Palestra Transição Planetária: de Capela a Nibiru

3.598 visualizações

Publicada em

Este trabalho são os slides de uma palestra do "Grupo de Palestras do Centro Espírita Jesus" de Salto- SP. Este grupo é formado por pessoas, que resolveram se reunir, estudar e humildemente tentar expor e divulgar temas de interesse da sociedade e, através da visão da doutrina espírita, poder colaborar com seu estudo.
Temos como intuito, mostrar de uma maneira clara e objetiva o quanto essa doutrina esclarece e conforta corações e almas.
Respeitamos todos os tipos de religiões, filosofias e opiniões e não temos nenhuma intenção em afrontar nenhuma outra crença.
O tema é apresentado sob um olhar científico e com seus consequentes efeitos espirituais.
Outras palestras podem ser visualizadas no you tube (http://www.youtube.com/channel/UCYYoSnFIJJ5VOSoTE8J6IcA)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.598
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
169
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Transição Planetária: de Capela a Nibiru

  1. 1. Medidas  de  Segurança   •  Calma   •  Saídas:     – 2  Portas  a  frente  
  2. 2. Temas  de  Palestras-­‐  CEJ   •  Desencarnes    Coletivos-­‐    16/02   •  Transição  Planetária-­‐  23/03   •  Agonia  das  Religiões-­‐  30/03   •  Drogas-­‐  20/04   •  Adoção-­‐  Um  ato  supremo  de  caridade  ou  necessidade?  25/05   •  Energia  Sexual,  seu  domínio  e  excessos  –  22/06   •  Conflitos  Familiares,  o  desafio  da  vida  moderna   •  Eutanásia/Aborto/Clonagem  e  outros  assuntos  polêmicos  na   visão  espírita  
  3. 3. Conteúdo   1.  Evolução  do  Universo   2.  Lei  de  Evolução  dos  Planetas:  de  Planeta  de   Provas  e  Expiações  para  de  Regeneração   3.  Meio  Ambiente  e  Sustentabilidade   4.  Exilados  de  Capela,  Nibiru,  Nova  Terra   5.  Auto-­‐transição  
  4. 4. 1-­‐  Evolução  do  Universo   ..VideosBig  Bang    A  Origem  do  Universo.mp4    
  5. 5. O  tamanho  do  universo   Viagem  Scale  of  the  Universe.xls  
  6. 6. 2-­‐  Lei  de  Evolução  dos  Planetas:     de  Planeta  de  Provas  e  Expiações   para  de  Regeneração  
  7. 7.     1.  Mundos  Primitivos.   2.  Mundos  de  expiação  e  provas   1.  Somos  refens  de  nossas  açoes,  pois  esquecemos  que  a  lei  de  acao-­‐reacao  que   aplicavel  so  pros  outros:  rouba,  trai,:  castigo;  dah  comida  e  volta  como  benefico,   mas  ela  estah  presente  em  todas  as  acoes  que  desempenhamos  no  nossos  dia-­‐a-­‐ dia,  aii  tah  a  imnportancia  de  se  conhecer  de  pensar  eantres  de  agir  e  ter   cosnciencia  de  que  cada  pensamentol  acada  palacvra  e  cada  acao  gera  uma   energia,m  que  consequentemente  gera  uma  reacao.  Essa  lei  atua  nba  vida  de   todos  nos  o  tempo    todo     3.  Mundos  de  regeneração     4.  Mundos  ditosos   5.  Mundos  celestes  ou  divinos   Mostrar  em  forma  de   pirâmide  
  8. 8. Divino   Ditosos   Regeneração   Expiação  e  Provas   Mundo  Primitivo  
  9. 9. Mundos de regeneração •  A  vida    não  é  acentuadamente  diferente  da  que   conhecemos,  uma  vez  que  os  habitantes  deles  estão  ainda   sujeitos  às  leis  que  regem  a  matéria  e  experimentam  como   nós  sensações  e  desejos,  o  que  impede  a  vivência  da   perfeita  felicidade.  Mas,  entre  eles,  o  egoísmo  e  o  orgulho   não  têm  a  predominância  que  observamos  aqui  e  isso  gera   equidade  nas  relações  sociais  e,  consequentemente,  uma   vida  mais  amena  e  tranquila.  
  10. 10. Transição  entre  Mundos   •  A  transição  de  uma  categoria  de   mundo  para  a  outra  não  se  processa   sem  abalos.  Mas,  não  será  tão   catastrófica  também...   •  Ela  traz  consigo  novos  estilos  de   família,  novos  modos  de  trabalhar,  de   amar  e  de  viver,  uma  nova  economia,   novos  conflitos  políticos,  uma   consciência  renovada...  
