SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Escola:_________________________________________________________________
Aluno (a)(s):__________________________________________________________
A busca da felicidade
Pesquisas desvendam os mecanismos do prazer e da felicidade. Como esse
novo conhecimento pode melhorar sua vida?
(Barbara Axt)
A busca da felicidade é o combustível que move a humanidade – é ela que
nos força a estudar, trabalhar, ter fé, construir casas, realizar
coisas, juntar dinheiro, gastar dinheiro, fazer amigos, brigar, casar,
separar, ter filhos e depois protegê-los. Ela nos convence de que cada
uma dessas conquistas é a coisa mais importante do mundo e nos dá
disposição para lutar por elas. Mas tudo isso é ilusão. A cada vitória
surge uma nova necessidade. Felicidade é uma cenoura pendurada numa vara
de pescar amarrada no nosso corpo. Às vezes, com muito esforço,
conseguimos dar uma mordidinha. Mas a cenoura continua lá adiante,
apetitosa, nos empurrando para frente. Portanto, felicidade é um truque.
(www.super.abril.com.br/cultura/busca-da-felicidade. Acesso: 7.2.14)
I. O que a autora conclui sobre aquilo que ela diz a respeito da
felicidade?
a) A busca da felicidade é o combustível que move a humanidade.
b) é ela que nos força a estudar, trabalhar.
c) é a coisa mais importante do mundo e nos dá disposição para lutar por
elas.
d) tudo isso é ilusão.
e) Felicidade é um truque.
II. A busca da felicidade, segundo as ideias do texto:
a) desmotiva, mas não define as nossas expectativas de vida.
b) é a motivação maior para lutarmos por aquilo que desejamos.
c) é um problema para as grandes conquistas de qualquer ser humano.
d) pode promover grandes frustrações às pessoas que não são vitoriosas
nas suas buscas.
e) não define as nossas expectativas para lutarmos por nossas
realizações.
III.O texto nos faz refletir sobre a felicidade como...
a) algo completo e finito.
b) momentos desprezíveis.
c) algumas conquistas, no entanto, ressalta que sempre haverá novas
necessidades.
d) trabalhar, estudar e ter fé no transcendente.
IV. Leia o texto e responda as questões a seguir.
Pelo direito de escrever errado na internet
.
Bia Granja (curadora do youPIX, maior festival Brasileiro de cultura de
internet) Texto adaptado.
Revista Galileu, julho/2012, nº 252, p. 82.
Vossa mercê pode achar esquisito esse bando de jovenzinhos escrevendo
“corrão”, “bons drink”, “todos chora” ou “comofas” na internet, mas
antes de ficar “chatiado” achando que os Maias estavam certos e o fim do
mundo está próximo, Keep Calm and me dá um minutinho da sua atenção. :)
No Brasil, o “advento da internet em si” não representou uma mega
ruptura em termos de espaço criativo pras pessoas. No começo, só
existiam os grandes portais (todos pertencentes às mesmas famílias que
já dominavam a grande mídia offline) e os blogs. Mas 99% das pessoas,
hoje e então, acham esse lance de blog muito complicado e a quantidade
de espaço disponível intimidante, de modo que a verdadeira ruptura
chegou junto com as redes sociais: Orkut e YouTube no começo, depois
Twitter e agora o Facebook.
Através desses meios, o Brasil se mostrou pro brasileiro... com todos os
seus defeitos, qualidades e idiossincrasias. A maioria das gírias estilo
“CORRÃO” (que significa corram, do verbo correr) são derivadas do tiopês
que, por sua vez, deriva dos erros de português medonhos que a gente via
no Orkut. Foi nessa época/rede que nós da elite fina-elegante-sincera
começamos a nos deparar com o Brasil verdadeiro, o Brasil que tem 30% de
sua população analfabeta. Sim, isso tudo é muito triste e nossa taxa de
analfabetismo é um absurdo, mas antes de culpar a internet por problemas
profundos do país e ficar reprimindo as pessoas que falam errado, pare e
pense no verdadeiro significado disso tudo. Será que o que realmente
importa é que a pessoa se expresse sem erros de português ou que ela se
expresse? ANTES das redes sociais, a gente não se expressava AT ALL, ou
o fazia em uma escala ínfima. Agora, temos a faca e o queijo na mão pra
criar qualquer coisa, inclusive uma nova cultura para nossos tempos.
Falar assim é fazer parte da construção de uma nova cultura
