SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
“Tenho 9 anos e estou no 2º ano! E agora?”: Papel 
da psicologia clinica na transformação cerebral. 
Carina Pinto(1), Andreia Baptista(2), Teresa Martins(3), Mauro Paulino(4), Manuel Matias(5) 
Introdução 
Joana (nome fictício), de 9 anos de idade, frequentava o segundo ano do 
ensino básico. Fruto de uma relação conturbada e alvo de negligência 
familiar, foi acolhida juntamente com a sua mãe e irmãos na Casa de Abrigo 
“Nova Esperança”, onde permaneceu um ano. 
Assumindo que, as relações estabelecidas ao longo da vida, são 
fundamentais no desenvolvimento do ser humano e a aprendizagem 
remete para um processo relacional potenciado pela afetividade, muitas 
poderão ser as necessidades sentidas por esta criança. A relação terapêutica 
assume um papel crucial e facilitador das aprendizagens e crenças, 
relacionadas com o processo de desenvolvimento, uma vez que, através 
dela, podemos conferir significado ao que a criança sente, compreender 
quais as suas reais dificuldades e a forma como compreende o que aprende. 
Desenho: 
Primeira avaliação Reavaliação 
Escrita: 
Primeira avaliação Reavaliação 
Motivação para a aprendizagem: 
Primeira avaliação Reavaliação 
1,2 Psicólogas Clinicas - Área da Violência Doméstica na Cooperativa Pelo Sonho É Que Vamos. 
3 Psicóloga Clinica, Gabinete de intervenção e orientação psicológica e pedagógica 
4 Psicólogo Forense no Gabinete Médico-Legal e Forense de Setúbal. Diretor da Intervenção na 
Área da Violência Doméstica na Cooperativa Pelo Sonho É Que Vamos. 
5 Presidente da Direção da Cooperativa Pelo Sonho É Que Vamos 
Email de contato: carina.r.pinto@gmail.com 
Metodologia 
Procedeu-se a uma avaliação psicológica através dos seguintes 
instrumentos: WISC III, desenho da família, desenho da casa, Bar-Ilan, 
avaliação da linguagem oral, bateria de provas fonológicas e estabeleceu-se 
um plano de intervenção aliando o acompanhamento psicológico a uma 
intervenção pedagógica. 
Procedimento: 
Sessões semanais de psicologia com o objetivo de promover a aquisição de 
estratégias de gestão emocional e de estratégias comportamentais 
adequadas. 
Sessões semanais de intervenção neuropsicológica para estimulação 
cerebral, promoção da leitura e da escrita, promoção da consciência 
fonológica. Elaboração de um programa de exercícios específicos com o 
objetivo de melhorar a sua capacidade de concentração, visão espacial, 
atenção, memória, raciocínio lógico e linguagem. 
Ao fim de um ano procedeu-se à reavaliação global da criança. 
Resultados 
Os resultados da avaliação revelaram a presença de sinais de instabilidade 
emocional, desmotivação em relação à escola, dificuldade no 
estabelecimento de relações interpessoais e um funcionamento intelectual 
situado na banda média-inferior que justifica as dificuldades de 
aprendizagem reveladas. 
Após a intervenção efetuada, verificou-se uma evolução significativa ao 
nível das aprendizagens escolares e motivação para a aprendizagem, 
nomeadamente na aquisição de competências ao nível da leitura e da 
escrita e do desenho, bem como um aumento nos níveis de estabilidade 
emocional. 
Conclusão 
O papel do outro desempenha uma importância fundamental no 
desenvolvimento e processo de aprendizagem. O estabelecimento de um 
relacionamento terapêutico, proporciona um “porto-seguro” para construir 
e revelar-se a si mesma, ser aceite e compreendida nas suas diversas 
dificuldades. 
Através de uma intervenção baseada na afetividade e compreensão do 
outro é possível obter resposta às necessidades da criança. 
O bem-estar das crianças, deve ser uma temática central, na atualidade, 
tendo em conta, não só todas as mudanças no sistema educativo, como no 
sistema familiar. Não se trata apenas avaliar o funcionamento cognitivo e 
equilíbrio emocional da criança, trata-se também de perceber as variáveis 
que podem estar relacionadas, para que se encontrem estratégias 
adequadas e facilitadoras da gestão do processo de aprendizagem e 
emocional da criança. 
WISC III: 
Primeira avaliação Reavaliação 
Resultado padronizados Resultados padronizados 
Informação : 5 (< média da sua idade ) Informação : 7 (< média da sua idade ) 
Vocabulário: 7 (< média da sua idade ) Vocabulário: 9 (< média da sua idade ) 
Compreensão: 7 (< média da sua idade ) Compreensão: 9 (< média da sua idade ) 
Casa de Abrigo 
“Nova Esperança”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Histório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da PsicopedagogiaHistório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da Psicopedagogiajanpsicoped
 
