Matéria e suas propriedades - parte 1

911 visualizações

Publicada em

- Matéria
- Propriedades da matéria
- Sistemas
- Classificação dos sistemas
- Alotropia

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
911
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Matéria e suas propriedades - parte 1

  1. 1. Matéria e suas propriedades quimica ´ ´ m)celo mIorim
  2. 2. 1) Matéria materIa a) Conceito b)Tipos de Matéria ´ ´ quimica - m)celo mIorim´
  3. 3. Tudo aquilo que possui massa e ocupa lugar no espaço. a) Matéria quimica - m)celo mIorim´
  4. 4. Matéria - Corpo - Objeto b) Tipos de Matéria quimica - m)celo mIorim´
  5. 5. 2) Propriedades da Matéria Propriedades da materIa a) Propriedades gerais b) Propriedades específicas ´ ´ quimica - m)celo mIorim´
  6. 6. a) Propriedades gerais São aquelas observadas em todos os materiais.  Extensão: Indica o espaço ocupado pelo corpo. É o mesmo que volume.  Impenetrabilidade: Dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço simultaneamente.  Massa: grandeza capaz de oferecer resistência a alteração do seu estado de repouso ou movimento.  Compressibilidade: Capacidade de diminuir seu volume, sob ação de uma força. quimica - m)celo mIorim´
  7. 7. a) Propriedades gerais  Descontinuidade: Toda matéria é descontínua, por mais compacta que pareça.  Elasticidade: É a propriedade que faz a matéria voltar ao seu volume e a forma inicial após cessar a força de compressão ou de tração.  Divisibilidade: A matéria pode ser dividida até seus átomos. quimica - m)celo mIorim´
  8. 8. b) Propriedades específicas i) Organolépticas Cor Brilho Sabor Odor Textura ii) Físicas Dureza Tenacidade Calor específico P.F. e P.E. Densidade quimica - m)celo mIorim´
  9. 9. 3) Sistemas sIstemas a) Conceito b) Classificação quimica - m)celo mIorim´
  10. 10.  Qualquer porção do universo, separada e submetida a estudo e/ou experiência, pode ser considerada um sistema. a) Conceito: quimica - m)celo mIorim´
  11. 11. i. Quanto as trocas com o meio externo ii. Quanto ao aspecto macroscópico iii. Quanto ao aspecto microscópico b) Classificação quimica - m)celo mIorim´
  12. 12. i. Quanto as trocas com o meio externo  Sistema aberto: Troca energia e matéria com o meio externo.  Sistema fechado: Troca energia, mas não troca matéria com o meio externo.  Sistema isolado: Não troca energia nem matéria com o meio externo. quimica - m)celo mIorim´
  13. 13. i. Quanto as trocas com o meio externo quimica - m)celo mIorim´
  14. 14.  Sistema homogêneo: Apresenta um único aspecto visual uniforme.  Sistema heterogêneo: Apresenta mais de um aspecto visual uniforme. Monofásico(unifásico) fase Bifásico Trifásico Tetrafásico Polifásico ii. Quanto ao aspecto macroscópico
  15. 15. Cuidado! quimica - m)celo mIorim´
  16. 16. a) Elemento químico: Conceito: É um conjunto de átomos quimicamente iguais. (Mesmo Z)Representação: Símbolo químico. iii. Quanto ao aspecto microscópico Exemplos: Hidrogênio  H Hélio  He Mercúrio  Hg (Hidrargirium) Obs.: Um átomo do elemento é suficiente para representá-lo. Importante! Enxofre (sulfur)  S Chumbo (plumbum)  Pb
  17. 17. b) Substância pura: Conceito: Material que apresenta composição fixa e constante, com propriedades bem definidas. Exemplos: H2, CO, O3, CH4, H3PO4, Fe, He etc.. Representação: Fórmula química quimica - m)celo mIorim´
  18. 18. b1) Classificação das Substâncias: Substâncias simples: São substâncias puras formadas por átomos de um único elemento químico. Exemplos: H2, O2, O3, etc.. Substâncias compostas: São substâncias puras formadas por átomos de mais de um elemento químico. Exemplos: CH4, H3PO4, etc.. Alotropia
