15 de novembro de 2013

nº 98

Ano 5

l

Resenha Espírita

on ine

a informação na medida certa

1
Conferências na

ESPANHA

DIVALDO FRANCO estará na Espanha entre os dias 29 de novembro e 9 de dezembro de 2013. Participa...
Roteiro de Divaldo Franco em São Paulo
Nos dias 19 a 24 de novembro de 2013, Divaldo Franco atenderá cidades do interior d...
Rio Grande do Norte

Belém, PA

Em fevereiro de 2014, nos dias 14 à e Natal, respectivamente, para atender
16, Divaldo Fra...
Você e aP
az
movimento

Você a Paz em Brasília, DF: dia 10 de Você e a Paz em Serrinha, BA: dia 13
novembro de 2013, Audit...
R

eclamas o peso do fardo moral sobre os teus
ombros frágeis, olvidando-te de que Deus não
sobrecarrega a ninguém em dema...
Se indagares ao triunfador como
lhe foi possível alcançar o pódio da
vitória, ele te narrará inúmeros sofrimentos que nunc...
Assim, não te permitas autocomiseração, nem conflito perverso de qualquer natureza, entregando-te a Jesus
e nEle confiando...
Raul
TEIXEIRA

Divaldo
franco

minha família, o mundo e eu: vivendo com jesus Esta é mais
Assumindo a postura ora de moder...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resenha espirita on line 98

654 visualizações

Publicada em

Notícias de Divaldo Franco e Raul Teixeira e o trabalho de divulgação de Espiritismo em todo o mundo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
654
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha espirita on line 98

