Historia da língua portuguesa

3.398 visualizações

Publicada em

Historia da língua portuguesa; latim, português

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.398
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.738
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Historia da língua portuguesa

  1. 1. História da língua portuguesa Madalena Fernandes ESPAN 2012/13
  2. 2. Os factos históricos estão na origem da formação e do enriquecimento do Português. Vejamos…
  3. 3. Primeiros povos que invadiram a Península Ibérica:  Iberos  Celtas  Celtiberos  Fenícios  Cartagineses  Gregos Palavras portuguesas de origem Celta: Penacova, Lisboa, Bragança, canga, varanda,… Ibera: veiga, bezerro, arroio, … Grega: hipopótamo, filosofia, leucemia,… Os Fenícios trouxeram a escrita(o alfabeto) e os Cartagineses a conservação dos alimentos em sal. celtas Celtiberos Iberos Deram origem
  4. 4. A conquista da Península Ibérica pelos Romanos – a romanização  Romanos: povo guerreiro que vinha de Roma;  Lusitanos (chefiados por Viriato): povos peninsulares resistentes aos Romanos.  Os Romanos trouxeram alguns dos seus costumes para a Península Ibérica:  Cultura da vinha e da oliveira, …  Construção de estradas e de pontes,…  A sua língua: o latim,  A moeda.  A adaptação desses costumes chama-se romanização. P.S.: 80% do léxico português tem origem no latim. LusitanosRomanos Chaves
  5. 5. Império romano
  6. 6. Indo-europeu Grupo itálico O latim Latim clássico Latim vulgar língua falada no Lácio – pequeno estado do centro da Itália. Deu origem a 12 grupos principais de idiomas
  7. 7. Latim vulgar Espanhol Italiano Francês Provença l Castelhan o Catalão Romeno português Línguas românicas ou neolatinas Língua falada pelos soldados, colonos e mercadores – classes sociais mais baixas e menos cultas.
  8. 8. Invasões bárbaras Sec. V: Os Suevos, os Vândalos, os Alanos e os Visigodos - povos guerreiros que vinham do norte da Europa – invadiram a Península Ibérica. Trouxeram também alguns dos seus costumes.  A presença germânica, sobretudo os três séculos de domínio visigótico, deixou numerosas palavras na língua portuguesa, sobretudo na onomástica: nomes como Rodrigo, Afonso, Álvaro, Fernando, Gonçalo, Henrique; toponímia Baltar, Gondomar, Ermesinde, Esposende, Tagilde, Guimarães, Tresmonde, Trasmil; o sufixo -engo (em solarengo, mostrengo) e palavras guerreiras: guerra, elmo, bando, guardar, agasalhar entre outras. Também a letra ç ,(cê cedilhado) no português moderno, teve origem na escrita visigótica, resultando da evolução do Z (ʒ) visigótico.
  9. 9. Os Árabes na Península Ibérica Sec. VIII: invasão dos Árabes. A sua influência fez-se sentir em muitos aspectos:  Agricultura: nora, laranjeira, amendoeira,…  Matemática: numeração árabe,…  Ciência: bússola,… Palavras portuguesas de origem árabe: Armazém, alfândega, quintal, almada, Algarve, alface, arroz, açorda, azeitona, fulano, oxalá,…
  10. 10. Substrato celta e s t r a t o Superstrato germânico e árabe Influenciou o latim latim Celtas Iberos Gregos Povos germânicos e árabes Adotaram o latim, mas introduziram-lhe novas palavras. Antes do latim Depois do latim Em resumo:
  11. 11. • Fase do português arcaico: Do século XII ao século XVI, corresponde a dois períodos: a) do século XII ao século XIII, com textos em galaico-português; O Português nasce oficialmente no séc.XIII. b) do século XIII ao século XVI: dá-se a separação do galego e do português. • Fase do português moderno a) século XVI:  com os Descobrimentos, a língua portuguesa espalha-se pelo mundo fora. Dá-se o enriquecimento da nossa língua com outras línguas: o África: banana, zebra, macaco, batuque, cacimba,… o América: furacão, jacaré, ananás, chocolate, tabaco, tubarão,... o Ásia: leque, chá, canja, pijama, xaile, pires, jangada, banzé,…  Há termos que entraram formados com base no latim clássico.
