 - Contrato temporárioEditalnº 013  2012 - Contrato temporário
Editalnº 013 2012 - Contrato temporário
 
INSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMAR
INSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMARINSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMAR
INSPETOR DE ALUNOS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA CAJAMAR
 
Edital seleção ppgfp_2014_2015-retificado
Edital seleção ppgfp_2014_2015-retificadoEdital seleção ppgfp_2014_2015-retificado
Edital seleção ppgfp_2014_2015-retificado
 
Edital mestrado 13_2 (1)
Edital mestrado 13_2 (1)Edital mestrado 13_2 (1)
Edital mestrado 13_2 (1)
 
[Jc online] edital concurso ufpe - professor substituto
[Jc online] edital   concurso ufpe - professor substituto[Jc online] edital   concurso ufpe - professor substituto
[Jc online] edital concurso ufpe - professor substituto
 
Correios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiário
Correios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiárioCorreios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiário
Correios oferece 24 vagas no processo seletivo de estagiário
 
Edital formacao pedagogica (1)
Edital formacao  pedagogica (1)Edital formacao  pedagogica (1)
Edital formacao pedagogica (1)
 
Edital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_final
Edital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_finalEdital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_final
Edital ppgcc 01_2021_processo_seletivo_dinter_final
 
Portaria 53 remanejamento 2011
Portaria 53   remanejamento 2011Portaria 53   remanejamento 2011
Portaria 53 remanejamento 2011
 
Edital302011doc
Edital302011docEdital302011doc
Edital302011doc
 
Edital 01 2017-estagiários nível superior
Edital 01 2017-estagiários nível superiorEdital 01 2017-estagiários nível superior
Edital 01 2017-estagiários nível superior
 
Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016
Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016
Informação de divulgação obrigatória (excertos) - NORMA 02/2016
 
Oficio contratação de inglês
Oficio contratação de inglêsOficio contratação de inglês
Oficio contratação de inglês
 
Edital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsica
Edital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsicaEdital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsica
Edital 37 2014 -mestrado e doutorado em fu00 e-dsica
 
Edital professor substituto uneal 2012
Edital professor substituto uneal 2012Edital professor substituto uneal 2012
Edital professor substituto uneal 2012
 

Semelhante a Edital tutor presencial 2015

Edital de selecao_ppgem_2021
Edital de selecao_ppgem_2021Edital de selecao_ppgem_2021
Edital de selecao_ppgem_2021Bruno Quinto
 
Edital selecao 2013 (1)
Edital selecao 2013 (1)Edital selecao 2013 (1)
Edital selecao 2013 (1)Karla Cristina
 
Edital bolsistas pibid vagas remanescente pdf
Edital  bolsistas pibid vagas remanescente pdfEdital  bolsistas pibid vagas remanescente pdf
Edital bolsistas pibid vagas remanescente pdfFabione Gomes
 
Edital subsequente 2018_1
Edital subsequente 2018_1Edital subsequente 2018_1
Edital subsequente 2018_1timbaubaagora
 
Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco
Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco
Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco BLOG DO ROBÉRIO SÁ
 
Edital 01 2014
Edital 01 2014 Edital 01 2014
Edital 01 2014 godofredoj
 
Chamada pública para tutor 2014 2015
Chamada pública para tutor 2014 2015Chamada pública para tutor 2014 2015
Chamada pública para tutor 2014 2015profoco02
 
Edital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falco
Edital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falcoEdital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falco
Edital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falcoAndreMath84
 
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…Jobenemar Carvalho
 
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…Jobenemar Carvalho
 
Seleoedital 0102016 - escolaprofissional (1)
Seleoedital  0102016 - escolaprofissional (1)Seleoedital  0102016 - escolaprofissional (1)
Seleoedital 0102016 - escolaprofissional (1)Andre Bandeira
 
Chamada publica - História Local
Chamada publica - História LocalChamada publica - História Local
Chamada publica - História Localprofoco02
 
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraúEdital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraúecomangue
 
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraúEdital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraúIFCE Acaraú
 
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos Especializados
Aviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos EspecializadosAviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos Especializados
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos EspecializadosPedro França
 
Edital Graduados e Transferidos.pdf
Edital Graduados e Transferidos.pdfEdital Graduados e Transferidos.pdf
Edital Graduados e Transferidos.pdfIranLima10
 