colaborativa, visceral e orgânica que nasce na internet. E, diga o que
quiser, mas não tem regras formais de gramática e concordância que
possam competir com esse cenário sexy em que o jovem tem, pela primeira
vez, o poder de construir sua própria cultura e linguagem.
Portanto, não se trata de ser mais ou menos inteligente, de falar certo
ou errado, se trata de fazer parte, se trata, simplesmente, de FAZER!
Por isso, por mais que a gente saiba que a conjugação correta do verbo
“CORRER” na 3ª pessoa do plural do imperativo afirmativo seja “CORRAM”,
não fique #chatiado, mas vamos continuar usando o “CORRÃO”. Tudo bem?:)
Somos livres para expressarmos o que quisermos, até escrever errado,
sendo consciente disso, somos responsáveis pelo que expomos, da imagem
que vendemos e das consequências que podemos colher, quer sejam palavras
de elogios, reconhecimento, ou xingamento, ah, quem se expõe quer
aparecer senão não entrava nessa vitrine de vidro que são as redes
sociais da internet.
Vocabulário: idiossincrasia: “temperamento peculiar”.
Questão 1: Segundo a autora do texto, Bia Granja, está correto afirmar:
A) Hoje as pessoas falam muito errado na internet, o que prejudica
demais o desempenho escolar delas.
B) No Facebook fala-se mais errado do que no Orkut.
C) As redes sociais incentivaram todos a escreverem errado, prejudicando
a comunicação.
D) As diferentes formas de expressão nas redes sociais demonstram a
multiplicidade do brasileiro, com seus defeitos, qualidades e
particularidades.
E) Não se aproveita nada do que é exposto nas redes sociais.
Questão 2: O parágrafo que melhor explica a ideia defendida pela autora
em relação ao título (Pelo direito de escrever errado na internet) é:
A) “Será que o que realmente importa é que a pessoa se expresse sem
erros de português ou que ela se expresse?”
B) “A maioria das gírias estilo “CORRÃO” (que significa corram, do verbo
correr) são derivadas do tiopês que, por sua vez, deriva dos erros de
português medonhos que a gente via no Orkut.”
C) “Foi nessa época/rede que nós da elite fina-elegante-sincera
começamos a nos deparar com o Brasil verdadeiro, o Brasil que tem 30% de
sua população analfabeta.”
D) “No Brasil, o “advento da internet em si” não representou uma mega
ruptura em termos de espaço criativo pras pessoas.”
E) “ANTES das redes sociais, a gente não se expressava AT ALL, ou o
fazia em uma escala ínfima.”
Questão 3: No início do texto a autora utiliza a expressão “Vossa
mercê”, com o propósito de:
A) Criticar certos termos utilizados antigamente e que caíram em desuso,
sendo usados somente para cartas direcionadas a autoridades como a
Presidente, governador e etc.
B) Defender que os termos mais antigos são os mais corretos e usados na
internet entre jovens.
C) Ironizar o tipo de linguagem utilizada hoje nas redes sociais, que
abusa de gírias e abreviações e desmerece termos formais.
D) Defender que no Orkut, YouTube, Twitter e Facebook ninguém escreve
corretamente.
E) Ironizar como o brasileiro fala errado nas redes sociais, o que acaba
prejudicando o desempenho escolar.
Questão 4: Fazendo uma comparação do que entendemos por liberdade e
responsabilidade com o último parágrafo do texto, podemos depreender
que liberdade e responsabilidade é respectivamente:
a) Liberdade é fazer somente o correto e responsabilidade é ser útil.
b) Liberdade é o mesmo que limitação e responsabilidade é arcar com o
prejuízo dos erros.
c) Liberdade é o ato de se expressar e responsabilidade é assumir as
consequências de suas atitudes.
d)Liberdade é fazer bullying pela internet e responsabilidade é não
revidar .
Questão 5: Quais as possibilidades que o uso da internet oferece para
seus usuários?
________________________________________________________________________
_________
Questão 6: Quais os riscos que podemos correr com o uso indevido das
redes sociais?
________________________________________________________________________
________
Questão 7: Qual o nome do livro sagrado dos Cristãos? ( ) Vedas
( )Tripitaki ( )Bíblia Sagrada
Questão 8: Em quantas partes o livro sagrado dos cristãos estão
divididas e quais?
________________________________________________________________________
_________