  12. 12. ÉTIMO LATINO PORTUGUÊS(VIA POPULAR) PORTUGUÊS(VIA ERUDITA) Arena areia arena palatiu paço palácio Delicatu delgado Plenu cheio Recitare rezar Directu direito Solitariu solteiro Palavras divergentes Da mesma raiz latina, provêm por vezes duas (ou mais) palavras diferentes. A essas palavras chamamos divergentes, pois derivam de um único étimo. Uma palavra diz-se de via erudita, quando conserva a forma latina ou pouco dela se distancia; diz-se de via popular, quando sofre modificações fonéticas profundas. forma que sofreu alterações fonéticas forma não muito diferente da forma de origem
  13. 13. ÉTIMO LATINO PORTUGUÊS(VIA POPULAR) PORTUGUÊS(VIA ERUDITA) Arena areia arena palatiu paço palácio Delicatu delgado delicado Plenu cheio pleno Recitare rezar recitar Directu direito direto Solitariu solteiro solitário
  14. 14. “Arena” em latim deu origem a 2 palavras em português arena areia
  15. 15. Mas também se verifica o fenómeno contrário. Estas palavras que provêm de étimos diferentes, com diferentes significados mas significantes iguais, são palavras convergentes. As formas convergentes correspondem às palavras homónimas da nossa língua: __ são: enquanto adjetivo, provém de sanu e de sanctu; e, como forma verbal, deriva de sunt; __ vão: como adjetivo, tem por étimo vanu; como forma do verbo vir, provém de vadunt; __ rio: como nome, tem origem em rivu; como verbo, em rideo; __ como: como conjunção ou advérbio, deriva de quomodo; como verbo, de comedo; __ etc.
  16. 16. 2 palavras em latim convergiram em palavras homónimas em português: “rideo”( verbo: eu rio) “rivum”(nome: o rio) rio
  17. 17. b) Do sec.XVII ao sec.XIX, há um enriquecimento do português com estrangeirismos: Galicismos ( do francês): abajur, boné, restaurante, cachecol,… Italianismos (do italiano): bandido, carta, maestro, piano,… Anglicismos (do inglês): bar, bife, futebol, líder, clube, desporto,… Português – séc XIX
  18. 18. c) Sec. XX e XXI: O séc. XX foi um século de profundas conquistas a todos os níveis. As novas descobertas trazem sempre novas palavras – neologismos - para a Língua Portuguesa. o Computador, telemóvel, internet, fixe, bué, clonagem, blog, cota, automóvel, televisão, check-up e software…
  19. 19. Uma língua, seja portuguesa ou não, está sempre em constante evolução.
  20. 20. Vocabulário Latim: idioma do Lácio, que deu origem às línguas românicas ou neolatinas. Romanização: expansão dos romanos que incutiram a sua cultura, língua e civilização que os povos conquistados assimilaram. România: área em que se falava a língua dos Romanos. Línguas românicas: são línguas cuja origem é o latim. Latim vulgar: Latim falado pelas classes mais baixas e menos cultas: soldados, mercadores e colonos. Latim literário, erudito ou clássico: Latim falado pelas classes mais cultas e pelos escritores. Substrato: idiomas precedentes ao latim (antes do latim) que o influenciaram. Superstratos: idiomas posteriores ao latim (depois do latim) que sofreram influência deste. Palavras divergentes: apresentam formas diferentes, mas provêm do mesmo étimo. Palavras convergentes : apresentam a mesma forma embora tenham origem em étimos diferentes.
  21. 21. E a viagem das palavras ainda não terminou.

×