Slides psicopedagogico
Slides psicopedagogicoSlides psicopedagogico
Slides psicopedagogicomocabarros
 
A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...
A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...
A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...Paula Leão
 
Diagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogicoDiagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogicoSinara Duarte
 
Especialização em Psicopedagogia...
Especialização em Psicopedagogia...Especialização em Psicopedagogia...
Especialização em Psicopedagogia...BrunnoAngellus
 
Mapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVM
Mapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVMMapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVM
Mapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVMInstituto A Vez do Mestre
 
Slides Psicologia Escolar
Slides Psicologia EscolarSlides Psicologia Escolar
Slides Psicologia EscolarFlávia Feitosa
 
Diagnóstico Psicopedagógico Clínico Aulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de Oliveira
Diagnóstico Psicopedagógico ClínicoAulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de OliveiraDiagnóstico Psicopedagógico ClínicoAulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de Oliveira
Diagnóstico Psicopedagógico Clínico Aulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de OliveiraBia Paula
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaUNICEP
 
Teorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogiaTeorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogiaDiego Rodrigues
 
Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1
Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1
Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1TECLA E VOZ
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacionalizaiasneto4
 
Portifolio objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...
Portifolio   objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...Portifolio   objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...
Portifolio objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...Kátia Rumbelsperger
 

Mais procurados (20)

Histório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da PsicopedagogiaHistório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da Psicopedagogia
 
Slides psicopedagogico
Slides psicopedagogicoSlides psicopedagogico
Slides psicopedagogico
 
A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...
A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...
A atitude do educador de infância e a participação da criança como referencia...
 
Diagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogicoDiagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogico
 
Especialização em Psicopedagogia...
Especialização em Psicopedagogia...Especialização em Psicopedagogia...
Especialização em Psicopedagogia...
 
Pa 3510
Pa 3510Pa 3510
Pa 3510
 
Mapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVM
Mapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVMMapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVM
Mapa Mental: Psicopedagogia Institucional - IAVM
 
Psico integra projeto minhas emoções
Psico integra  projeto minhas emoçõesPsico integra  projeto minhas emoções
Psico integra projeto minhas emoções
 
Necessid
NecessidNecessid
Necessid
 
Apresentação parnaiba
Apresentação parnaibaApresentação parnaiba
Apresentação parnaiba
 
Slides Psicologia Escolar
Slides Psicologia EscolarSlides Psicologia Escolar
Slides Psicologia Escolar
 
Diagnóstico Psicopedagógico Clínico Aulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de Oliveira
Diagnóstico Psicopedagógico ClínicoAulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de OliveiraDiagnóstico Psicopedagógico ClínicoAulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de Oliveira
Diagnóstico Psicopedagógico Clínico Aulas 1 e 2 - Prª Ivana Carvalho de Oliveira
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
 
Teorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogiaTeorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogia
 
Sindrome de down
Sindrome de downSindrome de down
Sindrome de down
 
Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1
Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1
Diagnc3b3stico psicopedagc3b3gico-1
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
 
01. manual do psi. escolar
01. manual do psi. escolar01. manual do psi. escolar
01. manual do psi. escolar
 
Portifolio objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...
Portifolio   objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...Portifolio   objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...
Portifolio objetivo do treinamento com recursos da PSICOPEDAGOGIA CLINICA, ...
 
Fundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da PsicopedagogiaFundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da Psicopedagogia
 

Destaque

Análise de realidade
Análise de realidadeAnálise de realidade
Análise de realidadeEscola
 
Atividade Psicopedagógica
Atividade PsicopedagógicaAtividade Psicopedagógica
Atividade PsicopedagógicaNoeli Ravaglio
 
Se eu-fosse...-o-pai-natal
Se eu-fosse...-o-pai-natalSe eu-fosse...-o-pai-natal
Se eu-fosse...-o-pai-natalMaria Ferreira
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemSilvia Maltempi
 
Elmeroelefante 120716094111-phpapp01
Elmeroelefante 120716094111-phpapp01Elmeroelefante 120716094111-phpapp01
Elmeroelefante 120716094111-phpapp01Maria Ferreira
 
Gesto de-pessoas-aula-01
Gesto de-pessoas-aula-01Gesto de-pessoas-aula-01
Gesto de-pessoas-aula-01Natália Lopes
 
Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.
Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.
Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.Kássia Quadros Ferreira
 
Atividade para alfabetização com parlenda
Atividade para alfabetização com parlendaAtividade para alfabetização com parlenda
Atividade para alfabetização com parlendaEliete Soares E Soares
 
Manual Wisc Pag. 01 - 16
Manual Wisc Pag. 01 - 16Manual Wisc Pag. 01 - 16
Manual Wisc Pag. 01 - 16Marco Morales
 
Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)PamelaAschoff
 
Estágio Educação Infantil
Estágio Educação InfantilEstágio Educação Infantil
Estágio Educação InfantilLuúh Reis
 
Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.renatalguterres
 
AlfabetizaçãO E Letramento
AlfabetizaçãO E LetramentoAlfabetizaçãO E Letramento
AlfabetizaçãO E Letramentohenriqueocarvalho
 

Destaque (19)

Análise de realidade
Análise de realidadeAnálise de realidade
Análise de realidade
 
Atividade Psicopedagógica
Atividade PsicopedagógicaAtividade Psicopedagógica
Atividade Psicopedagógica
 
Capa variedades 573 Educação e mundo
Capa variedades 573 Educação e mundoCapa variedades 573 Educação e mundo
Capa variedades 573 Educação e mundo
 
Se eu-fosse...-o-pai-natal
Se eu-fosse...-o-pai-natalSe eu-fosse...-o-pai-natal
Se eu-fosse...-o-pai-natal
 
Alessandra bergamini madureira cases
Alessandra bergamini madureira casesAlessandra bergamini madureira cases
Alessandra bergamini madureira cases
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Elmeroelefante 120716094111-phpapp01
Elmeroelefante 120716094111-phpapp01Elmeroelefante 120716094111-phpapp01
Elmeroelefante 120716094111-phpapp01
 
Liberdade viseu pdf
Liberdade  viseu pdfLiberdade  viseu pdf
Liberdade viseu pdf
 
Gesto de-pessoas-aula-01
Gesto de-pessoas-aula-01Gesto de-pessoas-aula-01
Gesto de-pessoas-aula-01
 
Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.
Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.
Dificuldades de aprendizagem em foco, previnir a partir da Educação Infantil.
 