  1. 1. 15 de novembro de 2013 nº 98 Ano 5 l Resenha Espírita on ine a informação na medida certa 1
  2. 2. Conferências na ESPANHA DIVALDO FRANCO estará na Espanha entre os dias 29 de novembro e 9 de dezembro de 2013. Participará do XX Congresso Espírita Nacional, na cidade Calpe, dias 7 a 9 de dezembro. Além de sua participação no Congresso, Divaldo proferirá as seguintes Conferências em solo espanhol: 29 de noviembre a las 19:00- Organiza Asociación de Estudios Espíritas de Madrid. “Encuentro con Divaldo”. En Hotel Tryp Ambassador de Madrid - Salón Ópera Cuesta de Santo Domingo, 5, 28013, Madrid 30 de noviembre a las 19:30- Organiza Centro Barcelonés de Cultura Espírita. Conferencia “La Psicología del perdón”. En Hotel Silken Ramblas Barcelona, Salón Liceo Calle Pintor Fortuny, 13. 08001 - Barcelona 1 de diciembre a las 11:00– Organiza Asociación de Estudios Espiritas de Igualada. Seminario “Mediumnidad y obsesión”. En Asociación de Estudios Espiritas de Igualada Calle Girona, 33 – 08700 – Igualada 4 de diciembre a las 19:00- Organiza Centro Espírita Amalia Domingo Soler. Conferencia “La vida en el plano espiritual”. En CEADS - Calle Ventura Plaja, 15 – bajos – 08028 – Barcelona Madri - Espanha DIVALDO FRANCO retorna à Portugal Leiria - Portugal Para participar do Congresso Espírita Português, nos dias 16 e 17 de novembro de 2013, Divaldo Franco retornará à Portugal, na cidade de Leiria, que irá sediar o evento promovido pela Federação Espírita daquele país. O tema geral escolhido é: Mediunidade - uma visão de futuro. O Congresso se dará no Auditório da Associação Espírita de Leiria, Rua Vale das Cervas, 135, Barosa-Leiria. Divaldo fará duas conferências: dia 16, às 11h30, e dia 17, às 15h30. 2 3
  3. 3. Roteiro de Divaldo Franco em São Paulo Nos dias 19 a 24 de novembro de 2013, Divaldo Franco atenderá cidades do interior do Estado de São Paulo, seguindo a programação: Catanduva Jabuticabal 19 de novembro, 3ª feira, às 20h00 Promoção: Núcleo Educacional Espírita “Joanna de Ângelis” Apoio: USE Intermunicipal Catanduva Local: Clube de Tênis Catanduva Endereço: Rua Icém, 61 – Parque Iracema 24 de novembro, domingo, das 9h00 às 13h00 Bazar Beneficiente em Prol da Mansão do Caminho Local: Salão Social do Sayão Futebol Clube Endereço: Avenida Otto Barreto, 250 (saída Km 169 Rod. Anhanguera) – Jardim Sobradinho 20 de novembro, 4ª feira, às 20h00 Realização: Centro Espírita “Caridade e Fé” Local: Sociedade Filarmônica Pietro Mascagni Endereço: Avenida Benjamin Constant, 88 – Centro 24 de novembro, domingo, às 20h00 Promoção: USE Intermunicipal de São José do Rio Preto Local: Hospital “Bezerra de Menezes” Endereço: Rua Major João Batista França, 298 – Jardim Esplanada Araras São José do Rio Preto São Carlos 21 de novembo, 5ª feira, às 20h00 Local: Instituto Cultural Ítalo Brasileiro Endereço: Rua Gen. Osório, 1094 – Centro Campinas 4 22 de novembo, 6ª feira, às 20h00 Realização: USE Intermunicipal de Campinas Local: Casa de Campo – Hotel The Royal Campinas Endereço: Avenida Royal Palm Plaza, 277 – Jardim Nova Califórnia 5
  4. 4. Rio Grande do Norte Belém, PA Em fevereiro de 2014, nos dias 14 à e Natal, respectivamente, para atender 16, Divaldo Franco estará em Mossoró programaçãp doutrinária. Mossoró, RN Congressso Espírita Paraense Jesus: Guia e Modelo da Humanidade A União Espírita Paraense promoverá de 17 a 19 de janeiro de 2014 no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, o 2º Congresso Espírita cujo tema será “Jesus: Guia e modelo da humanidade”, em homenagem aos 150 anos do Evangelho Segundo o Espiritismo. O evento contará com a presença dos conferencistas Alberto Almeida, Divaldo Franco, Marlene Nobre, Sandra Borba e Severino Celestino. E, como convidade especial: Raul Teixeira. Natal, RN MOSSORÓ - 14/02/14 - às 20h. Palestra. Local: Teatro Municipal Dix-Huit Rosado NATAL: 15/02/14 - às 20h. Palestra. Local: Ginásio da UFRN 16/02/14 - das 7h às 13h. Workshop. Tema: Vivendo com Jesus. Local: Centro de Convenções – Ponta Negra Maceió, AL Amanhecer de uma Nova Era será o tema do próximo encontro com Divaldo Franco, em São Paulo São Paulo, SP “Amanhecer de uma Nova Era” será o tema do próximo encontro com Divaldo Franco a ser realizado nos dias 7, 8 e 9 de fevereiro de 2014, no Hotel Jaraguá, localizado no centro de São Paulo. Outras informações no telefone (11) 2802-7000. 6 2º Congresso Espírita Alagoano 25 a 27 de abril de 2014 com DivaldoFranco 7
