Apresentação Incêndio Classe D

43.253 visualizações

Publicada em

Trabalho em grupo feito por alunos da Escola Técnica NET INFO para a matéria COMBATE E PREVENÇÃO DE INCÊNCIOS - Prof. Átila

Apresentação Incêndio Classe D

  1. 1. NET INFO – Prof. Átila Trabalho – Classes de Incêndios INCÊNDIO CLASSE “ D “ Alunos: Mabel Cruz Iasmin Veloso Jeferson Bueno Luis Carlos Luis Ricardo
  2. 2. INTRODUÇÃO O fogo é hoje uma necessidade essencial na vida humana, sendo utilizado sob diversas formas: nas indústrias, nos transportes, para produção de energia e inúmeras outras necessidades. Sob controle, é portanto, sempre de grande utilidade. Entretanto, quando foge ao nosso controle, se transforma num agente destruidor, denominado incêndio . Incêndio é um dos riscos que mais preocupa a qualquer comunidade, por seus efeitos devastadores sobre o patrimônio e por ser causa de numerosas perdas de vidas humanas.
  3. 3. QUÍMICA DO FOGO <ul><li>DESCRIÇÃO: </li></ul><ul><li>FOGO </li></ul><ul><li>É uma reação química denominada combustão que se </li></ul><ul><li>caracteriza pela presença de luz, calor e geralmente chamas. </li></ul><ul><li>TRIÂNGULO DO FOGO </li></ul><ul><li>Até pouco tempo, para efeito de estudos e esclarecimento da química do fogo, </li></ul><ul><li>a engenharia usava o termo conhecido como Triângulo do Fogo , mas este foi </li></ul><ul><li>substituído por outro termo que explica de forma mais clara o fenômeno. </li></ul>QUADRADO DO FOGO Chegou-se ao consenso de que para provocar a reação química ( fogo ) há necessidade da presença e associação em valores equilibrados de quatro elementos essenciais, que formam o “Quadrado do fogo” . - Combustível - Oxigênio (Comburente) - Fonte de Calor - Reação Química
  4. 4. DEFINIÇÃO DOS INCÊNDIOS INCÊNDIO: Incidência de Fogo indesejado, fora do controle do homem e fora de sua finalidade de trabalho. Os incêndios não tem formas definidas, podendo ser de grandes ou pequenas proporções. PRINCÍPIO DE INCÊNDIO: Primeiros momentos da ação do Fogo quando este surge de forma inesperada. COMBUSTÃO: É a transformação da energia química em energia calorífica. QUÍMICA DO FOGO 1º - COMBUSTÍVEL É o elemento que serve de campo de propagação do fogo, ou seja é tudo que queima. O COMBUSTÍVEL PODE SER: Sólido, Líquido e Gasoso EXEMPLOS: Madeira, Papel, Tecido, Óleo, Gasolina, Carvão, Álcool, Graxa, Gases, etc...
  5. 5. 2º - OXIGÊNIO (COMBURENTE) É o oxigênio existente no ar atmosférico. É o elemento que possibilita vida às chamas. COMPOSIÇÃO DO AR ATMOSFÉRICO (REPRESENTAÇÃO) 3º - CALOR (na temperatura de ignição): É o elemento que serve para dar início a um incêndio e que o mantém. 4º - REAÇÃO QUÍMICA: É a liberação dos radicais livres que são moléculas de tempo de vida curta mas que mantém a vida das chamas, em outras palavras, o calor gera fogo que gera mais calor que resulta em mais fogo, mantendo a reação .
  6. 6. CLASSIFICAÇÃO DOS INCÊNDIOS Existem quatro classes gerais de incêndios.
  7. 8. CLASSIFICAÇÃO DOS INCÊNDIOS INCÊNDIO DA CLASSE &quot;A“ É o incêndio em corpos combustíveis comuns que geram resíduos, como: Madeira, Tecido, Borracha, ou seja, incêndios em materiais sólidos de natureza orgânica. METÓDO DE EXTINÇÃO - Resfriamento - Isolamento AGENTE EXTINTOR - Água - Espuma <ul><li>INCÊNDIO DA CLASSE &quot;B&quot; </li></ul><ul><li>É o incêndio envolvendo líquidos combustíveis e inflamáveis: </li></ul><ul><li>Gasolina, Óleos, Tintas, GLP etc... </li></ul><ul><li>MÉTODOS DE EXTINÇÃO </li></ul><ul><li>- Por abafamento - Por resfriamento </li></ul><ul><li>- Por isolamento - Por inibição </li></ul><ul><li>AGENTES EXTINTORES </li></ul><ul><li>- Pó químico Seco - CO2 </li></ul><ul><li>Espuma </li></ul><ul><li>Água em forma de neblina de alta velocidade </li></ul>
  8. 9. INCÊNDIOS DA CLASSE &quot;C” É o incêndio em equipamentos elétricos energizados . MÉTODO DE EXTINÇÃO - Abafamento. AGENTE EXTINTOR - Co2 - Pó químico CLASSIFICAÇÃO DOS INCÊNDIOS
