RESENHA
17 de fevereiro de 2014

Ano 5

n 104
o

espíritaline
on

a informação na medida certa
1
Londres
Divaldo Franco irá à Londres, Inglaterra, em maio de 2014, para atender
programação doutrinária:
10/05/14 - 14h30 ...
Divaldo na Espanha
O Movimento Espírita da região de Tarragona, na Espanha, receberá Divaldo
Franco no próximo mês de abri...
Goiás - Congresso Espírita
Acontecerá nos dias 3 e 4 de março de 2014, em Goiânia,
no Centro de Convenções, o Congresso Es...
Raul Teixeira vai aos Estados Unidos

3

Raul Teixeira é convidado especial da Federação
Espírita da Flórida, para
partici...
A

alucinação
midiática,
a
serviço do mercantilismo de
tudo, vem, a pouco e pouco,
dessacralizando o ser humano, que
perde...
logo mais, à tarde, transforma-se em
passado distante, sem recordações ou
como impositivo de esquecimento para
novas formu...
f

VIDA
´
amilia
EM

G

milhões de vítimas que arrasta, espeReflexiona, pois, na correria louca
cialmente na inexperiência...
Diamantes fatídicos:

Mais uma vez, o exigente mestre Victor
Hugo nos envia da Esfera espiritual, através
da psicografia d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resenha espirita on line 104

878 visualizações

Publicada em

Notícias de Divaldo Franco e Raul Teixeira e o trabalho de divulgação de Espiritismo em todo o mundo.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
878
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha espirita on line 104

