Descubra	
  as	
  vantagens	
  e	
  desvantagens	
  dos	
  exti...
• O	
   extintores	
   CO2	
   atuam	
   por	
   abafamento	
   e	
   por	
   arrefecimento,	
   por	
   isso,	
   encontr...
• Ao	
  vaporizar-­‐se	
  o	
  dióxido	
  de	
  carbono	
  dos	
  extintores	
  CO2,	
  no	
  momento	
  em	
  que	
  o	
 ...
Se	
  leu	
  este	
  artigo	
  e	
  ficou	
  interessado	
  em	
  conhecer	
  melhor	
  os	
  extintores	
  CO2,	
  visite...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Descubra as vantagens e desvantagens dos extintores co2

579 visualizações

Publicada em

O agente extintor dos extintores CO2 é o dióxido de carbono (CO2), um gás inerte. Por gás inerte entende-se um gás que nem é combustível, nem alimenta a combustão. Existem outros gases inertes, como o azoto (N2), mas o dióxido de carbono é claramente superior e mais eficaz.

Saiba quais as vantagens e desvantagens dos extintores CO2 neste artigo do Blog Mais-Seguranca.pt

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
579
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Descubra as vantagens e desvantagens dos extintores co2

  1. 1.                             Descubra  as  vantagens  e  desvantagens  dos  extintores  CO2       http://www.mais-seguranca.pt/blog/extintores/extintores-co2/   O  agente  extintor  dos  extintores  CO2  é  o  dióxido  de  carbono  (CO2),  um  gás  inerte.  Por  gás  inerte   entende-­‐se   um   gás   que   nem   é   combustível,   nem   alimenta   a   combustão.   Existem   outros   gases   inertes,  como  o  azoto  (N2),  mas  o  dióxido  de  carbono  é  claramente  superior  e  mais  eficaz.   Saiba  quais  as  vantagens  e  desvantagens  dos  extintores  CO2   1.  Quais  as  vantagens  dos  extintores  CO2?   • No  caso  de  incêndio  deflagrado,  os  extintores  CO2  permitem  a  extinção  da  combustão  na   presença  de  maior  teor  de  oxigénio.     Visite  o  nosso  Blog  em:     http://www.mais-­‐seguranca.pt/blog/  
  2. 2. • O   extintores   CO2   atuam   por   abafamento   e   por   arrefecimento,   por   isso,   encontram-­‐se,   sobretudo,  em  reservatórios  onde  está  parcialmente  liquefeito  à  temperatura  ambiente  e   à  pressão  de  60kg/cm2.   • Os   extintores   CO2   não   são   condutores   de   eletricidade,   nem   deixam   qualquer   resíduo.   Possuem  um  poder  elevado  de  difusão  e  nem  precisa  de  propulsão.     • Os   extintores   CO2   atuam   de   forma   rápida   e,   por   estarem   a   uma   baixa   temperatura   no   momento   da   expulsão,   podem   ser   usados   em   líquidos   com   baixa   temperatura   de   combustão.   2.  Onde  usar  os  extintores  CO2?   Os   extintores   CO2,   quer   portáteis,   quer   transportáveis,   podem   ser   usados   em   alguns   fogos   da   classe  A  e  em  fogos  da  classe  B  e  C.       3.  Quais  as  desvantagens  dos  extintores  de  dióxido  de  carbono?   • Na   presença   de   temperaturas   baixas   (<0ºC)   os   extintores   CO2   diminuem   significativamente  o  volume  de  CO2.  Este  fenómeno  é  importante  na  medida  em  que  se   origina   um   menor   débito   de   dióxido   de   carbono,   diminuindo-­‐se,   assim,   a   eficácia   da   aplicação.   • No  armazenamento  a  altas  pressões,  a  temperatura  do  dióxido  de  carbono  dos  extintores   CO2  nunca  deve  ser  menor  que  -­‐10ºC,  nem  tão  pouco  superior  a  50ºC.   • Os  extintores  de  CO2  não  devem  ser  usados  em  fogos  da  classe  D.  As  combustões  desta   classe  dissociam  o  dióxido  de  carbono  em  brasas  de  carbono.   • Pelo   mesmo   motivo,   os   extintores   de   CO2   não   devem   ser   utilizados   em   incêndios   que   envolvam  materiais  instáveis  e  oxigenados,  tais  como  explosivos,  cloratos  ou  nitratos.   • No   momento   da   descarga   dos   extintores,   as   partículas   de   dióxido   de   carbono   podem   originar  cargas  electroestáticas.  Estas  podem  ser  suficientes  para  produzir  faíscas  capazes   de  inflamar  atmosferas  combustíveis  e  desencadear  um  outro  foco  de  incêndio.  
