no
119
Ano 61 de abril de 2015
RESENHA
espíritaonline
a informação na medida certa
2 3
agenda
2015
ABRIL
FDivaldo ranco
BRASIL 05/04/15 Rio de Janeiro, RJ
09/04/15 Campo Grande, MS
10/04/15 Três Lagoas, MS...
4 5
Mato Grosso do Sul
Três Lagoas e Campo Grande, MS, promovem
a estada de Divaldo Franco, para palestras
espíritas, conf...
6 7
conteceuA
XVII Conferência Estadual
Espírita
A Federação Espírita do Paraná promoveu a 17ª edição da
Conferência Estad...
8 9
Lançamento de novos livros
durante a XVII Conferência
Presença de Raul Teixeira na
XVII Conferência
Raul Teixeira foi ...
10 11
A
Hidra de Lerna, da mitologia
grega, na sua insaciável sede de
sangue, ressurge, na atualidade,
multiplicando-se em...
12 13
os valores humanos, têm imposto a
sua terrível e covarde adaga em atos
de terrorismo, tendo como pano de
fundo as fa...
1514
As sociedades terrestres poderão ufanar-
se de estarem sustentadas por grupos
familiares equilibrados e fortes, quand...
16 17
Nunca estivestes a sós e não ficareis agora!
Jesus providencia, para que os obreiros da vida maior vos propiciem os ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resenha espirita on line 119

297 visualizações

Publicada em

Notícias de Divaldo Franco e Raul Teixeira e o trabalho de divulgação de Espiritismo em todo o mundo.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
297
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha espirita on line 119

  1. 1. no 119 Ano 61 de abril de 2015 RESENHA espíritaonline a informação na medida certa
  2. 2. 2 3 agenda 2015 ABRIL FDivaldo ranco BRASIL 05/04/15 Rio de Janeiro, RJ 09/04/15 Campo Grande, MS 10/04/15 Três Lagoas, MS 11 e 12/04/15 Cuiabá, MT ESPANHA 17 a 19/04/15 Salou ATIVIDADES DOUTRINÁRIAS PORTUGAL 21/04/15 Barreiro 22/04/15 Setúbal 23/04/15 Santarém 24/04/15 Leiria 25/04/15 Costa da Caparica 25/04/15 Lisboa (à noite) 26/04/15 Amadora 28/04/15 Lagoa 29/04/15 Faro 01/05/15 Óbidos Divaldo Franco vai à Cuiabá Hotel Fazenda Mato Grosso A convite da Federação Espírita do Mato Grosso, Divaldo retorna à Cuiabá, MT, para atividades doutrinárias, nos dias 11 e 12 de abril de 2015, que acontecerão no Hotel Fazenda Mato Grosso. Informações gerais: feemt@feemt.org.br - (65) 3644-2727 11 de abril: Palestra pública às 20h 12 de abril: Seminário: Um mundo em transição e as doenças emocionais das 9h às 12h30
  3. 3. 4 5 Mato Grosso do Sul Três Lagoas e Campo Grande, MS, promovem a estada de Divaldo Franco, para palestras espíritas, conforme informações: 10 de abril - Três Lagoas Palestra - 19h30 Local: Papillon Eventos 9 de abril - Campo Grande Palestra - 19h30 Local: Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo Encontro Fraterno 2015 Será de 15 a 18 de outubro de 2015, no Hotel Iberostar Praia do Forte, em Salvador, BA, o Encontro Franterno2015, com Divaldo Franco. As inscrições poderão ser feitas pelo site da Mansão do Caminho: www. mansaodocaminho.com.br/eventos Jornada doutrinária ortugal 2015 Em abril de 2015 e início de maio, a convite da Federação Espírita Portuguesa, Divaldo Franco realizará longa jornada doutrinária em Portugal, atendendo: 22/04/15 - Setúbal - 21h Salão da Associação de Socorros Mútuos Setubalense 23/04/15 - Santarém - 21h Associação Cultural Espírita Santarém 24/04/15 - Leiria - 20h30 Sociedade Espírita Leiria 25/04/15 - Costa da Caparica - 10h30 25/04/15 - Lisboa - 17h30 Associação de Comerciantes de Lisboa 26/04/15 - Amadora - 15h Sede da Federação Espírita Portuguesa 28/04/15 - Lagoa - 21h Auditório Municipal de Lagoa 29/04/15 - Faro - 20h30 Escola de Enfermagem de Faro 01/05/15 - Óbidos - 11h Hotel Vila D’Óbidos Lisboa - Portugal P Campo Grande, MS
