1ºano modelo2b

259 visualizações

Publicada em

Biologia, Professora: Amanda

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
259
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1ºano modelo2b

  1. 1.  Origem:Origem:  AnimalAnimal  VegetalVegetal  Funções:Funções:  EstruturalEstrutural  EnergéticaEnergética  ReguladoraReguladora  CatalizadoraCatalizadora  ImunidadeImunidade  MistaMista  Natureza:Natureza:  InorgânicasInorgânicas  OrgânicasOrgânicas
  2. 2.  Água e Sais MineraisÁgua e Sais Minerais  Carboidratos;Carboidratos;  Lipídios;Lipídios;  Proteínas;Proteínas;  Vitaminas;Vitaminas;  Ácidos Nucleicos.Ácidos Nucleicos.
  3. 3. SolventeSolvente dos líquidos orgânicos. Fase dis-Fase dis- persantepersante do material citoplas- mático e nuclear. Osmorregu-Osmorregu- laçãolação (trans- porte de substâncias através da membrana plasmática); Termorregu-Termorregu- laçãolação (evita variações bruscas). CapilaridadeCapilaridade (conse- quencia da coesãocoesão – pontes de Hidrogênio / tensão superficial – e da adesãoadesão – ligação com superfícies polares. Reações de hidrólisehidrólise (quebra) - a água é reagente - e desidrataçãodesidratação (síntese) – a água é produto.
  4. 4. Fornecem íonsíons, participam da osmorre-osmorre- gulaçãogulação e compõem a estruturaestrutura de diversos tecidos. ReaçõesReações de coagulação, contração muscular e ossos - Ca2+ . ComposiçãoComposição e ativaçãoativação de enzimas e co- enzimas – Mg2+ , Mn2+ , Zn2+ . Funciona-Funciona- mentomento das fibras (células) nervosas e musculares cardíacas – Na+ e K+ . ControleControle da concentração relativa de íons H+ = potencial hidrogeniô- nico = pHpH – PO4 3- e CO3 2- .
  5. 5. Composição básica da molécula = C, H e O.  Unidades = OSES ouOSES ou Monossaca-Monossaca- rídeosrídeos: HexosesHexoses: Glicose, Frutose e Galactose PentosesPentoses: Ribose e Desoxirribose  Fórmula básica: Cn (H 2 O)n ∴ n = 3 a 7. Oligossaca-Oligossaca- rídeosrídeos: 2 a 10 OSES.  Dissacaríde-Dissacaríde- osos (açúcares verdadeiros):  MaltoseMaltose (Gli + Gli);  SacaroseSacarose (Gli + Fru);  LactoseLactose (Gli + Galac). Polissaca-Polissaca- rídeosrídeos: acima de 10 OSES.  GlicogênioGlicogênio (30.000 oses – reserva animal)  AmidoAmido (1400 oses – reserva vegetal)  CeluloseCelulose (10.000 oses)  QuitinaQuitina (5.000 oses) FUNÇÃO ENERGÉTICAENERGÉTICA (principal fonte de energia das vias metabólicas)
  6. 6. Composição básica da molécula = C, H e O.  Unidades = álcool +álcool + ácidos graxosácidos graxos ApolaresApolares: são insolúveis em água. Classificação FUNÇÃO MISTAMISTA (energética, estrutural e reguladora) Tipos Exemplos GlicerídeosGlicerídeos Óleos e gorduras de uso doméstico CerídeosCerídeos Cêras EsteróidesEsteróides Hormônios sexuais e corticóides (colesterol) FosfolipídiosFosfolipídios Lecitina CarotenóidesCarotenóides Carotenóides
  7. 7. Composição básica da molécula = C, H, O, N e P.  Unidades = nucleotídiosnucleotídios São cadeias polincleo-polincleo- tídicastídicas (polímeros de nucleotídio) dupla – DNA – ou simples – RNA. Composição dos nucleotídios FUNÇÃO ESTRUTURALESTRUTURAL (compõe a estrutura do DNA e RNA) Fosfato PentosePentose BasesBases NitrogenadasNitrogenadas Púricas Pirimídicas
  8. 8. Composição básica da molécula = C, H, O, N.  Qualquer substânciasubstância orgânicaorgânica que o organismo não consegue produzir, sendo necessária em pequenaem pequena quantidadequantidade para seu bombom funciona-funciona- mentomento. Algumas espécies animais conseguem produzir vitaminas. Os vegetais sãoOs vegetais são as principaisas principais fontes.fontes. Classificação HidrossolúveisHidrossolúveis e LipossolúveisLipossolúveis FUNÇÃO REGULADORAREGULADORA e CATALIZADORACATALIZADORA (cofatores em reações enzimáticas – interfere na quantidade de enzima ativa = holoenzima)
