OUC Centro Niterói by Wagner Morgan 2013

571 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
571
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

OUC Centro Niterói by Wagner Morgan 2013

  1. 1. OPERAÇÕES URBANAS Instrumento do “ Estatuto da Cidade” Propostas a serem elaboradas depois de um diagnóstico verdadeiramente correto . Necessidade de um “Planejamento Estratégico Situacional” , o “PES”.
  2. 2. Definiram uma área urbana que abrange o centro da cidade e o Bairro de Fátima . Cabe lembrar que os Bairros de São Domingos, Gragoatá e Ingá, bem como o Bairro de São Lourenço ,possuem edificações de interesse histórico e bens patrimoniáveis, inclusive já tombados.
  3. 3. NESTA ÁREA EXISTEM EDIFICAÇÕES QUE MERECEM SER PRESERVADAS PARA SE TER A MEMÓRIA DO PATRIMONIO HISTÓRICO EDFICADO EM VÁRIAS ÉOCAS DA CIDADE NA ÁREA CENTRAL , ENT PRAÇA DO RINK E AAV.FELICIANO SODRÉ , -EXISTEM EDIFICAÇÕES D INTERESSE HISTÓRICO. HÁ OUTRAS EDIFICAÇÕE PADRÕES DE GABARITO ALTO,CONTRASTANDO C “CENÁRIO URBANO” TRADICIONAL. ESTA ÁREA JÁ FOI DISCUTIDA NO GOVENO PASSADO PARA SE FAZER A OPERAÇÃO URBANA- “ O TRIANGULO DAS BERMUDAS,’ ASSIM APELIDADO ESTES SITIOS HISTÓRICOS DEVERIAM DEVEM SER ESTUDADOS DE FORMA MAIS DETALHADA NAS AÇÕES DAS OPERAÇÕES URBANAS A PERMISSIVIDADE CONSTRUTIVA DEVERÁ S BEM AVALIADA PARA SE MAIS MUTILAÇÕES NA F URBANA DA CIDADE.
  4. 4. ESTA ÁREA DELIMITADA DEVE SER AVALIADA NA LEGISLAÇÃO EXISTENTE QUE DEFINE PROTEÇÃO DE PATRIMONIO HISTÓRICO EDIFICADO.-PORTUGAL PEQUENO E VILA PEREIRA CARNEIRO. A RODOVIÁRIA E O COLÉGIO ESTADUAL, em azul, SÃO MARCOS DA ARQUITETURA MODERNA NOS ANOS DE 1940 E 1950 ..
  5. 5. SERÁ DEMOLIDO O QUE EXISTE? SERÁ CONSTRUIDO O PROJETO DA NOVA RODOVIÁRIA DO ARQUITETO CENTENÁRIO ? ?
  6. 6. ESTA ÁREA MERECE UM ESTUDO DETALHADO DE AVALIAÇÃO DO ENTORNO DAS EDIDFICAÇÕES TOMBADAS COMO PATRIMÔNIO HISTÓRICO – EXPREFEITURA-PALÁCIO ARARIBOIA- , BIBLIOTECA, CÂMARA MUNICIPAL, EDIFÌCIO DA JUSTIÇA,COLÉGIO NO MORRO, IGREJA NS DA CONCEIÇÃO, ETC. É NECESSÁRIO UM ESTUDO DE AVALIAÇÃO DE PADRÕES DE GABARITOS COMPATÍVEIS COM A MORFOLOGIA URBANA DO LUGAR.
  7. 7. ACREDITO QUE A DEFINIÇÃO DESSA ÁREA COMO ÁREA DE “OPERAÇÃO URBANA” DEVE SER TRATADA COM A ELABORAÇÃO DE UM DIAGNÓSTICO CORRETO E DETALHADO DOS ESPAÇOS URBANOS . O CADASTRO TERRITORIAL MULTIFINALITÁRIO DEVERÁ ESTAR EM PROCESSO DE ELABORAÇÃO E SUBSIDIAR O PROJETO DAS OPERAÇÕES URBANAS
  8. 8. A ÁREA CENTRAL TRADICIONAL, DEFINIDA PELO QUADRILATERO ENTRE A ANTIGA RUA DA PRAIA E A AV MARQUÊS DO PARANÁ , COMPLEMENTADA PELA AV FELICIANO SODRÉ , RUA DA CONCEIÇÃO E PELA RUA DR. PAULO ALVES , DEVERÁ SER OBJETO DE PREOCUPAÇÃO NO ESTUDO DE MORFOLOGIA URBANA , EVITANDO-SE A DESORDEM ESPACIAL E VOLUMÉTRICA. A AUSÊNCIA DE ANÁLISE CORRETA, PROVOCADA POR VERTICALIZAÇÕES DAS EDIFICAÇÕES, MUTILARÁ MAIS AINDA O CENÁRIO URBANO .