  5. 5. Você e aP az movimento Você a Paz em Brasília, DF: dia 10 de Você e a Paz em Serrinha, BA: dia 13 novembro de 2013, Auditório Pedro de novembro de 2013, Pça. Luiz NoCalmon (QG do Exército), às 16h. gueira, às 20h. C ontos que a vida conta Divaldo Franco esteve presente no stand da Livraria LEAL, na tarde de 8 e 14 de novembro de 2013, autografando seus livros XV CONGRESSO ESPÍRITA DA BAHIA Divaldo Franco realizou a conferência de abertura do XV Congresso Espírita da Bahia, que aconteceu em Salvador, no Centro de Convenções da Bahia, de 31 de outubro a 3 de novembro de 2013. 8 A PRIMEIRA VIAGEM INTERNACIONAL de Raul Teixeira, foi à Buenos Aires, Argentina, em 1984. À época, depois de programação doutrinária no sul do Brasil, Raul rumou à Montevidéu, Uruguai, ali permanecendo dois dias e uma noite. Por orientação recebida de pessoas daquele país, foi de ferry boat até Buenos Aires, pois estava em viagem de carro, juntamente com Maurício Silva. O anfitrião em Buenos Aires foi Juan Antonio Durante, ali ficando com ele alguns dias. Nessa ocasião, Raul proferiu palestra na Institucion Espirita Joanna de Ângelis. Durante esse período, houve vários contatos com espíritas daquela cidade e, conforme orientavam os Benfeitores Espirituais, especialmente Camilo, conta- tos com dirigentes espirituais da região, planejando atividades futuras. Programa doutrinário, como o levado a efeito por Raul e por Divaldo Franco, por exemplo, não se pode pensar que aconteça sem o devido planejamento de curto, médio e longo prazos, por parte deles, no caso Raul e Divaldo, e por parte dos Espíritos condutores das tarefas, tanto de cada um deles, como daqueles Espíritos que dirigem as ações em prol da divulgação doutrinária no mundo, bem como em cada país e região. As atividades que se passam no plano espiritual, em cada uma dessas ocasiões, são tão ou mais intensas do que as que se dão no nosso plano, quer seja ajustando-se novas ações, como no atendimento a necessidades específicas do momento. 9
  6. 6. R eclamas o peso do fardo moral sobre os teus ombros frágeis, olvidando-te de que Deus não sobrecarrega a ninguém em demasia. Sempre confere os sofrimentos necessários de acordo com as resistências de que cada qual dispõe. Identificas dificuldades onde se manifestam oportunidades de crescimento interior, porque te encontras fatigado pelos testemunhos constantes, esquecendo-te de que a árvore cresce silenciosamente embora tombe com grande ruído. Acreditas-te vítima de ocorrências desgastantes e contínuas, quando, em realidade, representam condições para o teu avanço espiritual, desde que te candidataste ao empreendimento iluminativo. Certamente, permanecer fiel ao dever, quando outros o abandonam, ou manter-se confiante nos momentos em que as circunstâncias apresentam-se menos favoráveis, constituem um esforço muito significativo. Entretanto, mede-se o caráter de uma pessoa pelos valores dignificantes que o exornam. dores excessivas 10 O indivíduo comum, que prefere avançar perdido na massa, na futilidade, desempenhando o papel do imediatista e aproveitador, não enfrenta esse tipo de desafios, nada obstante, experimenta outros conflitos perturbadores, porque ninguém se encontra na Terra em caráter de exceção, como quem realiza uma agradável jornada ao país da fantasia. Aquele que se ilude com a existência terrena igualmente desperta, cedo ou tarde, sendo convocado aos enfrentamentos do processo da evolução. Desse modo, acumula experiências libertadoras através dos aparentes insucessos e dos contínuos tributos de luta e de compreensão à existência corporal. Para onde olhes defrontarás intérminas batalhas pela sobrevivência, pela afirmação dos valores mais nobres, mesmo que nas rudes refregas 11