  1. 1. RESENHA 17 de fevereiro de 2014 Ano 5 n 104 o espíritaline on a informação na medida certa 1
  2. 2. Londres Divaldo Franco irá à Londres, Inglaterra, em maio de 2014, para atender programação doutrinária: 10/05/14 - 14h30 às 17h30 Seminário: A vitória do Evangelho Local: Lambeth Town Hall, Brixton 11/05/14 - 15h às 17h30 Seminário: A psicologia do perdão Local: Perrin Lecture Theatre – Queen Mary University of London Campus, Newark Street, off New Road 2 RESENHA RESENHA 3
  3. 3. Divaldo na Espanha O Movimento Espírita da região de Tarragona, na Espanha, receberá Divaldo Franco no próximo mês de abril, que lá estará a serviço da divulgação doutrinária, reunindo os espíritas e simpatizantes também das cidades vizinhas para confraternizar, estudando e aprendendo Espiritismo. Reus - 5 e 6 de abril de 2014 No dia 27 de março de 2014, Divaldo Franco estará em Washington DC, USA, para mais uma edição do Movimento Você e a Paz, naquela cidade. O encontro será no National Museum of Women and the Arts, Av. New York, 1250, das 19h às 23h. 4 RESENHA Lleida - 7 de abril de 2014 Presença confirmada de Divaldo Franco RESENHA 5
  4. 4. Goiás - Congresso Espírita Acontecerá nos dias 3 e 4 de março de 2014, em Goiânia, no Centro de Convenções, o Congresso Espírita de Goiás, que contará com a presença de Divaldo Franco. Jornada na cidade de São Paulo Divaldo Franco esteve na cidade de São Paulo, nos dias 7 a 9 de fevereiro de 2014, para as seguintes atividades doutrinárias: Seminário “Amanhecer de Uma Nova Era” e Palestra na noite do dia 9. Veja fotos: 1 e 2 - Seminário, 3 e 4 - Palestra: 1 Divaldo rumando para os Estados Unidos 2 Citrus Heights - 19 de fevereiro de 2014 San Francisco - 20 de fevereiro de 2014 Los Angeles - 21 de fevereiro de 2014 San Diego - 22 de fevereiro de 2014 6 RESENHA RESENHA 7
  5. 5. Raul Teixeira vai aos Estados Unidos 3 Raul Teixeira é convidado especial da Federação Espírita da Flórida, para participar de Seminário que acontecerá nos dias 8 e 9 de março de 2014, em Miami, USA, alusivo aos 150 anos de O Evangelho segundo o Espiritismo. Divaldo Franco, juntamente com Daniel Assisi, Kirsten Demelo, Vanessa Anseloni e Suzana Simões, estará coordenando as atividades doutrinárias. 4 EM PINHAIS - PARANÁ Ainda no mês de março, Raul Teixeira estará em Pinhais, PR, para participar da Conferência Estadual Espírita, promoção da Federação Espírita do Paraná, durante os dias 14 a 16 de março de 2014. 8 RESENHA RESENHA 9
  6. 6. A alucinação midiática, a serviço do mercantilismo de tudo, vem, a pouco e pouco, dessacralizando o ser humano, que perde o sentido existencial, tombando no vazio agônico de si mesmo. Numa cultura eminentemente utilitarista e imediatista, o tempo-sem-tempo favorece a fuga da autoconsciência do indivíduo para o consumismo tão arbitrário quão perverso, no qual o culto da personalidade tem primazia, desde a utilização dos recursos de implantes e programas de aperfeiçoamento das formas, com tratamentos especializados e de alto custo, até os sacrifícios cirúrgicos modificando a estrutura da organização somática. O belo, ou aquilo que se convencionou denominar como beleza, é um dos novos deuses do atual Olimpo, ao lado 10 RESENHA Vazio existencial Certamente, não fazemos apolodas arbitrariedades morais e emocionais em decantado culto à liberdade, cada vez mais gia desses estados naturais, mas eles libertina. A ausência dos sentimentos de nobreza, particularmente do amor, impulsiona o co- constituem pausas necessárias para mércio da futilidade e do ilusório, realizando-se a criatura enganosamente nos objetos refazimento emocional nas extravae utensílios de marca, que lhe facultam o exibicionismo e a provocação da inveja dos gâncias do cotidiano. Sempre quando são recalcados e Em dias de utopia, nos quais se vale pelo que se apresenta e não pelo que se é, o eto não logram conscientização, inevitaconvencional, os ideais que dignificam e trabalham as forças normais cedem lugar aos velmente se transformam em probleprazeres ligeiros e frustrantes que logo abrem espaço a novas mentirosas necessidades. mas orgânicos pelo fenômeno da somatização. O cárcere do relógio, impedindo que se vivencie cada experiência em sua plenitude e Muito melhor é a vivência da tristotalidade, sem saltar-se de uma para outra apressadamente, torna os seus prisioneiros cada vez mais ávidos de novidades, por se lhes apresentar o mundo assinalado pela sua teza legítima e necessária, em caráter temporário, do que a falsa alegria, a fugacidade. máscara da felicidade sem conteúdos Exige-se que todos se encontrem em intérmino banquete de alegrias, fingindo confor- válidos. to e bem-estar nas coisas e situações a que se entregam, distantes embora da realidade Nesse contubérnio infeliz, tudo é e dos significados existenciais. muito rápido e passa quase sem deixar A tristeza, a reflexão, o comedimento já não merecem respeito, sendo tidos como vestígio da sua ocorrência. transtornos de conduta, numa exaltação fantasiosa e sem limite em relação aos júbilos O agora, em programação de londestituídos de fundamentos., go alcance, elaborado ao amanhecer, menos favorecidos, disputando-se no campeonato da insensatez. RESENHA 11