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem Cristão
Os perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem CristãoOs perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem Cristão
Os perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem Cristão
Samir Isac Dantas
 
Midias Sociais e a Igreja do Futuro
Midias Sociais e a Igreja do FuturoMidias Sociais e a Igreja do Futuro
Midias Sociais e a Igreja do Futuro
Juliana Paz
 

Mais procurados (14)

Português esperança - tipo 02
Português   esperança - tipo 02Português   esperança - tipo 02
Português esperança - tipo 02
 
Português bondade - tipo 02
Português   bondade - tipo 02Português   bondade - tipo 02
Português bondade - tipo 02
 
Os perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem Cristão
Os perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem CristãoOs perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem Cristão
Os perigos das Redes Sociais na Vida do Jovem Cristão
 
Dicas Para Escrever e Blogar
Dicas Para Escrever e BlogarDicas Para Escrever e Blogar
Dicas Para Escrever e Blogar
 
Conflito/convívio de gerações
Conflito/convívio de geraçõesConflito/convívio de gerações
Conflito/convívio de gerações
 
Português bondade - tipo 01
Português   bondade - tipo 01Português   bondade - tipo 01
Português bondade - tipo 01
 
Procuram super heróis
Procuram super heróisProcuram super heróis
Procuram super heróis
 
Oficina MetaSorocaba 23.10.2007
Oficina MetaSorocaba 23.10.2007Oficina MetaSorocaba 23.10.2007
Oficina MetaSorocaba 23.10.2007
 
Procedimentos argumentativos
Procedimentos argumentativosProcedimentos argumentativos
Procedimentos argumentativos
 
ESTADO DE DIREITO - 21 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 21 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 21 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 21 EDIÇÃO
 
Midias Sociais e a Igreja do Futuro
Midias Sociais e a Igreja do FuturoMidias Sociais e a Igreja do Futuro
Midias Sociais e a Igreja do Futuro
 
Aula de Marketing Digital na UniCarioca
Aula de Marketing Digital na UniCariocaAula de Marketing Digital na UniCarioca
Aula de Marketing Digital na UniCarioca
 
Fsb live-memes-paper_Flocks Comex Digital
Fsb live-memes-paper_Flocks Comex DigitalFsb live-memes-paper_Flocks Comex Digital
Fsb live-memes-paper_Flocks Comex Digital
 
Procedimentos argumentativos - atividades
Procedimentos argumentativos - atividadesProcedimentos argumentativos - atividades
Procedimentos argumentativos - atividades
 

Semelhante a A busca da felicidade

Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01
Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01
Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01
Endrigo Mattos
 
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
emanuel
 
3 socio prov. esp. bc 4bi
3 socio    prov. esp.  bc 4bi3 socio    prov. esp.  bc 4bi
3 socio prov. esp. bc 4bi
Felipeprofserra
 
3 socio prov. esp. 2 cham bc 4bi
3 socio    prov. esp. 2 cham  bc 4bi3 socio    prov. esp. 2 cham  bc 4bi
3 socio prov. esp. 2 cham bc 4bi
Felipeprofserra
 
Exemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de OpiniãoExemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de Opinião
7 de Setembro
 

Semelhante a A busca da felicidade (20)

Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01
Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01
Midiassociais samirpalestra-140505080105-phpapp01
 
Redação no enem 2013
Redação no enem 2013Redação no enem 2013
Redação no enem 2013
 
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
 
Dissertação argumentativa
Dissertação argumentativaDissertação argumentativa
Dissertação argumentativa
 
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
Redes Sociais - Riscos e Benefícios [Délcio de Carvalho]
 
avaliação de lingua portuguesa 2ª serie.docx
avaliação  de lingua portuguesa 2ª serie.docxavaliação  de lingua portuguesa 2ª serie.docx
avaliação de lingua portuguesa 2ª serie.docx
 
