Edição Eletrônica: L P Baçan                                    Setembro de 2005                         Direitos exclusiv...
SUMÁRIO       Élbea Priscila S. e Silva                                Elisabeth Souza CruzA. A. de Assis                 ...
01                   04   Num momento de euforia,          "Exclua a carne!" – Eis a dieta   cedemos-lhe uma costela.     ...
Maria José A. dos SantosMaria NascimentoMiguel RussowskyNeide Rocha PortugalNelson LuzNenê CarvalhoNewton MeyerOrlando Bri...
37                 40Parece que morre à míngua;      Meu sogro nem "manda brasa",  é frágil como ninguém...      mas, quan...
31                 34    Na vida, irônico jogo       Goteira outra vez? Não brinca!que o bravo bombeiro arrasa     Sobre o...
25                   28    Mulher nova me apetece,        O Criador teve um atocinco ou seis... nunca é demais.   de fina ...
19                  22 Bem no meio do apagão,          No jogo da vida é assim: a velhinha grita: – Oba!        tem encren...
13                  16Do bairro, a mulher mais bela    Eu não entendo por quemora na esquina: a Gioconda.     fica assanha...
07                10  Nova rica, não despista     Vi teus braços... que ventura! a burrice que me espanta:    teu colo... ...
43                 46    Ai, Maria Maricota,        Poupou... viveu como um rato...  que belezas tem você...      e hoje t...
49                  52   Alerta a todo machista:        Na dança, que pantomima...   nova era se avizinha...        deu-se...
55                  58Nem me lembro mais do gosto      Minha prima quer casar,    da tal noite de verão,       mas diz com...
60 trovas de humor   a. a. de assis
60 trovas de humor   a. a. de assis
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