  11. 11. •  Tá  na  cabeça  das  pessoas  que  o  planeta  vai  acabar,  que  vamos  ter   catástrofes  descomunais,  tem  sim  transformações  geológicas,   quem  eh  o  planeta  que  irá  transmutar,m  quem  faz  o  planeta.  A   transição  somos  nos  o  planeta  somos  nos,  portanto  a  transição   será  das  pessoas  que  formaram  o  planeta  mudado;   •  Todos  somos  responsáveis  por  tudo  aquilo  que  nos  chega,  o  que   desconhecemos  não  é  nosso,  mas  tudo  que  chega  até  nos  tem  um   a  função  
  12. 12. •  Praticar  o  bem  ao  próximo,   •   Urgência  em  resgatar  os  relacionamentos   familiares  e  relacionamentos  desafetuosos,   •  Deixarmos  a  infantilidade  emocional,  de   perdermos  tempo  com  melindres  e  com   sentimentos  banais  e  inferiores,  que  nada   agregam,  que  nos  ancoram  e  nos  barram  a   evolução.  
  13. 13.   3-­‐  Meio  Ambiente  e  Sustentabilidade     •  O  que  é  sustentabilidade?   –  Verbo  sustentar...  
  14. 14. Recursos  Naturais   • Renováveis   • Não  Renováveis  
  15. 15. água  
  16. 16.                  lixo...  
  17. 17. poluição  atmosférica  
  18. 18. Efeito  Estufa  
  19. 19. O  Futuro  depende    “agora”    de  nós...  
  20. 20. O  que  podemos  fazer  para   ajudar  o  planeta?     •  Consumo  consciente   •  Economizar:  água  e  energia   •  Reciclar     – Separar  o  lixo  orgânico  do  reciclável    
  21. 21. "Todo  mundo  está  'pensando'   em  deixar  um  planeta  melhor   para  nossos  filhos,  mas  quando   é  que  'pensarão'  em  deixar  filhos   melhores  para  o  nosso  planeta?"  
  22. 22. 4-­‐  Exilados  de  Capela,  Nibiru,   Nova  Terra    
  23. 23. Capela   •  Na  obra  Os  Exilados  da  Capela,  de  Edgard  Armond,  lançado  em  1949,  o  escritor   espírita  defende  que  na  órbita  de  uma  constelação  denominada  Cocheiro,  mais   precisamente  na  estrela  de  Capella,  desenvolveu-­‐se  uma  complexa  e  avançada   civilização,  seja  no  aspecto  moral  ou  no  intelectual.   •  Uma  parte  de  seus  habitantes,  porém,  não  conseguiu  acompanhar  esta  evolução   do  Planeta  e,  assim,  seus  espíritos  foram  exilados  para  a  Terra  há   aproximadamente  cinco  mil  anos,  na  época  em  que  o  globo  terrestre  era  habitado   somente  por  povos  primitivos.  A  vinda  destes  seres  altamente  desenvolvidos   impulsionou  o  progresso  da  Humanidade.  
  24. 24. •  Os  exilados,  que  segundo  algumas  correntes  espíritas  provinham  de   Capela,  eram  moralmente  atrasados,  mas  detinham  um  saber  científico   inigualável,  principalmente  nas  esferas  da  matemática,  da  astronomia,  da   arquitetura,  das  atividades  agrícolas  e  da  navegação.     •  No  livro  A  Caminho  da  Luz,  de  1938,  o  espírito  Emmanuel,  mentor  do   mestre  espiritual  Francisco  Cândido  Xavier,  também  expõe  sua  visão   sobre  os  Exilados  da  Capela  ao  narrar  a  História  da  Civilização  Humana   sob  o  ponto  de  vista  espírita.  Aí,  resumidamente,  mas  de  forma  densa,  o   autor  também  afirma  que  seres  espiritualmente  revoltosos  teriam  sido   expulsos  de  sua  morada  e  renascido  na  Terra,  o  que  nos  lembra  o  mito  do   Paraíso  Perdido,  cultivado  pela  humanidade.  
  25. 25. •  Como  eles  representavam  um  obstáculo  ao  desenvolvimento  moral  de   Capela,  foram  temporariamente  enviados  ao  campo  terrestre  para   evoluírem  espiritualmente  enquanto  zelavam  pela  evolução  material  e   moral  dos  primitivos  que  aí  habitavam.  Porque,  afinal,  eles  foram  levados   justamente  para  a  Terra?  Por  uma  simples  razão:  eles  cultivavam  um   padrão  evolutivo  que  condizia  com  a  atmosfera  terrena,  ou  seja,  muito   atrasado.     •  Neste  mundo  primitivo  eles  aprimorariam  seus  espíritos  através  da  dor  e   do  sofrimento,  especialmente  no  contato  com  a  labuta  árdua  em  uma   atmosfera  selvagem;  só  assim  teriam  condições  de  realizar  as   imprescindíveis  aquisições  dos  sentimentos  elevados.  Pagariam,  é  claro,   um  alto  preço,  pois  as  lembranças  intuitivas  de  um  passado  glorioso  em   um  paraíso  distante  contrastavam  com  a  realidade  de  uma  esfera  muito   inferior  a  sua  capacidade  intelectual.  