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...A Voz de Santa Quitéria
 

Semelhante a Edital tutor presencial 2015 (20)

Edital de selecao_ppgem_2021
Edital de selecao_ppgem_2021Edital de selecao_ppgem_2021
Edital de selecao_ppgem_2021
 
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
 
Edital selecao 2013 (1)
Edital selecao 2013 (1)Edital selecao 2013 (1)
Edital selecao 2013 (1)
 
PI CH
PI CHPI CH
PI CH
 
Edital bolsistas pibid vagas remanescente pdf
Edital  bolsistas pibid vagas remanescente pdfEdital  bolsistas pibid vagas remanescente pdf
Edital bolsistas pibid vagas remanescente pdf
 
Edital subsequente 2018_1
Edital subsequente 2018_1Edital subsequente 2018_1
Edital subsequente 2018_1
 
Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco
Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco
Edital do Processo Seletivo das ETEs de Pernambuco
 
Edital 01 2014
Edital 01 2014 Edital 01 2014
Edital 01 2014
 
Chamada pública para tutor 2014 2015
Chamada pública para tutor 2014 2015Chamada pública para tutor 2014 2015
Chamada pública para tutor 2014 2015
 
Edital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falco
Edital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falcoEdital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falco
Edital seleo art 4 012 2017 eeep professora maria clia pinheiro falco
 
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
 
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
 
Seleoedital 0102016 - escolaprofissional (1)
Seleoedital  0102016 - escolaprofissional (1)Seleoedital  0102016 - escolaprofissional (1)
Seleoedital 0102016 - escolaprofissional (1)
 
Chamada publica - História Local
Chamada publica - História LocalChamada publica - História Local
Chamada publica - História Local
 
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraúEdital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraú
 
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraúEdital 2012 licenciandos ciências biológicas   acaraú
Edital 2012 licenciandos ciências biológicas acaraú
 
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos Especializados
Aviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos EspecializadosAviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos Especializados
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos Especializados
 
Edital Graduados e Transferidos.pdf
Edital Graduados e Transferidos.pdfEdital Graduados e Transferidos.pdf
Edital Graduados e Transferidos.pdf
 
Edital IFCE - Ensino Integrado 2013.1
Edital IFCE - Ensino Integrado 2013.1Edital IFCE - Ensino Integrado 2013.1
Edital IFCE - Ensino Integrado 2013.1
 