  9. 9. ESTA AREA DELIMITADA EM VERMELHO ,DEFINIDA PELO QUADRILATERO NO ENTORNO DO ATUAL CORREIO E O ENTORNO DA ANTIGA PREFEITURA- PALÁCIO ARARIBÓIA- NECESSITA DE PRESERVAÇÃO DA PAISAGEM URBANA. O BAIRRO DE FÁTIMA ,DEVERÃ TER ESTUDOS E ANÁLISES ESPACIAIS MAIS DETALHADAS NO QUE SE REFERE À PRESERVAÇÃO HISTÓRICA DO SÍTIO URBANO, DANDO-SE MAIOR ATENÇÃO AO-PARQUE DAS AGUAS. ESTE CENÁRIO URBANO DEVE SER OBJETO DE VALORIZAÇÃO DOS MONUMENTOS HISTÓRICOS CORREIOS , PALACIO ARARIBÓIA, ETC..
  10. 10. O BAIRRO DO INGÁ DEVERIA CONSTAR DOS LIMITES DESSA OPERAÇÃO URBANA, POSSUINDO ESTUDOS E ANÁLISES ESPACIAIS DETALHADAS QUE REQUALIFIQUEM,MORFOLOGICAMENTE ,O SITIO URBANO. É NECESSÁRIO INCLUIR OS DOIS MONUMENTOS NATURAIS - A PEDRA DA ITAPUCA E A PEDRA DO INDIO- NOS ESTUDOS DE VALORIZAÇÃO DO ENTORNO DO PATRIMONIO EXISTENTE. BAIRRO DO INGÁ
  11. 11. OS DOIS CANPUS DA UFF,PRAIA DO GRAGOATÁ E PRAIA VERMELHA, ESTÃO OCUPADOS COM EDIFICAÇÕES DE 5 A 6 PAVIMENTOS. TRATA-SE DE GABARITOS QUE CONTRASTAM COM A ESPACIALIDADE HISTÓRICO ARQUITETÔNICA DOS BAIRROS DE SÃO DOMINGOS ,GRAGOATÁ E INGÁ. ESSA AGRESSÃO DO PROJETO DA UFF, DA DÉCADA DE 1970 ,SE CONSOLIDA AGORA NO INICIO DA DÉCADA DE 2010. São trinta anos de mutilações TRATA-SE DE UMA ARQUITETURA MODERNISTA E RACONALISTA , ULTRAPASSADA, QUE A CIDADE PASSA A TER DE FORMA AUTORITÁRIA PELA INSTITUIÇÃO FEDERAL . È UM PROJETO DA ÉPOCA DO GOVERNO DE EXCEÇÃO.
  12. 12. A DESTRUIÇÃO DA VEGETAÇÃO DO “ MORRO DO GRAGOATÁ”, ´PROMOVIDA PELA UINIVERSIDADE, E O CORTE FEITO NESSE MESMO MORRO, PARA DAR ACESSO AO CAMPUS DO GRAGOATÁ- AO LADO DO CHALÉ DA ESCOLA DE ARQUITETURA FOI UMA DAS AGRESSÕES COMETIDAS NA PAISAGEM DO BAIRRO DE SÃO DOMINGOS. Foi mais uma das mutilações . TRATA-SE DE UMA INTERVENÇÃO CASUÍSTICA DE EFICIÊNCIA DUVIDOSA DE UMA ENGENHARIA DESCONECTADA COM AS AÇÕES DA CIDADE, NAQUELE MOMENTO HISTÓRICO. TORNA-SE NECESSÁRIO RECUPERAR A MATA DO MORRO QUE ALI EXISTIA.
  13. 13. ÁREA DESMATADA PELA UFF NAS DÉCADAS DE 1970 E 1980 RESTANTE DE ÁREA VERDE NOS MORROS DESSES BAIRROS HISTÓRICOS
  14. 14. Atenção aos Slides anteriores. • O restante de áreas verdes dos morros que ainda sobreviveram na história da ocupação, nesses bairros históricos,precisa ser preservado . • A verticalização nas ruas adjacentes a estes morros provocara sombras que poderão danificar o que resta de área verde. • Essa situação já está acontecendo na rua Andrade Neves.
  15. 15. É NECESSÁRIO QUE SE FAÇA UM ESTUDO E ANÁLISE DO ESPAÇO URBANO UTILIZANDO-SE AS TÉCNICAS DE PLANEJAMENTO ESTRATRÉGICO SITUACIONAL ONDE AS INVESTIGAÇÕES DE CAMPO, BEM COMO OS LEVANTAMENTOS FISICOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA URBANA SEJAM ELABORADOS COM QUALIDADE TÉCNICA E COM COMPETÊNCIA PROFISSIONAL. PARA DIAGNÓSTICO DESSAS ÁREAS DEVEM SER IDENTIFICADOS OS PROBLEMAS COM SUAS CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS . AS SOLUÇÕES ALTERNATVAS DEVEM SER DEFNIDAS DE FORMA PARTICIPATIVA, CUMPRINDO AS EXIGÊNCIAS DO ESTATUTO DA CIDADE E RESPEITANDO O PLANO DIRETOR .

×