Estudo dirigido

8.059 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.059
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
140
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo dirigido

  1. 1. 1. Descreva a estrutura da membrana biológica das células.Seus componentes mais abundantes são fosfolipídios, colesterol e proteínas.Por isso dizem que as membranas plasmáticas têm constituição lipoprotéica. Adisposição das moléculas na membrana plasmática foi elucidadarecentemente, sendo que os lipídios formam uma camada dupla e contínua, nomeio da qual se encaixam moléculas de proteína. A dupla camada defosfolipídios é fluida, de consistência oleosa, e as proteínas mudam de posiçãocontinuamente, como se fossem peças de um mosaico. Esse modelo foisugerido por dois pesquisadores, Singer e Nicholson, e recebeu o nome deModelo Mosaico Fluido. Os fosfolipídios têm a função de manter a estrutura damembrana e as proteínas têm diversas funções. As membranas plasmáticas deum eucariócitos contêm quantidades particularmente grande de colesterol. Asmoléculas de colesterol aumentam as propriedades da barreira da bicamadalipídica e devido a seus rígidos anéis planos de esteróides diminuem amobilidade e torna a bicamada lipídica menos fluida.2. Quais são os compartimentos do corpo humano e o que contém cada um?Compartimento de líquidos corporais: os líquidos corporais estão distribuídosentre dois compartimentos: LEC – líquido extracelular – e LIC – líquidointracelular. Em estado estável, basicamente a concentração de proteínas eíons determina o deslocamento de água entre os compartimentos LIC e LEC.Ou seja, a água se desloca entre os compartimentos de acordo com a osmose· LEC: formado pelo líquido intersticial e pelo plasma sanguíneo (parte nãocelular do sangue), sendo que ambos possuem composições iônicas similares,sendo que a diferença entre os dois está nas proteínas e nos íons totais, maispresente no plasma. Os íons Na+, Cl- e HCO3- estão presentes nessecompartimento.· LIC: responsável por 2/3 do conteúdo total de água do organismo, o líquidointracelular corresponde ao líquido no interior celular. Os íons K+ , PO4-3 eMg+2 estão presentes nesse compartimento.Diferenças entre eles:LEC Altas concentrações: Íons (sódio, cloreto, bicarbonato) Nutrientes(oxigênio, glicose, a.graxos, aminoácidos) Produtos e subprodutos cel. (gáscarbônico, uréia) – excretados pelos Pulmões e Rins LIC Altas concentrações:Íons (potássio, fosfato, magnésio) (A manutenção das diferenças deconcentração entre LIC e LEC é feita por mecanismos especiais de transportede íons através das membranas celulares)3. A.Quais os sistemas em que nosso organismo é dividido, e quais suasfunções gerais?São eles: sistema digestório (digestão dos alimentos e absorção paraconseguir energia para o corpo), o respiratório (trocas gasosas com o meio,para oxigenação das células do corpo), o circulatório ( levar oxigênio, nutrientes
  2. 2. e etc para todas as células do corpo), o excretor( secretar nutrientes nãonecessários para o corpo), o nervoso (coordena tudo o que ocorre em nossocorpo, seja falarmos, pensarmos, andarmos, reagirmos a diferentes situações,de perigo ou de prazer. Enfim, tudo o que vivenciamos em nosso cotidiano étransmitido pelos neurônios até o cérebro), o locomotor (atua na movimentaçãodo corpo), o reprodutor( responsável pela reprodução do ser humano) e oendócrino (liberam hormônios, estimulando ou retraindo o funcionamento dosdiferentes órgãos dos diversos sistemas).B.No que isso se relaciona com o conceito de integração?Para o bom funcionamento do corpo humana todos os sistemas agem emconjunto. Eles não funcionão independentemente, ex: o sistema digestório quetransforma o alimento em nutrientes. Esses nutrientes passam para o sangue eatravés do sistema circulatório – coração, veias e artérias – chegam a todas ascélulas dos demais sistemas.4. Quais são os tipos de transportes através de membranas? Explique ediferencie cada um e dê exemplos.Ativo e ativo secundário doAtivo: Gasta ATP, ladeira acima, através da bomba NA+K+ATPase, sai 3 NA+do LIC para o LEC, Eletrogênica= carga positiva mais fora.EX: Glicosídios cardíacosAtivo secundário: Uso indireto de ATP, transpote de 2 ou mais soltos ocorremacoplado.Um dos solutos ladeira abaixo (Na+)Um dos solutos ladeira acima, na mesma direção que o Na+ é co- transporteou simporte, ex: Sodio e glicose, na direção oposta ao Na+ contratransporte ouantiporte, ex: trocador de Ca++ e Na+Transporte por difusão simples e facilitada (saturação).5. O que é homeostase? Dê exemplos.A manutenção de condições estáveis para suas células é uma função essencialdo corpo humano, a qual os fisiologistas chamam de homeostase. Ahomeostase (homeo = igual; stasis = ficar parado) é uma condição na qual omeio interno do corpo permanece dentro de certos limites fisiológicos. O meiointerno refere-se ao fluido entre as células, chamado de líquido intersticial(intercelular). Um organismo é dito em homeostase quando seu meio internocontém: a concentração apropriada de substâncias químicas, mantém atemperatura e a pressão adequadas. Quando a homeostase é perturbada,pode resultar a doença. Se os fluidos corporais não forem trazidos de volta àhomeostase, pode ocorrer a morte.