  26. 26. •  Como  os  espíritos  advindos  de  Capela  reencarnaram  na  Terra  a  partir  dos   corpos  dos  primitivos  que  aí  se  encontravam?  Afirma  Emmanuel  que  na   Espiritualidade  os  responsáveis  pelas  operações  genéticas  realizaram  um   aperfeiçoamento  nos  genes  dos  selvagens  para  que  eles  tivessem   condições  de  gerar  corpos  mais  elaborados,  aptos  a  abrigar  as  essências   espirituais  dos  capelinos.  Desta  forma  foi  lapidado  o  aparato  biológico   dos  seres  humanos.   •  Boa  parte  dos  exilados  de  Capela  se  fixou  na  Ásia,  a  partir  de  onde   cruzaram  o  canal  de  Suez  na  direção  do  continente  africano,  indo  para  o   Egito  e  também  para  a  mítica  Atlântida.  Na  América  é  possível  se  deparar   com  traços  desta  extinta  região  continental,  da  qual  se  contam  tantas   histórias.  Os  capelinos  constituíram,  então,  os  principais  grupos  humanos:   os  árias,  os  egípcios,  os  israelitas  e  as  castas  indianas.  
  27. 27. Nibiru   •  Hercóbulus   •  Planeta  chupão  (Chico  Xavier)   •  Planeta  X   •  Cometa  Elenin  
  28. 28. Psicofonia  de  Divaldo/     Bezerra  de  Menezes       •  ..VideosPsicofonia  de  Bezerra  de  Menezes  -­‐  Transição  do  Planeta  Terra.mp4  
  29. 29. •  Estamos  no  limiar  da  grande  transição,  em  que  o  nosso  planeta  passará  da   condição  de  mundo  de  provas  e  expiações  para  mundo  de  regeneração.  Isso  já   constava  no  planejamento  celestial  há  muito  tempo  e  não  se  dará,  obviamente,   num  passe  de  mágica,  pois  se  trata  de  um  processo  de  transformação  lento  e   gradual,  porém  impostergável.  As  tragédias  naturais,  como  o  tsunami  do  oceano   Índico  -­‐  fazem  parte  desse  processo,  pois  elas  têm  o  objetivo  de  fazer  a   Humanidade  progredir  mais  depressa,  através  do  expurgo  daqueles  espíritos   calcetas,  refratários  à  ordem  e  à  evolução  moral  e  espiritual,  que  já  não  podem   mais  ser  retardadas.  Eles  passarão  algum  tempo  em  outras  esferas,  aprendendo   as  leis  do  Amor  e  do  Bem,  até  que  tenham  condições  de  retornar  ao  nosso   planeta,  para  dar  seu  contributo  em  benefício  do  progresso  da  Humanidade.                Divaldo  Pereira  Franco  
  30. 30. Resumo-­‐  Livro  do  Divaldo   •  No  livro  "Transição  Planetária",  Manoel  Philomeno  de  Miranda  conta  que  houve  uma  reunião  no   plano  espiritual  onde  receberam  a  visita  de  uma  nobre  entidade,  que  veio  da  constelação  do  Touro,   particularmente  de  uma  das  Plêiades,  a  pedido  de  Jesus,  a  fim  de  apresentar  a  eles  as  considerações   a  respeito  do  momentoso  projeto  sobre  reencarnações  em  massa,  que  está  acontecendo  em  nosso   planeta  e  que  começou  na  segunda  metade  do  século  passado,  e  se  intensificará.  Disse  a  nobre   entidade:   •  “Esta  não  é  a  primeira  vez  que  o  mundo  terreno  recebe  viajores  de  outras  moradas,  atendendo  à   solicitação  de  Jesus-­‐Cristo  (...)  Da  constelação  de  Cocheiro  vieram  aqueles  nobres  embaixadores  da  luz   que  contribuíram  para  a  construção  da  Humanidade  atual,  inclusive  outras  inteligências,  todavia,  não   moralizadas,  que  após  concluídos  alguns  estágios  evolutivos  retornaram,  felizes,  aos  lares  queridos...   •  “(...)  o  desenvolvimento  mais  amplo  ocorreu  na  área  da  inteligência  e  não  do  sentimento,  assim,   explicando  o  atual  estágio  da  evolução  em  que  se  encontram,  rico  em  sentimentos  e  pobre  de  edificações   espirituais...  
