ESTÁGIO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL-FAEPI

413 visualizações

Publicada em

MOSTANDO O QUE É ESTÁGIO

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

ESTÁGIO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL-FAEPI

  1. 1. FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUÍ CREDENCIADA PELO MEC-PORTARIA Nº 2.858-13/09/200 C.N.P.J 03.873.844/0001-35 COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA “PORTA ABERTA NA EXCELÊNCIA DO CONHECIMENTO”
  2. 2. 2 Prof: Esp.Magno Fernando A. Nazaré 2 ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO ESPECIAL FACULDADE EVANGÉLICA DO PIAUÍ-FAEPI
  3. 3. 3 FAEPI QUE SABERES O PROFESSOR PRECISA CONSTRUIR, FACE A ESSE CENÁRIO? Prof: Esp. MAGNO FERNANDO “Novas exigências educacionais pedem às universidades e aos cursos de formação para o magistério, um professor capaz de ajustar sua didática às novas realidades da sociedade, do conhecimento, do aluno, dos diversos universos culturais e dos meios de comunicação.” (José Carlos Libâneo)
  4. 4. 4 FAEPI QUE SABERES O PROFESSOR PRECISA CONSTRUIR, FACE A ESSE CENÁRIO? Prof. Esp: MAGNO FERNANDO Competências referentes ao comprometimento com os valores inspiradores da sociedade democrática; competências referentes à compreensão do papel social da escola; competências referentes ao domínio dos conteúdos a serem socializados, de seus significados em diferentes contextos e de sua articulação interdisciplinar;
  5. 5. 5 FAEPI Prof.Esp: MAGNO FERNANDO QUE SABERES O PROFESSOR PRECISA CONSTRUIR, FACE A ESSE CENÁRIO? Competências referentes ao domínio do conhecimento pedagógico; competências referentes ao conhecimento de processos de investigação que possibilitem o aperfeiçoamento da prática pedagógica; competências referentes ao gerenciamento do próprio desenvolvimento profissional;
  6. 6. 6 FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO Conhecimentos para o desenvolvimento profissional. . cultura geral e profissional . informação sobre crianças, jovens e adultos . conhecimento sobre a dimensão cultural, social, política e econômica da educação . conhecimento dos conteúdos das áreas de que são objeto de ensino QUE SABERES O PROFESSOR PRECISA CONSTRUIR, FACE A ESSE CENÁRIO?
  7. 7. 7 SER PROFESSOR E VIVER SUA PROFISSÃO SUJEITO DE TRANSFORMAÇÃO "O ofício de ensinar não é para aventureiros, é para profissionais, homens e mulheres que, além dos conhecimentos na área dos conteúdos específicos e da educação, assumem a construção da liberdade e da cidadania do outro como condição mesma de realização de sua própria liberdade e cidadania." (Ildeu Moreira Coelho) FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  8. 8. 8 FAEPI Conquista da condição de sujeito: . objetiva (salário, carreira, instalações, equipamentos, número de alunos em sala de aula) - subjetiva ( proposta de trabalho, projeto educativo, abertura para mudança, compromisso social e novas dimensões) SER PROFESSOR É VIVER SUA PROFISSÃO - SUJEITO DE TRANSFORMAÇÃO Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  9. 9. 9 FAEPI COMO DAR CONTA DE UMA FORMAÇÃO TÃO COMPLEXA, QUE PRECISA MOBILIZAR VÁRIOS CONHECIMENTOS EM SITUAÇÕES-PROBLEMA? "Tinha uma pedra no meio do caminho, no meio do caminho tinha uma pedra." (Carlos Drummond de Andrade) Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  10. 10. 10 FAEPI Prof: Esp: MAGNO FERNANDO O que é o estágio? Estágio é o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de estudantes. O estágio integra o itinerário formativo do estudante e faz parte do projeto pedagógico do curso (art. 1º e seu § 1º da Lei 11.788/2008).
  11. 11. 11 FAEPI O estágio curricular pressupõe atividades pedagógicas efetivadas em um ambiente institucional de trabalho;  reconhecido pelo sistema de ensino, que se concretiza na relação estabelecida entre um docente experiente e o aluno estagiário, com a mediação de um professor supervisor acadêmico; O ESTÁGIO SUPERVISIONADO? Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  12. 12. 12  Oferecimento de situações reflexivas e contextualizadas, conferindo-lhe condições para que se torne autor de sua prática, por meio da vivência institucional sistemática, norteada pelo projeto pedagógico da instituição formadora. ( RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, DE 15 DE MAIO DE 2006.Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura ) FAEPI O ESTÁGIO SUPERVISIONADO Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  13. 13. 13 FAEPI QUAL O OBJETIVO DO ESTÁGIO? Prof: Esp MAGNO FERNANDO O estágio visa ao aprendizado de competências próprias da atividade profissional e a contextualização curricular, objetivando o desenvolvimento do educando para a vida cidadã e para o trabalho (§ 2º do art. 1º da Lei 11.788/2008).