3 socio prov. esp. bc 4bi
3 socio    prov. esp.  bc 4bi3 socio    prov. esp.  bc 4bi
3 socio prov. esp. bc 4bi
 
3
33
3
 
Aula Memes Educaçao media básica infantil
Aula Memes Educaçao media básica infantilAula Memes Educaçao media básica infantil
Aula Memes Educaçao media básica infantil
 
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
 
LP8 - Currículo em Ação.pdf
LP8 - Currículo em Ação.pdfLP8 - Currículo em Ação.pdf
LP8 - Currículo em Ação.pdf
 
Encontro de comunicação - Anhembi Morumbi - Redes Socias na formação de Ident...
Encontro de comunicação - Anhembi Morumbi - Redes Socias na formação de Ident...Encontro de comunicação - Anhembi Morumbi - Redes Socias na formação de Ident...
Encontro de comunicação - Anhembi Morumbi - Redes Socias na formação de Ident...
 
3 socio prov. esp. 2 cham bc 4bi
3 socio    prov. esp. 2 cham  bc 4bi3 socio    prov. esp. 2 cham  bc 4bi
3 socio prov. esp. 2 cham bc 4bi
 
Exemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de OpiniãoExemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de Opinião
 
Atividade 5
Atividade 5Atividade 5
Atividade 5
 
Visão De Si E Do Mundo
Visão De Si E Do MundoVisão De Si E Do Mundo
Visão De Si E Do Mundo
 
Publicidade & Propaganda - aula 01
Publicidade & Propaganda - aula 01Publicidade & Propaganda - aula 01
Publicidade & Propaganda - aula 01
 
Prova psicólogo Gestão Concurso
Prova psicólogo Gestão ConcursoProva psicólogo Gestão Concurso
Prova psicólogo Gestão Concurso
 
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS - 3 BIMESTRE 7º ANO.docx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS - 3 BIMESTRE 7º ANO.docxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS - 3 BIMESTRE 7º ANO.docx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS - 3 BIMESTRE 7º ANO.docx
 
As redes sociais
As redes sociaisAs redes sociais
As redes sociais
 

Mais de Walter de Carvalho Baptista

6anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp01
6anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp016anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp01
6anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp01
Walter de Carvalho Baptista
 

Mais de Walter de Carvalho Baptista (20)

A busca da felicidade
A busca da felicidadeA busca da felicidade
A busca da felicidade
 
A busca da felicidade
A busca da felicidadeA busca da felicidade
A busca da felicidade
 
Atividades sistema digestorio
Atividades sistema digestorioAtividades sistema digestorio
Atividades sistema digestorio
 
103365936 atividades-sistema-digestorio
103365936 atividades-sistema-digestorio103365936 atividades-sistema-digestorio
103365936 atividades-sistema-digestorio
 
Atividades sistema digestorio
Atividades sistema digestorioAtividades sistema digestorio
Atividades sistema digestorio
 
6anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp01
6anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp016anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp01
6anodiferenciaofigurativoeabstrato 140423082845-phpapp01
 
Tecidos humanos slides
Tecidos humanos slidesTecidos humanos slides
Tecidos humanos slides
 
Ava cie
Ava cieAva cie
Ava cie
 
50972593 plano-eja
50972593 plano-eja50972593 plano-eja
50972593 plano-eja
 
tecidos
 tecidos tecidos
tecidos
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
Dieta de 1600 calorias
Dieta de 1600 caloriasDieta de 1600 calorias
Dieta de 1600 calorias
 
Apostila massa folhada_v3_aprovado
Apostila massa folhada_v3_aprovadoApostila massa folhada_v3_aprovado
Apostila massa folhada_v3_aprovado
 
Anaxímenes de mileto
Anaxímenes de miletoAnaxímenes de mileto
Anaxímenes de mileto
 
Atividade de história paleolítico
Atividade de história paleolíticoAtividade de história paleolítico
Atividade de história paleolítico
 
Potes para bombons
Potes para bombonsPotes para bombons
Potes para bombons
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 
Projestão
ProjestãoProjestão
Projestão
 

Último

Último (20)

