O que sabe sobre a sua segurança na internet?

111 visualizações

Publicada em

A presença da internet nas nossas vidas é, a cada dia que passa, maior. Por isso, é razoável que a segurança na internet constitua um dos tópicos que mais nos preocupa de cada vez que ligamos o nosso computador ou nos ligamos às redes sociais.

A rádio demorou 38 anos a chegar a 50 milhões de pessoas. Há pouco mais de dois anos, com a internet enviávamos sete mil milhões de SMS por dia e fazíamos 31 biliões de consultas mensais ao Google. Hoje, estes números já estão ultrapassados.

São números impressionantes, para cujo aumento contribuímos, a cada segundo, com mais um SMS, com mais um tweet, com mais um email ou mais uma consulta ao Google. Não admira, por isso mesmo, que a segurança na internet comece a preocupar-nos cada vez mais.

O que fazer para manter a segurança na internet enquanto viajamos, à velocidade de um click, pelo mundo inteiro a todo o momento que nos apetece?

Saiba como ter mais segurança na internet neste artigo do Blog Mais-Seguranca.pt

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
111
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que sabe sobre a sua segurança na internet?

  1. 1.                       O  que  sabe  sobre  a  sua  segurança  na  internet?     http://www.mais-­‐seguranca.pt/blog/seguranca/seguranca-­‐na-­‐internet/   A  presença  da  internet  nas  nossas  vidas  é,  a  cada  dia  que  passa,  maior.  Por  isso,  é  razoável  que  a   segurança  na  internet  constitua  um  dos  tópicos  que  mais  nos  preocupa  de  cada  vez  que  ligamos  o   nosso  computador  ou  nos  ligamos  às  redes  sociais.     A  rádio  demorou  38  anos  a  chegar  a  50  milhões  de  pessoas.  Há  pouco  mais  de  dois  anos,  com  a   internet  enviávamos  sete  mil  milhões  de  SMS  por  dia  e  fazíamos  31  biliões  de  consultas  mensais   ao  Google.    Hoje,  estes  números  já  estão  ultrapassados.   São  números  impressionantes,  para  cujo  aumento  contribuímos,  a  cada  segundo,  com  mais  um   SMS,  com  mais  um  tweet,  com  mais  um  email  ou  mais  uma  consulta  ao  Google.  Não  admira,  por   isso  mesmo,  que  a  segurança  na  internet  comece  a  preocupar-­‐nos  cada  vez  mais.     O  que  fazer  para  manter  a  segurança  na  internet  enquanto  viajamos,  à  velocidade  de  um  click,   pelo  mundo  inteiro  a  todo  o  momento  que  nos  apetece?   Saiba  como  ter  mais  segurança  na  internet   Como  posso  ter  mais  segurança  na  internet?   Não  é  fácil  movermo-­‐nos  no  mundo  da  internet  sem  nos  depararmos  com  uma  qualquer  forma  de   ameaça.   Mas   há   procedimentos   que   podemos   adotar   para   aumentar   a   nossa   segurança   na   Visite  o  nosso  Blog  em:     http://www.mais-­‐seguranca.pt/blog/  
  2. 2. internet.  Neste  post,  damos-­‐lhe  algumas  dicas  para  que  sinta  que  a  segurança  na  internet  não   tem  de  ser  um  bicho  de  sete  cabeças.     Crie  senhas  longas,  mas  tenha  outros  cuidados   Quando  criar  as  suas  senhas  de  internet  seja  cuidadoso.  Crie  senha  longas  e  com  diferentes  tipos   de  carateres.  Assim  torna-­‐se  mais  difícil  aos  intrusos  “adivinhá-­‐las”.  Evite  usar  a  mesma  senha  para   aceder  a  sites  diferentes.  Evite  usar  as  suas  senhas  em  computadores  públicos.  Encerre  sempre  a   sua  sessão  se  estiver  num  computador  que  não  seja  o  seu.   Denuncie  sempre  mensagens  com  conteúdo  abusivo   Denuncie  sempre  os  abusos  por  imagens  indevidas  ou  perfis  falsos,  tal  como  o  spam.  Mantenha  o   seu  computador  seguro  instalando  as  versões  mais  recentes  dos  programas  e  tenha-­‐as  sempre   atualizadas.  Use  antivírus  e  firewall  pessoal.  São  mecanismos  que  zelam  pela  sua  segurança  com   bastante  fiabilidade.     Vigie  os  seus  emails   Não   abra   emails   cuja   proveniência   desconheça   ou   se   suspeita   que   sejam   spam.   