..
DEPENDE DE TODOS
GNR
/SEPNA
GUARDA NACIONAL REPUBLICANAGUARDA NACIONAL REPUBLICANA
SERVIÇO DE PROTECÇÃO DA NATUREZA E A...
PORQUÊ PROTEGER A NOSSAPORQUÊ PROTEGER A NOSSA
FLORESTA?FLORESTA?
→ PRODUZ RIQUEZA
→ GARANTE POSTOS DE TRABALHO
→ COMBATE ...
DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOSDEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS
SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestr...
TERRENOS OCUPADOS COM FLORESTAS
TERRENOS COM MATOS / PASTAGENS OU OUTRAS FORMAÇÕES ESPONTANEAS
TERRENOS AGRÍCOLAS
ESPAÇOS ...
PERÍODO CRÍTICOPERÍODO CRÍTICO
É o período do ano, durante o qualÉ o período do ano, durante o qual
vigoramvigoram medidas...
FOGUEIRASFOGUEIRAS
SÓ SE PODEM REALIZAR:SÓ SE PODEM REALIZAR:
→→ FORA DO PERÍODO CRÍTICOFORA DO PERÍODO CRÍTICO
→→ EM DIAS...
Queimar matos cortados
E amontoados e qualquer
Tipo de sobrantes.
Realizar Fogueiras para
Recreio e lazer para confecção
D...
NO PERÍODO CRÍTICO É PROÍBIDONO PERÍODO CRÍTICO É PROÍBIDO
O LANÇAMENTO DE FOGUETESO LANÇAMENTO DE FOGUETES
RESPONSABILIDA...
NAS ÁREAS FLORESTAISNAS ÁREAS FLORESTAIS durante o Período Críticodurante o Período Crítico
TRACTORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS...
Uma faixa de 50 m
— Casas de habitação
— Instalações industriais
— Estaleiros, armazéns fábricas
— Oficinas ou outras edif...
UMA FAIXA DE 1 0 METROS
EMVOLTA DOS CARREGADOUROS
DE MADEIRAS
NAS ÁREAS ARDIDAS:
UMA FAIXA DE 25 METROS
PARA CADA LADO DAS...
MUITO
ELEVADO
MÁXIMO
DL. N.º 124/2006, de 28 de Junho (Com nova redacção D.L.17/09)
ELEVADO
Risco de
Incêndio
Período Cond...
Decreto-Lei nº124/2006
SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
ACESSO CONDICIONADO A PESSOAS E VEÍCULOS
SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
SEPNA/GNR ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
Obrigado pela vossa atenção !...Obrigado pela vossa atenção !...Obrigado p...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ambiente

313 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
313
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ambiente

