Motivação e Sucesso no Marketing Multinível

2.714 visualizações

Publicada em

Motivação e Sucesso no Marketing Multinível. O caminho para crescer e ter sucesso financeiro.

Publicada em: Marketing
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.714
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motivação e Sucesso no Marketing Multinível

  1. 1. MOTIVAÇÃO E SUCESSO ORIENTAÇÕES MOTIVACIONAIS MANOEL MIGUEL – Escritor, Palestrante, Coach em Saúde e Estilo de Vida www.vivermaiscomsaudeefelicidade.com
  2. 2. MOTIV - AÇÃO • Motivo para a ação; • Emoções que impulsionam as pessoas; • Influenciam seu jeito de ver os fatos.
  3. 3. DEFININDO MOTIVAÇÃO • Processo responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços de uma pessoa para o alcance de uma determinada meta; • Intensidade: O quanto de esforço a pessoa dispende; • Direção: De encontro aos objetivos organizacionais, tanto da matriz, quanto do distribuidor enquanto organização; • Persistência: Quanto tempo uma pessoa consegue manter seu esforço.
  4. 4. O QUE É ESTAR MOTIVADO? • Estar bem espiritualmente • Estar em paz consigo mesmo • Estar em paz com a família • Acreditar que é possível • Pensar positivo • Agir com clareza e objetivo • Ser persistente • Ler e assistir conteúdos motivacionais
  5. 5. ONDE VOCÊ QUER CHEGAR? Buscar a excelência Ser extraordinário Fazer o básico • O QUE VOCÊ PRECISA FAZER PARA ALCANÇAR SEUS OBJETIVOS? • O QUE ESTÁ SENDO FEITO? • COMO DEVE SER FEITO? • QUANDO DEVE COMEÇAR SEU PROJETO? • QUAIS SÃO OS PASSOS A SEREM SEGUIDOS? • QUEM É O RESPONSÁVEL PELO SEU PROJETO? • QUAIS SÃO AS PESSOAS ENVOLVIDAS? • O QUE PRETENDE FAZER QUANDO CONQUISTAR SUAS METAS?
  6. 6. MOTIVAÇÃO = ENTUSIASMO UMA QUESTÃO DE ENTUSIASMO Que tal ter um Deus dentro de você? A palavra “entusiasmo” vem do grego e significa: “ter um Deus dentro de si.” Os gregos eram politeístas (acreditavam em vários deuses). A pessoa entusiasmada era aquela que acreditava em um desses deuses e, com isso, conseguiriam mover o mundo e fazer as coisas acontecerem. Assim, se a pessoa fosse entusiasmada por Ceres (deus da agricultura), a pessoa conseguiria fazer uma boa colheita. Segundo os gregos, somente pessoas entusiasmadas eram capazes de vencer os desafios do cotidiano. Era preciso entusiasmar- se. • Em sua obra, Aristóteles questiona qual seria o bem, cuja procura é a motivação fundamental do comportamento humano. • Ele revela, então, que existe uma verdadeira unanimidade: É a FELICIDADE!! • E que viver bem e ser bem sucedido é o mesmo que ser feliz para a maioria das pessoas.
  7. 7. MOTIVAÇÃO: PSICOLOGIA HUMANISTA “o que uma pessoa quer ser, ela consegue ser.” Abraham Maslow
  8. 8. MOTIVAÇÃO: TEORIA DE MASLOW • Abraham H. Maslow: Segundo Maslow, New York (1908-1970), dentro de todo ser humano existe uma hierarquia de necessidades: 1- As necessidades de “carência”, que devem ser satisfeitas para que os indivíduos se sintam saudáveis e seguros. 2- As necessidades de “crescimento”, que estão relacionadas ao desenvolvimento e à realização do potencial de cada pessoa. “À media que cada uma dessas necessidades é substancialmente satisfeita, a necessidade imediatamente superior se torna dominante.”