60 trovas de humor a. a. de assis

1.545 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

60 trovas de humor a. a. de assis

  1. 1. Edição Eletrônica: L P Baçan Setembro de 2005 Direitos exclusivos para língua portuguesa: Copyright © 2005 dos Autores Midi: Como dois animais - Alceu Valença Distribuição exclusiva através da Biblioteca Virtual "Cá Estamos Nós". Autorizadas a reprodução e distribuição gratuita desde que sejam preservadas as características originais da obra. "Cá Estamos Nós" - Fundado em 15-07-98 Portal do "Cá Estamos Nós": Somos Produtores e não Repassadores1ª Edição Eletrônica Director: Carlos Leite Ribeiro http://carlosleiteribeiro.portalcen.org a a de assis Organizador
  2. 2. SUMÁRIO Élbea Priscila S. e Silva Elisabeth Souza CruzA. A. de Assis Élton CarvalhoAloísio Alves da Costa Ercy Marques de FariaAmália Max Flávio Roberto StefaniAntônio Carlos Teixeira Pinto Gislaine CanalesAntônio Facci Héron PatrícioAparício Fernandes Istela Marina LimaArlindo Tadeu Hagen Izo GoldmanAugusta Campos J. Dias de MoraisBastos Tigre J. L. LeôncioBelmiro Braga João Freire FilhoCarlos Guimarães João Paulo OuverneyCelina Ferreira Joaquim CarlosCesídio Ambrogi José FabianoClenir Neves Ribeiro José OuverneyColbert Rangel Coelho José Tavares de LimaDomitilla Borges Beltrame Lilinha FernandesDjalma de Andrade Luiz OtávioEdmar Japiassú Maia Magdalena Léa
  3. 3. 01 04 Num momento de euforia, "Exclua a carne!" – Eis a dieta cedemos-lhe uma costela. que o doutor lhe receitou. Fomos cedendo... e hoje em dia Num ano atingiu a meta, quem manda no mundo é ela! mas a mulher o deixou. A. A. de Assis Antônio Carlos Teixeira Pinto 02 05 Era uma vez uma dona Se rompe comigo a amada, que andava a pé, sem ninguém; e o casamento malogra, e tanto pediu carona, corro e desposo a cunhada... que ganhou carro também!... para não trocar de sogra!... Aloísio Alves da Costa Antônio Facci 03 06 Ralhando com seus porquinhos, Se queres viver tranqüilo, a porca, mãe exemplar, sem muita preocupação,vendo-os, assim, bem limpinhos... jamais dependas daquilo – Já pro barro se sujar! que depende do patrão... Amália Max Aparício Fernandes
  4. 4. Maria José A. dos SantosMaria NascimentoMiguel RussowskyNeide Rocha PortugalNelson LuzNenê CarvalhoNewton MeyerOrlando BritoPaulo Emílio PintoPedro OrnellasRenata PaccolaRodolpho AbbudRodrigues CrespoSelma Patti SpinelliSérgio BernardoSérgio Ferreira da SilvaSérgio Ferraz dos SantosThereza Costa ValTherezinha BrisollaTherezinha Zanoni FerreiraWaldir NevesWanda de Paula Mourthé
  5. 5. 37 40Parece que morre à míngua; Meu sogro nem "manda brasa", é frágil como ninguém... mas, quando está de veneta,Mas, quando fala, que língua deixa a "mala velha" em casa e que pulmão que ela tem! e sai com qualquer "maleta"... Luiz Otávio Maria Nascimento 38 41 Em carros, sou exigente... Santa insônia – assim se chama –Conversível? – é aceitável... não é tão santa, vos digo:Desde que traga, é evidente, sempre que vou para a cama,no volante um conversável! ela vem deitar comigo! Magdalena Léa Miguel Russowsky 39 42 Pareces a chaminé O ciumento não aturasoltando a fumaça amarga... um terceiro no seu ninho: Larga o cigarro, Mané, quando compra fechadura, se não a mulher te larga! logo tampa o buraquinho... Maria José A. dos Santos Neide Rocha Portugal
  6. 6. 31 34 Na vida, irônico jogo Goteira outra vez? Não brinca!que o bravo bombeiro arrasa Sobre o quarto... e ele nem nota é não apagar o fogo que toda telha que trincada mulher que tem em casa! tem marcas da mesma bota!... João Paulo Ouverney José Ouverney 32 35 – Zezinho, seja específico "Escolha a pessoa certae me diga o que é molécula... para entregar-se, querida." E ele, com ar científico: Mamãe, quando a fome aperta, – É uma guria "sapécula"... não dá pra escolher comida!... Joaquim Carlos José Tavares de Lima 33 36Caso um dia o homem consiga "Que levas tu na mochila?", a si mesmo conhecer, diz ao corcunda um peralta. duvido que ele então diga E o corcunda: "A alma tranqüila, que teve "muito prazer"... e a educação que te falta" José Fabiano Lilinha Fernandes
  7. 7. 25 28 Mulher nova me apetece, O Criador teve um atocinco ou seis... nunca é demais. de fina ironia e graça: Se mais saúde eu tivesse... quando fez o literato, mentiria muito mais! pôs logo no mundo a traça... Héron Patrício J. Dias de Morais 26 29 Vendo a perua chegar, Fez tanto alarde, mas tanto, pergunta logo a vizinha: quando a mulher o deixou, – Querida, que vai tomar? que a sogra, vendo o seu pranto, – Seu marido, queridinha... ficou com pena... e ficou! Istela Marina Lima J. L. Leôncio 27 30 "Pratos rápidos", dizia, A "boa" sogra, ao fogão, lá no boteco, o cartaz; esquece a lei do retorno... e quando o prato saía E, enquanto doura o leitão, o freguês corria atrás!!! sonha comigo... no forno! Izo Goldman João Freire Filho
