Historia da lingua

3.204 visualizações

Publicada em

historia da língua portuguesa; do latim ao português

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.204
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.704
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Historia da lingua

  1. 1. HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA (Origem e Formação do Português) Português- 9.º ano
  2. 2. INDO-EUROPEU Línguas Itálicas LATIM Línguas Eslavas Línguas Germânicas Línguas Célticas … ORIGENS Saber mais: pg 2 AG
  3. 3. Língua do Lácio, região de Roma. Níveis de Língua:  Latim literário, usado pelos escritores;  Latim falado pelas pessoas cultas, da aristocracia;  Latim vulgar, falado pelos soldados, comerciantes, funcionários, … O latim era inicialmente falado numa pequena região, o Lácio, cuja capital é Roma. Depois, com o aumentar do Império Romano, o latim passou a ser falado também pelos povos conquistados.
  4. 4. Embora a Península Ibérica fosse habitada desde muito antes da ocupação romana, pouquíssimos traços das línguas faladas por estes povos persistem no português moderno. A língua portuguesa, que tem como origem a modalidade falada do latim, desenvolveu-se na costa oeste da Península Ibérica (actuais Portugal e região da Galiza). A partir de 218 a.C., com a invasão romana da península, e até ao século IX, a língua falada na região é o romance, uma variante do latim que constitui um estágio intermediário entre o latim vulgar e as línguas latinas modernas (português, castelhano, francês, …)
  5. 5. Os povos da Península Ibérica, com excepção dos Bascos, adoptam o Latim como língua. Os cidadãos romanos que se espalhavam pelos territórios conquistados eram sobretudo os soldados, comerciantes e empregados do Estado, que falavam uma linguagem popular, própria das classes menos instruídas - o chamado latim vulgar. É este latim de cunho popular que está na origem de várias línguas, entre elas o português.
  6. 6. Latim vulgar =/= Latim literário evoluiu em meios populares e impunha-se na conversação. Está na origem do PORTUGUÊS usado na literatura, na oratória, dando origem, mais tarde, ao - médio-latim - baixo-latim - latim-bárbaro
  7. 7. Via Popular Usado pela plebe inculta. A maioria das palavras entram por esta via. Espontaneamente faladas por toda a gente, sofreram alterações fonéticas. Via Erudita Usado pelos escritores e oradores nos actos solenes. Por entrarem tardiamente, séc. XV e XVI, com o Renascimento, as palavras não têm uma transformação tão grande. LATIM VULGAR LATIM LITERÁRIO
  8. 8. LÍNGUAS ROMÂNICAS LATIM populu Francês Castelhano Catalão Galego Italiano Português peuple pueblo poble pobo popolo povo LATIM Castelhano; Galego Catalão; Português Francês Italiano Romeno Península Ibérica Europa
  9. 9. O Latim vai sofrendo alterações em contacto com as diferentes línguas já existentes nas várias províncias de Roma, dando origem às LÍNGUAS ROMÂNICAS ou NOVILATINAS: LÍNGUAS ROMÂNICAS Português escola Espanhol escuela Catalão escola Italiano scuola Francês école Romeno şcoală
  10. 10. SÉCULOS V a VIII d.C. 411 d. C.  Suevos ocupam o noroeste da Península Ibérica. 418 d. C.  chegada dos Visigodos à Península Ibérica. c. 500 d. C. Os germanos constituíam a classe guerreira, por isso, a classe subjugada habituou-se a chamar aos objectos e a tudo que se referia à guerra, coisas às vezes novas para ela, como ouvia diariamente denominar. Daí o grande número de termos militares de origem germânica: guerra, baluarte, brecha, escaramuça, brasão, brandir, dardo, flecha, espora, bridar, galopar.
  11. 11. SÉCULO VIII d.C. 711 d. C.  Árabes iniciam a conquista da Península Ibérica. 713 d. C.  Árabes dominam as antigas Lusitania e Gallaecia. O Árabe deixa marcas consideráveis no léxico português. (pp. 89 do Manual) O árabe é adoptado como língua oficial nas regiões conquistadas, mas a população continua a falar o romance.