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 

A busca da felicidade

  • 1. Escola:_________________________________________________________________ Aluno (a)(s):__________________________________________________________ A busca da felicidade Pesquisas desvendam os mecanismos do prazer e da felicidade. Como esse novo conhecimento pode melhorar sua vida? (Barbara Axt) A busca da felicidade é o combustível que move a humanidade – é ela que nos força a estudar, trabalhar, ter fé, construir casas, realizar coisas, juntar dinheiro, gastar dinheiro, fazer amigos, brigar, casar, separar, ter filhos e depois protegê-los. Ela nos convence de que cada uma dessas conquistas é a coisa mais importante do mundo e nos dá disposição para lutar por elas. Mas tudo isso é ilusão. A cada vitória surge uma nova necessidade. Felicidade é uma cenoura pendurada numa vara de pescar amarrada no nosso corpo. Às vezes, com muito esforço, conseguimos dar uma mordidinha. Mas a cenoura continua lá adiante, apetitosa, nos empurrando para frente. Portanto, felicidade é um truque. (www.super.abril.com.br/cultura/busca-da-felicidade. Acesso: 7.2.14) I. O que a autora conclui sobre aquilo que ela diz a respeito da felicidade? a) A busca da felicidade é o combustível que move a humanidade. b) é ela que nos força a estudar, trabalhar. c) é a coisa mais importante do mundo e nos dá disposição para lutar por elas. d) tudo isso é ilusão. e) Felicidade é um truque. II. A busca da felicidade, segundo as ideias do texto: a) desmotiva, mas não define as nossas expectativas de vida. b) é a motivação maior para lutarmos por aquilo que desejamos. c) é um problema para as grandes conquistas de qualquer ser humano. d) pode promover grandes frustrações às pessoas que não são vitoriosas nas suas buscas.
  • 2. e) não define as nossas expectativas para lutarmos por nossas realizações. III.O texto nos faz refletir sobre a felicidade como... a) algo completo e finito. b) momentos desprezíveis. c) algumas conquistas, no entanto, ressalta que sempre haverá novas necessidades. d) trabalhar, estudar e ter fé no transcendente. IV. Leia o texto e responda as questões a seguir. Pelo direito de escrever errado na internet . Bia Granja (curadora do youPIX, maior festival Brasileiro de cultura de internet) Texto adaptado. Revista Galileu, julho/2012, nº 252, p. 82. Vossa mercê pode achar esquisito esse bando de jovenzinhos escrevendo “corrão”, “bons drink”, “todos chora” ou “comofas” na internet, mas antes de ficar “chatiado” achando que os Maias estavam certos e o fim do mundo está próximo, Keep Calm and me dá um minutinho da sua atenção. :) No Brasil, o “advento da internet em si” não representou uma mega ruptura em termos de espaço criativo pras pessoas. No começo, só existiam os grandes portais (todos pertencentes às mesmas famílias que já dominavam a grande mídia offline) e os blogs. Mas 99% das pessoas, hoje e então, acham esse lance de blog muito complicado e a quantidade de espaço disponível intimidante, de modo que a verdadeira ruptura chegou junto com as redes sociais: Orkut e YouTube no começo, depois Twitter e agora o Facebook. Através desses meios, o Brasil se mostrou pro brasileiro... com todos os seus defeitos, qualidades e idiossincrasias. A maioria das gírias estilo “CORRÃO” (que significa corram, do verbo correr) são derivadas do tiopês que, por sua vez, deriva dos erros de português medonhos que a gente via no Orkut. Foi nessa época/rede que nós da elite fina-elegante-sincera começamos a nos deparar com o Brasil verdadeiro, o Brasil que tem 30% de sua população analfabeta. Sim, isso tudo é muito triste e nossa taxa de analfabetismo é um absurdo, mas antes de culpar a internet por problemas profundos do país e ficar reprimindo as pessoas que falam errado, pare e pense no verdadeiro significado disso tudo. Será que o que realmente importa é que a pessoa se expresse sem erros de português ou que ela se expresse? ANTES das redes sociais, a gente não se expressava AT ALL, ou