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
 

Edital tutor presencial 2015

  • 1. SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SELEÇÃO PÚBLICA DESTINADA À CONCESSÃO DE BOLSAS A TUTORES PRESENCIAIS PARA ATUAÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015 E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ GRADUAÇÃO - Edital nº 3/2014 A FUNDAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTÂNCIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – FUNDAÇÃO CECIERJ/CONSÓRCIO CEDERJ realizará seleção de tutores bolsistas, de nível superior, de acordo com a tabela de bolsas da Lei nº 5805, de 20 de agosto de 2010, que autoriza a concessão de bolsas de estudo e de pesquisa a participante de programas da Fundação CECIERJ e do Decreto nº 42.810, de 19 de janeiro de 2011, que regulamenta a concessão de bolsas de estudo e pesquisa à participante de programas da Fundação CECIERJ e dá outras providências, bem como, o que consta nos autos do processo administrativo no E-26/ 004/1803/2014, para preenchimento de 216 (duzentos e dezesseis) vagas e formação de cadastro reserva de 1689(um mil, seiscentos e oitenta e nove) profissionais, para tutores presenciais, dos cursos de graduação a distância, oferecidos pelas universidades consorciadas, nas áreas de conhecimento e nos polos regionais, conforme ANEXO I e ANEXO II. Todas as instruções e informações pertinentes a este processo seletivo estão disponíveis no site da Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ, htpp://www.cederj.edu.br, e nos polos regionais cujos endereços se encontram no ANEXO II. I – DA VALIDADE DA SELEÇÃO Este processo de seleção terá validade de 12 (doze) meses, a partir da divulgação dos resultados, podendo este prazo ser prorrogado por igual período a critério da Fundação CECIERJ. O resultado do processo seletivo será divulgado no site da Fundação CECIERJ e a validade da presente seleção pública contará a partir da data da publicação do extrato deste resultado no Diário Oficial do estado do Rio de Janeiro (DOERJ). II - DA INSCRIÇÃO 1. Da condição para inscrição: Ter concluído curso de nível superior em área de conhecimento compatível com a área em que pretende atuar, de acordo com o definido no ANEXO I, até a data da inscrição no processo seletivo e possuir acesso à internet. 2. Do período para a inscrição: As inscrições estarão abertas no período de 16 a 31 de outubro de 2014. 3. Da taxa de inscrição: Não haverá cobrança de taxa de inscrição. 4. Do procedimento para a inscrição: a) O candidato fará sua inscrição na secretaria do polo para o qual está se candidatando, nos dias 16, 17, 18, 21, 22, 23, 29, 30 e 31 de outubro, no endereço especificado no ANEXO II e nos horário a seguir:
  • 2. Terça-feira a sexta-feira - das 14 horas às 18 horas. Sábado- das 10horas às 15 horas. b) Na ocasião da inscrição, o candidato deverá entregar, pessoalmente ou por procuração com firma reconhecida, um envelope lacrado, contendo os documentos abaixo relacionados. A ausência de qualquer um deles acarretará a exclusão do processo seletivo: - Ficha de Inscrição (ANEXO III) preenchida. - Currículo acompanhado de cópias de documentos de identificação, CPF, comprovante de residência, diploma ou declaração em papel timbrado emitido por estabelecimento de ensino reconhecido pelo MEC que comprove a conclusão do curso de nível superior, na área de conhecimento de escolha (consultar a lista de áreas afins no ANEXO I), histórico escolar e demais comprovantes referentes ao currículo, conforme item IV.2.1 (AC). -Carta de autoapresentação (CA) adequada à vaga para a qual está se candidatando, conforme item IV.2.2. - Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria (APT), conforme item IV.2.3 - Declaração de próprio punho de não ter tido contrato de trabalho rescindido por justa causa em nenhuma instituição pública do Estado do Rio de Janeiro e nem ter sido desligado do CEDERJ em atividades anteriores por motivos referentes à insuficiência de atuação. - Termo de Compromisso (ANEXO IV). c) O envelope lacrado deve ser identificado, na face externa, com: - o assunto: “Processo seletivo para tutor presencial 2015, - o nome completo do candidato, - o nome do polo para o qual se candidata, - o nome da disciplina/grupo para a qual o candidato se inscreveu, - o nome do curso a que pertence a disciplina/ grupo, - o nome da universidade a que pertence o curso. d) No ato da entrega do envelope, o candidato deverá apresentar uma cópia da ficha de inscrição preenchida, onde a secretaria do polo atestará o recebimento da inscrição. Esta cópia deve ser guardada pelo candidato e apresentada sempre que solicitada. Nessa ocasião o candidato deverá, ainda, assinar