  7. 7. Se indagares ao triunfador como lhe foi possível alcançar o pódio da vitória, ele te narrará inúmeros sofrimentos que nunca experimentaste, mas que foram superados com alegria, considerando a meta para onde dirige os passos. Se inquirisses o Sol como pode manter a corte de astros à sua volta, e ele dispusesse de meios de explicar-te, contestaria que transforma a sua massa em energia constante, gastando a média de quatrocentos e vinte milhões de toneladas por segundo. sempre agradáveis, que alcançarás as estrelas. Quem poderia imaginar que o Rei Solar tivesse de sofrer tanto, a fim de afirmar o Seu amor por nós? Se Ele, que é todo amor e misericórdia, pureza e perdão, aceitou de boamente os testemunhos pavorosos para nos demonstrar a Sua grandeza, qual será a quota reservada a cada Espírito que transita na retaguarda a fim de conseguir o seu triunfo durante o seu processo de enriquecimento? Não reclames, pois, nem te consiEm toda parte o esforço enfrenta a deres abandonado pela sorte. luta, que se impõe como necessidade Colhes hoje o que semeaste há muide transformações e de progresso. O barro submete-se ao oleiro, aceita do instinto em crescimento para a rao aquecimento exagerado e mantém a zão. Nos reinos vegetal e animal, o pre- forma que lhe foi conferida. O solo é sulcado e sacudido de todador está sempre seguindo sua vítima, que adquire mecanismos de salva- dos os lados, a fim de proporcionar a ção, adaptando-se ao meio ambiente, germinação das sementes. mudando de forma, ocultando-se. Os metais derretem-se, de modo a Embora a vitória da herança atávica receberem novas expressões que dapara a preservação da vida, sucumbem rão beleza ao mundo. ante o ser humano, cuja inteligência é Tudo é renovação contínua, que aplicada à conquista de instrumentos decorre dos impositivos da evolução. que lhes superam as habilidades, ven*** cendo-os de contínuo. Se perguntares o que sofre a seApesar disso, aqueles que sobrevivem mantêm prodigiosamente o mila- mente no seio abafado da terra, a fim de que possa libertar a vida que nela gre da vida em operosidade. jaz adormecida, e se ela pudesse, resO vendaval ameaça a árvore alta- ponderia que o medo, a angústia e neira, que se dobra para deixá-lo pas- a opressão fazem parte de todas as sar, ou sofre-lhe o açoite destruidor, suas horas até o momento em que reerguendo-se depois e prosseguindo as vergônteas recebem a luz do Sol e vitoriosa no mister que lhe foi estabe- atingem o objetivo a que se destinam. lecido. 12 Quem se nega ao esforço permanece na paralisia, e aquele que foge à batalha de crescimento, asfixia-se na inutilidade. Não te aflijas, portanto, pelos enfrentamentos necessários, jamais superestimando as ocorrências que te parecem afligentes. Sempre existirá alguém mais sobrecarregado do que tu. Porque não se queixa e não lhe conheces o fadário, tens a impressão de que as tuas são dores únicas e mais volumosas do que to tempo. as de todos. Faculta-te agora uma semeadura Há muitos corações crucificados diferente em relação ao futuro, de que desfilam pelos teus caminhos e maneira que te libertes das dores exignoras completamente o que lhes cruciantes deste momento, auferindo acontece. alegrias e bênçãos jamais imaginadas. Este, no qual te encontras, é um Aquieta, desse modo, as objurgamundo de provas e expiações, portanções infelizes, o coração intranquilo, to, hospital de almas, oficina de repasuperando o pessimismo e a amarguros, escola de aperfeiçoamento. ra, e poderás enxergar melhor os aconÉ natural que isso ocorra, porquanto tecimentos que te envolvem, graças será graças a esses fenômenos, nem aos quais alcançarás a plenitude. 13
  8. 8. Assim, não te permitas autocomiseração, nem conflito perverso de qualquer natureza, entregando-te a Jesus e nEle confiando de forma irrestrita e terminante, pois que Ele cuidará de ti. *** V sação divina é sempre o resultado do grau de esforço desenvolvido pelo ser humano durante a trajetória de elevação. Joanna de Ângelis I A tua atual existência está programada para o êxito. Não mais tomba- Página psicografada pelo médium Divaldo rás nas sombras de onde procedes, P. Franco, em 18 de maio de 2004, em Berlim, Alemanha. se insistires por banhar-te com a clara luminosidade do amor de Deus. Reflexiona melhor e com mais maturidade, de maneira que constatarás alegrias e bem-estar pelo teu caminho, nada obstante algumas dificuldades naturais que todos devem enfrentar. Alegra-te por seres incompreendido, por estares no campo de elevação entre dissabores, porque a compen- 14 mportantíssimo é deixar que os filhos façam escolhas, decidam, peçam sugestões ou orientações aos pais, aos professores o a algum profissional já experimentado nas profissões que almejam. Tudo isso, porém, sem o peso das exigências dos pais. Jamais deveremos