Descubra	
  6	
  maneiras	
  de	
  se	
  auto-­‐proteger	
  com...
• Riscos	
  ligeiros	
  
Estamos	
   em	
   presença	
   de	
   riscos	
   ligeiros	
   quando	
   a	
   quantidade	
   de...
• Lenta	
  –	
  quando	
  é	
  produzida	
  a	
  uma	
  temperatura	
  baixa,	
  isto	
  é,	
  inferior	
  a	
  500ºC,	
  ...
Conhecer	
  muito	
  bem	
  todas	
  as	
  localizações	
  dos	
  extintores	
  de	
  incêndio	
  é	
  fundamental	
  para...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Descubra 6 maneiras de se auto proteger com extintores de incêndio

188 visualizações

Publicada em

Sabe o que são extintores de incêndio? Como funcionam? Neste artigo ajudamo-lo a conhecer o comportamento do fogo e damos-lhe a conhecer 6 maneiras de se auto-proteger com extintores de incêndio.

Os extintores de incêndio são facilmente transportados. Pesam entre 2kg e 9kg nas utilizações mais comuns. Mas podemos encontrar extintores de incêndio com um peso até 20kg e mais. Se se tratar de extintores de água, o seu peso é medido em litros e já não em kgs.

De acordo com a norma NP-1589, por extintores entendem-se os recipientes, normalmente de forma cilíndrica, que contêm um agente extintor. Este destina-se a ser projetado sobre as chamas por ação de uma pressão interna.

Antes de utilizar os extintores de incêndio, conheça o comportamento do fogo e a forma de propagação das chamas.


Como atuar em caso de incêndio? Proteja-se seguindo as nossas 6 dicas contra incêndio

Publicada em: Saúde
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Descubra 6 maneiras de se auto proteger com extintores de incêndio