a lista de registro de inscrição. e) Cada candidato à vaga de tutor presencial (TP2) poderá se inscrever em apenas 1 (um) polo regional e em 1 (uma) disciplina ou área de conhecimento de um único curso, conforme ANEXO I. f) Caberá ao candidato total responsabilidade pelo correto preenchimento da face externa do envelope e da ficha de inscrição. g) A inscrição, no presente processo seletivo, implica o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste edital e nos documentos anexos, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento, em hipótese alguma. III – DAS VAGAS São oferecidas 216 (duzentas e dezesseis) vagas destinadas ao atendimento imediato da demanda do ano letivo de 2015, sendo que a ordem de convocação obedecerá rigorosamente a ordem de classificação dos candidatos. Será formado, ainda, um cadastro de reserva de 1689 (um mil, seiscentos e oitenta e nove) profissionais para a tutoria presencial, conforme ANEXO I. A convocação dos candidatos se dará conforme a
  • 3. necessidade apontada pela Universidade coordenadora do curso, podendo a mesma sofrer alterações resultantes de mudanças de matriz ou reorganizações curriculares do curso pretendido. IV - DO PROCESSO DE SELEÇÃO 1. O processo de seleção será conduzido pela Diretoria de Tutoria da Fundação CECIERJ, pelas Coordenações de Tutoria e pelas Coordenações de áreas das Universidades consorciadas. Caberá às Universidades Consorciadas a coordenação das atividades das comissões de seleção por área, constituídas por docentes das mesmas. 2. A seleção se constitui de: Análise de currículo (AC), Carta de autoapresentação (CA) e Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria (APT). Será atribuída uma nota na escala de 3 (três) a 10 (dez) pontos para o subitem 2.1 (AC), uma nota na escala de 0 (zero) a 10 (dez) pontos para o subitem 2.2 (CA) e uma nota na escala de 0 (zero) a 10 (dez) pontos para o subitem 2.3 (APT). 2.1. Análise de currículo (AC) Na análise de currículo, serão considerados diplomas de cursos de graduação e pós- graduação (stricto e lato sensu) com reconhecimento devidamente atestado pelo MEC e diretamente relacionados à área/curso/grupo/disciplina escolhida (consultar a lista no ANEXO I). Além dos diplomas, serão consideradas ainda as declarações de conclusão de curso emitidas pelas universidades certificadoras. Na análise de currículo, só serão considerados itens efetivamente comprovados e pertinentes à área de atuação, conforme área/curso/grupo/disciplina escolhida e critérios de pontuação, computado o valor do título mais alto do candidato. Serão também valorizados outros itens relevantes para o exercício da função, conforme os critérios listados no quadro a seguir. CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO DO CURRÍCULO: ITENS AVALIADOS PONTUAÇÃO OBSERVAÇÕES Graduação (formação mínima) 3,0 Não tem caráter somatório. Vale a pontuação do maior grau de formação. Especialização (ou mestrando) 3,5 Mestrado (ou doutorando) 3,75 Doutorado 4,0 Experiência como tutor em Educação a Distância Máximo 2,0 0,5 por semestre, não computada a sobreposição de período Formação em EaD (ter concluído curso sobre EaD ) 1,0 Curso com carga horária total de, no mínimo, 140h. Não tem caráter somatório. Vale uma única pontuação. Ter sido aluno de curso de graduação em EaD 0,5 Não tem caráter somatório. Vale uma única pontuação. Experiência no magistério na área a que se propõe atuar Máximo 1,5 0,25/semestre, não computada a sobreposição de período Trabalhos relevantes na área de atuação. 1,0 Não tem caráter somatório. Vale uma única pontuação.
  • 4. b) A não comprovação da conclusão de curso superior em uma das áreas listadas no ANEXO I implica desclassificação automática do candidato. A comprovação deverá ser realizada mediante cópia do diploma ou declaração em papel timbrado da universidade e histórico escolar do curso. c) Não será aceita a entrega de documentos depois de encerrado o período de inscrições. d) Uma vez formalizada a inscrição, não será permitida a troca de disciplina/área/curso. 2.2. Carta de autoapresentação (CA): Classificatória A carta de autoapresentação do candidato (máximo de 3 laudas, fonte Arial tamanho 12, espaço duplo) deverá constituir-se de um texto dissertativo, no qual sejam destacados aspectos relevantes à vaga para qual está se candidatando, a saber: a.motivação/expectativas ao se candidatar à vaga – máximo 2,0 pontos; b.autoavaliação do currículo e produção técnico/didático/científica, fazendo uma ligação coerente entre todos os passos acadêmicos. - máximo 2,0 pontos; c. autoavaliação da experiência em Educação a Distância – máximo 2,0 pontos; d.grau de prioridade atribuída pelo candidato à atuação na vaga para a qual se propõe, considerando a inserção da tutoria no conjunto dos demais compromissos profissionais que tem no momento e incluindo a disponibilidade de carga horária para atuação no polo regional - máximo 2,0 pontos; e.clareza na exposição das ideias, a adequação da linguagem e a correção gramatical – máximo 2,0 pontos. 