  9. 11. RESFRIAMENTO: Consiste na redução do calor do material que está queimando, baixando-se a temperatura até um ponto em que não haja combustão. Consiste basicamente na retirada de um dos elementos essenciais desfazendo o quadrado do fogo. O resfriamento, abafamento e o isolamento e quebra da reação química constituem as quatro possibilidades básicas para extinção do fogo. MÉTODO DE EXTINÇÃO Combustível Comburente (Oxigênio) Reação química Fonte de calor
  10. 12. ABAFAMENTO: (Usado na Classe D) Consiste na eliminação do oxigênio das proximidades do combustível, interrompendo-se deste modo o quadrado do fogo e consequentemente a combustão. MÉTODO DE EXTINÇÃO ISOLAMENTO: Consiste na interrupção, diminuição ou retirada, com suficiente margem de segurança, do material ainda não atingido pelo fogo, para fora do seu campo de propagação. Combustível Comburente (Oxigênio) Reação química Fonte de calor Combustível Comburente (Oxigênio) Reação química Fonte de calor
  11. 13. INIBIÇÃO: (Usado na Classe D) Consiste na quebra da reação em cadeia, neutralizando as moléculas produzidas pela queima do combustível. Ex.: Incêndio em produtos derivados de petróleo, liberam moléculas de amônia, que mantêm a combustão, lançando o PQS a base de bicarbonato de sódio, este irá neutralizar essa molécula, contribuindo para a extinção do incêndio. MÉTODO DE EXTINÇÃO Combustível Comburente (Oxigênio) Reação química Fonte de calor
  12. 14. COMBATE AO FOGO COM EXTINTORES DE INCÊNDIO São produtos que lançados ao fogo provocam sua extinção. AGENTES EXTINTORES: - ÁGUA (AG) - ESPUMA (ES) - GÁS CARBONICO (CO 2 ) - PÓ QUÍMICO (PQS) - OUTROS AGENTES EXTINTORES DE INCÊNDIO
  13. 15. TABELA DE DECISÃO APLICAÇÃO ADEQUADA DOS AGENTES EXTINTORES TIPOS DE AGENTES CLASSES CLASSES &quot;A&quot; MADEIRA TECIDO PAPEL CLASSES &quot;B &quot; GASOLINA TINTAS ÓLEO. CLASSES &quot;C&quot; EQUIPTº ELÉTRICO ENERGIZADO CLASSES &quot;D&quot; MAGNÉSIO CARBORETO SÓDIO... EXCELENTE EXCELENTE INEFICIENTE INEFICIENTE INEFICIENTE INDICADO INDICADO EXCELENTE NÃO NÃO EXCELENTE INDICADO NÃO NÃO NÃO INDICADO ÁGUA ESPUMA CO2 PQS
  14. 16. AGENTES EXTINTORES POR CLASSE DE INCÊNDIO. Agentes Extintores Água Espuma Mecânica Gás Carbônico Pó Químico Classes de Incêndios   A Papel, Tecidos, Madeira, Fibras   SIM   SIM   NÃO     NÃO     B Óleo, Gasolina, Graxa, Tinta, G.L.P(gás).   NÃO     SIM   SIM   SIM   C Equipamentos Elétricos Energizados   NÃO   NÃO   SIM   SIM   D Magnésio Zircônio Titânio   NÃO   NÃO   NÃO SIM (Pó Químico Especial)
  15. 17. Nos incêndios Classe D será usado o extintor tipo &quot;Químico Seco&quot;, porém o pó químico será especial para cada material . Requerem extintores com agentes especiais que extinguem o fogo por abafamento, como os de cloreto de sódio . Extintor de Pó Químico Seco Especial Pó Químico Especial (Extintor em que o pó é grafite ou cloreto de sódio ou pó de talco, etc.) - Classe de Fogos: D - Vantagens: Único extintor adequado para incêndios da classe D. Qualquer outro tipo de extintor provoca reações violentas. - Desvantagens: Não adequado para outros classes de incêndios para além da classe D. Terá que se utilizar um pó adequado para cada caso específico.
  16. 18. Areia - Classes de Fogos: A D - Vantagens: Por vezes é o único meio de extinção disponível para incêndios da classe D. - Desvantagens: Manipulação pouco prática. Pode danificar o equipamento. Descrição técnica de Extintor classe D --------------------------------------------------------------------- Extintor portátil com 09 kg de pó classe D, a base de Cloreto de Sódio. Fabricado em aço carbono, com pintura diferenciada amarela e rotulação em vinil Código E165 - Carga Nominal 09 kg Capacidade Extintora D (metais pirofóricos) Pressão de Trabalho 10,5 kgf/cm² Pressão de T.H. 35,0 kgf/cm² Temp. de Operação -10 a 50°C Diâmetro Externo 176 mm Altura s/ Mangueira 640 mm Altura c/ Mangueira 850 mm Alt. x Larg. x Compr 850 x 176 x400 mm Peso Bruto 17,00 kg - Temp. Descarga 15-30 s

×