Cartilha de Direção Defensiva - Instituto Nordeste Cidadania

4.555 visualizações

Publicada em

Projeto Gráfico e Digramação.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.555
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
73
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
175
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cartilha de Direção Defensiva - Instituto Nordeste Cidadania

  1. 1. Fonte: www.denatran.org.br 1
  2. 2. CARTILHA DE DIREÇÃO DEFENSIVA Cássia Regina Xavier de Andrade Diretora Presidente Helda Kelly dos Santos Pereira Diretora Administrativo-Financeira Alcino Carvalho Brasil Diretor Cultural Carlos Henrique Alves de Sousa Diretor Socioambiental2 Fonte: www.denatran.org.br
  3. 3. SEGURANÇA NO TRÂNSITO Acidente não acontece por acaso, por obra do destino ou por azar! Tudo o que fazemos envolve uma dose de risco: seja no tra-balho, quando consertamos alguma coisa em casa, brincando,dançando, praticando esportes ou mesmo transitando pelas ruasda cidade. Quando uma situação de risco não é percebida, ou quandouma pessoa não consegue visualizar o perigo, aumentam aschances de acontecer um acidente. Os acidentes de trânsito são sempre ruins para todos. Masvocê pode ajudar a evitá-los e colaborar para diminuir: • O sofrimento de muitas pessoas, causado por mortes e feri- mentos, inclusive com seqüelas físicas e/ou mentais, muitas vezes irreparáveis; • Prejuízos financeiros, por perda de renda e afastamento do trabalho; Fonte: www.denatran.org.br 3
  4. 4. CARTILHA DE DIREÇÃO DEFENSIVA • Constrangimentos legais, por inquéritos policiais e processos judiciais, que podem exigir o pagamento de indenizações e até mesmo a prisão dos responsáveis. Fizemos levantamento dos casos de afastamento por licençamédica do INEC e constatamos que grande parte dos casos sãopor acidentes de trânsito, o que nos leva a crer que precisamosmelhorar as atitudes de nossos funcionários no trânsito para umcomportamento seguro, atendendo à diretriz da “preservação davida, da saúde e do meio ambiente” da Política Nacional de Trân-sito. Este caderninho é um trecho do material educativo do DENA-TRAN, o qual apresentamos como uma excelente oportunidadepara você ler com atenção, conhecer e aprender como evitarsituações de perigo no trânsito, diminuindo as possibilidades deacidentes. Estude-o bem. Aprender os conceitos de Direção Defensivavai ser bom para você, para seus familiares, para seus amigos etambém para o nosso País. DIRIGINDO CICLOMOTORES E MOTOCICLETAS Um grande número de motociclistas precisa alterar urgente-mente sua forma de dirigir. Mudar constantemente de faixa, ultra-passar pela direita, circular em velocidades incompatíveis com asegurança, circular entre veículos em movimento e sem guardardistância segura têm resultado num preocupante aumento donúmero de acidentes, envolvendo motocicletas em todo o País.São muitas mortes e ferimentos graves que causam invalidez per-manente e que poderiam ser evitados, simplesmente com umadireção mais segura. Se você dirige uma motocicleta ou um ciclo-motor, pense nisso e não deixe de seguir as orientações abaixo.4 Fonte: www.denatran.org.br
  5. 5. REGRAS DE SEGURANÇA PARA MOTOCICLETAS Regras de segurança para condutores de motocicletas e ciclo-motores: • É obrigatório o uso de capacete de segurança afivelado para o condutor e o passageiro; • É obrigatório o uso de viseiras ou óculos de proteção; • É proibido transportar crianças menores de 7 anos; • É obrigatório manter o farol aceso quando em circulação, de dia ou à noite; • As ultrapassagens devem ser feitas sempre pela esquerda; • A velocidade deve ser compatível com as condições e cir- cunstâncias do momento, respeitando os limites fixados pela regulamentação da via; Fonte: www.denatran.org.br 5
  6. 6. CARTILHA DE DIREÇÃO DEFENSIVA Motocicletas são como os demais veículos, de- vem respeitar os limites de velocidade, manter distância segura, ultrapassar apenas pela es- querda e não circular entre veículos!6 Fonte: www.denatran.org.br
  7. 7. • Não circule entre faixas de tráfego;• Condutor e passageiro devem vestir roupas claras;• Solicite ao “carona” que movimente o corpo da mesma ma-neira que você, condutor, para garantir a estabilidade nas cur-vas;• Segure o guidom com as duas mãos.Regras de segurança para ciclomotores:• O condutor de ciclomotor (veículo de duas ou três rodas, mo-torizado, até 50 centímetros cúbicos) deve dirigir pela direitada pista de rolamento, preferencialmente no centro da faixamais à direita ou no bordo direito da pista, sempre que nãohouver acostamento ou faixa própria a ele destinada;• É proibida a circulação de ciclomotores nas vias de trânsitorápido e sobre as calçadas das vias urbanas.Outras regras gerais e importantes:• Antes de colocar seu veículo em movimento, verifiqueas condições de funcionamento dos equipamentos de usoobrigatório, como cintos de segurança, encostos de cabeça, ex-tintor de incêndio, triângulo de segurança, pneu sobressalente,limpador de pára-brisa, sistema de iluminação e buzina, alémde observar se o combustível é suficiente para chegar ao localde destino.• Tenha, a todo momento, domínio de seu veículo, dirigindo-ocom atenção e com os cuidados indispensáveis à segurançado trânsito.• Dê preferência de passagem aos veículos que se deslocam Fonte: www.denatran.org.br 7