WISC IV
WISC IVWISC IV
WISC IV
 
Desenvolvimento prénatal
Desenvolvimento prénatalDesenvolvimento prénatal
Desenvolvimento prénatal
 
Atividade para alfabetização com parlenda
Atividade para alfabetização com parlendaAtividade para alfabetização com parlenda
Atividade para alfabetização com parlenda
 
Manual Wisc Pag. 01 - 16
Manual Wisc Pag. 01 - 16Manual Wisc Pag. 01 - 16
Manual Wisc Pag. 01 - 16
 
Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)Alfabetização e letramento (slide)
Alfabetização e letramento (slide)
 
Protocolo wisc iv
Protocolo wisc ivProtocolo wisc iv
Protocolo wisc iv
 
Estágio Educação Infantil
Estágio Educação InfantilEstágio Educação Infantil
Estágio Educação Infantil
 
Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.Artigo relatório de estágio na educação infantil.
Artigo relatório de estágio na educação infantil.
 
AlfabetizaçãO E Letramento
AlfabetizaçãO E LetramentoAlfabetizaçãO E Letramento
AlfabetizaçãO E Letramento
 

Semelhante a Tenho 9 anos e estou no 2º ano. E agora? O papel da psicologia clínica na transformação cerebral

competencias_socioemocionais BNCC 2024.pdf
competencias_socioemocionais BNCC 2024.pdfcompetencias_socioemocionais BNCC 2024.pdf
competencias_socioemocionais BNCC 2024.pdfHellintonSantos
 
Estratégias de intervenção pedagógica
Estratégias de intervenção pedagógicaEstratégias de intervenção pedagógica
Estratégias de intervenção pedagógicaCNA
 
SLIDE relatorio de estagio Profissionalppsx
SLIDE relatorio de estagio ProfissionalppsxSLIDE relatorio de estagio Profissionalppsx
SLIDE relatorio de estagio ProfissionalppsxFranciscoMata65
 
Tcc: Psicologia positiva e a educação
Tcc: Psicologia positiva e a educaçãoTcc: Psicologia positiva e a educação
Tcc: Psicologia positiva e a educaçãoFábio Munhoz
 
Projeto: Habilidades de vida na escola
Projeto: Habilidades de vida na escolaProjeto: Habilidades de vida na escola
Projeto: Habilidades de vida na escolaPatricia Bampi
 
Psicologia escolar e Educacional
Psicologia escolar e EducacionalPsicologia escolar e Educacional
Psicologia escolar e Educacionalmluisavalente
 
A familia e a dificuldades de aprendizagem
A familia e a dificuldades de aprendizagemA familia e a dificuldades de aprendizagem
A familia e a dificuldades de aprendizagemMiria Silva
 
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaVanessa Casaro
 
Introdução à psicologia capa
Introdução à psicologia capaIntrodução à psicologia capa
Introdução à psicologia capaFrancisco Martins
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoDaniela Alencar
 
Artigo psicomotricidade 2014
Artigo psicomotricidade 2014Artigo psicomotricidade 2014
Artigo psicomotricidade 2014Cristiane Nery
 
Aspectos socioafetivos do_processo
Aspectos socioafetivos do_processoAspectos socioafetivos do_processo
Aspectos socioafetivos do_processoNatasha Cunha
 
A psicanalise e o educador
A psicanalise e o educadorA psicanalise e o educador
A psicanalise e o educadorcefaprodematupa
 
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhosPsicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhosColégio Elisa Andreoli
 

Semelhante a Tenho 9 anos e estou no 2º ano. E agora? O papel da psicologia clínica na transformação cerebral (20)

Artigo carolinakopschina
Artigo carolinakopschinaArtigo carolinakopschina
Artigo carolinakopschina
 
competencias_socioemocionais BNCC 2024.pdf
competencias_socioemocionais BNCC 2024.pdfcompetencias_socioemocionais BNCC 2024.pdf
competencias_socioemocionais BNCC 2024.pdf
 
Estratégias de intervenção pedagógica
Estratégias de intervenção pedagógicaEstratégias de intervenção pedagógica
Estratégias de intervenção pedagógica
 
SLIDE relatorio de estagio Profissionalppsx
SLIDE relatorio de estagio ProfissionalppsxSLIDE relatorio de estagio Profissionalppsx
SLIDE relatorio de estagio Profissionalppsx
 