  1. 1. .. DEPENDE DE TODOS GNR /SEPNA GUARDA NACIONAL REPUBLICANAGUARDA NACIONAL REPUBLICANA SERVIÇO DE PROTECÇÃO DA NATUREZA E AMBIENTE NÚCLEO DE PROTECÇÃO AMBI ENTAL Mestre Flo restalMestre Flo restal ── Figueiredo Lo pesFigueiredo Lo pes
  2. 2. PORQUÊ PROTEGER A NOSSAPORQUÊ PROTEGER A NOSSA FLORESTA?FLORESTA? → PRODUZ RIQUEZA → GARANTE POSTOS DE TRABALHO → COMBATE A EROSÃO → TURISMO DE MONTANHA → DESPORTO E LAZER → PRODUZ OXIGÉNIO SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  3. 3. DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOSDEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes VIGILÂNCIA E DETECÇÃO
  4. 4. TERRENOS OCUPADOS COM FLORESTAS TERRENOS COM MATOS / PASTAGENS OU OUTRAS FORMAÇÕES ESPONTANEAS TERRENOS AGRÍCOLAS ESPAÇOS RURAIS SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  5. 5. PERÍODO CRÍTICOPERÍODO CRÍTICO É o período do ano, durante o qualÉ o período do ano, durante o qual vigoramvigoram medidas e acçõesmedidas e acções para prevenir os Incêndiospara prevenir os Incêndios FlorestaisFlorestais  DE 01 DE JULHO A 30 DE SETEMBRODE 01 DE JULHO A 30 DE SETEMBRO PODE SER ALTERADO Antecipado prolongado De acor do com as condições climat ér icas SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  6. 6. FOGUEIRASFOGUEIRAS SÓ SE PODEM REALIZAR:SÓ SE PODEM REALIZAR: →→ FORA DO PERÍODO CRÍTICOFORA DO PERÍODO CRÍTICO →→ EM DIAS AMENOS E SEM VENTOEM DIAS AMENOS E SEM VENTO CUIDADOS A TER EM CONTACUIDADOS A TER EM CONTA:: →→ QUEIIMAR EM PEQUENOS MONTESQUEIIMAR EM PEQUENOS MONTES →→ NÃO ABANDONAR AS FOGUEIRASNÃO ABANDONAR AS FOGUEIRAS →→ APAGÁ-LAS BEM COM ÁGUA E TERRAAPAGÁ-LAS BEM COM ÁGUA E TERRA SÓ SE PODEM REALIZAR:SÓ SE PODEM REALIZAR: →→ FORA DO PERÍODO CRÍTICOFORA DO PERÍODO CRÍTICO →→ DESDE QUE O RISCO DE INCÊNDIO NÃO SEJA ELEVADODESDE QUE O RISCO DE INCÊNDIO NÃO SEJA ELEVADO →→ COM LICENÇA E ACOMPANHAMENTO TÉCNICOCOM LICENÇA E ACOMPANHAMENTO TÉCNICO (SAPADORES FLORESTAIS OU BOMBEIROS)(SAPADORES FLORESTAIS OU BOMBEIROS) TER SEMPRE EM ATENÇÃO:TER SEMPRE EM ATENÇÃO: →→ UMA QUEIMADA, NUNCA PODE SER EFECTUADAUMA QUEIMADA, NUNCA PODE SER EFECTUADA SÓ POR UMA PESSOA.SÓ POR UMA PESSOA. QUEIMADAS
  7. 7. Queimar matos cortados E amontoados e qualquer Tipo de sobrantes. Realizar Fogueiras para Recreio e lazer para confecção De alimentos bem como utilizar Equipamentos de queima SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  8. 8. NO PERÍODO CRÍTICO É PROÍBIDONO PERÍODO CRÍTICO É PROÍBIDO O LANÇAMENTO DE FOGUETESO LANÇAMENTO DE FOGUETES RESPONSABILIDADE CIVIL E CRIMINAL CONSEQUÊNCIAS: — PERIGO DE INCÊNDIO — IMCUMPRIMENTO DA LEGISLAÇÃO SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  9. 9. NAS ÁREAS FLORESTAISNAS ÁREAS FLORESTAIS durante o Período Críticodurante o Período Crítico TRACTORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS SÓ PODEM CIRCULAR COMTRACTORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS SÓ PODEM CIRCULAR COM RETENTOR DE FAÚLHAS NO ESCAPERETENTOR DE FAÚLHAS NO ESCAPE SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  10. 10. Uma faixa de 50 m — Casas de habitação — Instalações industriais — Estaleiros, armazéns fábricas — Oficinas ou outras edificações SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes Uma faixa de 100 m — Aglomerados populacionais — Instalações de recreio — Infra-estruturas florestais — Parques industriais
  11. 11. UMA FAIXA DE 1 0 METROS EMVOLTA DOS CARREGADOUROS DE MADEIRAS NAS ÁREAS ARDIDAS: UMA FAIXA DE 25 METROS PARA CADA LADO DAS ESTRADAS E CAMINHOS SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  12. 12. MUITO ELEVADO MÁXIMO DL. N.º 124/2006, de 28 de Junho (Com nova redacção D.L.17/09) ELEVADO Risco de Incêndio Período Condicionalismos Todo o Ano Proibido o acesso e circulação e a permanência Identificação (lei e residência) perante as autoridades correspondentes Período Critico Fora do Período Critico Proibido a circulação com veículos motorizados Proibições de todas as actividades não relacionadas com as actividades agrícolas e florestais Identificação perante as autoridades correspondentes Identificação perante as autoridades correspondentes Locais sinalizados É PROIBIDO CIRCULAR, OU PERMANECER: SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  13. 13. Decreto-Lei nº124/2006 SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  14. 14. ACESSO CONDICIONADO A PESSOAS E VEÍCULOS SEPNA/GNR ─ Núcleo de Protecção do Ambiente ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes
  15. 15. SEPNA/GNR ─ Mestre Flo restal Figueiredo Lo pes Obrigado pela vossa atenção !...Obrigado pela vossa atenção !...Obrigado pela vossa atenção !...Obrigado pela vossa atenção !... 117117

×