  4. 4. 6 7 conteceuA XVII Conferência Estadual Espírita A Federação Espírita do Paraná promoveu a 17ª edição da Conferência Estadual Espírita, entre os dias 13 e 15 de março de 2015, no Centro de Exposições Expotrade, na cidade de Pinhais, vizinha de Curitiba, PR. O evento é alusivo aos 150 anos do livro O Céu e o Inferno, de Allan Kardec. Divaldo Franco esteve presente, bem como Raul Teixeira, como convidado especial, e mais Alberto Almeida, Sandra Borba Pereira e Haroldo Dias. Veja fotos ao lado, cedidas por Jorge Moehlecke: A 5ª CONFERÊNCIA ANUAL ESPÍRITA, na Flórida, USA, nos dias 7 e 8 de abril de 2015, que contou com a presença de Divaldo Franco e Raul Teixeira.
  5. 5. 8 9 Lançamento de novos livros durante a XVII Conferência Presença de Raul Teixeira na XVII Conferência Raul Teixeira foi convidado especial da Federação Espírita do Paraná para a XVII Conferência Estadual Espírita. Veja fotos:
  6. 6. 10 11 A Hidra de Lerna, da mitologia grega, na sua insaciável sede de sangue, ressurge, na atualidade, multiplicando-se em forma do hediondo terrorismo. Os fantasmas do medo, da revolta, das lutas sem quartel, corporificam-se nas massas alucinadas gritando por vingança, sem se importar com o número de vidas que sejam estioladas, nem com as formas cruentas a que sejam submetidas. Os direitos do homem e da mulher, dolorosamente conseguidos ao largo da História, cedem lugar ao abuso do poder desenfreado, da loucura fanática de minorias infelizes, que acendem o estopim do barril de pólvora dos ódios malcontidos. Entre as elevadas conquistas do desenvolvimento ético e moral da Terra, destaca-se a liberdade, representada nas organizações políticas pelos regimes democráticos, veladores da honra de bem viver e deixar que os demais também o vivam. Dentre esses direitos inalienáveis, a liberdade de expressão alcançou nível superior para o comportamento humano. Não há, portanto, limite sagrado ou profano, proibido ou permitido, dependendo, exclusivamente, do estágio intelecto-moral da sociedade e dos seus cidadãos, que optarão pelo ético, pelo saudável e pelo favorável ao desenvolvimento espiritual da Humanidade. Sofista por excelência e ético na sua essência, Sócrates defendia a liberdade de expressão num período de intolerância e de sujeição, de arbitrariedades, que ele condenava, havendo pago com a nobre existência a elevada condição de exaltar a beleza e a verdade. Jesus, na Sua ímpar condição, respeitou essa gloriosa conquista – a liberdade de expressão - não se permitindo afetar pelos inditosos comportamentos dos seus opositores contumazes... E fez-se vítima espontânea da crueldade e do primarismo daqueles que O temiam e, por consequência, O odiavam. Legou-nos, no entanto, no memorável discurso das bem- aventuranças as diretrizes éticas para a conquista da existência feliz através da aquisição da paz. Em momento algum limitou, excruciou ou lutou contra o amadurecimento espiritual do ser humano. Sua doutrina, conforme previra, foi submetida ao talante dos poderes temporais e transformada em arma terrorista esmagadora que dominou as massas humanas por longos séculos de medo e de horror. Há pouco mais de duzentos anos, no entanto, a França e, logo depois, os Estados Unidos da América do Norte desfraldaram a bandeira dos direitos à liberdade, à igualdade e à fraternidade. E houve, desde então, avanços incontestes no comportamento dos povos, diversas vezes afogados no sangue dos seus filhos em insurreições internas, em guerras internacionais, embora muitos interesses subalternos, para que lhes fossem preservados esses soberanos direitos. Os temperamentos primários, porém, ainda predominantes em expressivo número de Espíritos rebeldes, incapazes de compreender TERRORISMO