  8. 8. CARTILHA DE DIREÇÃO DEFENSIVA sobre trilhos, respeitadas as normas de circulação. • Ao dirigir um veículo de maior porte, tome todo o cuidado e seja responsável pela segurança dos veículos menores, pelos não motorizados e pela segurança dos pedestres. • Reduza a velocidade quando for ultrapassar um veículo de transporte coletivo (ônibus) que esteja parado efetuando em- barque ou desembarque de passageiros. • Aguarde uma oportunidade segura e permitida pela sinaliza- ção para fazer uma ultrapassagem, quando estiver dirigindo em vias com duplo sentido de direção e pista única, e também nos trechos em curvas e em aclives. • Não ultrapasse veículos em pontes, viadutos e nas travessias de pedestres, exceto se houver sinalização que o permita. • Numa rodovia, para fazer uma conversão à esquerda ou um retorno, aguarde uma oportunidade segura no acostamento. Nas rodovias sem acostamento, siga a sinalização indicativa de permissão. • Não freie bruscamente seu veículo, exceto por razões de se- gurança. • Não pare seu veículo nos cruzamentos, bloqueando a pas- sagem de outros veículos. Nem mesmo se você estiver na via8 Fonte: www.denatran.org.br
  9. 9. preferencial e com o semáforo verde para você.• Aguarde, antes do cruzamento, o trânsito fluir e vagar umespaço no trecho de via à frente.• Use a sinalização de advertência (triângulo de segurança) e opisca-alerta quando precisar parar temporariamente o veículona pista de rolamento.• Em locais onde o estacionamento é proibido, você deve pa-rar apenas durante o tempo suficiente para o embarque oudesembarque de passageiros. Isso, desde que a parada nãovenha a interromper o fluxo de veículos ou a locomoção depedestres.• Não abra a porta nem a deixe aberta, sem ter certeza de queisso não vai trazer perigo para você ou para os outros usuáriosda via. Cuide para que seus passageiros não abram ou deixemabertas as portas do veículo.• O embarque e o desembarque devem ocorrer sempre do ladoda calçada, exceto no caso do condutor.• Mantenha a atenção ao dirigir, mesmo em vias com tráfegodenso e com baixa velocidade, observando atentamente omovimento de veículos, pedestres e ciclistas, tendo em con-ta a possibilidade da travessia de pedestres fora da faixa e aaproximação excessiva de outros veículos, ações que podemacarretar acidentes.• Essas situações ocorrem em horários preestabelecidos,conhecidos como “horários de pico”. São os horários de en-trada e saída de trabalhadores e acesso a escolas, sobretudoem pólos geradores de tráfego, como “shopping centers”, su-permercados, praças esportivas etc. Fonte: www.denatran.org.br 9
  10. 10. CARTILHA DE DIREÇÃO DEFENSIVA • Mantenha uma distância segura do veículo à frente. Uma boa distância permite que você tenha tempo de reagir e acionar os freios diante de uma situação de emergência e haja tempo também para que o veículo, uma vez freado, pare antes de colidir. • Em condições normais da pista e do clima, o tempo necessário para manter a distância segura é de aproximadamente dois segundos. • Existe uma regra simples — a regra dos dois segundos — que pode ajudar você a manter a distância segura do veículo à frente: 1. Escolha um ponto fixo à margem da via; 2. Quando o veículo que vai a sua frente passar pelo pon- to fixo, comece a contar; 3. Conte dois segundos pausadamente. Uma maneira fá- cil é contar seis palavras em seqüência: “cinqüenta e um, cinqüenta e dois”; 4. A distância entre o seu veículo e o que vai à frente vai ser segura se seu veículo passar pelo ponto fixo após a contagem de dois segundos; 5. Caso contrário, reduza a velocidade e faça nova conta- gem. Repita até estabelecer a distância segura. • Para veículos com mais de 6 metros de comprimento, ou sob chuva, aumente o tempo de contagem: “cinqüenta e um, cinqüenta e dois, cinqüenta e três”.10 Fonte: www.denatran.org.br
  11. 11. Siga as orientações dessa cartilha. Seja ummotorista prudente, conduza defensivamente egaranta o seu ir e vir seguro. Fonte: www.denatran.org.br 11
  12. 12. CARTILHA DE DIREÇÃO DEFENSIVA12 Fonte: www.denatran.org.br

×