O   risco   de   danificarem  o  seu  computador  é  elevado.       Tenha  especial  cuidado  ao  abrir  ficheiros  não  solicitados,  sobretudo  se  chegarem  com  os  sufixos   .EXE,   .COM,   .SCR,   .WSF,   .LINK   ou   .CMD.,   pois   podem   danificar   o   seu   computador.   Desconfie   sobretudo  de  mensagens  escritas  em  línguas  que  não  o  português,  pois  há  muito  poucos  vírus  com   origem  em  Portugal.   Instale  antivírus   Um   vírus   informático   pode   danificar   todos   os   seus   ficheiros,   abrindo   “portas”   no   seu   sistema   operativo.  Uma  vez  estas  portas  abertas,  qualquer  pessoa  mal  intencionada  é  capaz  de  copiar  os  
  3. 3. seus   ficheiros   ou   dados   pessoais,   até   mesmo   usar   o   computador   para   lançar   ataques   a   outros   servidores,  “culpando-­‐o”  a  si.   Atualize  sempre  os  seus  antivírus.  Se  não  estiverem  atualizados,  de  pouco  servirão.       Faça  atualizações  periódicas   Para   sua   segurança   na   internet   tente   sempre   ter   os   seus   programas   atualizados.   Porque   precisamos  de  atualizações  tão  frequentes?  No  momento  da  criação,  qualquer  programa  ‘nasce’   com  imperfeições.  Muitas  destas  imperfeições  só  são  detetadas  mais  tarde  com  o  uso  do  sistema.     As   atualizações   permitem   ao   fabricante   corrigir   os   problemas   que   vão   surgindo.   Por   isso,   as   atualizações  mais  recentes  em  segurança  na  internet  acabam  por  se  tornar  menos  vulneráveis  a   ataques,   dado   que   eventuais   imperfeições   ainda   são   pouco   conhecidas   dos   atacantes   informáticos.   Prefira  o  router  ao  modem     Ambos  são  equipamentos  de  acesso  à  internet.  Mas  qual  a  diferença  em  termos  de  segurança  na   internet?   O   modem   funciona   como   uma   extensão   do   computador.   Já   o   router   é   um   aparelho   independente,  mas  que  causa  ‘indireção’  em  caso  de  ataques  virais.  Funciona  como  um  agente   entre  a  internet  e  o  computador.  Isto  significa  que  os  ataques  eventuais  têm  de  passar  primeiro   por  ele.   Mas  há  mais  vantagens  no  uso  do  router  para  a  segurança  na  internet.  Com  ele  pode  aceder,  em   simultâneo,   a   vários   computadores   sem   ter   de   configurar   a   internet   e   a   firewall   integrada,   presente  em  quase  todos  os  routers.   Deixe  o  seu  computador  desligado   Para  sua  segurança  na  internet  desligue-­‐se  quando  não  a  estiver  a  usar.  Caso  o  seu  computador   esteja  infetado  é  possível  que  possa  ser  usado  de  modo  remoto  para  atacar  outros  sistemas  sem   você  dar  por  isso.   Desconfie  de  mensagens  forjadas   Desconfie  de  mensagens  que  lhe  solicitam  dados  pessoais  ou  financeiros.  Normalmente,  recebe-­‐se   um  email  de  uma  entidade  credível,  mas  que  é  uma  fraude.  Os  info-­‐criminosos  forjam  milhares  de   mensagens  fazendo-­‐se  passar  por  essa  entidade  credível,  muitas  vezes  uma  instituição  bancária,   forjando   uma   mensagem   particularmente   ‘bem   realizada’.   Essas   mensagens   costumam   pedir   dados  pessoais.  Nunca,  em  caso  algum,  o  faça.   A  segurança  na  internet  não  tem  de  ser  um  pesadelo.  Siga  estes  procedimentos,  bastante  simples,   e  verá  diminuída  a  possibilidade  de  intrusão  no  seu  espaço  virtual.   Para   a   sua   segurança   na   internet   não   deixe   de   consultar   a   nossa   loja   online   onde   encontrará   muitos  produtos  de  segurança.  Leia  também  os  nossos  posts  com  conselhos  úteis  sobre  segurança   nas  redes  sociais  como  este  “O  que  sabe  sobre  segurança  infantil?”   Palavras-­‐chave:  segurança  na  internet   Palavras-­‐chave  secundárias:  segurança,  internet,  redes  sociais  
  4. 4.      

×