Tcc: Psicologia positiva e a educação
Tcc: Psicologia positiva e a educaçãoTcc: Psicologia positiva e a educação
Tcc: Psicologia positiva e a educação
 
Projeto: Habilidades de vida na escola
Projeto: Habilidades de vida na escolaProjeto: Habilidades de vida na escola
Projeto: Habilidades de vida na escola
 
Psicologia escolar e Educacional
Psicologia escolar e EducacionalPsicologia escolar e Educacional
Psicologia escolar e Educacional
 
A familia e a dificuldades de aprendizagem
A familia e a dificuldades de aprendizagemA familia e a dificuldades de aprendizagem
A familia e a dificuldades de aprendizagem
 
Desenv.humano no período escolar
Desenv.humano no período escolarDesenv.humano no período escolar
Desenv.humano no período escolar
 
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
 
Introdução à psicologia capa
Introdução à psicologia capaIntrodução à psicologia capa
Introdução à psicologia capa
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
 
Artigo psicomotricidade 2014
Artigo psicomotricidade 2014Artigo psicomotricidade 2014
Artigo psicomotricidade 2014
 
Psicopedagogia
Psicopedagogia Psicopedagogia
Psicopedagogia
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantilDesenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil
 
Sindrome de down
Sindrome de downSindrome de down
Sindrome de down
 
Aspectos socioafetivos do_processo
Aspectos socioafetivos do_processoAspectos socioafetivos do_processo
Aspectos socioafetivos do_processo
 
A psicanalise e o educador
A psicanalise e o educadorA psicanalise e o educador
A psicanalise e o educador
 
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhosPsicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
 
Psicopedagogia clinica pratica especifica
Psicopedagogia clinica  pratica especificaPsicopedagogia clinica  pratica especifica
Psicopedagogia clinica pratica especifica
 

Mais de Mauro Paulino

O Stress Ocupacional no Ministério Público.pdf
O Stress Ocupacional no Ministério Público.pdfO Stress Ocupacional no Ministério Público.pdf
O Stress Ocupacional no Ministério Público.pdfMauro Paulino
 
Bullying - Alertas para Identificar Agressores e Vítimas
Bullying - Alertas para Identificar Agressores e VítimasBullying - Alertas para Identificar Agressores e Vítimas
Bullying - Alertas para Identificar Agressores e VítimasMauro Paulino
 
Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...
Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...
Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...Mauro Paulino
 
Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...
Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...
Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...Mauro Paulino
 
Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...
Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...
Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...Mauro Paulino
 

Mais de Mauro Paulino (7)

O Stress Ocupacional no Ministério Público.pdf
O Stress Ocupacional no Ministério Público.pdfO Stress Ocupacional no Ministério Público.pdf
O Stress Ocupacional no Ministério Público.pdf
 
Bullying - Alertas para Identificar Agressores e Vítimas
Bullying - Alertas para Identificar Agressores e VítimasBullying - Alertas para Identificar Agressores e Vítimas
Bullying - Alertas para Identificar Agressores e Vítimas
 
Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...
Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...
Psicologia forense - Contextos e particularidades da avaliação pericial do fo...
 
Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...
Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...
Vítimas de violência doméstica: A Casa de Abrigo “Nova Esperança” enquanto re...
 
Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...
Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...
Psicologia forense: Contextos e particularidades da avaliação pericial do for...
 
Victimology
VictimologyVictimology
Victimology
 
Sexual Offenders
Sexual OffendersSexual Offenders
Sexual Offenders
 

Tenho 9 anos e estou no 2º ano. E agora? O papel da psicologia clínica na transformação cerebral

