André, Arthur, Lohan, Maicon, Marconi                 252
 O Filo Echinodermata (gr. echinos = ouriço + derma =  pele)      compreende todos os animais marinhos  invertebrados que...
 Nos equinodermos apresentados pelas   estrelas-do-mar     e     pelo    ouriço-do-   mar, distinguimos uma região oral, ...
 A excreção pode ser realizada pela superfície corpórea ou pelo  sistema ambulacral. A respiração pode ser realizada por...
 Os equinodermos possuem um sistema de  locomoção chamado de ambulacrário ou  hidrovascular. Nesse      sistema      há ...
Os animais dessa classe são predadores.Eles possuem, como regra geral, cincobraços que partem de um disco central,sem níti...
Os crinóideos vivem fixos ao substratopela região aboral, tendo o ânusdeslocado    para    a    região    oral.Alimentam-s...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Echinodermata

1.029 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.029
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Echinodermata

  1. 1. André, Arthur, Lohan, Maicon, Marconi 252
  2. 2.  O Filo Echinodermata (gr. echinos = ouriço + derma = pele) compreende todos os animais marinhos invertebrados que são cobertos por espinhos, ou por um endoesqueleto calcário. Têm simetria primaria (simetria da larva) bilateral e simetria secundária (simetria do adulto) radiada, organizada com base em cinco raios, ou chamados de pentarradial (estrela-do-mar). Muitos equinodermos apresentam grande capacidade de regeneração. Uma estrela-do-mar que tenha perdido um ou mais braços consegue regenerá-los. Um braço isolado de estrela-do-mar e que ainda retenha parte do disco central pode regenerar uma estrela inteira.
  3. 3.  Nos equinodermos apresentados pelas estrelas-do-mar e pelo ouriço-do- mar, distinguimos uma região oral, onde se situa a boca, e uma região aboral, onde se situa o ânus, oposta à boca. Em outros representantes do grupo há variação na posição relativa de ânus e boca. Geralmente, em torno da boca existem “dentes” que no seu conjunto formam uma espécie de mandíbula interna designada lanterna de Aristóteles. Como defesa existem pés ambulacrários modificados, designados pedicelários, que podem conter substâncias tóxicas. Os pedicelários têm formas variadas, uns parecem garfos, outros pequenas garras, etc. O sistema nervoso é formado por um nervo circular ao redor da faringe e nervos radiais, e não possui cérebro. Geralmente não existem igualmente sistemas excretor, circulatório e respiratório.
  4. 4.  A excreção pode ser realizada pela superfície corpórea ou pelo sistema ambulacral. A respiração pode ser realizada por pés ambulacrários ou por alguma projeção do celoma perivisceral. Os gases difundem-se para e são transportados pelo corpo pelo líquido celômico. Na ausência de sistema circulatório, líquido celômico substitui igualmente o sangue, transportando nutrientes pelo corpo.  São animais de sexos separados. A fecundação é externa e o desenvolvimento, indireto passa por estágios larvais. As larvas são o principal meio de dispersão da espécie, pois a maioria dos adultos é séssil, enquanto a larva é de natação livre.
  5. 5.  Os equinodermos possuem um sistema de locomoção chamado de ambulacrário ou hidrovascular. Nesse sistema há uma placa madrepórica, situada na região aboral, que permanece em contato com o meio externo. A água penetra pela placa madrepórica, que é perfurada, passa para o canal pétreo e chega ao canal circular, de onde é distribuída pelos canais radiais ás ampolas a aos pés ambulacrários. Todos esses canais são de estrutura calcária e, portanto, rígida. As ampolas e os pés ambulacrários são musculares. A contração das ampolas empurra a água para os pés ambulacrários, que se alongam e se fixam ao substrato como ventosas. A seguir, a musculatura do pé sofre contração, a musculatura da ampola sofre relaxamento e os pés retraem-se. Essa sequência é a responsável pela locomoção do animal. Nos ouriços-do-mar, os espinhos são longos e móveis, e participam da locomoção.
  6. 6. Os animais dessa classe são predadores.Eles possuem, como regra geral, cincobraços que partem de um disco central,sem nítida distinção entre essasestruturas. São as estrelas-do-mar.Corpo arredondado (ouriço-do-mar) ouachatado (bolacha-do-mar). Na boca, osequinóides apresentam cinco dentescalcários fortes, que formam umaestrutura denominada lanterna-de-aritóteles. Esta é usada para arrancarpedaços de alga.
  7. 7. Os crinóideos vivem fixos ao substratopela região aboral, tendo o ânusdeslocado para a região oral.Alimentam-se de partículas emsuspensão na água. São os lírios-do-mar.Corpo alongado e espinhos reduzidos.Os holoturóideos possuem no interiordo corpo uma estrutura especialchamada árvore respiratória,relacionada com as trocas gasosas.Alimentam-se principalmente demateriais em suspensão na água oudepositados sobre o fundo. São ospepinos-do-mar.

×