  7. 7. 12 13 os valores humanos, têm imposto a sua terrível e covarde adaga em atos de terrorismo, tendo como pano de fundo as falsas e mórbidas confissões políticas e religiosas, que dizem abraçar, espalhando o caos, o terror, nos quais se comprazem. A força das suas armas destrutivas jamais fixará os seus postulados hediondos, pois que sempre enfrentarão outros grupelhos mais nefastos e sanguinários que os vencerão. Após o triunfo de um bando de bárbaros por um tempo e ei-los desapeados da dominação por dissidentes não menos cruéis... Assim tem sido na História em todos os tempos. Os mongóis, por exemplo, conquistaram a Índia, embelezaram- na, realizaram esplendorosas construções como o Taj Mahal, pelo imperador Shah Jahan, a fortaleza dita inexpugnável guardando a cidade e as minas de diamantes da Golconda, enquanto se matavam para manter- se ou para conquistar o trono – filhos que assassinaram os pais ou os encarceraram, ou os enviaram para o exílio, como era hábito em outras nações – para depois sucumbirem sob o guante de outros voluptuosos dominadores mais hábeis e mais selvagens. Criaram armas terríveis, como os foguetes com lâminas aguçadas e os imensos canhões, terminando vencidos, após algumas glórias, pelas tropas inglesas que invadiram o país, submetendo-o por mais de um século ao Reino Unido, desde o reinado de Vitória. Mais tarde, a grandeza moral do Mahatma Gandhi, com a sua misericordiosa não violência, libertou-a, restituindo-a aos seus primitivos filhos. Nada obstante, após o seu assassinato, a Índia continuou e permanece até hoje vítima do terrorismo político e religioso desenfreado, sem a bênção da paz, a dileta filha do amor. Somente quando o amor instalar- se no coração do ser humano é que o terrorismo perverso desaparecerá e os cidadãos de todas as pátrias e de todas as confissões religiosas se permitirão a vera liberdade de pensamento, de palavra e de ação. Com efeito, esse sublime sentimento não usará da glória da liberdade para denegrir ou punir pelo ridículo, porque respeitará todos os direitos que a Vida concede àqueles que gera e mantém. Para que esse momento seja atingido, faz-se urgente que todos, mulheres e homens de bem, religiosos ou não, mantenham-se em harmonia, respeitem-se mutuamente e contribuam uns para a plenitude dos outros. Infelizmente, porém, na atualidade, em que predominam o individualismo, o consumismo, o exibicionismo, espúrios descendentes do egoísmo, facções terroristas degeneradas disseminarão na Terra o crime e o pavor, até que seus comandantes e comandados sejam todos exilados para mundos inferiores, compatíveis com o seu estágio de evolução. Merece, igualmente, neste grave momento, recordar a frase de Jesus: Eu venci o mundo! (João, 16:33) Todos desejam, por ignorância, vencer no mundo. Ele não foi um vitorioso no cenário enganoso do mundo, mas o triunfador sobre todas as suas ainda perversas injunções. O terrorismo passará como todas as vitórias da mentira, das paixões inferiores e da violência, porque só o amor é portador de perenidade. Vianna de Carvalho Psicografia de Divaldo Pereira Franco, na sessão mediúnica da noite de 7 de janeiro de 2015 (quando ocorreu o ataque terrorista em Paris), no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia. Taj Mahal Gandhi Golconda