  7. 7. logo mais, à tarde, transforma-se em passado distante, sem recordações ou como impositivo de esquecimento para novas formulações prazerosas. Quando não se vivencia o presente em sua profundidade, perdem-se as experiências que ficaram arquivadas no passado. E todo aquele que não possui o passado nos arquivos da memória atual é destituído de futuro, por faltarem-lhe alicerces para a sua edificação. a brutalidade e a barbárie com a destruição de imóveis, veículos e vidas, quando um deles perde na disputa nem sempre honorável... Aprendendo com os adultos a negar as qualidades do bem e da paz, na azáfama exclusiva do desfrutar, essa aturdida mocidade entrega-se à drogadição, em busca do êxtase que logo passa trazendo-a à realidade decepcionante. O desencanto, que se lhe instala, de imediato deve ser diminuído Nessa volúpia hedonista, o egotismo no tempo e no espaço, facultando-lhe governa as mentes e condutas, produ- buscar novos estimulantes ou entorpezindo o isolamento na multidão e a so- centes para esquecer ou para gozar. lidão nos escaninhos da alma. Nesse particular, a comercialização Todo prazer que representa alegria real impõe um alto preço pela falta de espontaneidade, pela comercialização dos seus valores e emoções. * Não seja de estranhar-se que a juventude desorientada, sempre arrebatada pela música de mensagem rebelde e agressiva, de conteúdo deprimente e aterrorizante, com a INTERNET exibindo as imagens de adolescentes suicidas em demonstração de coragem e desprezo pela vida, ignore as possibilidades de um futuro risonho, que lhe parece falacioso. Os esportes que os gregos cultivavam, assim como outros povos, como meios de recreação, arte e beleza – exceção feita aos espetáculos grosseiros nos circos de Roma imperial – vemos alguns deles hoje transformados em campos de batalha, nos quais os seus grupos de aficionados armam-se para rudes refregas com os opositores e em que os atletas não têm outro vínculo com os seus clubes, senão o interesse pelos altos rendimentos, favorecem 12 RESENHA do sexo aviltado com os ingredientes vel no renascimento do Espírito na ordo erotismo tecnicista, exaure os seus ganização carnal, que se constitui da dependentes, consumindo-os. oportunidade para o autoburilamento É inevitável, nesta cultura pagã e por colisões e atritos, qual ocorre com perversa, a presença do vazio existen- as gemas preciosas que necessitam da cial nas criaturas humanas, suas gran- lapidação para libertar a luminosidade adormecida no seu interior. des vítimas. Uma releitura atenta dos códigos de Apesar da ocorrência mórbida, bem mais fácil do que parece é a conquista ética e de justiça de todos os tempos proporciona o reencontro com os reais dos objetivos da reencarnação. valores que devem nortear a vida huPessoa alguma encontra-se na indu- mana. mentária carnal por impositivo do acaO tecido social ora esgarçado e têso ou por injunção de um destino cego nue ante uma revisão sistêmica dos e cruel. objetivos de elevação moral em favor Existe uma finalidade impostergá- da aquisição da alegria real, sem as máscaras da mistificação, adquiriria resistência para os enfrentamentos, abrindo espaço para a justiça social, para o auxílio recíproco. Esse ser biopsicossocial é, antes de tudo, imortal, criado por Deus para viver em plena harmonia durante a viagem orgânica. Indispensável, pois, se torna a elaboração de programas educacionais e labores que propiciem a autoconsciência. As conquistas tecnológicas e midiáticas são neutras em si mesmas, considerando-se os inestimáveis benefícios oferecidos à sociedade terrestre, que saiu da treva e da ignorância para a luz e o conhecimento. A ganância e os tormentos interiores de alguns dos seus executivos e multiplicadores de opinião respondem pela fabricação de líderes da alucinação, de exibidores da rebeldia, de fanáticos da agressividade e da promiscuidade. Usadas de maneira adequada, encaminhariam com saudável conduta os RESENHA 13
  8. 8. f VIDA ´ amilia EM G milhões de vítimas que arrasta, espeReflexiona, pois, na correria louca cialmente na inexperiência da juventu- para lugar nenhum e considera a vida de rica de sonhos que se transformam a oportunidade de sorrir e produzir, em hórridos pesadelos. descobrindo-te útil a ti mesmo e à coO vazio existencial consome o ser munidade. e atira-o na depressão, empurrando-o Mas, se insistir essa estranha senpara o suicídio. sação, faze mais e melhor, esquecenEm uma cultura saudável, a alegria do-te de ti mesmo, auxilia outrem a não impede a tristeza, nem essa ator- lograr aquilo por que anela, e descobrimenta, por constituir-se um fenômeno rás que, ao fazê-lo feliz, preenchido de psicológico natural do ser, profundo paz, estarás ditoso também. em si mesmo. * Se experimentas esse vazio interior, desmotivado para viver ou para laborar em favor do bem-estar pessoal, abre-te ao amor e deixa-te conduzir pelas suas desconhecidas emoções que te plenificarão com legítimas aspirações, oferecendo-te um alto significado psicológico e humano. 