2.2. Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria (APT): Classificatória Nesta terceira etapa, Avaliação Acadêmica de Plano de Trabalho de Tutoria, intenciona-se avaliar se o candidato possui as competências necessárias para articular seu conhecimento acadêmico, já legitimado por sua titulação, às necessidades impostas pelo processo de tutoria, dentro da área de conhecimento do curso pleiteado. Assim, no Plano de Trabalho deverá constar uma proposta de atuação na vaga, considerando a área de atuação a ser ocupada. O plano deverá incluir: - a importância atribuída ao papel social da EaD e outros aspectos julgados como relevantes no contexto - máximo 3,0 pontos, - duas sugestões de atividades, voltadas aos alunos da graduação, sobre temas da disciplina/área em que o candidato irá atuar, incluindo objetivos, procedimentos, resultados esperados e estabelecendo formas de articulação e integração entre todos os atores que exercem a docência na Educação a Distância (tutores a distância, tutores presenciais e professores) - máximo 7,0 pontos. 2.3 . Da continuidade de concessão da Bolsa de Tutoria. Buscando consolidar as competências necessárias à função de tutor no Consórcio CEDERJ, além das etapas constantes do processo de seleção, o candidato assume o compromisso de participar do Programa de Capacitação, conforme disposto no item VIII
  • 5. deste Edital. A frequência e a aprovação em tais cursos serão definidoras da permanência do tutor enquanto bolsista no Consórcio. Soma-se a todo este processo, o fato de que os tutores-bolsistas são avaliados ao final de cada ano, para que suas bolsas possam ser renovadas ou não. V – DA CLASSIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS 1.As Universidades e coordenações de curso analisarão os diferentes quesitos do processo de seleção considerando o Projeto Pedagógico de cada Curso e as especificidades contidas no mesmo, quanto ao perfil de tutor desejado. 2.A nota final de classificação será a média aritmética das notas obtidas na análise de currículo, na carta de autoapresentação e na avaliação acadêmica de plano de trabalho de tutoria (AC+CA+APT)/3). 3.Será considerado aprovado o candidato que obtiver nota final igual ou superior a 5,0 (cinco). 4. Ocorrendo igualdade de nota final de classificação, o desempate será definido, considerando-se os critérios, na seguinte ordem: • Maior tempo de experiência como tutor em EaD; • Maior nota na Avaliação Acadêmica do Plano de trabalho de Tutoria; • Maior nota na Carta de autoapresentação; • Maior nota na Análise do currículo; • Maior idade. Observação: Todos os tutores aprovados passam a compor o cadastro de reserva de tutores do Consórcio. VI - DO RESULTADO 1- Publicação- Os candidatos deverão verificar o resultado final deste processo seletivo, exclusivamente, no endereço http://www.cederj.edu.br, no dia 01 de dezembro de 2014, a partir das 17h. Não haverá comunicação do resultado por qualquer outra via, exceto pela publicação do extrato do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro. 2- Recurso administrativo- Eventual recurso aos resultados divulgados deverá ser única e exclusivamente submetido à Fundação CECIERJ. Para tal, o candidato deverá entregar nos dias 02 e 03 de dezembro de 2014, na Diretoria de Tutoria do CEDERJ, na Rua da Ajuda, nº 5, 16º andar, sala 11, das 10:00h às 16:00h, o formulário de recurso administrativo que será disponibilizado no site da Fundação CECIERJ no dia 01 de dezembro de 2014. Caberá à Banca Avaliadora de cada curso o julgamento do recurso, cujo resultado será divulgado no dia 09 de dezembro de 2014, no site da Fundação CECIERJ, a partir das 17 horas. 3- Após a divulgação do resultado final, publicado no site da Fundação CECIERJ no dia 09 de dezembro, os tutores APROVADOS deverão encaminhar para a Diretoria de Tutoria do Consórcio CEDERJ, através do e-mail documentostutor@cecierj.edu.br, cópias digitalizadas e legíveis dos documentos abaixo relacionados, de forma a agilizar o cadastramento e efetivação da convocação, colocando no assunto do e-mail seu nome e sobrenomes:
  • 6. • CPF; • documento de Identidade; • certificado ou diploma da última titulação; • comprovante de residência; • telefone e e-mail para contato. VII– DA OUTORGA DA BOLSA DE TUTOR A Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ convocará, no dia 09 de dezembro de 2014, através de lista publicada no site da Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ (http://www.cederj.edu.br), os candidatos selecionados para outorga de bolsa, de acordo com as necessidades da Fundação CECIERJ, obedecendo estritamente à ordem de classificação. 1. É vedada a acumulação da bolsa de tutoria de que trata este edital com qualquer outra concedida no âmbito da Lei nº 5.805/2010, ressalvada a hipótese prevista no artigo 3º, parágrafo 6º, do Decreto no 42.810/11. 2. Não poderá assumir a função o candidato aprovado neste processo seletivo que seja aluno com matrícula ativa em cursos do Consórcio CEDERJ. 3. Não será permitido, ao candidato que já atua como tutor do Consórcio CEDERJ, participar do processo seletivo com o propósito de garantir vinculação em mais de um polo. Caso seja aprovado na seleção, deverá optar pelo polo de sua preferência, comunicando imediatamente ao CEDERJ quando da divulgação do resultado final. 4. Para os candidatos que já atuam no sistema, a carga horária total não deverá exceder àquela recomendada pela Fundação CECIERJ. 5. A não participação do candidato convocado nas capacitações obrigatórias elencadas no item VIII poderá implicar desistência da vaga e, consequente, desligamento do Consórcio, devendo a Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ convocar o próximo candidato da lista, seguindo rigorosamente a ordem de classificação. 6. A bolsa terá duração de 12 (doze) meses, podendo ser renovada por até 4 (quatro) vezes, dependendo da necessidade da Fundação CECIERJ e da avaliação de desempenho do então bolsista, conforme consta no termo de outorga. 7. Para o tutor presencial o valor mensal da bolsa (TP2) equivale a R$ 275,00 por mês para 2 horas semanais (cerca de 8 horas mensais), podendo variar até 5 vezes em função do número de alunos e/ou disciplinas, de acordo com as necessidades da Fundação CECIERj, conforme artigo 3º, parágrafo 6º, do Decreto no 42.810/11. 8. A carga horária do tutor presencial poderá ser reduzida a qualquer tempo, considerando o número de alunos e as especificidades do período e/ou curso ou necessidades da Diretoria de Tutoria da Fundação CECIERJ. VIII - DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DE TUTORES Os candidatos CONVOCADOS de acordo com o disposto no item VII deverão, obrigatoriamente, participar do Programa de Capacitação de Tutores, sendo sua participação e aprovação definidoras da continuidade da bolsa de tutoria. Tal Programa se constitui de: 1. Capacitação Inicial de Tutores, que será realizada presencialmente no dia 13 de dezembro de 2014, em local a ser informado quando da publicação da lista dos
  • 7. selecionados, exclusivamente, no site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ (http://www.cederj.edu.br); 2. Capacitação em Conteúdo e no material didático, realizada pelas universidades responsáveis pelos diversos cursos e em datas a serem divulgadas na Capacitação Inicial de Tutores. 3. Curso on-line na plataforma Moodle/CEDERJ. 4. Curso on-line Formação em EaD com Ênfase na Tutoria CEDERJ. IX – DAS ATRIBUIÇÕES DOS TUTORES PRESENCIAIS: • Participar das atividades de capacitação e de avaliação dos tutores propostas pela Diretoria Adjunta de Tutoria, pela Coordenação de Tutoria e pelos coordenadores de disciplinas (no mínimo 3 atividades por período letivo). Isto envolverá deslocamentos para outras cidades (para um polo diferente do de sua atuação ou para a universidade responsável pela disciplina), podendo haver necessidade de pernoite. • Conhecer o projeto didático pedagógico do curso e o material didático das disciplinas sob sua responsabilidade, demonstrando domínio do conteúdo específico da disciplina. • Conhecer o cronograma de estudo e das avaliações das disciplinas sob sua responsabilidade e ajudar os estudantes a se manterem atualizados. • Conhecer a estrutura de funcionamento do polo regional onde atua. • Estar presente no polo, no horário previsto para atendimento e orientação dos discentes, realizados aos sábados e/ou em dias de semana (3a à 6a feira) à noite, seguindo escala feita pelo diretor de polo. • Trabalhar o material didático com o aluno, individualmente ou em grupo, visando orientá-lo para a construção de uma metodologia própria e autônoma de estudo. • Familiarizar o aluno com o hábito da pesquisa bibliográfica (sugerida ou não no material didático), no sentido do aprofundamento e atualização dos conteúdos das disciplinas. • Orientar o aluno, através da prática, para a metodologia da educação a distância, enfatizando a necessidade de se adquirir autonomia de aprendizagem. • Orientar o aluno, individualmente ou em grupo, visando à complementação dos seus estudos. • Orientar os alunos nas aulas de laboratório, aulas