  31. 31. •  “Periodicamente,  por  sua  vez,  o  planeta  experimenta  mudanças  climáticas,  sísmicas  em   geral,  com  profundas  alterações  na  sua  massa  imensa,  ou  sofre  o  impacto  de  meteoros  que   lhe  alteram  a  estrutura,  tornando-­‐o  mais  belo  e  harmônico,  embora  as  destruições  que,  na   ocasião,  ocorrem  tendo  sempre  em  vista  o  progresso,  assim  obedecendo  à  planificação   superior  com  o  objetivo  de  alcançar  o  seu  alto  nível  de  mundo  de  regeneração.   •  “(...)muitos  espíritos  estão  tendo  a  oportunidade  de  refazerem  conceitos,  de  aprimorarem   sentimentos  e  de  participarem  da  inevitável  marcha  ascensional...Expressivo  número,   porém,  permanece  em  situações  de  agressividade  e  indiferença  emocional,  tornando-­‐se   instrumentos  de  provações  rudes  para  a  sociedade  que  desdenha.  Fruem  da  excelente   ocasião  que,  malbaratada,  os  recambiará  a  mundos  primitivos,  nos  quais  contribuirão  com   os  conhecimentos  de  que  são  portadores,  sofrendo,  no  entanto,  as  injunções  rudes  que   serão  defrontadas.  
  32. 32. •  “(...)  Desse  modo,  qual  ocorre  em  outros  Orbes,  chega  o  momento  em   que  a  Mãe-­‐Terra  também  ascenderá  na  escala  dos  mundos,  conduzindo   os  seus  filhos  e  aguardando  o  retorno  daqueles  que  estarão  na  retaguarda   por  algum  tempo,  porquanto  o  inefável  amor  de  Deus  a  ninguém  deixa  de   amparar,  ensejando-­‐lhes  oportunidades  de  refazimento  e  de  evolução.   •  “(...)  Expositores  dedicados  e  médiuns  sinceros  estarão  sendo  convocados   a  participarem  de  estudos  e  seminários  preparatórios  para  que  seja   desencadeada  uma  ação  internacional  no  planeta,  convidando  as  pessoas   sérias  à  contribuição  psíquica  e  moral  em  favor  do  novo  período.    
  33. 33. •  “As  grandes  transformações,  embora  ocorram  em  fases  de  perturbação  do  orbe   terrestre,  em  face  dos  fenômenos  climáticos  da  poluição  e  do  desrespeito  à   Natureza,  não  se  darão  em  forma  de  destruição  da  vida,  mas  de  mudança  de   comportamento  moral  e  emocional  dos  indivíduos,  convidados  uns  ao  sofrimento   pelas  ocorrências  e  outros  pelo  discernimento  em  torno  da  evolução.   •  “À  semelhança  das  ondas  oceânicas  (tsunami)  a  abraçarem  as  praias   voluptuosamente,  sorvendo  as  rendas  de  espumas  alvas,  os  novos  obreiros  do   Senhor  se  sucederão  ininterruptamente  alterando  os  hábitos  sociais,  os  costumes   morais,  a  literatura  e  a  arte,  o  conhecimento  em  geral,  ciência  e  tecnologia,   imprimindo  novos  textos  de  beleza  que  despertarão  o  interesse  mesmo  daqueles   que,  momentaneamente,  encontram-­‐se  adormecidos.  
  34. 34. •  “Antes,  porém,  de  chegar  esse  momento,  a  violência,  a  sensualidade,  a  abjeção,  os  escândalos,  a   corrupção  atingirão  níveis  dantes  jamais  pensados,  alcançando  o  fundo  do  poço,  enquanto  as   enfermidades  degenerativas,  os  transtornos  bipolares  de  conduta,  as  cardiopatias,  os  cânceres,  os  vícios   e  os  desvarios  sexuais  clamarão  por  paz,  pelo  retorno  à  ética,  à  moral,  ao  equilíbrio(...)   •  “Como  em  toda  batalha,  momentos  difíceis  surgirão  exigindo  equilíbrio  e  oração  fortalecedoras,  os   lutadores  estarão  expostos  no  mundo,  incompreendidos,  desafiados  por  serem  originais  na  conduta,  por   incomodarem  os  insensatos  que,  ante  a  impossibilidade  de  os  igualarem,  irão  combatê-­‐los,  e  padecendo   diversas  ocasiões  de  profunda  e  aparente  solidão...Nunca,  porém,  estarão  solitários,  porque  a   solidariedade  espiritual  do  Amor  estará  com  eles,  vitalizando-­‐os  e  encorajando-­‐os  ao  prosseguimento.  
  35. 35.   5-­‐  Auto-­‐transição.       Brasileiro  reclama  de  quê?     O  Brasileiro  é  assim:     A-­‐  Coloca  nome  em  trabalho  que  não  fez.     B-­‐  Coloca  nome  de  colega  que  faltou  em  lista  de  presença.     C-­‐  Paga  para  alguém  fazer  seus  trabalhos.       1.  -­‐  Saqueia  cargas  de  veículos  acidentados  nas  estradas.     2.  -­‐  Estaciona  nas  calçadas,  muitas  vezes  debaixo  de  placas  proibitivas.     3.  -­‐  Suborna  ou  tenta  subornar  quando  é  pego  cometendo  infração.     4.  -­‐  Troca  voto  por  qualquer  coisa:  areia,  cimento,  tijolo,  e  até  dentadura.     5.  -­‐  Fala  no  celular  enquanto  dirige.    
  36. 36. TRANSIÇÃO   • Como  ocorrerá   essa  transição  em   nossas  vidas?  