14 RESENHA Joanna de Ângelis Página psicografada pelo médium Divaldo Pereira Franco, do Espírito Joanna de Ângelis, na reunião mediúnica de 29 de outubro de 2008, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia. randioso será o dia em que os genitores, após os enfrentamentos complexos da educação dos rebentos, ao vê-los risonhos a pedir entendimento e direção, com olhos brilhantes e gestos vibrantes, a eles pudessem dizer: “Filhos abençoados, presentes de Deus em nossa existência, que seria de nós sem a sua presença a conferir valor e sentido ao nosso lar? Obrigado por trazerem luz e vida aos nossos caminhos, e por ensinar-nos o melhor modo de os amar.” Que venturosa será a ocasião em que cada filho conseguir avaliar a bendita significação dos seus pais em sua vida, conseguindo externar-lhes: “Pai, mãe, amigos amados de meu caminho, de eu honra se reveste a minha vida por tê-los ao meu lado! Na firmeza responsável do meu pai e na assistência dedicada e vigilante de minha mãe tenho o reflexo de Deus a orientar-me o rumo pela Terra. Que seria sem o cuidadoso amparo, sem as suas renúncias e preocupações?” S eu filho é abençoado aprendiz da vida. Não lhe dificulte a colheita das lições, fazendo-lhe as tarefas. Seu filho é flor em botão nos verdes ramos da existência. Não lhe precipite o desabrochar, estiolando-lhe a vitalidade espontânea. Seu filho é discípulo da existência. Não lhe cerceie a produtividade, tomando sobre os seus ombros os misteres que lhe competem. Seu filho é lâmpada em crescimento de luz. Não lhe coloque o óleo viscoso da bajulação para que não afogue o pavio onde crepita a chama da esperança. Seu filho é fruto em formação para o futuro. Não procure colher, antes do tempo, o benefício que lhe não pertence. Lembre-se, mãe devotada que você é, que o seu filho é também filho de Deus. Você poderá caminhar ao seu lado na estrada apertada, mas ele só terá honra quando conseguir chegar ao objetivo conduzido pelos próprios pés. Você tem o dever de lhe apontar os abismos à frente; mas a ele compete contornar os obstáculos e descer às baixadas da existência para testar a fortaleza do próprio caráter. Você deve ministrar-lhe o sustento do Evangelho; mas a ele compete o murmúrio das orações, na prece continuada das ações nobres. Camilo Amélia Rodrigues (Livro: Minha família, o mundo e eu. Camilo, Cap. 29. Raul Teixeira) (Livro: Crestomatia da imortalidade. Espiritos diversos, Cap. 37. Divaldo Franco) RESENHA 15
  9. 9. Diamantes fatídicos: Mais uma vez, o exigente mestre Victor Hugo nos envia da Esfera espiritual, através da psicografia de Divaldo Pereira Franco, uma verdadeira jóia literária, demonstrando a inexorabilidade e o caráter invencível da Lei de Causa e Efeito, que se abate sobre todos os que tentam defraudá-la, transgredindo os seus códigos divinos. O leitor ficará fortemente impressionado com a trama que envolve Espíritos encarnados e desencarnados, uns resgatando débitos transatos; outros, contraindo-os, inadvertidamente, adiando apenas, por pouco tempo, o pagamento compulsório. Todos, uns e outros, movidos pelo ódio, pelo egoísmo, pela ganância... Caminhos para o amor e a paz: Sim, é urgente propor ao jovem uma parada na excitação cotidiana, que tantas vezes levam-no ao sofrimento, a fim de se indagar sobre si mesmo: Por que estou no mundo exatamente hoje? O que o Criador pretende da minha trajetória humana? Que tipos de anseios explodem em minha intimidade? O que desejo para a própria existência? O que desejo é o melhor para mim e para os outros? Que direito tenho sobre a minha vida e a vida de terceiros? Posso fazer tudo o quanto penso e quero? Quais compromissos sinto ter trazido para essa vida? Que propostas religiosas devo procurar para meu esclarecimento espiritual? De que elementos me instrumentarei, para atender minha missão planetária? 16 RESENHA V iver a fraternidade de forma compatível com as necessidades do momento, eis o dever de todos aqueles que compreendemos a missão e o apostolado de Jesus, na Terra. Vivendo com os homens, semelhante a eles e superior a todos, o Mestre jamais dispensou a fraternidade, legando-a aos Seus discípulos, a fim de que todos que o conhecessem soubessem que Lhes pertenciam... Assim, vivendo em santa fraternidade e edificando no íntimo o mundo novo de paz, façamos dos nossos propósitos o alicerce de ternura e realização nos quais a caridade se distenda na direção da Humanidade. Bezerra de Menezes (Livro:Compromissos iluminativos Bezerra de Menezes, Cap.: 19. Divaldo Franco) E is-nos à frente do impositivo de transformar a vida num roteiro de alegrias, considerando-se que, nas horas de cada dia, o Supremo Senhor coloca os mais diversificados recursos, os melhores talentos de luz, ao nosso dispor, a fim de que, em os aproveitando, em breves tempos consigamos as riquezas da paz e do progresso. Não permitamos que se passem os minutos, no mundo, sem que tenhamos testemunhado fidelidade ao tempo-fortuna, consagrando-nos ao nosso crescimento espiritual, à nossa emancipação amadurecida, em nosso dia a dia. Guilherme March (Livro:Vozes do Infinito. Diversos, Cap. 38. Raul Teixeira) RESENHA 17

×