  3. 3. 6. O que é retroalimentação? Dê exemplos.Atraves da informação sensorial sobre uma variável há um controle nosprocessos internos do organismo. Pode ser positiva (ex: ocitocina – partocontração) ou negativa (ex: glicemia).6. O quê são canais iônicos? Como funcionam?Canais iônicos são compostos de uma ou poucas moléculas de proteínas quese encontram nas membranas biológicas e constituem uma das vias possíveispara o transporte de íons através dessas membranas. Essas proteínas podemassumir diferentes estados conformacionais, abertos e fechados, fenômenodenominado de cinética de canais iônicos. As transições entre os estadoscinéticos dos canais dependem das barreiras de energias potenciais queseparam esses estados e, que podem ser controladas por campo elétrico, íons,substâncias químicas e outros agentes.*Condutancia: permeabilidade e probabilidade de estar aberta.Maior condutância + permeabilidade + fácil de passar.Menor condutância – permeabilidade – fácil de passar.Tipos de controle de abertura e fechamento:*voltagem – dependente: depende da variância das cargas elétricas. Variânciado potencial de membrana.*ligando – dependentes: precisa de certa substancia para passar.7. Qual a sequência de eventos de um potencial de ação e como o impulsonervoso passa de um neurônio para o outro?Na ausência de perturbações externas, os potenciais de membranaspermanecem constantes. Entretanto, um estímulo externo às células nervosase musculares produz uma variação em seus potenciais de membrana. Essavariação rápida, que se propaga ao longo de uma dessas células, édenominado potencial de ação. Em todos os potenciais de ação medidos,partindo do potencial de repouso, o potencial se eleva rapidamente a um valorpositivo e volta mais lentamente ao potencial de repouso. Em geral o valormáximo atingido é de +30 mV. A duração do potencial de ação, por outro lado,difere bastante de célula para célula: nas células nervosas essa duração é deaproximadamente 1 ms, enquanto que nas células musculares cardíacas ela émaior que 200 ms. Nos organismos dotados de sistema nervoso, o potencial deação serve para comunicações de longa distância entre seus componentes.Essas comunicações são codificadas através de potenciais de ação.8. Qual a sequência de eventos de um potencial de ação e como o impulsonervoso passa de um neurônio para o outro?
  4. 4. Mecanismo básico para a transmissão de informação entre células do SN.Repouso, pequena despolarização, abre-se canal de sódio e começa rápidadespolarização, inversão da polarização inativa o canal de sódio, Saída dePotássio repolariza a membrana, permeabilidades a Na+ e K+Fases principais: despolarização + repolarizaçãoP.A.s gerados no segmento inicial do axônio, o mais próximo possível do corpocelular e propagam-se ao longo do axônio = as cargas +s dentro da célulafluem em direção às cargas –s no ponto adjacente inativo = despolarizaçãoA velocidade de condução depende do:diâmetro da fibra X resistência;mielinização X condução saltatória.9. Quais os tipos e subtipos principais de sinapses? Explique.Sinapse = local por onde a informação é rapidamente transmitida de umacélula excitável à outra. Formado por uma estreita aposição de um par demembranas com regiões altamente especializadas.Tipos de sinapses: Elétrica =corrente elétrica flui por vias de baixa resistência =junções abertas oucomunicantes ou gap junctions; *formadas por canais com as proteínas conexinas (6); *permitem a passagem de moléculas de 1200 a 1500 kDa; *abertura e fechamento regulados pela voltagem ou íons; *transmissão sem retardo sináptico, geralmente bidirecional; *em músculos cardíaco e liso (sincício funcional).Química:*espaço entre as membranas pré- e pós-sinápticasfenda sináptica;
  5. 5. *terminal ou neurônio ou botão pré-sináptico – produz o neurotransmissor(NT) = substância química que transmite a informação elétrica para o neurônioseguinte; há gasto de ATP (mitocôndrias);*o NT é armazenado em vesículas sinápticas;*sinapses unidirecionais ou retificadoras;*com retardo sináptico = tempo necessário para que possam ocorrer asmúltiplas etapas da transmissão química.
  6. 6. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MAÍSA KARINA ALVES ESTUDO DIRIGIDO CURITIBA 2012

×