  37. 37. Como   proceder?    
  38. 38. 1. Auto-­‐conhecimento:   ü  Quais  são  minhas  virtudes?   ü  Quais  são  meus  vícios?   ü  Estou  realmente  disposto  a  realizar   mudanças  em  MINHA  conduta  e  me   abrir  ao  conhecimento  e  a  reforma   íntima?     HUMILDADE!!      
  39. 39. 2.  Sinceridade   ü Com  si  mesmo   ü Com  o  próximo   3.  Perseverança  e  Paciência   ü Comprometimento    com  o     próximo,  suas  atividades  assumidas  e   seus  próprios  valores.  
  40. 40. 4.  Plano  de  Ação-­‐  Praticar  realmente  essa   reforma  íntima  .   ü   Aperfeiçoar  dia  a  dia  as  virtudes  já  adquiridas  e  ir  ao   encontro  das  virtudes  não  desenvolvidas.   ü   Vigilância  constante  dos  pensamentos  e  ações.   ü Prática  constante  do  bem    e  da  caridade.   ü Resgatar  relacionamentos  –  perdão,  empatia,   compaixão    e  compreensão.  
  41. 41.  5.  Aprender  a  ver  o  mundo  de   maneira  coletiva.   ü   Nós,  nossa  família,  amigos,     amores,  colegas,  animais  e     inclusive  nossos  desafetos  somos     apenas  uma  minúscula  parte  do     TODO.  
  42. 42. Vivemos  num  mundo  maravilhoso  Wonderfull  World  -­‐  obra  prima  da  BBC.wmv  
  43. 43. Mensagem  Dr  Bezerra  de  Menezes  –  Transição  Planetária     Meus  filhos:  Que  Jesus  nos  abençoe.   A  sociedade  terrena  vive,  na  atualidade,  um  grave  momento  mediúnico  no  qual,  de  forma  inconsciente,  dá-­‐se  o  intercâmbio   entre  as  duas  esferas  da  vida.  Entidades  assinaladas  pelo  ódio,  pelo  ressentimento,  e  tomadas  de  amargura  cobram  daqueles   algozes  de  ontem  o  pesado  ônus  da  aflição  que  lhes  tenham  proporcionado.  Espíritos  nobres,  voltados  ao  ideal  de  elevação   humana  sincronizam  com  as  potências  espirituais  na  edificação  de  um  mundo  melhor.  As  obsessões  campeiam  de  forma   pandêmica,  confundindo-­‐se  com  os  transtornos  psicopatológicos  que  trazem  os  processos  afligentes  e  degenerativos.     Sucede  que  a  Terra  vivência,  neste  período,  a  grande  transição  de  mundo  de  provas  e  de  expiações  para  mundo  de  regeneração.     Nunca  houve  tanta  conquista  da  ciência  e  da  tecnologia,  e  tanta  hediondez  do  sentimento  e  das  emoções.  As  glórias  das   conquistas  do  intelecto  esmaecem  diante  do  abismo  da  crueldade,  da  dissolução  dos  costumes,  da  perda  da  ética,  e  da   decadência  das  conquistas  da  civilização  e  da  cultura…     Não  seja,  pois,  de  estranhar  que  a  dor,  sob  vários  aspectos,  espraia-­‐se  no  planeta  terrestre  não  apenas  como  látego  mas,   sobretudo,  como  convite  à  reflexão,  como  análise  à  transitoriedade  do  corpo,  com  o  propósito  de  convocar  as  mentes  e  os   corações  para  o  ser  espiritual  que  todos  somos.     Fala-­‐se  sobre  a  tragédia  do  cotidiano  com  razão.     As  ameaças  de  natureza  sísmica,  a  cada  momento  tornam-­‐se  realidade  tanto  de  um  lado  como  de  outro  do  planeta.  O  crime   campeia  a  solta  e  a  floração  da  juventude  entrega-­‐se,  com  exceções  compreensíveis,  ao  abastardamento  do  caráter,  às  licenças   morais  e  à  agressividade.     Sucede,  meus  filhos,  que  as  regiões  de  sofrimento  profundo  estão  liberando  seus  hóspedes  que  ali  ficaram,  em  cárcere  privado,   por  muitos  séculos  e  agora,  na  grande  transição,  recebem  a  oportunidade  de  voltarem-­‐se  para  o  bem  ou  de  optar  pela  loucura  a   que  se  têm  entregado.  E  esses,  que  teimosamente  permanecem  no  mal,  a  benefício  próprio  e  do  planeta,  irão  ao  exílio  em  orbes   inferiores  onde  lapidarão  a  alma  auxiliando  os  seus  irmãos  de  natureza  primitiva,  como  nos  aconteceu  no  passado.     Por  outro  lado,  os  nobres  promotores  do  progresso  de  todos  os  tempos  passados  também  se  reencarnam  nesta  hora  para   acelerar  as  conquistas,  não  só  da  inteligência  e  da  tecnologia  de  ponta,  mas  também  dos  valores  morais  e  espirituais.  Ao  lado   deles,  benfeitores  de  outra  dimensão  emboscam-­‐se  na  matéria  para  se  tornarem  os  grandes  líderes  e  sensibilizarem  esses   verdugos  da  sociedade.     São  os  votos  do  servidor  humílimo  e  paternal  de  sempre,  Bezerra.  