  14. 14. 14 FAEPI OS OBJETIVOS DO ESTAGIO SUPERVISIONADO: Oferecer ao futuro licenciado um conhecimento do real em situação de trabalho, isto é, diretamente em unidades escolares dos sistemas de ensino; verificar e provar (em si e no outro) a realização das competências exigidas na prática profissional e exigíveis dos formandos, especialmente quanto à regência. Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  15. 15. 15 FAEPI acompanhar aspectos da vida escolar que não acontecem de forma igualmente distribuída pelo semestre, concentrando-se em situações, tais como: da elaboração do projeto pedagógico, da matrícula, da organização das turmas e do tempo e espaço escolares; OS OBJETIVOS DO ESTAGIO SUPERVISIONADO: Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  16. 16. 16 FAEPI capacitar, em serviço, e que só pode ocorrer em unidades escolares onde o estagiário assuma efetivamente o papel de professor, outras exigências do projeto pedagógico e das necessidades próprias do ambiente institucional escolar; OS OBJETIVOS DO ESTAGIO SUPERVISIONADO: Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  17. 17. 17 OS OBJETIVOS DO ESTAGIO SUPERVISIONADO: FAEPI integrar as questões teóricas às questões práticas, vivenciadas ao longo do curso, possibilitando a construção de conhecimento significativo pela ação – reflexão – ação; Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  18. 18. 18 investigar o contexto educativo na sua complexidade e analisá-lo, tomando-o continuamente como objeto de reflexão, para construção de formas de gerenciamento do mesmo; realizar atividades que aprimorem a prática profissional, integrando o ensino, pesquisa e extensão. FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO OS OBJETIVOS DO ESTAGIO SUPERVISIONAD
  19. 19. 19 AS PRÁTICAS DOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS E A LEGISLAÇÃO VIGENTE AS LICENCIATURAS FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  20. 20. 20 RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002 Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Prof. Esp: MAGNO FERNANDO FAEPI
  21. 21. 21 Art. 13. Em tempo e espaço curricular específico, a coordenação da dimensão prática transcenderá o estágio e terá como finalidade promover a articulação das diferentes práticas, numa perspectiva interdisciplinar. FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO
  22. 22. 22 § 3º O estágio curricular supervisionado, definido por lei, a ser realizado em escola de educação básica, e respeitado o regime de colaboração entre os sistemas de ensino, deve ser desenvolvido a partir do início da segunda metade do curso e ser avaliado conjuntamente pela escola formadora e a escola campo de estágio. Prof. MAGNO FERNANDO FAEPI
  23. 23. 23 FAEPI CURSO DE PEDAGOGIA RESOLUÇÃO CNE/CP Nº 1, DE 15 DE MAIO DE 2006. Art. 7º O curso de Licenciatura em Pedagogia terá a carga horária mínima de 3.200 horas de efetivo trabalho acadêmico, assim distribuídas: Profª MS.c Rosa Maria Maia Gouvêa Esteves
  24. 24. 24 Prof. Esp: MAGNO FERNANDO FAEPI I - 2.800 horas dedicadas às atividades formativas ......... II - 300 horas dedicadas ao Estágio Supervisionado prioritariamente em Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, contemplando também outras áreas específicas, se for o caso, conforme o projeto pedagógico da instituição;
  25. 25. 25 FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO Art. 8º Nos termos do projeto pedagógico da instituição, a integralização de estudos será efetivada por meio de: IV - estágio curricular a ser realizado, ao longo do curso, de modo a assegurar aos graduandos experiência de exercício profissional, em ambientes escolares e não-escolares que ampliem e fortaleçam atitudes éticas, conhecimentos e competências:
  26. 26. 26 FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO a) na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, prioritariamente; b) nas disciplinas pedagógicas dos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal; c) na Educação Profissional na área de serviços e de apoio escolar;
  27. 27. 27 FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO d) na Educação de Jovens e Adultos; e) na participação em atividades da gestão de processos educativos, no planejamento, implementação, coordenação, acompanhamento e avaliação de atividades e projetos educativos; f) em reuniões de formação pedagógica.
  28. 28. 28 FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO RELATO DE EXPERIÊNCIAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FAEPI. "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer" (Geraldo Vandré) VIVENCIANDO O ESTÁGIO
  29. 29. 29 FAEPI Prof. Esp: MAGNO FERNANDO O Estágio Supervisionado será cumprido através das seguintes atividades: § 1º - Na observação, o estagiário deve cumprir tarefas, de acordo com o acompanhamento do professor supervisor do estágio e a participação dos professores regentes das disciplinas do período.

×