  19. 19. Alotropia Conceito: Fenômeno onde diferentes substâncias simples, são formadas por átomos de um mesmo elemento químico. C O S P Diferenciados pela estrutura cristalina. Diferenciados pela atomicidade. quimica - m)celo mIorim´
  20. 20. Alótropos diferenciados pela estrutura cristalina. 1) Carbono: Diamante: - Estrutura Tetraédrica - Dureza elevada - Não conduz eletricidade - Hibridação sp3 Grafite: Estrutura hexagonal Dureza baixa Conduz eletricidade Hibridação sp2
  21. 21. Grafeno:Buckyball: Nanotubo de carbono: quimica - m)celo mIorim´
  22. 22. 2) Enxofre: Enxofre rômbico (S8) Enxofre monoclínico (S8) Enxofre (α) Enxofre (β) quimica - m)celo mIorim´
  23. 23. Alótropos diferenciados pela atomicidade. 1) Oxigênio: Gás oxigênio (O2): Inodoro, insípido e incolor Gás ozônio(O3): Cheiro forte, bactericida e azul pálido quimica - m)celo mIorim´
  24. 24. 2) Fósforo: Fósforo branco(P4): Branco amarelado, dureza baixa, cheiro de alho (venenoso) Fósforo vermelho (Pn ou (P4)n): Vermelho opaco, dureza elevada, inodoro (não venenoso) quimica - m)celo mIorim´
  25. 25. Propriedades dos Alótropos Propriedades Físicas: Diferentes Propriedades Químicas: Semelhantes, sendo diferenciadas na velocidade das reações e na energia envolvida no processo. quimica - m)celo mIorim´
  26. 26. (08) O fósforo branco e o fósforo vermelho são usados indiferentemente nas telas dos monitores, uma vez que são elementos químicos com as mesmas propriedades. (01) A rocha granítica, abundante na crosta terrestre, contém mica, K2O.3Al2O3.6SiO2.2H2O, uma variedade alotrópica do mineral ortoclásio de fórmula K2O.Al2O3.6SiO2. (02) A estrutura molecular do grafeno é semelhante à do diamante, porque esses materiais são isômeros do carbono. Algumas proposições quimica - m)celo mIorim´
  27. 27. Quando definem moléculas, os livros geralmente apresentam conceitos como: “a menor parte da substância capaz de guardar suas propriedades”. A partir de definições desse tipo, a ideia transmitida ao estudante é a de que o constituinte isolado (moléculas) contém os atributos do todo. É como dizer que uma molécula de água possui densidade, pressão de vapor, tensão superficial, ponto de fusão, ponto de ebulição etc. Tais propriedades pertencem ao conjunto, isto é, manifestam-se nas relações que as moléculas mantêm entre si. Adaptado de OLIVEIRA, R. J. O Mito da Substância. Química Nova na Escola, n°. 1, 1995. quimica - m)celo mIorim´
  28. 28. O texto evidencia a chamada visão substancialista que ainda se encontra presente no ensino da Química. A seguir estão relacionadas algumas afirmativas pertinentes ao assunto. I. O ouro é dourado, pois seus átomos são dourados. II. Uma substância macia não pode ser feita de moléculas rígidas. III. Uma substância pura possui pontos de ebulição e fusão constantes, em virtude das interações entre suas moléculas. IV. A expansão dos objetos com a temperatura ocorre porque os átomos se expandem. quimica - m)celo mIorim´
  29. 29. Dessas afirmativas, estão apoiadas na visão substancialista criticada pelo autor apenas a) I e II. b) III e IV. c) I, II e III. d) I, II e IV. e) II, III e IV. quimica - m)celo mIorim´
  30. 30. c) Misturas: Conceito: São materiais que apresentam uma composição variável e são formados por mais de uma substância pura. Importante! Componente é cada substância pura constituinte de uma mistura. quimica - m)celo mIorim´
  31. 31.  Álcool 96ºG.L.  Aço  Bronze  Ar atmosférico  Latão  Ouro 18 quilates  Pólvora  Salmoura  Soro fisiológico  Formol  Petróleo  G.L.P.  Granito  Vinagre quimica - m)celo mIorim´

×