  3. 3. • Ao  vaporizar-­‐se  o  dióxido  de  carbono  dos  extintores  CO2,  no  momento  em  que  o  agente   extintor  é  expelido  pelo  difusor,  produz  uma  temperatura  negativa  que  ronda  os  -­‐78ºC,  o   que  poderá  provocar  queimaduras  aos  utilizadores.   Classificação  dos  extintores  CO2  quanto  à  eficácia  da  extinção   Todos  os  extintores  CO2  são  classificados  quanto  à  eficácia  que  conseguem  alcançar  na  extinção   de  fogos-­‐tipo.   Como  se  determina  a  eficácia  de  extinção  dos  extintores  CO2?   De   modo   a   determinar   a   eficácia   da   extinção   de   um   fogo,   são   efetuados   ensaios   de   fogos   de   dimensões  controlados  e  que  obedecem  aos  parâmetros  das  normas.   Como  se  reconhece  a  classificação  do  fogo-­‐tipo?   Podemos   reconhecer   a   classificação   do   fogo-­‐tipo   pela   representação,   no   rótulo   dos   extintores   CO2,  de  uma  letra.  Esta  indica  a  classe  de  fogo  para  o  qual  o  agente  extintor  demonstrou  total   fiabilidade  de  extinção.     Além  da  letra,  está  representado  um  número,  mas  apenas  para  as  classes  A  e  B,  que  representa  a   dimensão  do  fogo-­‐tipo  para  o  qual  o  extintor  satisfaz.   Particularidades  da  pressão  permanente  dos  extintores  CO2   Nos  extintores  de  pressão  permanente  o  agente  extintor  e  o  gás  propulsor  estão  misturados  no   recipiente.   Assim,   a   pressão   encontra-­‐se   sempre   estabelecida   no   interior   por   um   gás   inerte,   normalmente  o  azoto  (N2).   A   maior   parte   do   volume   interno   do   recipiente   é   ocupada   pelo   agente   extintor.   O   restante   volume,  a  câmara  de  expansão,  é  reservada  para  o  gás  propulsor.  Este  encontra-­‐se  a  uma  pressão   entre  12  e  14  kg/cm2.   Particularidades  dos  extintores  CO2   Apesar  de  os  extintores  CO2  serem  extintores  de  pressão  permanente,  eles  constituem  um  caso   particular.   Devido  às  suas  propriedades  físicas  e  a  uma  pressão  de  50  a  60  kg/cm2,  à  temperatura  ambiente,   os  extintores  CO2  encontram-­‐se  em  dois  estados  físicos  no  interior  do  recipiente:  líquido  e  gasoso.   Os   extintores   CO2   caraterizam-­‐se   por   não   possuírem   manómetro.   Têm   um   tubo   sifão   e   uma   válvula   de   controlo   da   descarga   e   um   difusor   ou   ampulheta   associado.   Se   os   extintores   CO2   possuírem  uma  capacidade  maior,  possuem  uma  mangueira  com  difusor  ligado  à  válvula.   O  difusor  garante  as  condições  ideais  para  a  expansão  do  dióxido  de  carbono.  Permite,  além  disso,   dirigi-­‐lo  para  as  chamas  em  segurança  e  com  toda  a  eficácia.   Saber  usar  os  extintores  CO2  é  fundamental  para  alcançar  sucesso  no  controlo  ou  extinção  de  um   fogo  de  pequenas  dimensões.    
  4. 4. Se  leu  este  artigo  e  ficou  interessado  em  conhecer  melhor  os  extintores  CO2,  visite  a  nossa  loja   online   onde   encontrará   também   outros   produtos   contra   incêndios,   como   mantas   ignífugas   ou   sinalização  de  segurança.  No  post  “Conheça  o  extintor  CO2  e  para  que  serve”  apresentamos  mais   dicas  que  pode  seguir  para  se  auto-­‐proteger  contra  incêndios.   Palavras-­‐chave:  extintores  CO2   Palavras-­‐chave  secundárias:  agente  extintor,  combustão,  fogo,  fogos    

×