  9. 9. HIERARQUIA DAS NECESSIDADES DE MASLOW: apresentou uma teoria da motivação, a qual as necessidades humanas estão organizadas e dispostas em uma hierarquia de importância e de influencia. 5- Necessidades de autorrealização 4- Necessidades de estima 3- Necessidades sociais 2- Necessidades de segurança 1- Necessidades fisiológicas
  10. 10. MOTIVAÇÃO: HIERARQUIA DAS NECESSIDADES DE MASLOW A TEORIA DA HIERARQUIA DAS NECESSIDADES DE MASLOW SE FUNDAMENTA NOS SEGUINTES ASPECTOS: • Um nível mais elevado só surge no comportamento de um indivíduo quando o nível mais baixo estiver satisfeito; • Nem todo indivíduo consegue chegar ao topo da pirâmide de necessidades; • Quando as necessidades mais baixas não estiverem satisfeitas o indivíduo não consegue avançar para a próxima necessidade; • Cada pessoa sempre possui mais de uma motivação; • A possibilidade de frustação de certas necessidades passa a ser uma ameaça psicológica para a realização dos sonhos e conquistas de cada indivíduo.
  11. 11. MOTIVAÇÃO: TEORIA DOS DOIS FATORES Frederick Herzberg, desenvolveu a Teoria dos Dois Fatores que interferem na satisfação e sucesso do ser humano e a publicou em seu livro “The Motivation to Work” ou A Motivação para Trabalhar”. Após ouvir várias pessoas da área industrial de Pittsburgh, chegou à conclusão que os fatores que interferem na satisfação e sucesso das pessoas são divididos em dois: Motivacionais (os que agradam) e Higiênicos (os que desagradam). Fatores Higiênicos: Necessários para evitar que a pessoa fique insatisfeita. Exemplo: Benefícios, Qualidade do Produto, Ótimos Ganhos, Clima Organizacional, Oportunidades de Crescimento, etc. A ausência desses fatores desmotiva, mas a presença deles não é garantia de motivação. São insatisfacientes, extrínsecos e ambientais. Fatores Motivacionais: Referem-se ao conteúdo do cargo, às tarefas e às atividades relacionadas com o cargo em si. Incluem liberdade de decidir como executar o trabalho, uso pleno de habilidades pessoais, responsabilidade total pelo trabalho, definição de metas e objetivos relacionados ao trabalho e autoavaliação de desempenho. São chamados fatores satisfacientes. A presença produz motivação, enquanto a ausência não produz satisfação. Também chamados de intrínsecos.
  12. 12. FREDERICK HERZBERG – TEORIA DOS DOIS FATORES Fatores que levam à insatisfação Fatores que levam à satisfação Política da Empresa Crescimento Condições do ambiente de Trabalho Desenvolvimento Relacionamento com outros funcionários Responsabilidade Segurança Reconhecimento Salário Realização
  13. 13. MOTIVAÇÃO: TEORIAS DA MOTIVAÇÃO X E Y (MC GREGOR) MC GREGOR em seus estudos do comportamento humano, desenvolveu duas teorias, sendo a primeira bastante negativa e a segunda muito positiva. Ele chegou a essas teorias depois de analisar cuidadosamente a maneira como os administradores, chefes, supervisores e patrões lidavam com seus funcionários. Segundo ele, os superiores tratavam os seus subordinados de acordo com o grau de subordinação que estes demandavam e seus hábitos estariam diretamente relacionados as demandas das pessoas que estavam abaixo deles.
  14. 14. MOTIVAÇÃO: TEORIA DA MOTIVAÇÃO X (MC GREGOR) • As pessoas não gostam de trabalhar por natureza e tentarão evitar o trabalho sempre que possível. (possivelmente encontrarão desculpas para não trabalhar); • Precisam ser coagidos, controlados ou ameaçados de punição para que atinjam as metas; • As pessoas evitam responsabilidades e buscam orientação formal sempre que possível; • A maioria das pessoas coloca a segurança acima de todos os fatores associados ao trabalho e mostram pouca ou nenhuma ambição. Obs.: Como o Distribuidor Autorizado é seu próprio patrão, essa briga é interna, com ele mesmo. Cabe a ele fazer uma autoavaliação.