  8. 8. 1514 As sociedades terrestres poderão ufanar- se de estarem sustentadas por grupos familiares equilibrados e fortes, quando não se pensar na constituição dos lares somente por ocasião dos casamentos, mas quando tudo isso fizer parte do planejamento educacional desde a infância, pois os cônjuges do futuro têm hoje a necessidade de ser preparados para viver em família, atendendo a parte que lhes caiba nessa divina formação. Somente assim é que, gradualmente, veremos diminuídos os diversos traumatismos de ordem emocional, tão comuns nos grupos caseiros, o que dará lugar a relacionamentos verazmente sadios e valorosos, nos quais cada membro do conjunto afetivo terá clareza quanto ao papel que lhe diz respeito, em nome da harmonia geral. Não teremos nenhuma ilusão de supor que as famílias humanas viverão em perfeito equilíbrio, enquanto for o nosso planeta assinalado pelo regime moral das provações e das expiações. Sem embargo, como poderemos ser na Terra tão felizes quanto as condições planetárias nos permitam, tudo deveremos fazer por arejar as zonas abafadas das relações humanas, buscando o frescor dos ensinamentos formosos da Gloriosa Imortalidade. Camilo (Do livro: Minha família, o mundo e eu. Camilo. Cap.: Envolvimentos de amor no lar. Raul Teixeira) Indispensável que para o êxito matrimonial sejam exercitadas singelas diretrizes de comportamento amoroso. Há alguns sinais de alarme que podem informar a situação de dificuldade antes de agravar a União conjugal: Silêncios injustificáveis quando os esposos estão juntos; Tédio inexplicável ante a presença do companheiro ou da companheira; Ira disfarçada quando o Consorte ou a consorte emite uma opinião; Saturação dos temas habituais, versados em casa, fugindo para intérminas leituras de jornais ou inacabáveis novelas de televisão; Irritabilidade contumaz sempre que se avizinha do lar; Desinteresse pelos problemas do outro; Falta de intercâmbio de opiniões; Atritos contínuos que ateiam fagulhas de irascibilidade, capazes de provocar incêndios em forma de agressão desta ou daquela maneira... E muitos outros mais. Antes que as dificuldades abram distâncias e os espinhos da incompreensão produzam feridas, justo que se assumam atitudes de lealdade, fazendo um exame das ocorrências e tomando-se providências para sanar os males em pauta. Assim, a honestidade lavrada na sensatez, que manda “abrir-se o coração” um para com o outro, consegue corrigir as deficiências e reorganizar o panorama afetivo. Joanna de Ângelis (Do livro: SOS Família. Diversos. Cap. 4. Divaldo Franco) Nunca retribuas maldade com vingança ou desforço. 0 homem mau se encontra doente e ainda não sabe. Dá-lhe o remédio que minorará o seu aturdimento, não usando para com ele dos recursos infelizes de que ele se utiliza para contigo. Se alguém te ofende, o problema é dele. Somente com a consciência do quanto é importante evoluir para Deus, seja pelo conhecimento das coisas da Terra, seja por meio das coisas do Céu, a pessoa conseguirá progredir superando seus limites, valorizando-se, imprimindo em seu roteiro terrestre o progresso esperado, que não vem de Deus “de graça”, mas vem de Deus para aqueles que fazem a sua parte, contando, só então, com a ajuda celeste. Não se desmereça, mostrando-se sempre incapaz. Disponha-se a ler um jornal, uma revista, um livro. Aprenda a perguntar a quem estudou a sua frente, de modo a entender melhor. Desenvolva o gosto por palestras sobre questões que você gostaria de conhecer ou entender melhor. Quando és tu quem ofende, a questão muda de configuração e o problema passa a ser teu. O ofensor é sempre o mais