  44. 44. Obrigado  e  até  a  próxima!   Que  a  luz  do  Divino  Mestre  nos   acompanhe  nesta    transição  maravilhosa!  
  45. 45. •    18.  -­‐  Quando  viaja  a  serviço  pela  empresa,  se  o  almoço  custou  10,  pede  nota  fiscal  de  20.     19.  -­‐  Comercializa  objetos  doados  nessas  campanhas  de  catástrofes.     20.  -­‐  Estaciona  em  vagas  exclusivas  para  deficientes.     21..  -­‐  Adultera  o  velocímetro  do  carro  para  vendê-­‐lo  como  se  fosse  pouco  rodado.     22.  -­‐  Compra  produtos  pirata  com  a  plena  consciência  de  que  são  pirata.     23.  -­‐  Substitui  o  catalisador  do  carro  por  um  que  só  tem  a  casca.     24.  -­‐  Diminui  a  idade  do  filho  para  que  este  passe  por  baixo  da  roleta  do  ônibus,  sem  pagar  passagem.     25.  -­‐  Emplaca  o  carro  fora  do  seu  domicílio  para  pagar  menos  IPVA.     26.  -­‐  Frequenta  os  caça-­‐níqueis  e  faz  uma  fezinha  no  jogo  de  bicho.     27.  -­‐  Leva  das  empresas  onde  trabalha,  pequenos  objetos,  como  clipes,  envelopes,  canetas,  lápis...     como  se  isso  não  fosse  roubo.     28.  -­‐  Comercializa  os  vales-­‐transporte  e  vales-­‐refeição  que  recebe  das  empresas  onde  trabalha.     29.  -­‐  Falsifica  tudo,  tudo  mesmo...  só  não  falsifica  aquilo  que  ainda  não  foi  inventado.     30.  -­‐  Quando  volta  do  exterior,  nunca  diz  a  verdade  quando  o  fiscal  aduaneiro  pergunta  o  que  traz  na  bagagem.     31.  -­‐  Quando  encontra  algum  objeto  perdido,  na  maioria  das  vezes  não  devolve.   E,  acrescento  mais:   32  -­‐  Pede  ao  amigo  que  está  em  algum  trabalho  público,  principalmente  político,  um  lugarzinho  para  seus  filhos  em  vez  de  estimulá-­‐los  a  estudar  e   conseguir  seus  próprios  empregos...   33  -­‐  Não  se  importa  (muitas  vezes  até  ajuda)  se  seu  filho  faz  parte  daquele  grupo  que  fraudou  o    concurso  público  e  passou,  em  detrimento  de  outros   candidatos  que  honestamente  tentaram  passar....  (olha  aí:  concurso  na  área  jurídica)...   34  -­‐  Vai  até  a  escola  e  paga  o  maior  esporro  na  professora  ou  professor  que  deu  a  bronca  em  seus  filhinhos...   35  -­‐  Faz  vista  grossa  quando  seu  filhinho  ainda  pequeno  chega  da  escola  com  pequenos  objetos  que  não  lhe  pertencem  ao  invés  de  fazê-­‐lo  devolver  no  dia   seguinte;   36  -­‐  Não  respeita  e  não  cumpre  as  leis;   37  -­‐  Adultera  documentos  para  entrar  em  locais  proibidos  para  menores,  com  a  conivência  dos  pais;    
  46. 46. •  TRANSIÇÃO  PLANETÁRIA,  ditado  pelo  Espírito  Manoel  Philomeno  de  Miranda,  psicografado  pelo  octagenário  médium  Divaldo  Pereira  Franco,  é  a  obra  mais  importante  da  última   década,  no  meio  espírita  e,  quiçá,  na  literatura  mundial.    Recomendo  a  sua  leitura  e  releitura.   •  Mas,  afinal,  o  que  significa  essa  tal  de  “Transição  Planetária”  e  como  ela  se  dará?   •  Que  papel  iremos  desempenhar  nessa  transição?  O  que  fazer?  Qual  o  nosso  contributo  para  a  construção  de  um  mundo  melhor?   •  Preliminarmente,  cumpre-­‐nos  registrar  que  essa  questão  já  havia  sido  tratada  por  Kardec  em  sua  obra  A  GÊNESE  (5º  livro  básico  da  Doutrina  Espírita,  editado  em  1868),  no  capítulo   XVIII,  itens  27  e  28,  sob  os  sugestivos  títulos  “Sinais  dos  Tempos”  e  “A  Geração  Nova”.   •  Em  resumo,  os  Espíritos  Superiores  revelaram  a  Kardec  que  o  planeta  Terra  estaria  dando  início  a  um  processo  de  ascensão  na  hierarquia  dos  mundos,  mediante  a  transição  de  mundo  de   provas  e  expiações  para  mundo  de  regeneração  (para  mais  detalhes  sobre  o  assunto,  leia  o  nosso  artigo  sobre  Pluralidade  dos  Mundos  Habitados).   •  O  livro  Transição  Planetária  traz  informações  de  extrema  relevância  para  o  presente  e  o  futuro  do  nosso  querido  planeta  azul.  