práticas ou trabalhos em grupo, realizados aos sábados e estabelecidos pela coordenação de disciplina. • Cadastrar, na plataforma, a freqüência dos alunos nas sessões de tutoria. • Produzir relatório mensal de desenvolvimento de conteúdo da disciplina, a ser enviado para o coordenador da disciplina, assim como a folha de freqüência semanal dos alunos e suas principais dúvidas, a ser entregue ao tutor coordenador ou ao diretor de polo. • Conhecer as ferramentas de apoio oferecidas para as disciplinas em que atua, orientando os estudantes para o uso dessas ferramentas. • Incentivar os estudantes a participarem das atividades oferecidas pelas disciplinas em que atuam, tanto as presenciais quanto as oferecidas na plataforma. • Assistir o estudante, individualmente ou em grupo, visando orientá-lo para a construção de uma metodologia própria de estudo. • Discutir e esclarecer as dúvidas de conteúdo. • Participar da aplicação das avaliações presenciais realizadas em finais de semana pré-determinados, seguindo escala feita pelo diretor de polo, em número proporcional à sua carga horária total. • Participar da confecção do gabarito de correção das avaliações, quando solicitado pelo coordenador de disciplina.
  • 8. • Corrigir as Avaliações a Distância (ADs). • Manter-se em comunicação permanente com o coordenador da disciplina, bem como com o tutor coordenador e a direção do polo, informando-os sobre o andamento da disciplina. • Realizar as orientações de monografias ou trabalho de conclusão de curso, quando previstas na grade curricular do curso, preferencialmente online, e de acordo com as suas disponibilidades e de seus orientandos. • Avaliar as monografias ou trabalhos de conclusão de curso, quando previstas na grade curricular do curso. • Apresentar um relatório anual de atividades à Comissão de Bolsas da Fundação CECIERJ, dois meses antes do término de vigência da bolsa, visando à avaliação para renovação da mesma. X – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 1. A inexatidão das declarações, as irregularidades de documentos ou outras irregularidades constatadas no decorrer do processo, ou posteriormente, eliminarão o candidato, anulando-se todos os atos decorrentes da sua inscrição. 2. Será excluído da seleção, o candidato que concorrer para os seguintes itens: • deixar de observar as disposições deste edital. • deixar de assinar a lista de registro de inscrição quando da entrega dos documentos no polo. • deixar de entregar os documentos comprobatórios exigidos no item II.4.b, do processo de seleção. • preencher com dados incorretos ou inverídicos a ficha de inscrição. 3. Todas as convocações, resultados e avisos referentes ao processo seletivo serão divulgados exclusivamente no site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ, www.cederj.edu.br. 4. É de inteira responsabilidade do candidato o fornecimento de informações e a atualização de seu endereço residencial e eletrônico (e-mail) durante o processo de seleção, não se responsabilizando a Fundação CECIERJ por eventuais prejuízos que possam sofrer o candidato em decorrência de informações incorretas ou insuficientes. 5. Os itens destas instruções poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, circunstância que será comunicada no site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ (www.cederj.edu.br). 6. A aprovação do candidato na seleção não implicará na obrigatoriedade da outorga da bolsa, cabendo à administração da Fundação CECIERJ o direito de aproveitar os candidatos de acordo com as suas necessidades e possibilidades, na estrita observância da ordem classificatória. 7. Não haverá nenhuma comunicação individual do resultado do processo seletivo, cabendo a cada candidato acompanhar os resultados no site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ (www.cederj.edu.br).
  • 9. 8. Os casos omissos serão resolvidos pela Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ, no que tange à realização da seleção. Rio de Janeiro, 14 de outubro de 2014 Prof. Carlos Eduardo Bielschowsky CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE 16 a 31 de outubro de 2014 Inscrições nos polos regionais 01 de dezembro de 2014 Divulgação dos resultados 02 e 03 de dezembro de 2014 Período para solicitação de recurso 09 de dezembro de 2014 Divulgação dos resultados da solicitação de recurso e da lista final dos candidatos selecionados 13 de dezembro de 2014 Capacitação Inicial de Tutores (O local e horário serão divulgados, no site da Fundação CECIERJ, neste dia. Tal participação é obrigatória) ANEXO I – Disciplina, Ementa, perfil e vagas ANEXO II – Endereço dos Polos Regionais ANEXO III – Ficha de Inscrição ANEXO IV – Termo de Compromisso