  9. 9. Composição básica molecular = C, H, O, N, P e S.  Unidades = aminoácidosaminoácidos aminaamina (– NH2 ) carboxilacarboxila (– COOH) hidrogêniohidrogênio (– H) radicalradical (– R) (variável, diferenciando os aminoácidos). Tipos: Essenciais:Essenciais: O organismo não consegue produzir (fonte = alimentos). Naturais:Naturais: O or- ganismo produz. Estrutura: PrimáriaPrimária (qualquer alte- ração provoca sua desnatura-desnatura- çãoção e perda da função) SecundáriaSecundária; TerciáriaTerciária; QuaternáriaQuaternária. FUNÇÃO MISTAMISTA (Estrutural, reguladora, imunidade, catalisadora) H H | N — C — COOH H | R
  10. 10. Sais Minerais Funções Fontes Cálcio ( Ca2+ ) Ossos, sangue, músculos, etc. Folhas e leite Fósforo ( PO4 3- ) Nervos, ácidos nucleicos, etc. Ovos, carne, feijão, etc. Sódio ( Na+ ) Nervos, batimen to cardíaco, etc. Sal ( cozinha e alimentos ) Cloro ( Cl- ) Suco gástrico, etc. Sal ( cozinha e alimentos ) Potássio ( K+ ) Nervos, batimen to cardíaco, etc. Frutas, cere- ais, etc.
  11. 11. Sais Minerais Funções Fontes Iodo ( I- ) Hormônios, etc. Sal de cozinha Ferro ( Fe 2+ ) Sangue e metabolismo celular Fígado, gema, folhas, etc. Fluor ( F- ) Ossos e dentes Água, pei- xe,chás, etc. Cobre ( Cu+ ) Sangue, pele, etc. Fígado, frutos do mar, etc. Magnésio ( Mg2+ ) Clorofila, cataliza enzimas, etc. Soja, folhas, peixes, etc.
  12. 12. Cn (H 2 O)n n = 6∴
  13. 13. Parede celular
  14. 14. Ácidos graxos Glicerol Progesterona Testosterona Estrogênio Colesterol
  15. 15. Fosfato Base Púrica ou Pirimídica Nucleotídio: ( unidade ) Ribonucleotídio = 2’-OH Desoxirribonucleotídio = 2’-H Ribossomo
  16. 16. Classe Vitamina Nome Ação LL II PP OO SS SS OO LL ÚÚ VV EE II SS AA Retinol Antixeroftálmica DD Colecalciferol ou Ergocalciferol Anti-raquítica EE Tocoferol Antiestéril e Antioxidante KK Filoquinona Anti-hemorrágica
  17. 17. Class e Vitamina Nome Ação HH II DD RR OO SS SS OO LL ÚÚ VV EE II SS B1B1 Tiamina Antiberibérica B2B2 Riboflavina Antiqueilose B6B6 Piridoxina Antiacrodínica B12B12 Cobalaminas Antianêmica BB Biotina Antidermatítica B9B9 Ácido fólico Coenzima-A CC Ácido ascórbico Antiescorbútica PP Rutina Antifragilidade B3B3 Niacina ou Nicotinamida Antipelagrosa
  18. 18. São proteínas, mas nem toda proteína é uma enzima.  Polipeptídios gran- des e globulares ca- pazes de atuar sobre reações, como cata-cata- lisadoreslisadores. Sufixo ASE =ASE = enzima de. (possui um centrocentro ativoativo que atua espe-espe- cificamentecificamente sobre um substratosubstrato , reduzindo o tempo de uma reação metabólica) Tipos: Proteínas simples -Proteínas simples - enzimas com apenas cadeia polipeptídica na composição. Proteínas conjugadas -Proteínas conjugadas - enzimas com parte proteína (apoenzimaapoenzima) e parte não protéica (co-co- fatorfator – íon metálico) na sua composição. Se orgânico = coenzimacoenzima. Inibição:Inibição: (des- naturação) – re- versível ou irreversível. Alteram as enzi- mas:  Temperatura;Temperatura;  Grau de aci-Grau de aci- dez (pH);dez (pH);  ConcentraçãoConcentração de substratode substrato. Substratos:Substratos: glicídios, lipídios, proteínas e outros.
  19. 19. Combatem invasores do organismo = antígenos  ImunoglobulinasImunoglobulinas (Ig):(Ig): Grupo protéico que atua na res- posta imunológica aos antígenosantígenos. Qualquer substân- cia estranha ao organismo, poden- do ser proteína, polissacarídeo ou ácido nucleico. Nos microrganis- mos, estão nos envoltórios ou nas toxinas. Tipos no homem: IgG:IgG: em maior quantidade, combatem bactérias, fungos e vírus; está no sangue e tecidos, estimulando a fagocitose. IgM:IgM: tal como a IgG, combatem vírus; está no sangue e tecidos, estimulando a fagocitose. IgA:IgA: anticorpos de secreções, estão nas mucosas, como:respiratória, digestória e vaginal. Também está na saliva, lágrima e leite materno. IgD:IgD: atua como receptor de antígenos nas membranas dos linfócitos B. IgE:IgE: anticorpos que atuam em respostas alérgicas (produção de histamina, para neutralizar o efeito alergênico). Assim como as enzimas, a temperatura (corporal eAssim como as enzimas, a temperatura (corporal e do ambiente), o pH dos tecidos e a concentração dedo ambiente), o pH dos tecidos e a concentração de substrato (antígeno) interferem na ação dossubstrato (antígeno) interferem na ação dos anticorpos.anticorpos.

×