confundir sugestões, conjecturas e diálogos com determinações ou imposições para as vidas que não serão vividas por nós. Afinal, há sonhos que precisam ser sonhados por nossos filhos, a fim de que eles trabalhem para convertê-los em realidade. Bendita Maria (Livro: Ações corajosas para viver em paz. Benedita Maria, Cap. 8. Raul Teixeira) S ida em família e te repousa no berço de sonhos desfeitos um filhinho deformado, amputado, dementado, deficiente de qualquer natureza, esquece-lhe a aparência e assiste-o com amor. Não te chega ao trono dos sentimentos por acaso. Antigo companheiro vencido, suplica ajuda ao desertor, só agora alcançado pela divina legislação. Dá-lhe ternura, canta-lhe um poema de esperança, ajuda-o. O filho deficiente no teu lar significa a tua oportunidade de triunfo e a ensancha que ele te roga para alcançar a felicidade. Seria terrivelmente criminoso negar-lhe, por vaidade ferida, o amparo que te pede, quando te concede a bênção do ensejo para a tua reparação em relação a ele. Joanna de Ângelis (Livro: Leis morais da vida. Joanna de Ângelis, Cap. 15. Divaldo Franco) 15
  9. 9. Raul TEIXEIRA Divaldo franco minha família, o mundo e eu: vivendo com jesus Esta é mais Assumindo a postura ora de moderno e amadurecido pensador, de psicólogo social e de sociólogo, ora de um pai e de experiente educador, eis o Benfeitor Camilo a nos trazer às reflexões ângulos importantes sobre a nossa relação familiar. Nesta obra, o Espírito tange com profundidade e simplicidade algumas das mais usuais situaçõesproblema que eclodem no lar, que exigem sérias e delicadas considerações, tais como: o número de filhos, a educação escolar dos filhos, filhos homossexuais, o casal e sua sexualidade, as separações conjugais dentre várias outras. Em minha família, o mundo e eu, acharemos um surpreendente e bonito presente do Mundo Superior, que Camilo converte em páginas de lucidez e beleza, para que tenhamos um apoio a mais no trato dos variados desafios da nossa família humana. 16 uma obra memorável, do iluminado Espírito Amélia Rodrigues, pela privilegiada mediunidade de Divaldo Pereira Franco, apresentando crônicas da vida de Jesus e Seu apostolado, em trinta capítulos. São mensagens de fé, de esperança, de caridade, de amor incondicional ao próximo, de entrega total ao apostolado do bem, nas palavras singelas do Espírito que já se consagrou como a cronista dos Evangelhos, narrados e comentados com uma sensibilidade literária incomum. A cusações, acusadores e acusados! Lembra-te de Jesus em qualquer circunstância, o acusado sem crime. Não foram os estranhos que O venderam, nem os desconhecidos que O negaram. Não foram os inimigos que à hora extrema d’Ele se apartaram... Acusados sempre os houve, e ao lado deles as falsas acusações e os cruéis acusadores sempre estiveram presentes. Entrega-te a Deus, Nosso Pai, e deixa-te conduzir por Ele docilmente, confiantemente, até o momento da tua libertação... Eles, também, os teus acusadores experimentarão em breve o trânsito para a própria libertação. Perdoa-os, e insiste no bem, haja o que haja, certo de que Jesus, a Quem amas, continuará com eles, mas contigo também. Joanna de Ângelis (Livro: Florações evangélicas. Joanna de Ângelis, Cap.: 23. Divaldo Franco) S eja com a família, seja no campo profissional em que te situes, nos compromissos religiosos, no atendimento aos deveres diários; estando em boas condições econômicas ou na pobreza material, achando-te na juventude ou na faixa do desgaste somático, no lar ou na rua, com gozo de paz ou a buscá-la, abre-te com perseverança para a luz, ofertando o que tenhas a quem te rodeia, em maior carência, transfazendo sombra em claridade, ódios em fraternidade, mau tempo em dia ensolarado, desgoverno em equilíbrio. Entenderás, por fim, que com o teu quinhão, ainda que pequeno, terás doado a tua parte, e, assim, estarás unido ao Cristo, crescendo na atuação que planeaste, havendo-te convertido em pilar para os dias felizes que também esperas, tendo sido um com Ele, e, gradativamente, avançando e te desenvolvendo, auxiliando a quem careça e iluminando-te primeiro, na prestação de serviço despretensioso e fraterno, a construir progresso e paz ao teu redor, com os recursos que tenhas. Ivan de Albuquerque (Livro: Nossas riquezas maiores. Diversos, Cap. 24. Raul Teixeira) 17

×