SlideShare uma empresa Scribd logo
RENASCIMENTO CULTURAL
Durante os séculos XV e XVI intensificou-
  se, na Europa, a produção artística e
científica. Esse período ficou conhecido
  como Renascimento ou Renascença.




                                  O Nascimento de
                                   Vênus, Sandro
                                     Botticelli
Com o aumento do comércio, principalmente com o
   Oriente, muitos comerciantes europeus fizeram
  riquezas e acumularam fortunas. Com isso, eles
dispunham de condições financeiras para investir na
produção artística de escultores, pintores, músicos,
             arquitetos, escritores, etc.
Os governantes europeus e o clero passaram a
     dar proteção e ajuda financeira aos artistas e
 intelectuais da época. Essa ajuda, conhecida como
 mecenato, tinha por objetivo fazer com que esses
 mecenas (governantes e burgueses) se tornassem
   mais populares entre as populações das regiões
 onde atuavam. Neste período, era muito comum as
famílias nobres encomendarem pinturas (retratos) e
             esculturas junto aos artistas.




              Família Médici
Foi na Península Itálica que o comércio mais se
  desenvolveu neste período, dando origem a uma
 grande quantidade de locais de produção artística.
 Cidades como, por exemplo, Veneza, Florença e
Gênova tiveram um expressivo movimento artístico e
  intelectual. Por este motivo, a Itália passou a ser
     conhecida como o berço do Renascimento.




         VENEZA          GÊNOVA       FLORENÇA
Características Principais:
       Valorização da cultura greco-romana. Para os
       artistas da época renascentista, os gregos e
         romanos possuíam uma visão completa e
      humana da natureza, ao contrário dos homens
                        medievais;




O Discóbolo de Míron, uma das mais
  conhecidas obras da arte grega     Michelangelo: Moisés, 1513–1515.
- As qualidades mais valorizadas no ser humano
passaram a ser a inteligência, o conhecimento e o
                  dom artístico;




                               A CRIAÇÃO DE ADÃO,
                                 MICHELANGELO.

   O HOMEM VITRUVIANO,
    LEONARDO DA VINCI
- Enquanto na Idade Média a vida do homem
devia estar centrada em Deus ( teocentrismo ),
nos séculos XV e XVI o homem passa a ser o
  principal personagem (antropocentrismo);




                        O artista do Renascimento não via mais o homem
  Pintura medieval:
                              como simples observador do mundo.
pedagógica, religiosa
- A razão e a natureza passam a ser
   valorizadas com grande intensidade. O homem
     renascentista, principalmente os cientistas,
    passam a utilizar métodos experimentais e de
         observação da natureza e universo.

                      Galileu apontou para o
                           céu primeiro
                       telescópio em 1609




Projeto de avião de
Leonardo da Vinci                              Estudo de Leonardo da Vinci
Principais representantes do
Renascimento Italiano e suas
      principais obras:
Giotto di Bondone(1266-1337) - pintor e arquiteto italiano.
Um dos precursores do Renascimento. Obras principais: O Beijo
        de Judas, A Lamentação e Julgamento Final.
Michelangelo: Pietà, 1499. Basílica de São
                                                                     Pedro, Vaticano.




Obra "Doni Madonna" (1503) - Galeria Uffizi, Florença.



  - Michelangelo Buonarroti (1475-1564)- destacou-se em arquitetura, pintura e
  escultura.
  Obras principais: Davi, Pietá, Moisés, pinturas da Capela Sistina (Juízo Final
  é a mais conhecida). Você pode conhecer esta obra fazendo um tour virtual
  pela Capela Sistina.
- Rafael Sanzio (1483-1520) - pintou várias madonas
(representações da Virgem Maria com o menino Jesus).
Leonardo da Vinci (1452-1519)- pintor, escultor,
cientista, engenheiro, físico, escritor, etc. Obras
       principais: Mona Lisa, Última Ceia.




                                 A Última Ceia
     Monalisa
- Sandro Botticelli - (1445-1510)- pintor italiano,
    abordou temas mitológicos e religiosos. Obras
   principais: O nascimento de Vênus e Primavera.




 A Primavera (c. 1478) é uma obra de temática
mitológica clássica que nos apresenta a alegoria   Anunciação, 1489
           da chegada dessa estação.
Renascimento Científico
       Na área científica podemos mencionar a
importância dos estudos de astronomia do polonês
 Nicolau Copérnico. Este defendeu a revolucionária
 ideia do heliocentrismo (teoria que defendia que o
  Sol estava no centro do sistema solar). Copérnico
   também estudou os movimentos das estrelas.
Nesta mesma área, o italiano Galileu Galilei
desenvolveu instrumentos ópticos, além de construir
  telescópios para aprimorar o estudo celeste. Este
  cientista também defendeu a ideia de que a Terra
   girava em torno do Sol. Este motivo fez com que
  Galilei fosse perseguido, preso e condenado pela
 Inquisição da Igreja Católica, que considerava esta
   ideia como sendo uma heresia. Galileu teve que
     desmentir suas ideias para fugir da fogueira.