  8. 8. 19 22 Bem no meio do apagão, No jogo da vida é assim: a velhinha grita: – Oba! tem encrenca e desacato, Quem sabe na escuridão e, quando ele chega ao fim,sou "vítima" da mão boba! a mãe de alguém paga o pato... Élbea Priscila S. e Silva Ercy Marques de Faria 20 23 Fez lipo, na aspiração Minha toalha de banho de aspirar toda a barriga... encontra a tua, na corda, E foi tanta a aspiração, e no vento é tanto assanho,que a lipo aspirou lombriga! que em pouco tempo uma engorda... Elisabeth Souza Cruz Flávio Roberto Stefani 21 24 Ele enrolava, enrolava, Chaminelar... chaminilo! e a enrolação era tanta, Você lembra o que é que é?que às vezes quando falava É poder fazer aquilosentia um nó na garganta... em cima da chaminé! Élton Carvalho Gislaine Canales
  9. 9. 13 16Do bairro, a mulher mais bela Eu não entendo por quemora na esquina: a Gioconda. fica assanhado o meu gato Rondam tanto a casa dela, todas as vezes que vêque a esquina ficou redonda... o buraquinho do rato... Cesídio Ambrogi Domitilla Borges Beltrame 14 17"Há fantasma", alguém dizia, Tenho medo, faço alarme, "neste beco", e com razão. se ela hoje me sorri. – Era contramão de dia, Aos oitenta anos quer dar-me mas à noite... quanta mão! o que aos vinte lhe pedi... Clenir Neves Ribeiro Djalma de Andrade 15 18Entre nós dois, volta e meia, Ao noivo mergulhador, ao amor fazendo jus, cuja vida é o mar profundo, muita coisa se clareia diz, sufocada de amor:quando a gente apaga a luz... Meu bem, respira e... vai fundo! Colbert Rangel Coelho Edmar Japiassú Maia
  10. 10. 07 10 Nova rica, não despista Vi teus braços... que ventura! a burrice que me espanta: teu colo... as pernas... que gosto! diz que, sendo ecologista, Agora, tira a pintura,só compra casa na "planta"! que eu quero ver o teu rosto! Arlindo Tadeu Hagen Belmiro Braga 08 11A mulher tem, geralmente, Vê, Maria Antonieta, três idades, a saber: o mal que você me fez:a verdadeira, a aparente... – tenho perdida a cabeça, e a que costuma dizer! tal qual Luís XVI... Augusta Campos Carlos Guimarães 09 12 Idéias tristes da vida, Se no céu Jesus faz arte,eu as esqueço e abandono: diz-lhe a Virgem, docemente: de dia – por muita lida; – Olha que eu mando levar-tede noite – por muito sono! para o mundo novamente! Bastos Tigre Celina Ferreira
  11. 11. 43 46 Ai, Maria Maricota, Poupou... viveu como um rato... que belezas tem você... e hoje tem a burra cheia.Quem vai na frente não nota, – Foi andando sem sapato quem vai atrás é que vê! que ele fez o pé-de-meia... Nelson Luz Orlando Brito 44 47 Isto acontece amiúde Quer sejam feias ou belas, na vida de muita gente: das mulheres fujo sim: bebendo muito "à saúde", das feias, de medo delas; ficar em breve doente... das belas, medo de mim! Nenê Carvalho Paulo Emílio Pinto 45 48 Deixei cair meu salário... Explica a cara quebradachega um fiscal e me autua; no hospital, enquanto espera:mas não por ser perdulário, – Eu só disse ao camarada: – por jogar lixo na rua!... "Se for homem, bate!" E era... Newton Meyer Pedro Ornellas
  12. 12. 49 52 Alerta a todo machista: Na dança, que pantomima... nova era se avizinha... deu-se o maior esculacho: Será uma grande conquista a moça era "tudo em cima", ver os homens na cozinha! mas não tinha nada embaixo! Renata Paccola Selma Patti Spinelli 50 53 Se nas revistas reparas, Foram tantos namoradosverás que é questão de gosto: com mãos lascivas demais, alguns preferem ver Caras, que hoje ela é um banco de dados outros preferem o oposto... só de impressões digitais! Rodolpho Abbud Sérgio Bernardo 51 54 Originário de um surto – "Que fome, mãe! Tem comida?" de inspiração impudica, "Temos sopa de letrinhas..." o plágio é o único furto Grita a filha mais sabida:que o próprio ladrão publica... – "As maiúsculas são minhas!" Rodrigues Crespo Sérgio Ferreira da Silva
  13. 13. 55 58Nem me lembro mais do gosto Minha prima quer casar, da tal noite de verão, mas diz com certo sentido: e até hoje pago o imposto – Só me caso se encontrar que ela chama de pensão... um órfão para marido... Sérgio Ferraz dos Santos Therezinha Zanoni Ferreira 56 59 Certa mocinha atrevida, Ao ler na fábrica o aviso com seus namoros no mato, dizendo "VAGAS NÃO Á", sempre aparece mordida comenta alguém num sorriso: por "dentes" de carrapato... – "Nem para o emprego do H"... Thereza Costa Val Waldir Neves 57 60 Quando a vida se distrai, Que lua-de-mel aquela! ou dá tudo, ou tudo nega: Faltou luz, foi um sufoco: Rico... pega o carro e sai; a noiva queria vela, pobre sai... e o carro pega! o noivo só tinha um toco... Therezinha Brisolla Wanda de Paula Mourthé

×