Métodos:
Grafos Sociais
Cartografia Social
Mapeamento de rede
Marcela Canavarro
Doutoranda em Mídias Digitais (FEUP/UP)
Objeto de estudo
Objetivos Gerais
• Identificar caracteristicas gerais comuns á
diferentes iniciativas de midia independenté
• Analisar o...
Objetivos específicos
• Colaborar para a proposição de um metodo dé
mapeamento de redes de midia independenté
• Mapear a...
Método 1: Grafos Sociais
Grafos Sociais:
• Passo 1:
coleta de dados de
Facebook, Twitter e
Blogs
▫ Ferramentas:
 Netvizz
 SocialEcho
 API de str...
Grafos Sociais:
• Passo 2:
Visualização de dados
coletados no passo 1
▫ Ferramentas:
 Gephi
 sigma.js
 D3.js
Grafos Sociais:
• Passo 3:
Análise dos grafos sociais do ponto de
vista das redes (Teoria das Redes)
▫ Organizar
▫ Categor...
Visualizações Dinâmicas
• Passo 4:
Gerar visualizações
dinâmicas e interativas
▫ Análise cronológica
▫ Análise da evolução...
Visualizações Dinâmicas
Projetos - referência:
• SAPO Labs/U.Porto -
http://labs.sapo.pt/2010/10/projeto-reaction
• Labic/UFES - http://www.labic....
Método 2: Pesquisa Qualitativa
• Análise dos nós
principais da rede
▫ Questionários
▫ Entrevistas
▫ Análise de comunicação...
Método 3: Cartografia
• Base teórica:
“Introdução: Rizoma”
Em: Mil Platôs, de Deleuze e Guattari (1995)
▫ “Pesquisa-interv...
Método da Cartografia
▫ É a partir desta "pesquisa- intervencao" que sȩ ̃
"potencializa saberes ate entao excluidos",́ ̃ ...
Método da Cartografia
Rizoma
• Modelo da raíz
fasciculada
• Conexão e
heterogeneidade:
qualquer ponto se
conecta a qualque...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Proposta preliminar de metodologia: Mapeamento da Mídia Independente no Rio de Janeiro

415 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado na disciplina de metodologia da pesquisa: Primeira versão da metodologia do projeto de Marcela Canavarro, no âmbito do Doutoramento em Mídias Digitais, na Universidade do Porto.

O projeto teve início em março de 2014 e deve seguir até julho de 2017.

Para acompanhar o andamento da pesquisa, acesse: http://novamidiario.wordpress.com

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
415
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proposta preliminar de metodologia: Mapeamento da Mídia Independente no Rio de Janeiro

  1. 1. Métodos: Grafos Sociais Cartografia Social Mapeamento de rede Marcela Canavarro Doutoranda em Mídias Digitais (FEUP/UP)
  2. 2. Objeto de estudo
  3. 3. Objetivos Gerais • Identificar caracteristicas gerais comuns á diferentes iniciativas de midia independenté • Analisar o cenario de midia independente, á ́ partir do metodo das Cartografias e do campó teorico da Economia Política da Comunicaçãó • Produzir visualizacoeş ̃ de dados e cartografias sobre o tema
  4. 4. Objetivos específicos • Colaborar para a proposição de um metodo dé mapeamento de redes de midia independenté • Mapear as conexoes em rede entre diferentes veiculos dẽ ́ midia independente e visualiza-las graficamenté ́ • Mapear a evolução da rede de canais de mídia independente e analisar a partir do campo da Economia Política da Comunicação • Analisar qualitativamente os nós principais da rede • Mapear referências sobre a percepção da audiência
  5. 5. Método 1: Grafos Sociais
  6. 6. Grafos Sociais: • Passo 1: coleta de dados de Facebook, Twitter e Blogs ▫ Ferramentas:  Netvizz  SocialEcho  API de streaming do Twitter
  7. 7. Grafos Sociais: • Passo 2: Visualização de dados coletados no passo 1 ▫ Ferramentas:  Gephi  sigma.js  D3.js
  8. 8. Grafos Sociais: • Passo 3: Análise dos grafos sociais do ponto de vista das redes (Teoria das Redes) ▫ Organizar ▫ Categorizar ▫ Identificar nós principais
  9. 9. Visualizações Dinâmicas • Passo 4: Gerar visualizações dinâmicas e interativas ▫ Análise cronológica ▫ Análise da evolução da rede (rupturas, cooperações, conflitos) ▫ Análise de grande quantidade de dados
  10. 10. Visualizações Dinâmicas
  11. 11. Projetos - referência: • SAPO Labs/U.Porto - http://labs.sapo.pt/2010/10/projeto-reaction • Labic/UFES - http://www.labic.net/cartografias • MediaLab/UFRJ - http://medialabufrj.net/blog
  12. 12. Método 2: Pesquisa Qualitativa • Análise dos nós principais da rede ▫ Questionários ▫ Entrevistas ▫ Análise de comunicação interna ▫ Análise semântica de publicações
  13. 13. Método 3: Cartografia • Base teórica: “Introdução: Rizoma” Em: Mil Platôs, de Deleuze e Guattari (1995) ▫ “Pesquisa-intervenção”: "A cartografia e um metodo de investigacao que nao buscá ́ ̧ ̃ ̃ desvelar o que ja estaria dado como natureza ou realidadé preexistente. Partimos do pressuposto de que o ato de conhecer e criador de realidade, o que coloca em questaó ̃ o paradigma da representacao. (...) Ha uma dimensao da̧ ̃ ́ ̃ realidade em que ela se apresenta como processo de criacao, como̧ ̃ poiesis, o que faz com que, em um mesmo movimento, conhece-la seja participar de seu processo dê construcao"̧ ̃
  14. 14. Método da Cartografia ▫ É a partir desta "pesquisa- intervencao" que sȩ ̃ "potencializa saberes ate entao excluidos",́ ̃ ́ acessando e, ao mesmo tempo, construindo "um plano comum entre pesquisadores e pesquisados"
  15. 15. Método da Cartografia Rizoma • Modelo da raíz fasciculada • Conexão e heterogeneidade: qualquer ponto se conecta a qualquer outro • Multiplicidade • Ruptura a-significante • Não-hierárquico Árvore • Modelo da raíz central gerativa • Genealogia • Bifurcações • Filiações a partir de um ponto central • Hierárquico versus

×