  1. 1.                             Descubra  6  maneiras  de  se  auto-­‐proteger  com  extintores  de   incêndio         http://www.mais-­‐seguranca.pt/blog/extintores/extintores-­‐de-­‐incendioSabe   o   que   são   extintores   de  incêndio?  Como  funcionam?  Neste  artigo  ajudamo-­‐lo  a  conhecer  o    comportamento  do  fogo  e   damos-­‐lhe  a  conhecer  6  maneiras  de  se  auto-­‐proteger  com  extintores  de  incêndio.   Os  extintores   de   incêndio   são  facilmente  transportados.  Pesam  entre  2kg  e  9kg  nas  utilizações   mais  comuns.  Mas  podemos  encontrar  extintores  de  incêndio  com  um  peso  até  20kg  e  mais.  Se  se   tratar  de  extintores  de  água,  o  seu  peso  é  medido  em  litros  e  já  não  em  kgs.   De  acordo  com  a  norma  NP-­‐1589,  por  extintores  entendem-­‐se  os  recipientes,  normalmente  de   forma  cilíndrica,  que  contêm  um  agente  extintor.  Este  destina-­‐se  a  ser  projetado  sobre  as  chamas   por  ação  de  uma  pressão  interna.   Antes   de   utilizar   os   extintores   de   incêndio,   conheça   o   comportamento   do   fogo   e   a   forma   de   propagação  das  chamas.     Como  atuar  em  caso  de  incêndio?  Proteja-­‐se  seguindo  as  nossas   6  dicas  contra  incêndio   A  eficácia  dos  extintores  está  diretamente  relacionada  com  a  classificação  dos  riscos  de  incêndio.   Conheça   os   riscos   de   incêndios   a   que   pode   ficar   sujeito   e   auto-­‐proteja-­‐se   com   extintores   de   incêndio  fáceis  de  manusear  e  transportar.     1. Conheça  os  riscos  de  incêndio   Visite  o  nosso  Blog  em:     http://www.mais-­‐seguranca.pt/blog/  
  2. 2. • Riscos  ligeiros   Estamos   em   presença   de   riscos   ligeiros   quando   a   quantidade   de   matéria   combustível   puder   constituir  fogo  de  pequenas  proporções.  Nestes  incluem-­‐se  os  fogos  em  escritórios,  escolas,  ou   locais   de   reunião.   Certifique-­‐se   sempre   que,   pelo   menos,   existem   um   ou   dois   extintores   de   incêndio  bem  localizados.   • Riscos  ordinários   Estamos  em  presença  de  risco  ordinário  quando  as  quantidades  de  matéria  combustível  presentes   puderem   contribuir   para   um   fogo   de   dimensões   normais.   Nestes   incluem-­‐se   os   fogos   em   armazéns,  pequenas  fábricas,  lojas  ou  parques  de  estacionamento.  Certifique-­‐se  sempre  que,  pelo   menos,  existem  um  ou  dois  extintores  de  incêndio  bem  identificados  e  localizados.   • Riscos  graves   Estamos  em  presença  de  riscos  graves  quando  as  quantidades  de  matérias  combustíveis  presentes   puderem  contribuir  para  um  fogo  de  grandes  proporções.  Nestes  incluem-­‐se  os  fogos  em  oficinas   de  automóveis,  armazéns  de  combustíveis  e  de  materiais  inflamáveis.  Certifique-­‐se  sempre  que  os   extintores  de  incêndio  estão  afixados  em  locais  bem  visíveis.   2. Conheça  as  classes  de  fogos   • Classe  A   São   fogos   de   materiais   sólidos,   de   natureza   orgânica,   em   que   a   combustão   forma   brasas.   São   exemplo,  a  madeira,  o  carvão,  o  papel,  os  tecidos  e  os  plásticos  comuns.  Caso  trabalhe  com  estes   materiais,  certifique-­‐se  sempre  que,  pelo  menos,  existem  no  seu  local  de  trabalho,  um  ou  dois   extintores  de  incêndio  ABC  ou  CO2  bem  localizados.   • Classe  B   São  fogos  de  líquidos  ou  sólidos  liquidificáveis,  que  se  formam  na  presença  da  gasolina,  álcool,   petróleo  ou  alcatrão.  Caso  trabalhe  com  estes  materiais  certifique-­‐se  sempre  que,  pelo  menos,   existem  no  seu  local  de  trabalho,  um  ou  dois  extintores  de  incêndio  ABC  bem  localizados.   • Classe  C   São  fogos  decorrentes  de  gases,  tais  como  metano,  propano,  butano  ou  gás  natural.  Caso  trabalhe   com  estes  materiais,  certifique-­‐se  sempre  que,  pelo  menos,  existem,  no  seu  local  de  trabalho,  um   ou  dois  extintores  de  incêndio  bem  localizados.   3. Conheça  a  velocidade  e  o  tipo  de  combustão   A  velocidade  da  combustão  depende  de  vários  fatores,  tais  como:   • Divisibilidade  do  material  combustível   • Inflamabilidade  do  combustível   • Grau  de  renovação  ou  alimentação  do  carburente   A  velocidade  está  classificada  de  4  formas:  
  3. 3. • Lenta  –  quando  é  produzida  a  uma  temperatura  baixa,  isto  é,  inferior  a  500ºC,  sem   emissão   de   luz.   Estão   neste   caso   a   oxidação   dos   metais   em   contato   com   a   humidade.   • Viva  –  quando  é  produzida  luz,  vulgarmente  designada  por  fogo.  A  chama  forma-­‐se   pela  mistura  dos  gases  inflamados  com  o  ar.   • Deflagração   –   quando   a   combustão   é   muito   rápida   e   se   dá   a   uma   velocidade   inferior  à  do  som  no  ar  (340m/s)   • Explosão   –  quando  a  combustão  resulta  da  mistura  de  gases  com  o  ar  –  mistura   explosiva   ou   detonante   –   e   se   propaga   a   uma   velocidade   superior   a   340m/s,   provocando  uma  elevação  da  temperatura  ou  da  pressão  no  espaço  envolvente.   4. Conheça  a  forma  de  propagação  da  energia  da  combustão     A  energia  libertada  cria  condições  para  que  uma  maior  quantidade  de  combustível  entre  em   combustão,  provocando  a  propagação.  Esta  transferência  é  de  extrema  importância  na  forma   da  propagação.  As  energias  resultantes  da  combustão  são  as  seguintes:   • Radiação   Ao  produzir  chama,  a  combustão  viva  produz  energia  sob  a  forma  de  raios  infravermelhos.  Estes   são  invisíveis  ao  olho  humano  mas  podem  ser  sentidos  sob  a  forma  de  calor,  por  exemplo,  quando   a  energia  radiada,  encontrando  um  corpo  opaco,  se  transforma  em  calor,  aquecendo-­‐o.     • Condução   Na  propagação  desta  energia,  o  calor  transmite-­‐se  do  interior  de  um  corpo  ou  através  de  corpos   em   contato,   sem   deslocação   da   matéria.   A   transferência   de   energia   efetua-­‐se   do   corpo   com   temperatura  mais  elevada  para  outros  em  que  a  temperatura  é  menor,  por  exemplo,  através  das   paredes  ou  estruturas  metálicas  dos  edifícios.     • Convecção   Os  gases  aquecidos  com  menor  densidade  provocam  correntes  ascendentes  dos  gases  quentes  e   correntes  descendentes  do  ar  circundante,  sempre  mais  frio.  Assim,  a  matéria  aquecida  desloca-­‐se   para  outros  pontos.  Estão  neste  caso  de  propagação  as  caixas  de  elevadores,  corredores,  condutas   de  ventilação  e  fachadas  de  edifícios.   5. Conheça  o  espaço  de  localização  dos  extintores  de  incêndio  
  4. 4. Conhecer  muito  bem  todas  as  localizações  dos  extintores  de  incêndio  é  fundamental  para  uma   ação  imediata  e  eficaz.  Se  não  conseguir  identificar  os  locais  onde  se  encontram  os  extintores  de   incêndio,  estará  a  aumentar  as  probabilidades  de  as  chamas  se  intensificarem.   6. Saiba  como  utilizar  os  extintores  de  incêndio   Saiba  sempre  como  utilizar  os  extintores  de  incêndio  na  altura  certa.  Este  gesto  pode  salvar  a  sua   vida.  Não  deixe  de  consultar  o  nosso  site  para  mais  informação  sobre  extintores  de  incêndio  e   outros  produtos  contra  incêndios.   Nos  nossos  posts  “Como  usar  extintores  em  caso  de  incêndio?”  encontrará  mais  conselhos  sobre   autoproteção   contra   incêndio.   Visite   a   nossa   loja   online   para   adquirir   os   extintores   mais   adequados  às  suas  necessidades.   Palavras-­‐chave:  extintores  de  incêndio   Palavras-­‐chave  secundárias:  agente  extintor,  combustão,  extintores,  fogo,  fogos,  incêndio,  matéria   combustível,  riscos  de  incêndio    

×