Vamos  procurar  elencar,  abaixo,  as  mais  importantes:   •  1ª)  Desde  algum  tempo,  os  Espíritos  renitentes  no  mal,  colhidos  pela  morte  do  corpo  físico,  não  mais  estão  reencarnando  na  Terra.  Estão  sendo  recolhidos  pelos  Mentores  e  levados  para   regiões  especiais,  nas  zonas  umbralinas,  donde  serão  removidos  para  mundos  inferiores  ao  nosso,  onde  terão  a  oportunidade  de  reencarnar  entre  seres  muito  primitivos  e  colaborar  para   o  progresso  do  orbe  que  os  aguarda.  Após  muitas  provas  e  expiações,  poderão  retornar,  desde  que  já  se  encontrem  engajados  no  campo  do  bem,  evidentemente.  Está  ocorrendo,   portanto,  um  verdadeiro  expurgo  de  milhões  de  Entidades  malignas,  o  que  acarretará  uma  limpeza  geral  da  psicosfera  do  planeta.   •  2ª)  Espíritos  Superiores  –  cientistas,  filósofos,  artistas,  grandes  líderes  religiosos  e  políticos,  etc.  –  estão  sendo  reconvocados  por  Jesus,  o  grande  Governador  Espiritual  da  Terra,  para   reencarnarem  novamente  entre  nós,  eles  que  já  se  encontravam  em  outras  paragens  deste  Universo  infinito,  dando,  uma  vez  mais,  o  seu  contributo  para  a  edificação  de  um  mundo   melhor.   •  3ª)  Finalmente,  a  grande  revelação:  milhões  de  Espíritos  de  moral  elevada,  também  convocados  amorosamente  pelo  Cristo,  estão  reencarnando  entre  nós,  provenientes  do  sistema   solar  de  ALCÍONE  (ou  ALCYONE),  a  estrela  mais  brilhante  do  aglomerado  aberto  das  Plêiades,  na  Constelação  do  Touro.  Este  processo  de  reencarnação  em  massa  vem  ocorrendo  desde   a  segunda  metade  do  século  XX;  porém,  intensificou-­‐se  a  partir  do  nosso  século.  Em  assim  sendo,  podemos  concluir  que  todas  as  famílias  humanas  terão,  a  curto  espaço  de  tempo,  um   dos  filhos  de  Alcíone  como  membro  destacado  do  seu  clã:  são  as  famosas  CRIANÇAS  ÍNDIGO  e  CRISTAL,  a  exigirem  de  nós,  pais  e  educadores,  muito  amor,  carinho  e  paciência  para   poderem  revelar  todo  o  seu  potencial,  porque  são  seres  especiais  vindos  de  esferas  de  luz,  desacostumados  com  a  escuridão  moral  do  Planeta.   •  4ª)  Por  derradeiro,  a  pergunta  que  os  leitores  podem  estar  se  fazendo:  qual  a  razão  da  vinda  de  Espíritos  alienígenas  para  o  processo  de  moralização  da  Terra,  provenientes  de  Alcíone?   •  Primeiro,  por  não  terem  vínculos  afetivos  com  nenhum  dos  terrícolas,  “não  enfrentariam  impedimentos  interiores  para  os  processos  de  doação,  para  os  reencontros  dolorosos  com   aqueles  que  permanecem  comprometidos  com  o  mal”,  que  têm  interesses  na  manutenção  do  “status  quo”  de  atraso  moral  do  planeta.   •  Segundo,  “por  serem  mais  adiantados  moralmente,  podem  contribuir  com  exemplos  edificantes  capazes  de  silenciar  as  forças  da  perversidade  e  obstaculalizá-­‐las  com  os  recursos   inexcedíveis  do  sacríficio  pessoal,  desde  que  as  suas  não  são  as  aspirações  imediatas  e  interesseiras  do  mundo  das  formas.”   •  O  Espírito  Manoel  Philomeno  de  Miranda  também  narra,  do  ponto  de  vista  material  e  espiritual,  os  acontecimentos  trágicos  relativos  ao  tsunami  ocorrido  no  Oceano  Índico,  que  se   abateu,  em  26/12/2004,  sobre  a  região  de  Sumatra,  na  Indonésia,  ceifando  mais  de  230.000  vidas,  em  14  diferentes  países  daquela  área.   •  Ainda  segundo  Manoel  Miranda,  “vive-­‐se,  na  Terra,  o  momento  da  grande  transição  de  mundo  de  provas  e  expiações,  para  mundo  de  regeneração.  As  alterações  que  se  observam  são  de   natureza  moral,  convidando  o  ser  humano  à  mudança  de  comportamento  para  melhor,  alterando  os  hábitos  viciosos,  a  fim  de  que  se  instalem  os  paradigmas  da  justiça,  do  dever,  da   ordem  e  do  amor.”   •  Apressemo-­‐nos,  portanto,  em  nosso  processo  de  reforma  íntima  e  elevação  espiritual,  a  fim  de  não  sermos  levados  de  roldão  pelo  tsunami  moral  que  ora  se  abate  sobre  o  planeta!  