      O telescópio construído
         por Galileu Galilei
A invenção da prensa móvel, feita pelo inventor
alemão Gutenberg em 1439, revolucionou o sistema
    de produção de livros no século XV. Com este
   sistema, que substituiu o método manuscrito, os
 livros passaram a ser feitos de forma mais rápida e
barata. A invenção foi de extrema importância para o
aumento da circulação de conhecimentos e ideias no
                   Renascimento.



                     Réplica da prensa de
                     Gutemberg e a Bíblia
                       impressa por ele

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
7 de Setembro
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Lua Soriano
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Murilo Benevides
 
Renascimento italiano
Renascimento italianoRenascimento italiano
Renascimento italiano
pimentelcantanhede
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Josefa Libório
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
PROFºWILTONREIS
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Engelis Oliveira
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
Patrick Von Braun
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
Gilmar Rodrigues
 
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
Darlan Campos
 
Renascença
RenascençaRenascença
Renascença
Sandro Bottene
 
1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural
Daniel Alves Bronstrup
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
Nefer19
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Daniel Alves Bronstrup
 
O Renascimento - 7º Ano (2016)
O Renascimento  - 7º Ano (2016)O Renascimento  - 7º Ano (2016)
O Renascimento - 7º Ano (2016)
Nefer19
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
ariandrade
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Mariana Dias
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
secretaria estadual de educação
 
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
Samuel Henriques
 

Mais procurados (20)

Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento italiano
Renascimento italianoRenascimento italiano
Renascimento italiano
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
 
Renascença
RenascençaRenascença
Renascença
 
1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
O Renascimento - 7º Ano (2016)
O Renascimento  - 7º Ano (2016)O Renascimento  - 7º Ano (2016)
O Renascimento - 7º Ano (2016)
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
 

Semelhante a Renascimento

Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Ronaldocalho
 
RENASCIMENTO
RENASCIMENTORENASCIMENTO
RENASCIMENTO
ednaegiulia
 
História da arte renascimento
História da arte   renascimentoHistória da arte   renascimento
História da arte renascimento
Ana Cristina D Assumpcão
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
Janaína Tavares
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento 120628154736-phpapp01
Renascimento 120628154736-phpapp01Renascimento 120628154736-phpapp01
Renascimento 120628154736-phpapp01
marlete andrade
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
André Manel
 
Arte - Renascimento
Arte - RenascimentoArte - Renascimento
Arte - Renascimento
Antonio Pinto Pereira
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
Marco Silva
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Grazi Oliveira
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
DeaaSouza
 
O Renascimento - 7º Ano (2018)
O Renascimento - 7º Ano (2018)O Renascimento - 7º Ano (2018)
O Renascimento - 7º Ano (2018)
Nefer19
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Vagner Fagundes
 
Renascimento e a nova mentalidade
Renascimento e a nova mentalidadeRenascimento e a nova mentalidade
Renascimento e a nova mentalidade
ceufaias
 
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 -  Renascimento e Reformas ReligiosasCapítulo 1 -  Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
Marcos Antonio Grigorio de Figueiredo
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Edenilson Morais
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
alexandroschmitt
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
CarlosNazar1
 
Cultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.pptCultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.ppt
MauricioFraga5
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
Damião Fagundes
 

Semelhante a Renascimento (20)

Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
RENASCIMENTO
RENASCIMENTORENASCIMENTO
RENASCIMENTO
 
História da arte renascimento
História da arte   renascimentoHistória da arte   renascimento
História da arte renascimento
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento 120628154736-phpapp01
Renascimento 120628154736-phpapp01Renascimento 120628154736-phpapp01
Renascimento 120628154736-phpapp01
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Arte - Renascimento
Arte - RenascimentoArte - Renascimento
Arte - Renascimento
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O Renascimento - 7º Ano (2018)
O Renascimento - 7º Ano (2018)O Renascimento - 7º Ano (2018)
O Renascimento - 7º Ano (2018)
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento e a nova mentalidade
Renascimento e a nova mentalidadeRenascimento e a nova mentalidade
Renascimento e a nova mentalidade
 
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 -  Renascimento e Reformas ReligiosasCapítulo 1 -  Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
 
Cultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.pptCultura renascentista.ppt
Cultura renascentista.ppt
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
 

Último

Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 

Último (20)

Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 

Renascimento

  • 1. RENASCIMENTO CULTURAL Durante os séculos XV e XVI intensificou- se, na Europa, a produção artística e científica. Esse período ficou conhecido como Renascimento ou Renascença. O Nascimento de Vênus, Sandro Botticelli
  • 2. Com o aumento do comércio, principalmente com o Oriente, muitos comerciantes europeus fizeram riquezas e acumularam fortunas. Com isso, eles dispunham de condições financeiras para investir na produção artística de escultores, pintores, músicos, arquitetos, escritores, etc.
  • 3. Os governantes europeus e o clero passaram a dar proteção e ajuda financeira aos artistas e intelectuais da época. Essa ajuda, conhecida como mecenato, tinha por objetivo fazer com que esses mecenas (governantes e burgueses) se tornassem mais populares entre as populações das regiões onde atuavam. Neste período, era muito comum as famílias nobres encomendarem pinturas (retratos) e esculturas junto aos artistas. Família Médici
  • 4. Foi na Península Itálica que o comércio mais se desenvolveu neste período, dando origem a uma grande quantidade de locais de produção artística. Cidades como, por exemplo, Veneza, Florença e Gênova tiveram um expressivo movimento artístico e intelectual. Por este motivo, a Itália passou a ser conhecida como o berço do Renascimento. VENEZA GÊNOVA FLORENÇA
  • 5. Características Principais: Valorização da cultura greco-romana. Para os artistas da época renascentista, os gregos e romanos possuíam uma visão completa e humana da natureza, ao contrário dos homens medievais; O Discóbolo de Míron, uma das mais conhecidas obras da arte grega Michelangelo: Moisés, 1513–1515.
  • 6. - As qualidades mais valorizadas no ser humano passaram a ser a inteligência, o conhecimento e o dom artístico; A CRIAÇÃO DE ADÃO, MICHELANGELO. O HOMEM VITRUVIANO, LEONARDO DA VINCI
  • 7. - Enquanto na Idade Média a vida do homem devia estar centrada em Deus ( teocentrismo ), nos séculos XV e XVI o homem passa a ser o principal personagem (antropocentrismo); O artista do Renascimento não via mais o homem Pintura medieval: como simples observador do mundo. pedagógica, religiosa
  • 8. - A razão e a natureza passam a ser valorizadas com grande intensidade. O homem renascentista, principalmente os cientistas, passam a utilizar métodos experimentais e de observação da natureza e universo. Galileu apontou para o céu primeiro telescópio em 1609 Projeto de avião de Leonardo da Vinci Estudo de Leonardo da Vinci
  • 9. Principais representantes do Renascimento Italiano e suas principais obras:
  • 10. Giotto di Bondone(1266-1337) - pintor e arquiteto italiano. Um dos precursores do Renascimento. Obras principais: O Beijo de Judas, A Lamentação e Julgamento Final.
  • 11. Michelangelo: Pietà, 1499. Basílica de São Pedro, Vaticano. Obra "Doni Madonna" (1503) - Galeria Uffizi, Florença. - Michelangelo Buonarroti (1475-1564)- destacou-se em arquitetura, pintura e escultura. Obras principais: Davi, Pietá, Moisés, pinturas da Capela Sistina (Juízo Final é a mais conhecida). Você pode conhecer esta obra fazendo um tour virtual pela Capela Sistina.
  • 12. - Rafael Sanzio (1483-1520) - pintou várias madonas (representações da Virgem Maria com o menino Jesus).
  • 13. Leonardo da Vinci (1452-1519)- pintor, escultor, cientista, engenheiro, físico, escritor, etc. Obras principais: Mona Lisa, Última Ceia. A Última Ceia Monalisa
  • 14. - Sandro Botticelli - (1445-1510)- pintor italiano, abordou temas mitológicos e religiosos. Obras principais: O nascimento de Vênus e Primavera. A Primavera (c. 1478) é uma obra de temática mitológica clássica que nos apresenta a alegoria Anunciação, 1489 da chegada dessa estação.
  • 15. Renascimento Científico Na área científica podemos mencionar a importância dos estudos de astronomia do polonês Nicolau Copérnico. Este defendeu a revolucionária ideia do heliocentrismo (teoria que defendia que o Sol estava no centro do sistema solar). Copérnico também estudou os movimentos das estrelas.
  • 16. Nesta mesma área, o italiano Galileu Galilei desenvolveu instrumentos ópticos, além de construir telescópios para aprimorar o estudo celeste. Este cientista também defendeu a ideia de que a Terra girava em torno do Sol. Este motivo fez com que Galilei fosse perseguido, preso e condenado pela Inquisição da Igreja Católica, que considerava esta ideia como sendo uma heresia. Galileu teve que desmentir suas ideias para fugir da fogueira. O telescópio construído por Galileu Galilei
  • 17. A invenção da prensa móvel, feita pelo inventor alemão Gutenberg em 1439, revolucionou o sistema de produção de livros no século XV. Com este sistema, que substituiu o método manuscrito, os livros passaram a ser feitos de forma mais rápida e barata. A invenção foi de extrema importância para o aumento da circulação de conhecimentos e ideias no Renascimento. Réplica da prensa de Gutemberg e a Bíblia impressa por ele