  • 1. “Tenho 9 anos e estou no 2º ano! E agora?”: Papel da psicologia clinica na transformação cerebral. Carina Pinto(1), Andreia Baptista(2), Teresa Martins(3), Mauro Paulino(4), Manuel Matias(5) Introdução Joana (nome fictício), de 9 anos de idade, frequentava o segundo ano do ensino básico. Fruto de uma relação conturbada e alvo de negligência familiar, foi acolhida juntamente com a sua mãe e irmãos na Casa de Abrigo “Nova Esperança”, onde permaneceu um ano. Assumindo que, as relações estabelecidas ao longo da vida, são fundamentais no desenvolvimento do ser humano e a aprendizagem remete para um processo relacional potenciado pela afetividade, muitas poderão ser as necessidades sentidas por esta criança. A relação terapêutica assume um papel crucial e facilitador das aprendizagens e crenças, relacionadas com o processo de desenvolvimento, uma vez que, através dela, podemos conferir significado ao que a criança sente, compreender quais as suas reais dificuldades e a forma como compreende o que aprende. Desenho: Primeira avaliação Reavaliação Escrita: Primeira avaliação Reavaliação Motivação para a aprendizagem: Primeira avaliação Reavaliação 1,2 Psicólogas Clinicas - Área da Violência Doméstica na Cooperativa Pelo Sonho É Que Vamos. 3 Psicóloga Clinica, Gabinete de intervenção e orientação psicológica e pedagógica 4 Psicólogo Forense no Gabinete Médico-Legal e Forense de Setúbal. Diretor da Intervenção na Área da Violência Doméstica na Cooperativa Pelo Sonho É Que Vamos. 5 Presidente da Direção da Cooperativa Pelo Sonho É Que Vamos Email de contato: carina.r.pinto@gmail.com Metodologia Procedeu-se a uma avaliação psicológica através dos seguintes instrumentos: WISC III, desenho da família, desenho da casa, Bar-Ilan, avaliação da linguagem oral, bateria de provas fonológicas e estabeleceu-se um plano de intervenção aliando o acompanhamento psicológico a uma intervenção pedagógica. Procedimento: Sessões semanais de psicologia com o objetivo de promover a aquisição de estratégias de gestão emocional e de estratégias comportamentais adequadas. Sessões semanais de intervenção neuropsicológica para estimulação cerebral, promoção da leitura e da escrita, promoção da consciência fonológica. Elaboração de um programa de exercícios específicos com o objetivo de melhorar a sua capacidade de concentração, visão espacial, atenção, memória, raciocínio lógico e linguagem. Ao fim de um ano procedeu-se à reavaliação global da criança. Resultados Os resultados da avaliação revelaram a presença de sinais de instabilidade emocional, desmotivação em relação à escola, dificuldade no estabelecimento de relações interpessoais e um funcionamento intelectual situado na banda média-inferior que justifica as dificuldades de aprendizagem reveladas. Após a intervenção efetuada, verificou-se uma evolução significativa ao nível das aprendizagens escolares e motivação para a aprendizagem, nomeadamente na aquisição de competências ao nível da leitura e da escrita e do desenho, bem como um aumento nos níveis de estabilidade emocional. Conclusão O papel do outro desempenha uma importância fundamental no desenvolvimento e processo de aprendizagem. O estabelecimento de um relacionamento terapêutico, proporciona um “porto-seguro” para construir e revelar-se a si mesma, ser aceite e compreendida nas suas diversas dificuldades. Através de uma intervenção baseada na afetividade e compreensão do outro é possível obter resposta às necessidades da criança. O bem-estar das crianças, deve ser uma temática central, na atualidade, tendo em conta, não só todas as mudanças no sistema educativo, como no sistema familiar. Não se trata apenas avaliar o funcionamento cognitivo e equilíbrio emocional da criança, trata-se também de perceber as variáveis que podem estar relacionadas, para que se encontrem estratégias adequadas e facilitadoras da gestão do processo de aprendizagem e emocional da criança. WISC III: Primeira avaliação Reavaliação Resultado padronizados Resultados padronizados Informação : 5 (< média da sua idade ) Informação : 7 (< média da sua idade ) Vocabulário: 7 (< média da sua idade ) Vocabulário: 9 (< média da sua idade ) Compreensão: 7 (< média da sua idade ) Compreensão: 9 (< média da sua idade ) Casa de Abrigo “Nova Esperança”