  • 3. o fazia em uma escala ínfima. Agora, temos a faca e o queijo na mão pra criar qualquer coisa, inclusive uma nova cultura para nossos tempos. Falar assim é fazer parte da construção de uma nova cultura colaborativa, visceral e orgânica que nasce na internet. E, diga o que quiser, mas não tem regras formais de gramática e concordância que possam competir com esse cenário sexy em que o jovem tem, pela primeira vez, o poder de construir sua própria cultura e linguagem. Portanto, não se trata de ser mais ou menos inteligente, de falar certo ou errado, se trata de fazer parte, se trata, simplesmente, de FAZER! Por isso, por mais que a gente saiba que a conjugação correta do verbo “CORRER” na 3ª pessoa do plural do imperativo afirmativo seja “CORRAM”, não fique #chatiado, mas vamos continuar usando o “CORRÃO”. Tudo bem?:) Somos livres para expressarmos o que quisermos, até escrever errado, sendo consciente disso, somos responsáveis pelo que expomos, da imagem que vendemos e das consequências que podemos colher, quer sejam palavras de elogios, reconhecimento, ou xingamento, ah, quem se expõe quer aparecer senão não entrava nessa vitrine de vidro que são as redes sociais da internet. Vocabulário: idiossincrasia: “temperamento peculiar”. Questão 1: Segundo a autora do texto, Bia Granja, está correto afirmar: A) Hoje as pessoas falam muito errado na internet, o que prejudica demais o desempenho escolar delas. B) No Facebook fala-se mais errado do que no Orkut. C) As redes sociais incentivaram todos a escreverem errado, prejudicando a comunicação. D) As diferentes formas de expressão nas redes sociais demonstram a multiplicidade do brasileiro, com seus defeitos, qualidades e particularidades. E) Não se aproveita nada do que é exposto nas redes sociais. Questão 2: O parágrafo que melhor explica a ideia defendida pela autora em relação ao título (Pelo direito de escrever errado na internet) é:
  • 4. A) “Será que o que realmente importa é que a pessoa se expresse sem erros de português ou que ela se expresse?” B) “A maioria das gírias estilo “CORRÃO” (que significa corram, do verbo correr) são derivadas do tiopês que, por sua vez, deriva dos erros de português medonhos que a gente via no Orkut.” C) “Foi nessa época/rede que nós da elite fina-elegante-sincera começamos a nos deparar com o Brasil verdadeiro, o Brasil que tem 30% de sua população analfabeta.” D) “No Brasil, o “advento da internet em si” não representou uma mega ruptura em termos de espaço criativo pras pessoas.” E) “ANTES das redes sociais, a gente não se expressava AT ALL, ou o fazia em uma escala ínfima.” Questão 3: No início do texto a autora utiliza a expressão “Vossa mercê”, com o propósito de: A) Criticar certos termos utilizados antigamente e que caíram em desuso, sendo usados somente para cartas direcionadas a autoridades como a Presidente, governador e etc. B) Defender que os termos mais antigos são os mais corretos e usados na internet entre jovens. C) Ironizar o tipo de linguagem utilizada hoje nas redes sociais, que abusa de gírias e abreviações e desmerece termos formais. D) Defender que no Orkut, YouTube, Twitter e Facebook ninguém escreve corretamente. E) Ironizar como o brasileiro fala errado nas redes sociais, o que acaba prejudicando o desempenho escolar. Questão 4: Fazendo uma comparação do que entendemos por liberdade e responsabilidade com o último parágrafo do texto, podemos depreender que liberdade e responsabilidade é respectivamente: a) Liberdade é fazer somente o correto e responsabilidade é ser útil. b) Liberdade é o mesmo que limitação e responsabilidade é arcar com o prejuízo dos erros. c) Liberdade é o ato de se expressar e responsabilidade é assumir as consequências de suas atitudes.
  • 5. d)Liberdade é fazer bullying pela internet e responsabilidade é não revidar . Questão 5: Quais as possibilidades que o uso da internet oferece para seus usuários? ________________________________________________________________________ _________ Questão 6: Quais os riscos que podemos correr com o uso indevido das redes sociais? ________________________________________________________________________ ________ Questão 7: Qual o nome do livro sagrado dos Cristãos? ( ) Vedas ( )Tripitaki ( )Bíblia Sagrada Questão 8: Em quantas partes o livro sagrado dos cristãos estão divididas e quais? ________________________________________________________________________ _________