  15. 15. MOTIVAÇÃO: TEORIA DA MOTIVAÇÃO Y (MC GREGOR) • As pessoas podem achar o trabalho como algo tão natural quanto descansar ou se divertir; • As pessoas demonstram auto-orientação e autocontrole quando estão comprometidas com as metas ou objetivos; • A pessoa mediana é capaz de aprender, aceitar e até a buscar a responsabilidade pessoal e da equipe. Não espera pelo seu superior; • A capacidade de tomar decisões inovadoras está presente na pessoa e não é privilégio de quem está em posições hierárquicas superiores; Obs.: Para motivar pessoas com essas qualidades é importante o processo decisório participativo, tarefas desafiadoras e de muita responsabilidade, além de um bom relacionamento com o grupo.
  16. 16. VOCÊ CONHECE ALGUÉM QUE PRATICA A TEORIA DA MOTIVAÇÃO Y DE MAC GREGOR?
  17. 17. MOTIVAÇÃO: TEORIA DE HENRY MURRAY • Teoria das necessidades manifestas. Henry Murray define as necessidades como, dotadas de dois componentes: Direção e Intensidade. • Identificou mais de 20 necessidades que os indivíduos podem possuir, como, entre outras: realização, afiliação, autonomia e poder. • Longe de serem herdadas, essas necessidades, segundo Murray, eram aprendidas. Rejeitando uma hierarquia entre elas. “Ele afirmou que múltiplas necessidades motivam simultaneamente o comportamento.”
  18. 18. MOTIVAÇÃO: OUTRAS TEORIAS • Teoria ERC • Teoria dos Dois Fatores – Higiene de Herzberg • Teoria da Fixação de Objetivos - Metas • Teoria do Reforço • Teoria da Equidade • Teoria da Expectativa • Teoria da Motivação para Realização • Teoria da Temporariedade
  19. 19. TEORIA DA FIXAÇÃO DE OBJETIVOS - METAS • Lutar por um objetivo é a maior fonte de motivação no trabalho; • Um objetivo diz ao indivíduo o que precisa ser feito e quanto de esforço terá que dispender no seu alcance; • Objetivos específicos melhoram o desempenho. Objetivos mais difíceis, quando aceitos, melhoram muito mais o desempenho do que os mais fáceis. O feedback também conduz a melhores desempenhos; • As pessoas tendem a resistir (não aceitar) quando o objetivo é difícil. Mas quando participam da sua fixação, existe maior probabilidade delas aceitarem um objetivo difícil. • Autoeficácia se refere à convicção individual de que se é capaz de realizar uma determinada tarefa. A confiança na obtenção de resultado é maior. Responde melhor ao feedback negativo com determinação e motivação.
  20. 20. HIPÓTESES SOBRE A MOTIVAÇÃO HUMANA
  21. 21. QUAL É O SEU OBJETIVO? ONDE QUER CHEGAR? EXEMPLO DO GENERAL CORTEZ. Quando ele foi conquistar o México, logo após o desembarque em terra firme, incendiou todas as caravelas e disse: “quando você está com um pé em um lugar, mas pensando em dois ou três outros, você não vai para lugar nenhum!
  22. 22. PLANTE PESSOAS – COLHA RESULTADOS você Filho Neto Neto Filho Neto
  23. 23. VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA LIDAR COM PESSOAS?