  47. 47.   Aos  médiuns  cabe  a  grande  tarefa  de  ser  ponte  entre  as  dores  e  as  consolações.  Aos  dialogadores  cabe  a  honrosa   tarefa  de  ser,  cada  um  deles,  psicoterapeutas  de  desencarnados,  contribuindo  para  a  saúde  geral.  Enquanto  os   médiuns  se  entregam  ao  benefício  caridoso  com  os  irmãos  em  agonia,  também  têm  as  suas  dores  diminuídas,  o  seu   fardo  de  provas  amenizados,  as  suas  aflições  contornadas,  porque  o  amor  é  o  grande  mensageiro  da  misericórdia  que   dilui  todos  os  impedimentos  ao  progresso  –  é  o  sol  da  vida,  meus  filhos,  que  dissolve  a  névoa  da  ignorância  e  que   apaga  a  noite  da  impiedade.     Reencarnastes  para  contribuir  em  favor  da  Nova  Era.  As  vossas  existências  não  aconteceram  ao  acaso,  foram   programadas.  Antes  de  mergulhardes  na  neblina  carnal,  lestes  o  programa  que  vos  dizia  respeito  e  o  firmastes,  dando   o  assentimento  para  as  provas  e  as  glórias  estelares.  O  Espiritismo  é  Jesus  que  volta  de  braços  abertos,  descrucificado,   ressurreto  e  vivo,  cantando  a  sinfonia  gloriosa  da  solidariedade.  Dai-­‐vos  as  mãos!     Que  as  diferenças  opinativas  sejam  limadas  e  os  ideais  de  concordância  sejam  praticados.  Que,  quaisquer  pontos  de   objeção  tornem-­‐se  secundários  diante  das  metas  a  alcançar.     Sabemos  das  vossas  dores,  porque  também  passamos  pela  Terra  e  compreendemos  que  a  névoa  da  matéria  empana  o   discernimento  e,  muitas  vezes,  dificulta  a  lógica  necessária  para  a  ação  correta.  Mas  ficais  atentos:  tendes   compromissos  com  Jesus…     Não  é  a  primeira  vez  que  vos  comprometestes  enganando,  enganado-­‐vos.  Mas  esta  é  a  oportunidade  final,  optativa   para  a  glória  da  imortalidade  ou  para  a  anestesia  da  ilusão.  Ser  espírita  é  encontrar  o  tesouro  da  sabedoria.     Reconhecemos  que  na  luta  cotidiana,  na  disputa  social  e  econômica,  financeira  e  humana  do  ganha-­‐pão,  esvai-­‐se  o   entusiasmo,  diminui  a  alegria  do  serviço,  mas  se  permanecerdes  fiéis,  orando  com  as  antenas  direcionadas  ao  Pai   Todo-­‐Amor,  não  vos  faltarão  a  inspiração,  o  apoio,  as  forças  morais  para  vos  defenderdes  das  agressões  do  mal  que   muitas  vezes  vos  alcança.     Tende  coragem,  meus  filhos,  unidos,  porque  somos  os  trabalhadores  da  última  hora,  e  o  nosso  será  o  salário  igual  ao   do  jornaleiro  do  primeiro  momento.     Cantemos  a  alegria  de  servir  e,  ao  sairmos  daqui,  levemos  impresso  no  relicário  da  alma  tudo  aquilo  que  ocorreu  em   nossa  reunião  de  santas  intenções:  as  dores  mais  variadas,  os  rebeldes,  os  ignorantes,  os  aflitos,  os  infelizes,  e  também   a  palavra  gentil  dos  amigos  que  velam  por  todos  nós.     Confiando  em  nosso  Senhor  Jesus  Cristo,  que  nos  delegou  a  honra  de  falar  em  Seu  nome,  e  em  Seu  nome  ensinar,   curar,  levantar  o  ânimo  e  construir  um  mundo  novo,  rogamos  a  Ele,  nosso  divino  Benfeitor,  que  a  todos  nos  abençoe  e   nos  dê  a  Sua  paz.  
  48. 48. Conteúdo   •  encarne  de  espiritos  estacionarios  no  mal  em  outros  planetas  de  menor   evolução   •  -­‐  encarne  de  spiritos  mais  evoluidos  de  Alcione  (constelacao  de  Touro)   •  -­‐  reencarnação  de  espíritos  iluminados  apostolos  da  caridade  no  plano   espiritual  

×