infeliz. Conscientiza-te disso e segue tranquilo. Joanna de Ângelis (Do livro: Vida feliz. Joanna de Ângelis. Cap. XII. Divaldo Franco) Desenvolva o interesse por películas, por teatro, por tudo que lhe permita obter outros ângulos de diversas situações da vida. Esforce-se, aprenda, supere-se e experimentará o que significa penetrar os segredos da Vida ou os mistérios de Deus. Descobrirá, por fim, como é bom enxergar através de horizontes mais amplos, como é bom aumentar a própria luz para andar com segurança e firmeza pelos caminhos humanos. Joanes (Do livro: Para uso diário. Joanes, Cap. 8. Raul Teixeira)
  9. 9. 16 17 Nunca estivestes a sós e não ficareis agora! Jesus providencia, para que os obreiros da vida maior vos propiciem os recursos para o êxito dos cometimentos superiores. Insisti, nas decisões! Porfiai, nas atividades! Demorai, nos propósitos superiores! Certamente não será fácil! Nada é fácil quando o objetivo maior é a verdade. Mas as compensações superiores serão tantas e tais que não vos apercebereis da dor, nem dos testemunhos, passando as alegrias inexcedíveis que vos coroarão as almas no desempenho da tarefa que assumistes antes do renascimento corporal. Bezerra de Menezes (Do livro: Compromissos iluminativos. Bezerra de Menezes. Cap.: 20. Divaldo Franco) Quantos casos você deve conhecer de pessoas que foram acolhidas em algum lar, na hora da necessidade; de empregados que obtiveram ensejo de trabalhar, mesmo sem tantas habilidades; de amigos que foram consolados ou sustentados por outros, no tempo da penúria, e que se voltam contra seus benfeitores? Mentem, atraiçoam, sequestram, usurpam, matam. O mundo está repleto de ingratos. Recordemo-nos de Jesus: o caso dos dez leprosos curados, quando somente um voltou para agradecer; o caso de Judas Iscariotes, que se esqueceu das instruções do Amigo e pensou somente no poder terreno do qual poderia usufruir e o caso do povo que o recebeu com festa num domingo e que, na sexta-feira seguinte, chumbou-O numa cruz, trocando-O por um marginal social. Nem o Divino Mestre escapou dos ingratos. Benedita Maria (Do livro: Todos precisam de paz na alma. Benedita Maria. Cap. 12. Raul Teixeira) MOMENTOS DE SAÚDE E DE CONSCIÊNCIA A conquista da saúde integral é a meta ambicionada pela criatura humana. Conseguir a harmonia entre o equilíbrio orgânico, e o emocional e o psíquico, num quadro geral de bem-estar, constitui um grande desafio para a inteligência humana que, milenarmente, vem recorrendo às mais variadas quão complexas experiências, que têm resultado em admiráveis e valiosas conquistas. EM NOME DE DEUS Já pelo título, Em Nome de Deus mostra o foco temático para o qual o espírito José Lopes Neto nos conduz. E é ele que nos diz: “Após um tempo imenso haver passado, e de termos recebido inúmeras sugestões, de generosos e caros amigos da Pátria Espiritual, para que materializássemos, em papel e tinta, algumas das nossas reflexões a respeito do modo popular de pensar-se em Deus - tarefa à qual me vinha dedicando há muito, junto às classes de irmãos desencarnados em processo de preparação para novas reencarnações, como pequenos cursos, por módulos, regulares, objetivando fixar-lhes no psiquismo as responsabilidades para com as divinas leis, que emanam do Criador - decidi-me por aceitar o repto. Retomei algumas falas proverbiais do cotidiano terreno, juntei a outros temas relativos às visões variadas que se tem da Divindade e parti para a lida.” VISITE OS SITES: Editora Fráter: http://editorafrater.com.br Livraria LEAL: http://mansaodocaminho.com.br/livraria-leal/

×