  12. 12. Enriqueceram a nossa língua vocábulos dos povos bárbaros, dos árabes, dos poetas, dos escritores clássicos, dos descobridores, dos homens da ciência e da técnica.  Dos povos invasores ficaram- nos vocábulos como:  agasalhar; arreio; baluarte;  barriga; bradar; dardo; elmo;  escaramuça; esgrimir; franco;  galope; gastar; guerra; grinalda;  luva; marchar; orgulho; raça;  roubar; sala; tirar; trepar; etc.  Dos árabes ficaram-nos vocábulos como:  açorda; açúcar; álcool; alecrim;  alfaiate; algarismo; alqueire;  Aljezur; almofada; atalaia; arroba;  armazém; azeitona; azenha;  azul; fatia; garrafa; mesquinho;  oxalá; xadrez; xarope; etc. Verifica-se pelo sentido destas palavras que o domínio árabe foi grande no que respeita aos aspectos materiais da vida, pois dificilmente encontramos uma palavra abstracta.
  13. 13. Estrato, Substrato e Superstrato SUBSTRATO Línguas anteriores ao Latim e que o influenciaram Ex.: Celta ESTRATO ROMANCE (fusão do Latim Vulgar com os falares dos povos autóctones) SUPERSTRATO Línguas posteriores à consolidação do ROMANCE e que o influenciam Ex.: Árabe
  14. 14. O galego-português No século XI, com o início da reconquista cristã da Península Ibérica, o galego-português consolida-se como língua falada e escrita da Lusitânia. Os árabes são expulsos para o sul da península, onde surgem os dialectos moçárabes, a partir do contacto do árabe com o latim. Em galego-português são escritos os primeiros documentos oficiais e textos literários não latinos da região, como os cancioneiros (colectâneas de poemas medievais):
  15. 15. SÉCULO IX - XIII Séc. IX  Surge o Galaico-Português, sendo apenas utilizado na oralidade. Séc. XII  Galaico-Português passa a ser usado também na escrita. O mais antigo texto escrito em Português é o Testamento de D. Afonso II e data de 1214. (pp. 89-90) Séc. XIII  surge oficialmente o Português, por ordem de D. Dinis.
  16. 16. No século XVI, Portugal conheceu um grande desenvolvimento a vários níveis. Os escritores, os filósofos, os cientistas necessitavam de novas palavras que designassem aspetos novos da sua arte, filosofia, ciência e técnica. É então o momento de recorrer ao latim literário. Assim se explica que algumas palavras embora provindo do mesmo étimo latino, sejam diferentes: palavras divergentes (palavras diferentes que provêm do mesmo étimo latino). A palavra “chão” levou séculos a constituir-se. Foi sofrendo sucessivas transformações, na sua utilização pelo povo, até adquirir esta forma, formou- se por via popular. A palavra “plano” foi forjada num momento: um escritor decalcou-a do latim e introduziu-a na língua, através da sua escrita – formou-se por via erudita. planum chão plano plenum cheio pleno arenam areia arena
  17. 17. Evolução Semântica Muitas palavras sofreram modificações de sentido, apresentando algumas um significado muito distante daquele que tinham na sua origem. Aqui ficam alguns exemplos: Vocábulos Significado Na origem Actualmente Aresta Barba de milho, pragana Agudeza; intercepção de duas faces de um sólido Caderno Folha de papel dobrada em quatro (quaternum) Conjunto de folhas de formato livre Calamidade Cana do trigo ou outro cereal Flagelo que provocava a perda das colheitas; qualquer flagelo
  18. 18. Vocábulos Significado Na origem Actualmente Estilo Instrumento com que se escrevia nas tabuinhas Característica de certas produções Fogo Lar onde se acendia o lume O próprio lume Ministro O que serve, o que ajuda Função política Mundo Limpo (do adjectivo mundus) Terra; orbe; atente-se no adjectivo imundo Paço De palatium, designação do Monte Palatino, em Roma Residência real de nobre Parvo Pequeno (de parvus) Idiota; tolo Peculiar Respeitante ao pecúlio, à fortuna pessoal Próprio, pessoal, particular, especial, característico Salário Importância dada aos soldados para comprarem sal Soldo, ordenado, salário Senhor Mais velho (seniorem: comparativo de senex) Forma de tratamento Solteiro Que vive só (solitarium) Que ainda não casou
  19. 19. Geografia do Português e dos Crioulos de Base Portuguesa

×