  24. 24. É FÁCIL FORMAR UMA REDE? • É fácil encontrar pessoas de qualidade para formar sua rede de marketing multinível? • Qual é a dificuldade que você tem encontrado? • Compartilhe sua experiência com os demais distribuidores; • Sugira alternativas reais de trabalho em equipe, se as tiver. Lembre-se: Tem muita gente atuando como Distribuidor Autorizado no Brasil inteiro. Muitos deles com bastante sucesso. Possivelmente você conhece alguns.
  25. 25. INVISTA EM VOCÊ E NA SUA REDE
  26. 26. MOTIVAÇÃO: UMA HISTÓRIA REAL Um homem investe tudo o que tem numa pequena oficina. Trabalha dia e noite, inclusive dormindo na própria oficina. Para poder continuar com o negócio empenha as joias da própria esposa. Quando apresentou seu trabalho a uma grande empresa. Não se interessaram pelo seu projeto, dizendo que não atendia ao padrão de qualidade exigido. O homem desiste? Não!!! Volta à escola por mais dois anos. É vítima de “bullying” ou gozação mesmo, por todos na escola, dos colegas e até dos professores, que os chamavam de “visionário”. O homem ficou chateado? Não!!! Passados os dois anos, a empresa que havia rejeitado seu projeto finalmente fecha contrato com ele. Durante a guerra, sua empresa sofre ataque aéreo e é bombardeada duas vezes. O homem se desespera ou desiste? Não!!! continua...
  27. 27. MOTIVAÇÃO: UMA HISTÓRIA REAL Reconstrói sua fábrica, mas um terremoto a destrói completamente. Seria a gota d’agua para esse homem desistir? Não!!! Imediatamente após a guerra, ocorre uma escassez terrível de gasolina e esse homem não consegue sair de carro nem para comprar comida para sua família. Ele entra em pânico e desiste? Não!!! Criativo, ele adapta um pequeno motor à sua bicicleta e sai às ruas. Os vizinhos ficam maravilhados com seu invento e todos querem que ele fabrique para eles as famosas “bicicletas motorizadas”. A demanda é tão grande que ele acaba ficando sem matéria-prima. Decide então montar uma fábrica para essa nova invenção. Como não tem capital, resolve pedir ajuda para mais de quinze mil lojas espalhadas pelo país. Como a ideia era boa, conseguiu suporte de mais ou menos cinco mil lojas, que lhe adiantaram o capital necessário para a fábrica. Continua...
  28. 28. MOTIVAÇÃO: UMA HISTÓRIA REAL Encurtando a história: A Honda Corporation é atualmente um dos maiores impérios da indústria automobilística japonesa, conhecida e respeitada no mundo inteiro. Se você não possui uma motocicleta Honda, certamente já foi, pelo menos, beneficiado pelo trabalho de algumas delas, que entregam pizza, gás, água, correspondências e muito mais, na porta da sua casa, da sua empresa ou da empresa para a qual você trabalha. Tudo isso porque o Sr. Soichiro Honda, seu fundador, não se deixou abater pelos terríveis obstáculos que encontrou pela frente. Portanto, se você adquiriu o mau hábito de sair reclamando de tudo, esse é um momento para você refletir e parar com isso! O que sabemos é uma gota d’agua. O que não sabemos é um oceano Lembre-se. Nosso dia não termina ao anoitecer. Temos a oportunidade de fazermos demonstrações à noite e ainda recomeçar tudo de novo ao amanhecer. Não se desanime. Vamos começar um novo dia como se estivéssemos descobrindo um mundo novo. Continua...
  29. 29. MOTIVAÇÃO: UMA HISTÓRIA REAL SOICHIRO HONDA NASCIMENTO: 17/11/1906 FALECIMENTO: 05/08/1991 TOKIO - JAPÃO
  30. 30. OBRIGADO!!! QUE BOM QUE VOCÊ VEIO! AGORA ESTAMOS MELHORES... QUE A SUA COLHEITA NO CAMPO SEJA MAGNÍFICA... POIS VOCÊ DESCOBRIU O QUE FALTAVA PARA O SUCESSO.

×