Universidade Católica Portuguesa – Pólo de Viseu 
Departamento de Ciências da Saúde 
UPCII M – Ano Lectivo 2013/2014 
Fich...
GRUPO II (7 valores) 
Responda às questões utilizando apenas o espaço reservado para o efeito (10 valores). 
1. Observe a ...
PYR ESC IPP ONPG ARA MAN RAF BAC OPT 
Branco Amarelo Transparente Transparente Amarelo Vermelho Vermelho Amarelo Amarelo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ficha 2 versão a

176 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
176
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ficha 2 versão a

  1. 1. Universidade Católica Portuguesa – Pólo de Viseu Departamento de Ciências da Saúde UPCII M – Ano Lectivo 2013/2014 Ficha de Avaliação Prática Nome: ___________________________________________________ Nº: _________ GRUPO I (5 valores) As mini-galerias são úteis na identificação rápida de bactérias porque: uma galeria serve para a identificação de várias estirpes distintas. podem ser utilizadas na identificação de estirpes cuja pureza não esteja absolutamente confirmada. não é necessária nenhuma informação prévia sobre outras características das bactérias a identificar. permitem a determinação de um perfil bioquímico para a estirpe, o que permite a sua identificação. A mini-galeria STREPTO SYSTEM 9R utilizada na aula: É um sistema com 9 testes genéticos miniaturizados para identificação de uma amostra de biofilme oral. Permite identificar microrganismos pertencentes ao género Staphylococcus. Baseia-se na utilização de meios específicos que permitem monitorizar reações bioquímicas e enzimáticas pela alteração da cor. Todas as anteriores. Tendo em conta a resposta anterior e considerando que pretende identificar um microrganismo sobre o qual não tem qualquer informação, antes de utilizar o STREPTO SYSTEM 9R, deve realizar: Uma coloração de Gram. O teste da catalase. O teste da catalase e coloração de Gram. nenhuma das seguintes alíneas. A técnica de PCR: Baseia-se no processo de replicação de DNA que ocorre in vitro. Baseia-se na desnaturação da dupla cadeia de DNA para ligação dos primers por utilização da temperatura. Envolve a utilização de DNA-polimerases resistentes a altas temperaturas para amplificação de uma porção de DNA. Todas as anteriores. O valor de MIC Corresponde à concentração mínima inibitória de antibiótico necessária para inibir o crescimento de um microrganismo isolado. Só pode ser determinado em meio líquido. Só pode ser determinado em meio sólido com tiras contendo um gradiente de concentração de antibiótico. Deve ser determinado por antibiograma utilizando a técnica de difusão em disco.
  2. 2. GRUPO II (7 valores) Responda às questões utilizando apenas o espaço reservado para o efeito (10 valores). 1. Observe a figura 1 e responda às questões: a) Qual a designação do teste esquematizado? ______________________________________ b) Qual a designação da zona sem crescimento em torno do disco? ______________________________________ c) Com a informação disponível na figura 1, complete a seguinte tabela: Diâmetro da zona de inibição d) Como caracteriza o microrganismo patogénico relativamente ao seu perfil de suscetibilidade a antimicrobianos? e) Supondo que o paciente a quem tem de ser administrado o antibiótico é alérgico à penicilina como procederia? GRUPO III (8 valores) Usando as tabelas de informação que se seguem identifique o microrganismo presente em cultura. Se a identificação não for específica indique como faria para identificar mais especificamente o microrganismo.
  3. 3. PYR ESC IPP ONPG ARA MAN RAF BAC OPT Branco Amarelo Transparente Transparente Amarelo Vermelho Vermelho Amarelo Amarelo

×